Bom Dia!! Quarta, 6 de novembro de 2013

PASSARALHOS NA RBS




Executivo da RBS é tudo igual. Não sei se tem alguma exceção.
São inventados, depois de fazer uma "pós a distância". Ou de um cursinho de férias nos Estados Unidos.
Aí começam a comer sucrilhos com Toddynho e acham que entendem tudo de comunicação.
Para quem não sabe, as reuniões dos executivos da RBS são sempre acompanhadas de sucrilhos com Toddynho. Aqueles bundinhas ali, sentados, puxando o saco de um "executivo superior". Tenho a impressão, mas é só isso, que eles são tão puxa-sacos que quando são chamados pelo japa, o National Kid, o exterminador de cabeças, levam um pratinho de sushi.
--
Essa gente não entende porra nenhuma de comunicação e conseguem assim mesmo manter excelentes níveis de audiência. Não querem que eu explique toda essa audiência.
Só não conseguem manter o mesmo sucesso na Zero Hora, porque a internet capou-os - inclusive nos classificados.
--
O maior problema do grande Grupo RBS é que esses bundinhas, que se empanturram de sucrilhos com Toddynho, são bem remunerados. E o pessoal que trabalha, mesmo, ganha salários de fome. O caso emblemático é da RBS TV. Aqueles gurias, bonitinhas, se acham estrelas. E não conseguem ganhar 3 mil reais por mês. Na Zero Hora é o mesmo "fenômeno". Se acham trabalhando no maior jornal do universo.
--
Só um telespectador idiota não percebe que o problema do Jornal do Almoço não está na direção da atração. Raul Ferreira, o editor-chefe, conseguiu mudar aquelas cabecinhas burras e dar um novo formato ao JA. O problema está mesmo na reportagem, na redação e na apresentação. Muito estagiário, gente que não sabe de nada.
Ah, sim, salva-se a Regina Lima, repórter.
O texto que a Ranzolim lê é muito ruim e isto é apenas um problema: qualidade. A grande maioria das reportagens é ruim, as perguntas são ruins, as entrevistas são péssimas, tudo é ruim.
Ahhh, culpa do editor-chefe? Pode até ser.
Mas se lida com um orçamento apertado, como fazer? Como contratar profissionais de gabarito?
--
PASSARALHO A MIL
Muita fofoca sobre a saída do Mauro Saraiva Júnior da Rádio Gaúcha.
Aquele repórter de trânsito.
O fato é que ele está fora e vai concorrer a deputado estadual pelo PSDB.
Pelo interior foram demitidos:
- Guilherme Zanini, coordenador da Gaúcha em Santa Maria;
- Anderson Carpes, produtor da Gaúcha em Caxias do Sul.
--
Agora, só falta inventarem o plenipotenciário da Rádio Gaúcha para editor-chefe do Jornal do Almoço.
Duvida?
Já foi até diretor da TVCom!!
Hahahahaha!!!!!!
--
Para encerrar:
O majestático Presidente do Grupo RBS, Doutor Eduardo Sirotsky Melzer, o Dudu, relata suas experiências de um ano e pouco nas majestosas empresas no 22º Congresso de Marketing da ADVB, hoje,  em Porto Alegre.
Já imaginou que furor vai causar?

5 comentários:

  1. Exatamente !!
    Formado em uma faculdade particular ou a distância e deram-no o poder de demitir um cérebro formado na UFRGS.

    ResponderExcluir
  2. O Gilberto Leal será o próximo.... Vale uma Coca e um pastel, no Mercado Público ??

    ResponderExcluir
  3. Que ABSURDO um GRANDE profissional

    ResponderExcluir
  4. Vai ter limpa em antigos apresentadores da RBS também, o Japa está empanturrado de sucrilhos e bêbado de Toddynho e numa dessas vai até ele para a rua !!!

    ResponderExcluir
  5. A RBS só quer profissionais que baixem a cabeça, não questionem ordens e cumpram metas como robôs. Por isso a qualidade da rádio Gaúcha, das TVs e da ZH estão cada vez pior. São matérias superficiais feitas por jornalistas medrosos.

    ResponderExcluir