Quarta, 26 de agosto de 2015



Atualizado diariamente ao meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.








O LEITOR DO DIA

Sei que ela sempre dá uma olhadinha: Patrícia Piaia Osório, que mora em Porto Alegre.
Bom dia, Patrícia!




TÁ CHEIRANDO A ROLO


Melvis Barrios Jr, pres. do CREA-RS
Uma empresa que está apta para comercializar autopeças foi contratada, sem processo licitatório, para fazer o PPCI - Plano de Prevenção Contra Incêndio, na Expointer. O mais admirável é a dispensa de licitação, por questões de prazo. Mas será que na Secretaria da Agricultura ninguém sabia que era imprescindível o PPCI, em função das milhares de pessoas que comparecem ao evento? O valor também surpreende: R$ 442 mil.
A empresa, Andre Rodrigo Pedroso de Oliveira - ME, é apta para "Comércio varejista de outros produtos não especificados anteriormente - CNAE 4789099". O mesmo André usa o novo fantasia "PREVENIR", que tem como atividade econômica principal o "comércio varejista de outros produtos não especificados anteriormente"; e como atividades econômicas secundárias, o "comércio a varejo de peças e acessórios novos para veículos automotores, manutenção e reparação de máquinas e equipamentos para uso geral não especificados anteriormente e instalações de sistema de prevenção contra incêndio".
Pelo que informa o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura -CREA-RS, Melvis Barrios Junior, esta contratação foi feita com o nome de fantasia "RS Prevenção de Incêndios", com a mesma ME.
-
Num guia de negócios, encontrado no Google, existe isso:

RS Prevenção de Incêndios

Nome do Contato: RS Prevenção de Incêndios
Endereço: Avenida Senador Salgado Filho, 6577
Complemento: Parada 48
Endereço Filial: cintia.ppci@gmail.com
Bairro: Jardim Krahe
Cidade: Viamão
UF: RS
País: Brasil
Telefone: 3492 95 82
Telefone: 8555 82 79
Telefone: 8203 62 47
Funcionamento:
  • Seg. à Sáb.
  • Recargas de Extintores
  • sistema Hidráulico
  • PPCI
  • Curso RT 014
  • Prevencção de Incêndios

-
Melvis Barrios Júnior informa que a denúncia irá para o Ministério Público ainda nesta semana.
"Nós acreditamos que R$ 100 mil seria o custo real para este trabalho. Mas teria que ser uma empresa registrada no CREA, o que não é o caso desta escolhida", explicou o presidente do CREA.

--


COMO SE COMPORTOU O PMDB
AO VOTAR AUMENTOS DO ICMS?
"A Secretaria da Fazenda está paralisada, não cobra nada"






Há 40 anos que o Rio Grande do Sul passa por dificuldades. Basta conferir os índices de crescimentos de Estados da região Sul, Sudeste e até mesmo do Nordeste nas últimas décadas. O RS, se não fosse a produção agrícola, estaria numa situação ainda pior.
Dos anos 50 até o início da década de 70 os gaúchos tinha orgulho da pujança de sua economia.
-
Depois de 1982, quando foi eleito o primeiro governador depois do golpe de 1964, a situação só se agravou.
Em 1990 Alceu Collares foi eleito governador do Estado e assumiu depois do país passar por inúmeras turbulências - não se entende como sobrevivemos ao tsunami José argh! Sarney.
Collares não tinha como investir. O governador anterior, Pedro Simon, tinha enfrentado uma série de situações desastrosas e, mesmo assim, havia deixado vários obras em andamento, especialmente estradas. Mas como continuar e propor novos investimentos?
AC e sua equipe econômica enviaram para a Assembleia Legislativa um projeto de aumento de 1 por cento da alíquota do ICMS. Como não poderia ser de outra maneira, o debate foi intenso.
"Em todos os Estados, até hoje, a alíquota é de 18 por cento. Somente aqui no Estado, não se sabe o motivo, é 17 por cento", lembra o ex-secretário da Fazenda do Governo Collares, Orion Cabral, com quem tive a satisfação de conversar hoje de manhã.
Pois bem, depois de toda discussão, o projeto de aumento do ICMS foi a plenário.
Mais discursos inflamados e a votação foi surpreendente: EMPATE.
O voto de minerva coube ao presidente da Assembleia, deputado Cezar Schirmer, do PMDB.
Schirmer fez um rápido pronunciamento e votou contra o aumento.
A bancada do PMDB tinha 13 deputados, inclusive José Ivo Sartori.
Votaram contra o aumento da alíquota.
-
Agora, independente de ser aprovado ou não o aumento do ICMS, Orion Cabral afirma que a Secretaria da Fazenda do RS está paralisada:
- Existe uma dívida de mais de 30 bilhões de reais, sendo que 11 bilhões de reais podem ser 'cobráveis'. Bastaria que a Procuradoria Geral do Estado e a própria Sefaz se empenhassem em cobrar desses que podem pagar. Não resta outra alternativa.
Em português claro, se houvesse empenho nessa cobrança o RS começaria a sair do atoleiro.
- Mas não vejo nenhum movimento neste sentido - diz Orion Cabral.
-
O ex-secretário da Fazenda lembrou que fez, no Governo Collares, o "Balcão de Negociação"
- Recebemos muitas críticas, por buscar a negociação, e porque se dava algumas vantagens para que pagassem as dívidas. Podíamos rever mulas, por exemplo. E o pessoal da PGE e da Sefaz ia nas empresas para cobrar. Eu, inclusive, fui em várias missões.

--


MUNDO MIDIÁTICO

A COMEDORA DE SUCRILHOS DÁ PALESTRAS E DEMITE COM FÚRIA




Vocês notaram que todo comedor de sucrilhos com nescauzinho A-M-A tirar fotos de braços cruzados, participar de eventos - como palestrante - e demitir funcionários, para dar a impressão de que trabalha duro. Hoje mesmo vi que uma sucrilhete  esteve num evento em São Paulo para falar do que não entende patavinas: rádio. É só olhar a cara da mestra/doutora que se vê que ela mal sabe mexer no dial.
Não reproduzo o título da palestra da sucrilhete porque este é um post sério e vocês vão cair na gargalhada.
Mas a "executiva" viajou de alma lavada: demitiu um monte de gente!! Inclusive fez de tudo para expurgar de uma emissora o mais popular comunicador do rádio gaúcho.
-
A sucrilhete deve ter achado que era pouco demitir só o maior comunicador do grupo de comunicação.
Demitiu todos que estavam a sua volta.
Inclusive a irmã do comunicador líder de audiência.
E vários profissionais de renome.
Um horror.
Quer detalhes? Veja no Facebook o post do "Radialista Mauro Sérgio", com todos os detalhes.

--


A RESPOSTA 

Ontem, no texto "SÓ NO BANANÃO", o jornalista Mario Marona fez indagações sobre o momento nacional. Veja aqui.
-
Abaixo, as resposta de Fabiano Adamy:

Respondendo às perguntas do Mario Marona, isso só pode acontecer num país onde um ex advogado do PT vira Ministro do STF e outra, também ex advogada do PT, ministra do TSE.
Num país onde um jornalista vê golpe na possibilidade de utilização de um meio constitucional – impeachement – para desconstituir uma Presidente acusada de crime de responsabilidade (razão ‘sine qua non’ para o processo), onde os esquerdistas, acompanhando todos os homens públicos no poder, perderam os escrúpulos e não admitem que escolhas ideológicas sejam utilizadas a não ser por eles.
Num país em que a Presidente se encontra furtivamente com o Presidente do STF, no exterior, para tentar encontrar brecha jurídica para contornar eventual desaprovação de suas contas; onde acordos são feitos com próceres como o Senador Renan Calheiros, Presidente do Senado e novo ídolo dos esquerdistas acima mencionados, livrando-o de denúncias mediante a concordância com a recondução do Procurador Geral da República, também partícipe do acordo para não requerer a abertura de investigação contra a mesma Presidente.
Enfim, num País onde esquerdistas ainda se orgulham de defender posições indefensáveis e ideologias responsáveis pela morte de centenas de milhões de pessoas e onde defender o capitalismo é visto como crime de lesa-pátria, mesmo que seja o regime que proporcionou as maiores avanços da história da civilização.

--


A RESPOSTA - 2

Do consultor Dado Schneider, a quem me referi em post de ontem - SE TERMINAR EMAIL E TELEFONE, VOU ME TORNAR ERMITÃO DE VEZ:

Adorei tua provocação ontem, mas não consegui comentar diretamente no post (o Google insistia que minha senha estava errada!).
Logo, o moderninho aqui se atrapalhou...rsrs.
Mas a provocação que faço com o email é para alertar para a geração que vem aí.
Eu apanho algumas vezes por não utilizar mais a ferramenta, mas, no meu caso de pequena empresa (palestrante) com empresária em S.Paulo, com WhatsApp funciona.
Um abração

--


CONTINUO COM UMA GRANDE DÚVIDA

O que faz a Secretaria de Turismo de Porto Alegre?

--


A PROPÓSITO DE INCOMPETÊNCIA

No ano passado Porto Alegre não teve nenhuma decoração natalina, ao contrário da maioria das cidades gaúchas - em Canoas, por exemplo, vários eventos, incluindo um show com Elza Soares.
Para este ano, se não fosse a iniciativa dos dirigentes do Sindicato dos Lojistas do Comércio de Porto Alegre e da Câmara de Dirigentes Lojistasmais uma vez, não existiria Natal em Porto Alegre. Mas as entidades foram ao encontro do prefeito de Porto Alegre propor o "Brilha Porto Alegre 2015".
O prefeito, do alto (?) de sua exuberante votação em 2012, soberano, falou:
- É uma bela iniciativa. Somos parceiros.
Só o que faltava era ele dizer que tinha outros planos...
HAHAHA!!!
-
O pessoal da Secretaria de Turismo de Porto Alegre deve estar triste, porque o prefeito os convocou para o grupo de trabalho do "Brilha Porto Alegre 2015". Trabalho?

--


ISSO É UMA BELEZA!





--


O ESPAÇO DO ZEQUINHA




Hoje é o jogo São José X Igrejinha.
No Estádio Passo D'Areia, às 15 horas.
-
O jornalista Rogério Böhlke esclarece:

O São José JÁ ESTÁ classificado nesta competição a Copa Luiz Fernando Costa.
E O MAIS INCRÍVEL, o Igrejinha, também, ou seja,, esse jogo não vale nada. O regulamento é ridículo. Deixa eu te explicar:
No segundo semestre, a Federação organiza duas competições. Um nos finais de semana ( regionalizada, em três grupos, com turno e returno, ), e outra nos moldes da Copa do Brasil, no meio de semana, com jogos de ida e volta.
Bueno, nesta ai, que neste ano leva o nome de LUIZ FERNANDO COSTA, vice colorado que faleceu em janeiro, estamos na segunda fase, nesta fase SÃO DEZ TIMES, ou seja, CINCO MATA-MATAS, mas, passam de DEZ, OITO para a  terceira fase, ou seja, OS CINCO GANHADORES E MAIS OS TRÊS MELHORES PERDEDORES
Aíé que entra o mais incrível: quem perdesse por mais de um gol em casa, já estava eliminado, foi o caso de Farroupilha (0x2 Inter), Aimoré (0x2 Grêmio) e Palmeirense (ox2 Pelotas). A dupla joga com sub-19.

--


PROPAGANDINHA BÁSICA
DO PUDIM DA PATRÍCIA!!




Não é apenas uma tentação. É impossível não comer de duas fatias pra mais.
Faça o pedido com 48 horas de antecedência pelo 51 8151 4751 ou in box, no Facebook para Patrícia Peres.
Claro, confere todos os detalhes com ela, que a qualidade eu garanto!
O preço? Liga pra ela! Nenhum absurdo.

--


NOVA PROMOÇÃO!!


Três espetaculares livros!!
MAIS UMA BARBADINHA!
APENAS NA BANCA DA REPÚBLICA

 A Revolução da Minha Janela


 Tempos do Róseo - Histórias de Jornalistas


10 Anos às Ganhas



APENAS R$ 50,00


ATENÇÃO: APENAS NA BANCA DA REPÚBLICA
esquina da avenida João Pessoa com Rua da República, Porto Alegre


--


PIADINHA

Do Sensacionalista:


“Tá acabando a bateria, amor” foi o golpe de celular mais aplicado neste mês de agosto, diz polícia


Um dado alarmante chocou a polícia militar no mês de agosto. O golpe do “Tá acabando a bateria, amor” foi o mais usado entre homens e mulheres de todo o Brasil.
Os meliantes costumam aplicar o golpe em qualquer hora do dia, mas o maior número de incidências é a noite. Os lugares mais freqüentes do golpe são bares, motéis, restaurantes e uma famosa esquina de Copacabana.
A polícia diz que está cada vez mais difícil conter o golpe, uma vez que, os próprios membros da corporação estão acostumados a aplicá-los.
Eles alegam que, apesar de ser um golpe, a famosa frase diminui consideravelmente outros crimes, como desordem pública e assassinato passional.

3 comentários:


  1. Agora e enquanto estiver totalmente desdentado preciso comer pudim de leite. Aqui só encontro no Mercado “Seu” Pedro, aquele que quando vens de Porto Alegre e rumas à tua Oásis se localiza na frente de Escola Municipal ali onde há duas lombadas seguidas para proteger alunos da citada escola. Custa R$ 24,00 o quilo. Muito bom. Depois que tiverem sido parafusadas minhas duas dentaduras novas te comunico e então vamos comer aqui em casa aquele filé mignon que me prometeste quando ainda residíamos em Xangri-Lá. No dia te busco em casa e o Pedrão terá que vir junto para fazer companhia ao Lucas.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. "Sucrilhete" foi a melhor do dia. Obrigado por ter-me feito rir. Rir do termo utilizado, é claro. Porque os sucrilheiros e as sucrilhetes não têm a menor graça.

    ResponderExcluir