Segunda, 15 de junho de 2015



Atualizado diariamente ao meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.




Escreva apenas para  jlprevidi@gmail.com







BOM DIA ESPECIAL




Vai para o Ricardo Stricher.
Ele está aposentado, mas vai ser sempre repórter-fotográfico.
Não tem jeito.
Parado? Que nada, está cheio de projetos.
-
Há uns anos fizemos um dos melhores... que nada, o melhor jornal alternativo que os porto-alegrenses já leram.
O Porto Alegre é Assim!
Textos apenas de duas feras, Fernando Albrecht e Jayme Copstein.
E fotos e mais fotos do Ricardo. Eu apenas fazia legendas ou pequenos textos para situar as fotos.
Todo mundo gostava.
-
Mas conheci ele no século passado.
Em 1990 convivemos diariamente, durante a campanha de Alceu Collares ao Governo do Estado.
Histórias? Dezenas, centenas delas, maravilhosas.












--




ponto do dia




Recebo um texto surpreendente de um amigo leitor.



NA RBS É ASSIM:

UMA IDEIA NA CABEÇA,
UMA CÂMERA E UMA CUECA NA MÃO






É sempre bom que um veículo de comunicação investigue algo nebuloso, trabalhando sozinho ou em conjunto com instituições que sejam legítimas para levar a cabo o que for descoberto, ou seja, até que o crime seja escancarado e o responsável punido, nem que seja apenas com a notoriedade pública massiva, com a vergonha de ser descoberto e tratado pela sociedade como alguém que a lesa.

Qualquer pessoa de bem tem espasmos de alegria quando vê uma reportagem que escancara atos de corrupção, relações ilícitas entre agentes públicos e privados, derrubando, muitas vezes, até mesmo mitos e mentiras que são criadas ao redor de pessoas até então “acima de qualquer suspeita”.

Doutor Basegio e seus correlatos estão indignados por terem sido desmascarados. O prefeito e sua esposa estão aborrecidos, vários outros deputados estaduais estão furiosos por terem suas tramas reveladas e parte de seus lucros cessados, ainda que momentaneamente. Do lado “escuro” da reportagem, todos estão furibundos com a reportagem investigativa que lhes desnudou.

O saldo é, até então, positivo para a sociedade. Mostra a imprensa em ação, investigando corajosamente (desta vez, sem nomes e documentos falsos), exibe ilícitos e seus protagonistas e o estado de direito ganha, pelo menos com a perspectiva de justiça e com a ilusão de que nada do mal que foi feito se repetirá.

Mas tem uma coisa que não está bem.

É desconfortável saber que o grupo de comunicação que elaborou a reportagem é apontado na Operação Zelotes como suposto autor de crimes contra o fisco e, principalmente, contra a economia popular. Segundo as reportagens, a empresa deve R$ 672 milhões para a Receita Federal e, segundo as matérias jornalísticas que não resistem a uma simples “googleada”, teria pago R$ 15 milhões para que desaparecesse um débito de 150 milhões de reais.

Ou seja, o grupo de comunicação que nos ofereceu a reportagem investigativa é o mesmo que, segundo a imprensa co-irmã, cometeu gravíssimos crimes de corrupção ativa e outros delitos. Se for realmente verdade, o crime é muito pior do que vários petrolões, não apenas por causa dos valores imensos, mas por se tratar de dinheiro público “puro”, ou seja, de impostos. Esse dinheiro não pago é aquele que faz falta MESMO para construção de escolas, hospitais, postos de saúde e outras benfeitorias. Não se trata de dinheiro desviado que tenha sido fruto de superfaturamento em uma estatal (o que é grave). Trata-se, isto sim, de dinheiro de impostos que seriam devidos à administração direta, ao fisco federal. O caso é de propina somado à sonegação fiscal.

Pois a empresa que fez a investigação e mostrou à sociedade os corruptos na Assembleia gaúcha o fez muito bem. Mesmo ficando aquele gostinho engraçado na ponta da nossa língua, um sabor amargo, indicando que falta alguma coisa para que a virtude de seu trabalho se completasse, o trabalho foi bem feito.

A empresa de comunicação não é a única envolvida na Operação Zelotes. Há uma grande indústria de aço e outras também grandes aqui no RS. A diferença é que a Gerdau não sai à caça de deputados e vereadores, nem do PT nem de partido mais fragilizados. As demais empresas envolvidas na Zelotes até podem usar cuecas, mas preferem usá-las discretamente, com as calças por cima.

Enfim, está valendo explodir as pequenas cidadelas de políticos vagabundos que fraudam hodômetros e ficam com frações de salários de seus lacaios igualmente vagabundos. Está valendo detonar fantasmas e suas manifestações tão ousadas quanto mesquinhas. Está valendo.

Vamos torcer para que o dinheiro que deveria ter sido pago de impostos o seja, para que a justiça seja feita tanto no Palácio Farroupilha quanto no sexto andar da Érico Verissimo, 400.




--




ponto do dia - 2




OS DOIS CARGOS? NÃO PODE, MÁRCIO BINS ELY 

"Porto Alegre em boas mãos".
Este é o slogan do vereador de Porto Alegre Márcio Bins Ely.
E essas "boas mãos" também querem controlar o Conselho Regional dos Corretores de Imóveis da 3ª região (CRECI-RS), uma autarquia federal.
-
Desde a semana passada questiono esta pretensão do vereador.
Na sexta passada conversei com juristas e alguns vereadores, colegas do próprio.
Todos afirmam que é incompatível MBE ocupar os dois cargos. Unanimidade.
- Se ele se eleger presidente do CRECI terá que pedir licença da vereança.



--




ponto midiático especial



não pode ter "integração" entre veículos:

PLENI É INIMIGO DO CARA DE CAVEIRA
E DA SÓSIA DO WOODY ALLEN. INCRÍVEL: OS TRÊS 
SÃO AFILHADOS DO HOMER SIMPSON DOS PAMPAS





Explico:

É difícil de entender esse joguinho de aspirantes a comedores de sucrilhos com nescauzinho.
Marcelo Rech, o Homer Simpson dos Pampas, era o todo poderoso diretor de jornais da RBS. Mandava e desmandava e tinha os três acima como principais afiliados.
Quem são?
O primeiro é Cézar Freitas, diretor de jornalismo da RBS TV, apelidado pelo pessoal da emissora de "cara de caveira"; o do meio é Pleni, o Sinistro (olha de novo a foto), gerente da Rádio Gaúcha; e a moça é a Marta Gleich, diretora de jornais do Grupo RBS, conhecida na redações como a "sósia do Woody Allen".
-
Marcelo perdeu o poder e está exilado em Brasília. Não se sabe o que faz lá, mas vive dando palestras como se tivesse uma atividade febril na RBS.
Aí os três abriram guerra.
Não se suportavam. Ou melhor, pleni, o sinistro, não suporta o casal. Sim, casal, porque o cara de caveira e a sósia do Woody Allen são casados.
Tudo começou porque pleni, o sinistro, queria ser diretor da RBS TV. E Marcelo jamais deixou. Inclusive passou uns anos de castigo em Santa Catarina, depois de uma desastrada passagem pela Rádio Gaúcha.
Pleni, o sinistro, revela aos seus puxa-sacos que não suporta o casal porque os dois são diretores e ele não passa de um gerente.
- Sou gerente, mas muito mais poderoso do que o casal - costuma filosofar a seus seguidores.
-
Por isso que não existe a menor integração entre os principais veículos da RBS - Zero Hora, Rádio Gaúcha e RBS TV/TVCOM.



--



ponto midiático



OLHAÍ, PLENI, TU NÃO GOSTA DELE?

No último dia 11, quinta, publiquei:

Hoje foram dois (demitidos na Rádio Gaúcha).
O motorista Mauro Bertolo.
O repórter Felipe Nabinger.
-
Pois bem, o repórter esportivo Felipe Nabinger vai integrar o time da Rádio Guaíba.
Hahahahaha!!!! Chupa, pleni!

--

PROGRAMAS LOCAIS


Definitivamente, virou moda entre os apresentadores do SBT RS o uso de óculo escuros. O cara do MasBah! usa o acessório para fazer comerciais. O do Grenalizando, com camisa do Grêmio, usa durante todo o programa. O outro apresentador gremista se adora - não tira os olhos do monitor. Bom mesmo é o Mano Changes. Não imaginava que o cara dominava TV. Dá um banho nas "estrelas gremistas".
Cada vez que dou uma espiada no Mistura da RBS TV me lembro do Ixquenta, que, dizem, está pra terminar. No Mistura do último sábado, néééé????, estava tri, saaaaabeee??? Mais uma vez, um brechó - e a excelente Cris Silva teve que se desdobrar para tornar a coisa interessante. Não sabia que brechó combina com sustentabilidade e customização. Uma cascata de lascar. E o turbante que "as mulheres negras usam"? Bah! E a "oficina de bonecas", néééé?? Dentro de uma matéria sobre um edifício/malocão, tri-alternativo, nééééé????, e a principal entrevistada era uma moça com sobrenome Wallig. Não consegui saber onde era o prédio.

-

INVERNO CRIATIVO

Recebo:

Vai começar a temporada de imagens e fotos criativas sobre o nosso inverno.  Cavalos e vacas pastando de manhã bem cedo a grama com geada e uma neblina de fundo. Cães amarrados em suas casinhas com o mesmo visual - a geada se evaporando e a legenda "o amigo mais fiel passou uma noite muito fria". Crianças fazendo um mirrado boneco de neve pela escassez do produto. O boneco tem um gorro do Inter ou do Gremio. Não pode faltar a torneira com um pingo d'água congelado, imagem colhida em São José dos Ausentes.
As empresas que andam economizando até copinho plástico teriam uma boa desculpa para não mandar repórteres e cinegrafistas à região do turismo de inverno. Basta copiar as imagens e fotos dos arquivos. Sugestão aos gestores que comem sucrilhos com nescauzinho...


-


É SEGUNDA-FEIRA, MAS JÁ É A MELHOR
"NOTÍCIA" DA SEMANA! ISCOLINHA ZH NO DG!!


Recebo:

O Diário Gaúcho conseguiu errar tudo numa materinha de 7 linhas.
É inacreditável!!
Compare com a mesma informação da Folha de S.Paulo. Os caras têm preguiça até de confirmar no google.

(clica em cima que amplia)




-
A matéria, certa, na Folha de S.Paulo:

Em teste em Washington (EUA), o novo boeing Dreamliner 787-9 realiza decolagem quase vertical. O novo modelo é uma versão maior do Dreamliner original, 6 metros mais curto.
Com 20% a menos de combustível, essa nova versão do avião tem capacidade para 335 passageiros, enquanto o antigo transporta até 280.

-
Quer ver o vídeo?




--

ISCOLINHA ZH NO PRÓPRIO


O título da joia jornalística é este:

Cães da PF detectam cocaína em bagagem no Salgado Filho

-
Última frase do texto:

A mulher foi presa em fragrante por tráfico internacional de drogas.

--


ISCOLINHA DE PÓS-GRADUAÇÃO ZH


Que tal este título da versão online?

GM começa parada na montagem de veículos


--


ISCOLINHA ZH: NEM UM DOS
QUERIDINHOS DO GRUPO RBS TEM REVISÃO?


Na versão ZH papel da coluna Informe Especial, do Tulio Milman, tudo bem, sem erros escandalosos.
Na versão online, umas coisas horrorosas. Ninguém, nem mesmo um "editor" leu o que ele escreveu.
Apenas dois exemplos:

... Não fendendo porque. 

... Estava no seu direto. 
-
Que "jornalistas" estão no ZH online? Estagiários na edição?

--


ISCOLINHA ZH TRI-DE-ISQUERDA


No Sul21:


Um dos grande romances da literatura mundial é "A Volta ao Mundo em 80 Dias", de 1873.
-
O Rio Grande do Sul está tão por baixo que o carro elétrico vai chegar apenas em 90 dias!!

Carro Elétrico Gaúcho Chega Em 90 Dias


--


ISCOLINHA ZH NO CORREIO DO POVO


A guerra entre traficantes das ilhas Grande dos Marinheiros e Pavão, em Porto Alegre, recrudesceu neste final de semana. A Brigada Militar (BM), porém, já desencadeou ações para intervir no conflito. Na madrugada de domingo, o efetivo do 9º BPM foi acionado e compareceu na área após denúncias de moradores sobre a ocorrência de um confronto

Nas buscas, os policiais militares encontraram um Fox, de cor prata, em situação de roubo, capotado sob um viaduto na ilha Grande dos Marinheiros. No interior do veículo foi apreendida uma espingarda calibre 12 com numeração raspada, e um revólver calibre 38, além de munição deflagrada, dois celulares e um radiocomunicador. 

Depois, na ilha do Pavão, foi localizado abandonado um Celta, de cor preta, com placas de São José, Santa Catarina, também roubado. A mobilização do 9º BPM prosseguiu e já perto da avenida Legalidade, perto do controlador de velocidade, na entrada da cidade, foi recolhido um Fiat Idea, de cor preta, igualmente em situação de roubo. No interior do veículo, os policiais militares apreenderam mais de 35 cartuchos deflagrados de calibres variados. Uma camiseta de cor preta com o nome “Polícia Civil” estava junto. Ninguém foi preso na ocorrência.

Conforme a BM, a disputa pelo tráfico de drogas nas ilhas teria se intensificado já havia deixado um morto na madrugada de sábado na ilha Grande dos Marinheiros. Um homem foi executado com vários tiros dentro de sua casa por um grupo de criminosos que invadiu a casa, situada na rua Nossa Senhora Aparecida e dispararam diversas vezes contra a vítima. Tiroteios na região foram também relatados na região pelos moradores.


--


NÃO É AUTO-RECONHECIMENTO

Moisés Mendes escreveu hoje no Zero Hora um texto com o título "O troféu de Grande Mala do século 21".
Fui ler, porque poderia estar reconhecendo a sua chatice.
Mas, não.

--


A INSPIRAÇÃO DO MÁRCIO CHAGAS, AQUELE
QUE É "ANALISTA" DE ARBITRAGEM DA RBS TV




Márcia de Windsor era jurada do Programa Flávio Cavalcanti, na década de 70.
A mãe do do ex-árbitro Márcio Chagas adorava a Márcia - e aí está o motivo de seu nome.
Márcia só dava "nota dez" para os calouros.
Márcio, para contentar sua mãe, também não critica os árbitros de futebol. Sempre estão certos, TODOS merecem "nota dez"
-
Me disseram que  seu apelido entre os colegas de TV é exatamente Márcia de Windsor.
Não confirmei.

--

EXTRAORDINÁRIO


Assisti ontem, na TV Cultura, na madruga, um programa especial sobre Dick Farney.
Negócio maravilhoso.
Daqueles de ter em casa para assistir vez que outra.
-
Para quem não viu, está aí o DF, com Lúcio Alves, arrasando com Teresa da Praia.
No youtube tem várias. Coisa de louco.








--



ponto muderninho



GRANDES PENSAMENTOS FASHION DO SÉCULO 21



Então, com certeza, se percebe que há em curso a desconstrução no bojo da atitude republicana, do espectro pós-moderno da utopia, com a possibilidade do trajeto lúdico do ser excludente.




--



ponto da reflexão




Aos que eram jovens nos anos 1960 e queriam mudar o mundo, tenho duas notícias:
1- Vocês conseguiram;
2- Não foi para melhor.

Gilnei Lima,  jornalista




--



ponto da fotografia




A BIBA COREANA ESTAVA FELIZ


Notem os comedores de sucrilhos com nescauzinho, todos rindo porque a biba estava também gargalhando.
Este nível é o que todos os comedores de sucrilhos com nescauzinho da RBS sonham atingir.




A biba coreana, alegrinha, assiste a teste de mísseis anti-navios.




--



ponto g



ELEIÇÃO 2016: CÚPULA DO PMDB NÃO QUER  
SEBASTIÃO MELO COMO CANDIDATO A PREFEITO


Com o fiasco da administração Fortunati em Porto Alegre, os caciques do PMDB não querem que o vice Sebastião Melo se aventure a concorrer a Prefeito no ano que vem.
"Sem condições, vai disputar o terceiro ou quarto lugar", me disse um desses dirigentes.
-
Acreditam que o deputado federal José Alberto Fogaça possa voltar, pela terceira vez, a disputar a eleição municipal e, principalmente, vencer de novo.

--


TUDO DÁ CERTO NA CHINA


Grupo chinês constrói arranha-céu de 240 metros em 19 dias

A empresa Broad Group, da China, construiu uma torre de 240 metros na cidade de Changsha em 19 dias. Ela não chama a atenção pela beleza, mas o homem responsável pelo arranha-céu, Zhang Yue, garante que o prédio representa uma "revolução na forma de se fazer construções".
Módulos de aço aceleram o ritmo de uma construção em cerca de 3 andares por dia. A empresa diz que o modelo é mais seguro e barato.O plano agora é construir o maior arranha-céu do mundo usando essa técnica.
Atualmente, o recorde pertence ao Burj Khalifa, em Dubai, de 828 metros e que foi construído em cinco anos. Segundo Yue, a ideia é fazer um prédio com 10 metros a mais a ser erguido em apenas sete meses.

--


TUDO DÁ ERRADO NA PREFEITURA DE PORTO ALEGRE


A obra de uma creche da Prefeitura de Porto Alegre está paralisada desde a última terça, dia 9, por causa de irregularidades trabalhistas. A empreiteira Azevedo Aquino Construtora Ltda., responsável pelo canteiro no bairro Lami, reteve a carteira de trabalho de 13 trabalhadores (sendo 11 vindos do interior do estado) acima do tempo permitido por lei. Após denúncia encaminhada ao STICC - Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de Porto Alegre, os fiscais constataram situações de risco e insalubridade no canteiro.
A empresa tem até hoje para regularizar a situação ou o canteiro permanecerá paralisado por tempo indeterminado. Além disso, o sindicato encaminhou denúncia ao Ministério Público do Trabalho do Estado e à Superintendência Regional do Trabalho e Emprego do RS.

--


TUDO DÁ MUIIIITO ERRADO NA PREFEITURA 

Claro, de Porto Alegre.

Nove obras sem conclusão e R$ 21 milhões
em sobrepreço: o legado da Copa em Porto Alegre

Impressionante, mas sugiro a leitura desta matéria do ZH:
http://zh.clicrbs.com.br/rs/porto-alegre/transito/noticia/2015/06/nove-obras-sem-conclusao-e-r-21-milhoes-em-sobrepreco-o-legado-da-copa-em-porto-alegre-4781039.html

--
E não conseguem terminar a obra no Mercado Público, não conseguem arrumar um dos principais pontos turísticos da cidade, o Belvedere do Morro Santa Teresa, não fazem nada que preste.

--

OS FRACASSOS DO PODEROSO SECRETÁRIO

Nos acostumamos a escutar que Urbano Schmitt era o bambambã da administração do prefeito José Alberto Fortunati. Uma espécie de primeiro-ministro, o executivo das obras da Copa.
Foi um fiasco, tudo que fez... nada deu certo.
-
Como escreveu um amigo:
OBRAS DA COPA EM PORTO ALEGRE: projetos mal feitos, sobrepreço por todos os lados, incompetência generalizada, espertezas para enganar os órgãos fiscalizadores, etc. Resultado? Todos podem ver. Quando inventaram esta secretaria de 'Gestão' na prefeitura de Poa, qualquer um podia ver que este cabidão tem a função de turvar, e não de clarear as águas. E a população ainda tem que aguentar estes incompetentes venais por mais um ano e meio, ainda, com seus expoentes cagando regras sobre o trabalho da Dilma.


--

ATAQUE DE HISTERISMO


A cada holofote aceso, a despirocada falava mais.
Sério, não entendi a bronca dela.











--

ALBÂNIA BRILHA, PCDOB!!

Seleção preferida dos Comunistas do Brasil venceu a da França!! Num amistoso histórico em Tirana, a capital daquele paradisíaco país.
Aliás, hoje, os Comunistas do Brasil preferem Cuba, Vietnã e Coreia do Norte.
-
Não sei se ainda idolatram as FARC, aquele "movimento democrático de libertação" da Colômbia..
Com a palavra a líder do PCdoB, Manuela Musa Comunista D'Ávila.

--

EU GOSTO, E DAÍ?


Baita luta de MMA, no sábado, do porto-alegrense Fabrício Werdum com o americano  Cain Velasquez.
Nascido em Porto Alegre, mas com 17 anos foi viver com a mãe na Espanha.
-
A Globo não transmitiu. Porque ela se interessa apenas quando ganha uma fortuna. O parâmetro deles deve ser o lucro do "Criança Esperança".
-
Quer assistir?






--




ponto da piadinha




Do revistapiaui.estadao.com.br/blogs/herald


Rescaldo

Dia dos namorados: Instituto Lula

recebe buquê de flores de empreiteira




--



ponto final




UM ESPETÁCULO INUSITADO
DE UM BICHO-GRILO BOLUDO


Fazia tempo que não ia ao Mercado Público.
Na sexta passada fui para comprar aquelas iguarias que não se encontra nos supermercados. Salames, mortadela Ceratti e queijos em pedaços, antepastos e o que mais se ver, como castanhas, pães, frutas secas.
Só que estava atrolhado, muita gente. Numa banca, daquelas que ficam no mei,o peguei uma senha e, acreditem, quase 60 pessoas na minha frente. Fiquei ali, andando de um lado para o outro,olhando as bancas, mas tinha uma coisa que me irritava.
Claro, bem nomeio, tem um velho piano e dois moleques estavam ali, "tocando" o surrado "Parabéns Pra Você". Bota irritante nisso!! Dava vontade de tirar os guris pela orelha.
Conferi quantos faltavam e fui dar mais uma volta.
-
Passaram-se alguns minutos e não ouvi mais a xaropada dos moleques no piano.
Me parecia que alguém tocava um rock tipo Jerry Lee Lewis.
Apressei o passo e o piano estava cercado.
Fui conferir o pianista.
Um guri esmirradinho, com roupas pra lá de surradas, um chapéu estranho. Olhei as mãos: típicas de pianista, mas encardidas. E naquele fuleiro ele me pareceu Jerry Lee Lewis, na maneira de dedilhar o instrumento.
Terminou e foi aplaudido por minutos.
Levantou-se, pegou um violão que estava encostado no piano e estava se mandando com um amigo.
Cheguei no guri.
- Pô, onde tu aprendeu a tocar tanto?
- No entendo.
Era boludo. O amigo interveio.
- Ah, sí, en Argentina. En mi ciudad.
- Jerry Lee Lewis?
- Me gusta, mas no! Es um rock, com jazz, nada más.
E deu a entender que era sua a música.
-
Jamais vi nada parecido.
Fiquei tão impressionado, que encomendei do Julio B. um CD só com músicas do Jerry Lee Lewis.


6 comentários:

  1. O PMDB pode até não querer, mas a distribuição de cartões de visita pessoal, do vice-prefeito, em caixas de correspondência - algo nunca visto antes nesses pagos - já é realidade há algumas semanas aqui na Cidade Baixa...

    Aliás, tem coisas que só acontecem nestes pagos: extensão de itinerário de lotação, algo banal, virou evento com direito a benção de padre, discurso de prefeito e vice, e discursos de aspirantes a vereadores, digo, conselheiros do orçamento participativo (que um dia foi sério)... http://www2.portoalegre.rs.gov.br/eptc/default.php?p_noticia=178415

    ResponderExcluir
  2. O grupo RBS tem o que merece.
    Sua cúpula não enxerga tanta incompetência?
    Se o presidente não enxerga...

    ResponderExcluir
  3. Prévidi: abaixo texto que publico no semanário "O Taquariense". orgulhosamente o segundo do estado em longevidade - fundado em 1887.
    Abraços.

    Os jornais de ontem e de sempre

    Acabo de ler o ótimo romance do grande escritor Lima Barreto “Recordações do Escrivão Isaías Caminha”. Este romance de certa forma acaba por ser algo biográfico do seu autor, considerando-se que o personagem do mesmo, o escrivão Isaías Caminha, igual ao seu criador, Lima Barreto, é um jovem ingênuo mulato, sofre mil dificuldades para minimamente ascender na dura e preconceituosa sociedade da recém-proclamada capital da República e acaba, por fim, sendo um mandalete faz-tudo num jornal local, e, sabe-se lá como, jornalista neste mesmo jornal.
    Um fato curioso do romance, entre outros, é que o nome da gazeta na qual o Caminha consegue se empregar é “O Globo”. Como o romance teve muito sucesso à época do seu lançamento (1920) é muito provável que tenha inspirado o jovem jornalista Irineu Marinho (pai do também jornalista Roberto Marinho, o consolidador das Organizações Globo) a titular seu jornal com o mesmo nome – O Globo, cuja fundação, e início de atividades, deu-se em 1925.
    O mulato Lima Barreto aproveita o personagem do romance (e, também, seu “alter ego”) e desanda uma ácida crítica às gazetas da época, ao modo mesquinho, interesseiro, rasteiro como eram feitas; mas, nada de novidade: essa era a regra da feitura dos jornais tanto por aqui, no inculto gigante Brasil, quanto lá, no culto e arrogante primeiro-mundo. Se, por aqui, o governo da vez não distribuísse fartas verbas e abundantes colocações aos apaniguados dos donos das gazetas nas inúmeras sinecuras públicas, pau a torto e a direito no “insensível e mau governo”. Um crítico literário somente ousava pegar suas penas e ajeitar suas tintas, depois de obter boas respostas para as inevitáveis perguntas: “É mulato? É filho de quem?” Mas, lá, não era muito diferente: o economista e escritor norte-americano John Kenneth Galbraith, no seu monumental trabalho “Anatomia do Poder”, faz uma ácida (mas também divertida) incursão pelos jornais americanos do século XIX, muito próximos dos fofoqueiros inúteis tabloides londrinos de hoje.
    Hoje, no momento em que a crise no setor de jornais se agudiza, o que vemos? Em minha opinião, vejo nossas gazetas estão cada vez mais e mais próximas das populares e coloridas revistas padrão “Amiga”, cada vez mais padrão tabloide inglês, mais mercantilistas, mais “sensíveis” aos poderosos da vez – governos ou grandes corporações – com suas gordas e corruptas verbas publicitárias, etc., etc.
    Repito: é um belo livro, leiam-no. Mas não é a obra maior do grande escritor, do escritor mulato que sucumbiu à opressiva sociedade metida a esnobe, na qual viveu sua curta vida (morreu, louco, em 1922, com meros 41 anos). Seu livro maior, sua seminal obra-prima, “a arte” em forma de literatura, é o eterno “Triste fim de Policarpo Quaresma”. Este, sim, é DEMAIS!


    ResponderExcluir
  4. Consta que o vice da leal & valorosa já tem em mãos pesquisas de opinião encomendadas por ele sobre a sucessão na capital

    ResponderExcluir
  5. Prévidi, a redução da maioridade penal vai fazer a alegria dos que estão enjaulados nos Presídios, pois certamente apreciam ‘carne fresca’. Procura assistir vídeo da entrevista de um já aposentado Juiz de Menores concedida à TIA RANZOLIN no Canal 12 da REDE BAITA $ONEGADORA na sexta-feira passada. Se esse absurdo que é defendido com veemência pela Rede Bandeirantes nada irá ser resolvido, muito antes pelo contrário, pois teremos fedelhos bebendo livremente e conduzindo veículos, por exemplo.

    ResponderExcluir
  6. Gerdau não sai a caça, mas dá festinha de final de ano para fucionários da Receita Federal em PoA.

    ResponderExcluir