Quinta, 21 de julho de 2016





Atualizado diariamente até o meio-dia.
Eventualmente, à tarde, notícias urgentes.











Semana "Cenas Inesquecíveis"
-4-













mundo implacável




QUEM É CONTRA OS MÉTODOS
ANTICONCEPTIVOS? E O ABORTO?







Sempre fui contra o aborto, mas jamais me meti em discussão sobre isso. Coisa minha. Quando um amigo vinha me falar que uma namorada ia terminar com uma gravidez indesejada, eu dizia que deveriam pensar mais, tal e coisa. Claro, dentro de uma visão classe média.
Há poucos anos, depois de velho, soube que uma guria próxima estava grávida. Uma pobre guria, que não sabia nada da vida, drogada e vivendo com ratos. Até me espantei quando falei: "Tinha que tirar essa criança".
Todos foram contra, "quem sabe ela dá jeito na vida". Fiquei quieto. Hoje, pelo que sei, a pobre criança vive com uma avó, o pai?, de repente em cana, e a guria vive pelo mundo.
Tinha que ter abortado, né?
-
Dentro desse drama das crianças abandonadas, que vivem nas ruas, o que se chama de "esquerda" não fala nada. Ontem, por exemplo, depois da dramática foto do repórter Cristiano Soares (aqui), "políticos esquerdistas" saem pela tangente, falando em falta de políticas habitacionais.
Quer dizer, filhos devem ter a vontade!
Se acham grandes entendidos em políticas populares, mas não passam de "classe média consciente".
-
Qualquer governo, um pouco honesto, se preocuparia com a descontrolada natalidade nas nossas cidades. Deveriam ter políticas para coibir a gravidez de crianças de 13, 14 anos. Impedir mesmo que mulheres tenham quatro, cinco filhos sem as menores condições de criá-los. Não essa conversa fiada de "políticas de prevenção", porque sabe-se muito bem que isso não funciona.
Então, fazer o quê?
Não sei, mas os entendidos devem saber.
-
Viram a foto lá de cima? É na Rua da República, quase esquina com a rua Lima e Silva. O cara finge que cuida de carros e é craqueiro, assim como a companheira. Vivem ali e não aposto que logo estarão criando um bebê e a "classe média consciente" da região dará muitas roupinhas, comida, etc.
-
Abaixo publico três comentários interessantes, feitos no Facebook:

Maria Wagner
Este problema só vai desaparecer no Brasil - e no mundo - no dia em que o HOMEM admitir que a mulher gera, mas é ele quem semeia. Uma mulher só pode parir uma vez por ano. Em contrapartida, quantas mulheres um homem pode engravidar ao longo desse tempo? Além disso, há outra questão que precisa ser levada em conta: o homem que usa camisinha também está contribuindo para controlar as doenças sexualmente transmissíveis.

Denise Fara
Por isso que eu digo sempre, amigo... O Brasil só vai ter chance de melhorar o dia que implantar o controle de natalidade...tenho 3 filhos e passo trabalhando o tempo todo para os sustentar. Me privo de muitas coisas por eles, mas nem sempre se consegue. Essas mulheres ganham 3/4/5 filhos muitas vezes almejando ganhar algum tipo de ajuda..isso para mim é crime.

Paulo McCoy Lava
Pois, sobre o assunto 'filhos': Pois, como o José Luiz Prévidi, sabe, entre 2006 e 2014, residi na região de Ivoti. Local que, sabemos, possui diversas empresas do setor de couro. Este, por sua vez, depende dos 'humores' dos mercados internacionais. So what? Mesmo com a sempre presente ameaça de desemprego, constatei muitas historias de casais que ainda assim, insistiram em formar família -- ter filhos.
O resultado, na maior parte dos casos, foi aquele conhecido: Casais perderam emprego -- seja junto à fábrica da Paquetá. Ou na oficina fundo de quintal destinada a produção de solados. Etc. lar desfeito. E, claro, a mais triste consequência: lares desfeitos e crianças -- sem nada entender --, tendo que enfrentar a separação dos pais. Particularmente, confesso que sofria 'questionamentos' por não formar família. E, claro, enfrentava cara feia ao responder que "Fazer filho é fácil. Mas quem iria me ajudar a criar, se eu ficasse desempregado?"
A grande verdade -- e que poucos aceitam -- é que neste país, apenas ricos podem ter filhos. Outro dia, por exemplo, alguém ficou penalizado pelo fato da esposa do Felipe Massa estar grávida. Ora, seu marido acumulou imensa fortuna como piloto da Marlboro/Ferrari (cerca de US$ 80.000.000!). Por mim, ela poderia engravidar de quadrigêmeos e, mesmo assim, o casal não teria que chegar ao final do mês tendo que apelar para o cheque especial...




--



mundo eleitoral


O que queremos para a Saúde?



Uma iniciativa que une tecnologia e participação dos profissionais da saúde e sociedade é a aposta do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS) para motivar os gaúchos a pautar os problemas da saúde e cobrar soluções dos candidatos que vão disputar as prefeituras na eleição de 2016. O SIMERS lança, nesta quinta-feira (21), a campanha Desejos para Saúde, que terá uma plataforma digital para que a população possa “votar” nos três principais anseios para melhorar a qualidade da saúde no Estado.
Pelo www.desejosparasaude.com.br, a população poderá fazer suas escolhas. O hotsite entra no ar nesta quinta. No Largo Glênio Peres, será feita uma ação de impacto, a projeção mapeada da saúde (Mapping da saúde) das 17h30min às 21 horas, para gerar maior envolvimento do público, com uma experiência visual para que os gaúchos possam conhecer a campanha e obter informações sobre como participar.  As votações podem ser feitas até 30 de agosto. As pessoas poderão votar mais de uma vez e em mais de um município.
-
“Queremos mapear os desejos, captar o que as comunidades percebem como insuficiente e acabam não tendo como encaminhar, como cobrar de quem é candidato e que daqui a pouco pode virar prefeito”, destaca o presidente do SIMERS, Paulo de Argollo Mendes. O Sindicato vai divulgar no final da campanha os temas mais votados em um mapa com o diagnóstico das principais necessidades ligadas à saúde no Estado. Um dossiê será elaborado e será entregue aos candidatos a prefeito dos municípios gaúchos, cobrando um plano de ação para a solução dos problemas apontados, de forma efetiva.
“Os cidadãos são o termômetro da saúde no Estado, pois eles sofrem com a precariedade do atendimento e com a falta de recursos. Essa campanha é uma oportunidade para que a sociedade seja ouvida, expondo suas dificuldades e apresentando suas preocupações. O diagnóstico preciso vai permitir que o SIMERS atue de forma mais assertiva na defesa dos direitos à saúde dos gaúchos”, destaca Argollo.
-
Campanha Desejos para a Saúde – Horário das 17h30 às 21h

Porto Alegre: 21 de julho: Largo Glênio Peres. 17h30 às 21h.

Canoas: 28 de julho: Calçadão em frente à Estação do Trensurb. 17h30 às 21h.

Santa Maria: 26 de julho: Praça Saldanha Marinho. 17h30 às 21h.

Pelotas: 27 de julho: Calçadão (em frente à lotérica). 17h30 às 21h.




--



mundo eleitoral / midiático


Porto Alegre e região:
Cantinho dos pré-candidatos a vereador




FERNANDA BARTH, JORNALISTA:





PAULO BOGADO, COMUNICADOR (CANOAS):





MÔNICA LEAL, JORNALISTA, VEREADORA:






--




mundo canalha



Sabem o que é a sigla DMAE?

DEPARTAMENTO MUNICIPAL
DA ÁGUA QUE É UM ESGOTO


ÁGUA PODRE DE PORTO ALEGRE 


Cadê o ministério público, que se mete em tudo?
E os inúteis vereadores?
O prefeito continua achando que é uma "mensagem divina"?
Onde estão as Polícias?
OAB? Sindicatos? CUTs?
Ninguém usa a água podre do Dmae?
NÃO TEM UMA AUTORI DADE DE CULHÃO ROXO???


Do jornalista Bertrand Kolecza

20/07/2016. Diário do Envenenamento, sexagésimo-terceiro dia.
Então, um integrante da burocracia estatal disse que o cheiro e o gosto ruins na água (tratada) podem sumir sem sequer virem a saber o que os causou. Mas bah! Isso está cheirando, e saboreando, à cortina de fumaça. Deve ter algo aí, por eles sabido, embuçado, e vêm com essa. Um dia saberemos, pois, como todos sabem, ELA tem pernas curtas.

-

MIMOSO!

Ouvi hoje o prefeito falando sobre a água fedorenta e podre de Porto Alegre.
Sabiam que na casa do prefeito a água está normal?
Sabiam que o DMAE - DEPARTAMENTO MUNICIPAL DA ÁGUA QUE É UM ESGOTO - é referência para o país?
Sabiam que estão fazendo "de tudo, o possível" para descobrir o motivo da água estar fedida e podre por mais de 60 dias?
-
Se o prefeito fosse uma pessoa normal iria a um supermercado e poderia constatar que as pessoas ESTÃO COMPRANDO ÁGUA?
-

SE FOSSEM DEMOCRÁTICOS, COMO DIZEM, DARIAM UM BOM DESCONTO NAS PRÓXIMAS CONTAS DO DMAE, EM FUNÇÃO DAS PESSOAS NÃO ESTAREM CONSUMINDO.



--



mundo midiático 1


É VICE!! - O SBT RS atingiu um crescimento de 6% pelo segundo mês consecutivo na faixa das 24 horas de programação, ficando assim empatado na vice-liderança com 3,5 pontos. Na faixa da manhã, a emissora obteve um acréscimo de 8% e abriu vantagem ainda maior na vice-liderança em relação a terceira colocada, com 17% mais audiência e 2,7 pontos de média, contra 2,4. Já no horário nobre, o SBT RS foi a única emissora a registrar aumento no mês de junho: 11% de crescimento, e obteve seu melhor resultado em 2016, com 6,0 pontos de média contra 5,6 da concorrência. E durante a madrugada, a emissora alcançou novamente a vice-liderança, com crescimento de 9% e média mensal de 1,8 contra apenas 1,1 da terceira colocada.
Além das faixas horárias, o SBT RS também registrou a vice-liderança na programação local, entre eles está o Anonymus Gourmet que cresceu 7% em audiência e 6% participação, enquanto sua principal concorrente sofreu queda de 36% no horário. O programa fechou o mês de junho na vice-liderança absoluta com 3,8 pontos de média e 9,3% de share, contra apenas 1,8 da terceira colocada. Já o programa MasBah!, segue na vice-liderança com 3,3 pontos de média e 7,9% de share, enquanto a emissora terceira colocada alcançou apenas 1,4 pontos, com 11% de queda.
O SBT Rio Grande fechou na vice-liderança com crescimento de 4% e 7% em audiência e participação respectivamente, no comparativo com o ano anterior.  Em junho, o jornalístico registrou 1,1 pontos de média e 10,7% de share, contra 2,5 da terceira colocada. O SBT Esporte retoma a vice-liderança de audiência com 3,8 pontos de média e 8,5% de share, enquanto sua principal concorrente no horário sofreu queda de 14% e fechou com 3,7 pontos. E o SBT Rio Grande 2ª edição atingiu crescimento de 18%, 4,4 pontos de média e 6,6% de share.
-
PROPAGANDA RIDÍCULA - Do TSE. Um locutor com sotaque exageradamente carioca é insuportável. Não é a primeira vez que em período eleitoral usam o mesmo cara. Deve ter mutreta no meio.
-
GUAÍBA - Escreve Teofilo Abrantes:

Compartilho uma constatação, triste, diga-se de passagem, mas real.
De tempo para cá, principalmente no período pós-evangelização, a rádio Guaíba tem caído na qualidade dos seus repórteres e apresentadores. Teu comentário recente sobre a troca de invasão por ocupação no programa do Mendelski é mamão com açúcar perto de outras cosias.
Me prestei outro dia a perder um tempinho olhando o que escrevem esses "novos jornalistas" em redes sociais. Pasmem, mas as práticas são amadoras e repentinas, de erros de concordância, ortografia, até falta de checagem de informações. Isso tudo constatado em poucos minutos.
No caso recente do presidente da CNI sobre 80 horas na França, teve um que divulgou matéria de outro jornal como se fosse um fato, ou seja, nem para clicar e ler a matéria que replicam. Ainda soltou marimbondos.
Quando a pauta é restritamente política, daí que se perdem. Não têm noção de como funciona o tramite de projetos, processos. Nem para buscar num Google da vida, que é o método mais usado desse "new journalism". Diferente de Juremir, Mendelski e da própria Taline, que têm gabarito para criticar ou se posicionar "à esquerda e à direita", essa turminha recente não tem jogo de cintura.
E por mais que os sucrilheiros façam a limpa a todo tempo, eles mantém um certo padrão de qualidade, enviam jornalistas à campo para acompanhar in loco votações como o impeachment ou para coberturas no exterior, o que dá certa cancha e expande a percepção de realidade e também de jornalista de verdade.
Já a saudosa Guaíba, além dos cortes que faz, baixou o nível. Até tirar nosso termo "guaibeiro" admitem. Daqui a pouco é melhor fechar as portas ou usar o espaço da Caldas como auditório religioso.



--



mundo dos parecidos


Quem é o jornalista Nestor Tipa Jr.?
Quem é Rodrigo Maia, presidente da câmara dos deputados?









--




mundo dos eventos


É hoje!!


Confraria do Cachorro Quente de volta!
TODOS ESTÃO CONVIDADOS!!

Os bons tempos estão de volta. Antes das Olimpíadas, HOJE, a partir das 19 horas. No Posta Del Diablo, na rua Lima e Silva, 587, em frente ao Zaffari.
Não dá para perder.
O Maior Evento de Porto Alegre!!!







--



mundo midiático 2


Além de competente, bonita.
Aí é concorrência desleal, né?


(não me venham com o papo ridículo de que o título é "machista")

Parcerias, experiência e bom relacionamento com a imprensa e com formadores de opinião. Esses foram alguns ingredientes que motivaram Andressa Riquelme a apostar num novo caminho na área da comunicação e lançar-se no mercado, este mês, como assessora de imprensa autônoma.
Comunicativa por natureza, Andressa ingressou no mercado de trabalho de assessoria de imprensa trabalhando, primeiro, numa grande empresa de clipagem. Lá iniciou a familiarização com os jornalistas, meios de comunicação e assessorias de imprensa. Dessa experiência a trabalhar numa assessoria de imprensa na área de gestão de relacionamento foi um passo natural.
Hoje, dez anos depois, a profissional já contabiliza a passagem por duas assessorias com sede em Porto Alegre e algumas parcerias autônomas que estão em fase de expansão desde que definiu sua nova trajetória profissional. “Decidi partir para a carreira autônoma, pois nestes anos criei uma sólida rede de relacionamento não só com a imprensa e formadores de opinião, mas com assessorias de imprensa. Assim, posso potencializar minha expertise nesta área e trabalhar com vários parceiros. Acredito que todos têm a ganhar: eu que passo a atender novas contas, os parceiros e seus clientes”, comenta.
-
Andressa já atuou na produção de grandes eventos e de importantes empresas, como o Festival de Cinema e o Natal Luz, de Gramado, e Planeta Atlântida, quando fazia parte do time da Pauta Assessoria. Atualmente, colabora com o jornalista Xarão, onde integra pelo terceiro ano consecutivo a assessoria de imprensa da mostra Casa Cor RS e com a Faro Comunicação Estratégica, auxiliando nas ações de PR e de relacionamento para a BRIO - SPE Holding Beira-Rio e também em relatórios de mídia espontânea para outros clientes.
Conforme explica, o trabalho de relacionamento oferecido para atuar em parceria com agências de comunicação e jornalistas autônomos, consiste em gerenciar os contatos com a imprensa e com formadores de opinião. Atuação que ganhou experiência após uma década como colaboradora de empresas da área. A profissional avalia que “relacionamentos de auxílio mútuo todos saem ganhando: o parceiro e o cliente. Assim, surgiu a iniciativa de não mais trabalhar exclusivamente para uma só agência, expandindo sua rede de contatos e de trabalho.
-
O futebol sempre foi uma de suas grandes paixões. Andressa está sempre antenada sobre o que está rolando dentro e fora dos gramados. O conhecimento e o coloradismo a tornaram bastante popular entre os que entendem do assunto. Entre as colaborações, já publicou suas impressões no que tange o futebol no portal Terceiro Tempo de Milton Neves, além de grande repercussão sobre o artigo "De Fora da Área", publicado na editoria de Esporte do jornal Zero Hora.




--



mundo das piadinhas



Duas do Paulo Motta


PALHAÇADINHAS AO ENTARDECER

Duas elefantas tomavam sol na beira do mar e uma fala pra outra:
- Migucha, vamos cair na água?
- Não posso, tô naqueles dias..
- Ah, faça que nem eu: usa uma ovelha!

PALHAÇADINHAS AO ENTARDECER 2

-Tens uma foto 3x4 pra me dar?
- Tenho, mas pra quê?
- Guardo no bolso, daí não falo mais: "Não tenho um puto no bolso", entendeu?



4 comentários:

  1. Dersu Uzala, obra prima que marcou minha infância nos anos 80!

    ResponderExcluir
  2. Na questão da natalidade, esqueceu de mencionar a Igreja Católica que não deixa fazer vasectomia e ligação de trompa em pessoas mais necessitadas porque "só Deus é que sabe o que é melhor pra elas". Com tudo tão moderno hoje, por quê as prefeituras e governos não oferecem esses serviços de controle de natalidade de graça ? Interesses, como diria o Brizola.

    ResponderExcluir
  3. Sobre a água podre de POA. Já falaram em mudar o ponto de captação do Cais Navegantes, mas isso vai demorar uns dois anos. Enquanto isso, sigamos tomando a água poluída dos curtumes do Rio dos Sinos e envenenada das lavouras de arroz do Gravataí.

    ResponderExcluir
  4. I got my first electronic cigarette kit from Vaporfi, and I must admit that they have the best kits.

    ResponderExcluir