Terça, 18 de novembro de 2014 - parte 2



Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.







ponto midiático especial


NA RÁDIO GAÚCHA, PROSSEGUEM
OS MINI-PASSARALHOS. TODOS OS DIAS






Hoje, mais uma vítima dos babaquaras da Rádio Gaúcha.
Agora à tarde, a jornalista Rejane Costa foi demitida.
Detalhe: Os "gênios", comedores de sucrilhos com nescauzinho, resolveram tomar esta decisão depois que a Rejane trabalhou na RBS por mais de 30 anos.
Especializada no setor primário, também era editora do noticiário geral. Foi editora do Campo e Lavoura da emissora.
A promessa do feliz plenipotenciário: "E vem mais por aí!!".
Argh!!


9 comentários:

  1. Mais uma grande profissional demitida por essa empresa que se diz com responsabilidade social!
    Com esse bando de ''gestores,'' chefes inúteis tentando justificar sua incompetência absoluta demitindo muita gente boa!
    Trabalhei na TV por anos, onde também existe muita gente incompetente nas chefias e cargos de gerência.
    Enganadores!

    ResponderExcluir
  2. Todas as empresas tem todo o direito de demitir quem eles bem entenderem,na boa todas fazem isso.Processo de renovação faz parte,agora tem que contratar gente nova para que tb fiquem trinta anos tb.
    Desculpa discordar, mas creio que essas criticas é por causa que é a RBS, se for uma outra empresa não teria essa critica.
    Todas de comunicação demitem todos os dias como tb contratam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entao continua puxando o saco e lambendo os chefetes dessa rbs!

      Excluir
    2. Assina aí, tosco! Esse teu raciocínio servil só pode vir de um dos filhotes que aceitam migalhas na RBS.
      Vem ser feliz, faz como eu, sai dessa porra antes que exploda!

      Excluir
    3. A Redação da RBSTV está com clima de velório. Quem chega para trabalhar, não sabe mais se vai durar até o final do expediente ou vai ser chamado na "salinha". É lá que dão o "Muito obrigado mas você está dispensado.".
      Sem choro, nem vela. Não importa seus anos de dedicação, nem os finais de semana e feriados dedicados à Rede de Baixos Salários. A ordem é uma só: corte de custos.
      Isso é correto numa empresa que prega tantos valores?

      Excluir
    4. Tosco se eu fosse o teu pai idiota.
      Quem te disse que trabalho na RBS, imbecíl?
      Previdi, desculpa, não tenho o hábito de comentar nada do que os leitores escrevem.
      Agora não escuto ofensa quieto
      Pq tu não assinou?
      Vai pro diabo que te carregue.

      Excluir
  3. A concorrência agradece. Rádio Gaúcha em plena decadência. Deveriam acabar é com vários programas de futebol. Está insuportável.

    ResponderExcluir
  4. A rb$ está seguindo a cartilha VARIG de desmantelamento. Retiram os índios, mas ficam os caciques! "Quem poupa um lobo, sacrifica uma ovelha".
    Em breve vai faltar ovelha e aí os lobos vão se 'carnear'!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato! Foi a melhor definição que li!
      Perfeita!

      Excluir