Terça, 28 de abril de 2015



Atualizado diariamente ao meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.




Escreva apenas para  jlprevidi@gmail.com






BOM DIA ESPECIAL



Vai para a Maria Cristina Barcellos.
Trabalhamos alguns meses na editora da revista Press/Advertising e nos divertimos muito.
Tem um humor maravilhoso.
É especialista em vendas em veículos de comunicação.
O apelido dela na editora? Mulher moderna..
Taí, entreguei!!




         

--



ponto do dia




exclusivo

EVANGÉLICOS VÃO SER PROIBIDOS
DE CONCORRER A CARGOS ELETIVOS






Não consigo mais segurar esta informação exclusiva.
O Movimento Contra os Evangélicos na Política - MOCEPO - conseguiu o seu primeiro objetivo.
Na semana que vem, 6 de maio, vereadores, deputados estaduais e federais, e senadores apresentam projeto, nas respectivas casas legislativas, que proíbe que qualquer cidadão que se diga "evangélico" concorra a qualquer cargo eletivo em todo território nacional, a partir da eleição de 2016.
O coordenador nacional do MOCEPO, Cezar A., afirma que qualquer reforma política tem que começar por esta iniciativa:
- Levando-se em conta as atividades parlamentares dos evangélicos, e verificando todo o legado de sua atuação legislativa desde sempre, mas notadamente após a redemocratização pós milicos, não faria mal ao país a proibição do exercício legislativo para os religiosos. Tenho certeza que a corrupção, o atraso, a intolerância e o autoritarismo sofreriam um forte abalo no Brasil.
-
Até o final da semana passada,o Movimento já contabilizava 820 projetos que serão apresentados em Câmaras de Vereadores; 20 projetos em Assembleias Legislativas; oito projetos na Câmara federal e três no Senado.
- Não importa se existe alguma inconstitucionalidade - explica A. O fundamental é que o país acorde para esta peste, este cancro na política.
-
Uma outra articulação também está em curso:
O MOVIMENTO PELO FIM DOS  PROGRAMAS EVANGÉLICOS NO RÁDIO E TV.
O popular "EVANGÉLICOS FORA DO RÁDIO E TV".
São mais de 12 milhões de seguidores nas redes sociais.
- O nosso objetivo é unificar os dois movimentos, sintetiza Cezar.
-
Acreditem.
Os Movimentos já começaram a fazer uma devassa na vida dos principais "líderes" evangélicos, como o  "Apóstolo" Valdemiro Santiago.
Esse aí:






--




ponto midiático




DISCRETOS

Em doses homeopáticas começaram as demissões em O Sul.

--

BRILHANTE!




Assim fica difícil, meu amigo!


--

LEVARAM A CASA PRA CASA!!


Travessão Cavour 28/04/2015 | 10h11

Casa é furtada no interior de Flores da Cunha


--

ESTANTE / PRATELEIRA

Escreve a Marciane Faes

Do ponto de minha nova leitura de "O Brasileiro que ganhou o Prêmio Nobel":
"- Meu caro Sancho, assim como nas honradas prateleiras de minha biblioteca não há lugar para certa subliteratura, também na minha cozinha não entram esses pacotinhos venenosos."* (p. 49)
O nome Prateleira não é bem-vindo, por dar  sentido de movimento? Não existe aquela expressão "esgotou-se das prateleiras"? De que o livro está vendendo e tendo muitos leitores(as)?
Pra mim, o vocábulo Estante já  tem sua consagração, com o Estante Virtual, que faz nossa alegria em nossas buscas nas estantes dos quatro cantos do país.
Se é pela causa nobre do 'sabor das leituras', que até o Anonymus advoga, longa vida e inteligência ao Prateleira.
-
* É bom esclarecer que refere-se aos caldos em tabletes.



--



ponto do intervalo




TUDO E MAIS UM POUCO - 7



Entre 2009 e 2010 fiz a seção "30 Perguntas". Foram dezenas de amigos e leitores, personalidades variadas, que responderam. Muito legal, porque tivemos oportunidade de conhecer particularidades da vida de pessoas relevantes.
Agora, o "ponto do intervalo", com o TUDO E MAIS UM POUCO.
Intervalo, no sentido de recreio, no meio das postagens.
Prometo que as questões serão sempre as mesmas para todos e responderão da forma que bem entender. Sugiro a forma, mas se o cara quiser mudar, legal.
-
Tudo, mas não vamos saber a marca da pasta de dentes e muito menos o tipo de cueca/calcinha predileto.
-
Hoje, o jornalista, cineasta e humorista



Antonio Sacomory





--










Tem que ser curto e grosso. Podem ser duas indicações. Se não topar responder alguma é só deixar em branco. 
-

Extremos - pior e melhor, nesta ordem:


Filme: Filmes da Xuxa/A Sociedade dos poetas Mortos
Programa de TV: Esquenta ( R Casé/Globo) / Tá no Ar( Marcelo Adnet/Globo)
Apresentador de TV: Regina Casé/Globo /Emílio Surita(Band)
Programa de rádio: Religiosos em geral/ extinto Mais Preza ( com Marcia Barros/Guaíba)
Apresentador de Rádio:Religiosos em geral /melhor: José Aldo Pinheiro (Band)
Livro: Todos os que fui obrigado a ler / Humor é coisa séria  de Abrão Slavutzky
Revista: Todas de adolescentes/Superinteressante e Rolling Stone
Jornal: Diário Gaúcho /Folha de SP
Site/blog: Big Brother /Previdi o mais bonito blogueiro da rua da República em cima do Tapas Bar
Cidade: São Paulo / Rio de Janeiro
Praia: Gov.Celso Ramos SC
Mulher: A ex/ a atual
Homem: José Luiz Previdi ( ele é lindo aiiii)
Presidente da República: o melhor: Paulo Motta
Comida: Mocotó/Saladas
Bebida: Refrigerante / Vinho Verde

Refrigerante: Não bebo
-

Curtíssimo! Duas ou três palavras:

Me alegro: amigos
Me irrito: atraso
Me derreto: Elisa, minha filha
Me dá tesão: Bundas femininas hummmm
Saio de fininho: filme ruim no cinema
Desligo o tel.: para dormir
-

O que fazer com (pode escrever mais):

Chatos: ótimas inspirações pra criação de personagens.
Radicais: divertidíssimos. Rendem as melhores piadas.
"Engraçados": rir pra não perder o amigo. Mas, sem as aspas, são muito bem-vindos.
Definitivos: a vida trata de dar uma rasteira.
Viciados em redes sociais: Retirar a bateria do celular deles na primeira oportunidade e se divertir
Puxa-sacos: não levar a sério e torná-los ridículos
Pessimistas: são, no fundo, preguiçosos.
Coxinhas enfurecidos: cortar a mesada.
Mimadinhos petralhas: cortar a mesada.
-

UMA RÁPIDA BIOGRAFIA:

32 anos, moreno, 1,83m, bem dotado, gostoso,ator,humorista,professor,diretor de cena, conserto aspirador de pó.



--



ponto g




O PT ERA CHEGADO NUM IMPEACHMENT

Em O Globo:

Há 16 anos, em meio à crise econômica e de governabilidade do então presidente Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva, presidente do PT, viveu o mesmo dilema que hoje paira sobre a cúpula tucana: iniciar ou não um processo de impeachment.
Era 1999, e Lula já havia começado o redesenho de sua imagem, afastando-se do radicalismo e flertando com o empresariado. Por conta disso, saiu da linha de frente dos quatro pedidos de impeachment apresentados pelo PT e se manteve distante da ofensiva aberta contra Fernando Henrique Cardoso.
Em 29 de abril de 1999, quatro meses depois da posse do tucano reeleito, o petista Milton Temer (RJ) apresentou o primeiro dos dois pedidos de afastamento de sua autoria. Um tinha como objeto o Proer, programa de socorro de bancos. O outro, a participação de FH no processo de privatização. No primeiro, rejeitado pelo então presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB), houve recurso ao plenário, mas ele também foi rejeitado. Alceu Colares, do PDT, apresentou seu pedido no dia 5 de maio, e o então líder do PT, José Genoíno, protocolou, pouco depois, outro pedido de impeachment em nome de PT, PCdoB, PDT e PSB.
-
O primeiro a pedir o afastamento de FH foi o então ex-prefeito de Porto Alegre, Tarso Genro. Em janeiro daquele ano, ele defendeu que FH deveria reconhecer sua incapacidade de dirigir o país e encaminhar ao Congresso emenda constitucional convocando novas eleições.
Lula ficou na retaguarda, mas o PT fez barulho, e Tarso Genro comandou um movimento pró-renúncia. Milton Temer lembra que Lula era o presidente do PT e que, junto a seu braço direito no Diretório Nacional, José Dirceu, ficou contra os pedidos de impeachment. Havia no comando do partido o temor de que o impeachment colocasse no poder o vice, Marco Maciel (PFL). Lula argumentava que não adiantava tirar FH, e que era preciso eleger um grande número de prefeitos em 2000 e ganhar a presidência em 2002, estratégia semelhante à do PSDB de agora.
— A base sindicalista entrou naquele processo de oposição propositiva e foi uma pauleira. O único que embarcou comigo foi o (Miguel) Rossetto. Lula e Dirceu faziam uma oposição ambígua. Eram muito hesitantes porque, naquele momento, já havia uma aproximação com o mercado financeiro. Um dia, nos reunimos para estourar contra o Proer, dizendo que FH recebia dinheiro dos bancos em sua campanha. Íamos fazer um carnaval. Aí chegou o Paulo Okamoto, amigo do Lula, pediu para suspender tudo e disse: “nós também recebemos doações dos banqueiros”. O Lula nunca entrou no “Fora, FHC” — lembra Milton Temer.
-
O pedido de impeachment apresentado pelo PT com apoio do PSB e PDT também não prosperou. Assim como ocorre hoje, base e oposição repetiram o embate político: a segunda dizia que o impeachment era uma opção constitucional e a primeira reagia enxergando cores de golpe.
— Não estamos fazendo denuncismo, nem aventura, nem nada fora da Constituição — defendia o então líder do PT na Câmara, José Genoíno.
— Ao pedir a abertura de processo de impeachment contra FH, a oposição está repetindo uma tradição histórica da esquerda brasileira, que é a de adotar atitudes golpistas e se negar sempre a fazer o jogo político — rebatia o então líder do governo na Câmara, Arnaldo Madeira (PSDB-SP).
-
Dezesseis anos depois, Madeira diz que, ao contrário do que ocorre agora, havia barulho político, mas não clamor das ruas.
— O Lula não se expôs porque, na verdade, naquela época, não tinha esse peso das manifestações — diz Madeira.
O deputado Miro Teixeira (PDT-RJ), que assinou o pedido de impeachment do PT, lembra que Lula fazia de tudo para tirar o corpo fora. Em agosto de 1999, na “Marcha dos 100 mil contra a política neoliberal de FHC”, na Esplanada, Miro conta que o ex-governador Leonel Brizola (PDT), em cima do carro de som, fez um discurso inflamado dizendo que encerrariam o ato no Congresso, onde entregariam milhares de assinaturas em apoio ao impeachment.
— Lula chegou perto de Brizola e perguntou: “vamos entregar o quê?” Quando Brizola disse que eram os abaixo-assinados pedindo o impeachment, Lula disse que não ia apoiar. Foi lá para a frente, pegou o microfone e começou a discursar contra a reforma da Previdência — lembra Miro.
-
O ex-deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) diz que toda a ação em busca do impedimento de FH foi comandada por Genoíno e que Lula, candidato à presidência, ficou na retaguarda “para não se queimar”.
— Imagina se naquela época tivesse a Petrobras, o mensalão e a oposição junto com esses três milhões de pessoas nas ruas? O FH não escapava de jeito nenhum.

--


UM MURAL MUITO LEGAL

A artista/mosaicista porto-alegrense Silvia Marcon apresenta um projeto de sustentabilidade e embelezamento ambiental, envolvendo o amor pela arte do mosaico e do muralismo e a preocupação com a ecologia que resultará na instalação do primeiro mural medindo 3 m x 1,40 m, na av. Protásio Alves esquina Eça de Queirós em Porto Alegre.
O objetivo do projeto é duplo: embelezar a cidade, num ponto de grande circulação de carros e pessoas, e sensibilizar para a importância da reciclagem dos plásticos, que demoram centenas de anos para se decompor.
Como funciona? O projeto, que está na FASE 1, permite que qualquer pessoa colabore em algum momento da elaboração do mural. Em menos de 2 meses, através de mobilização no facebook, conseguiu-se arrecadar mais de 8 mil tampinhas e cada dia mais pessoas e empresas se sensibilizam e estão fornecendo mais e mais material.
Todos podem colaborar? Juntando tampinhas plásticas de todos os tipos e cores: água, refrigerantes, cremes para cabelo, produtos de limpeza, recipientes de remédios, etc. Todas as contribuições serão bem-vindas!
-
Silvia Marcon
Já transitou pelas Artes Plásticas e Arquitetura (UFRGS). Especializou-se na técnica de Smalti Orsoni em Milão e mosaico em mármore em Verona, o que proporciona ao seu trabalho a mistura desses materiais com o mosaico cerâmico. Participou de murais coletivos no Brasil e exterior e de projetos que visam capacitar os jovens em comunidades de baixa renda da periferia de Porto Alegre. Tem como grande paixão as intervenções em espaços públicos da cidade (street mosaic). Mais informações e imagens do trabalho de Silvia estão em www.facebook.com/workshopmosaicourbano
Existe ainda a página do projeto Mosaico das Tampinhas - FASE 1, no
www.facebook.com/events/373928756122405/

--

ECONOMIA NAS LIGAÇÕES

Clientes de telefonia fixa da Oi podem contratar pacotes que garantem mais economia em ligações locais de telefones fixos para móveis. A companhia oferece quatro opções de ofertas que podem ser combinadas com os novos portfólios de planos com franquia Fixo-Fixo local e LD, que vão de 200 minutos até Ilimitado. Por R$ 9,90, o cliente tem 30 minutos para ligar para qualquer telefone móvel local.
Nas outras três ofertas, o cliente fala ilimitado para telefones móveis da Oi e recebe uma franquia de minutos para falar com móveis de outras operadoras: ilimitado para a Oi +10 min (R$ 19,90), ilimitado para a Oi + 30 min (24,90) ilimitado para a Oi + 200 min (44,90).
Os novos pacotes fazem parte da estratégia da companhia de oferecer um portfólio simplificado que, além de economia, garantem mais conveniência aos clientes por agregar mais um benefício ao telefone fixo. Os planos podem ser contratados pelos telefones: 0800 032 3345 (clientes da Oi) e 0800 285 3131 (novos clientes).



--



ponto da piadinha







--




ponto final






11 comentários:

  1. Esse Coimbra é o legítimo gênio. Dele nada mais se pode esperar depois de ter decretado extinta a ANTROPOLOGIA como ciência. Digno de pena eu digo.

    ResponderExcluir
  2. Seria sensacional e de uma racionalidade a proibição desses evangélicos (que de evangélicos não tem é porra nenhuma!) nos parlamentos. Essa gente vive na baixa Idade Média. Beira ao absurdo! Só servem para dilapidar o Erário Público.

    - Fernando Fagundes/AMS -

    ResponderExcluir
  3. Para quem acha muito ruim o texto que David Coimbra escreveu, leia este, escrito em 09/07/2011 e tire suas conclusões. É uma aberração ou não é ???
    http://wp.clicrbs.com.br/davidcoimbra/2011/07/09/o-que-e-gremista-o-que-e-colorado/?topo=13,1,1,,,13


    Bento Gonçalves - RS

    ResponderExcluir
  4. Jose Manoel Garcia28 de abril de 2015 16:49

    Pior que este David Coimbra e de um bairro de intelectuais de primeira linha o IAPI dali só para citar saiu a nossa PIMENTINHA acho que a cabecinha dele entortou de tanto frequentar o ALIN PEDRO que acha que é um estadio e não passa de um campinho de futebol do bairro do jeito que vai a penúltima pagina de ZH se extinguira pelo menos para colunistas pois o megalomaníaco virou semanal e não se aproveita uma rosca que ele come nos cassinos de PUNTA ( e as GALLETAS uruguaias são para la de boas) e vomita na pagina.abraços a todos e qualidade não é quantidade (principalmente no item dinheiro) sr. David Coimbra..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que vc tem contra o IAPI? Lá todo mundo é gente boa. E o Alin Pedro é demais.

      Excluir
    2. Bairristinha...

      - Fernando Fagundes/AMS -

      Excluir
    3. Coitado. O bairristinha fica por sua conta. O IAPI é maravilhoso. Quem dera todo mundo ter um IAPI para morar. Não moro lá, mas já morei e quem dera vc poder ter essa experiência. A Pimentinha saiu dalí e foi se chapar e morrer fora do IAPI. Black.

      Excluir
  5. Tenho notado que esse pessoal entrevistado, na hora de falar no prato que não gosta, fala muito de mondongo e mocotó. Não sabem o que estão perdendo.

    ResponderExcluir
  6. Eu já acho os comentários do David Coimbra sensacionais!
    Luiz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você deve ser uma sumidade em termos de cultura para ver como sensacionais os comentários desse funcionário da RB$. Enquanto houver tolos gente como ele terá o emprego garantido. Seja feliz com seu 'gênio'.

      Excluir
  7. Hoje em dia o que vale é polemizar, mesmo que à custa de imbecilidades como essa do DC.

    ResponderExcluir