Terça, 28 de março de 2017



PRÊMIO PRESS - JORNALISTA DE WEB 2016 - JL PRÉVIDI



Atualizado diariamente até o meio-dia.
Eventualmente, à tarde, notícias urgentes.










TUDO ZERO OU DIET, TUDO BEM.
MAS UMA  PIPOCA DOCE ME VIRA A CABEÇA!








semi-licença-saúde





SEM TERRA DO SÉCULO 21, PT E PRESIDENTE
DA ASSEMBLEIA ENTRA EM LICENÇA-PATERNIDADE! 



FOTO HISTÓRICA: Líder sem terra Pretto curte férias em Punta.
Hoje, cuida do recém nascido, com licença remunerada


Já imaginou o governador do Estado ou o presidente do Tribunal de Justiça começar a semana com a seguinte declaração:
- Estou entrando em licença-paternidade.
Bah, iriam pedir o impeachment!. Se fosse hoje, Stela Paris Banco Santos Farias pediria a prisão do José Ivo - impeachment seria muito pouco.
Pois o presidente da Assembleia Legislativa gaudéria, há pouco empossado, está em casa, cuidando de seu filho recém-nascido! Edegar Pretto largou a nau temporariamente.
Está no regimento interno da Casa da Gandaia do Povo:

§ 3.º A licença por maternidade natural é de cento e vinte dias e a por paternidade é de oito dias, contados em ambos os casos, da data do nascimento da criança.

Mas o Edegar Pretto tentou há pouco tempo aumentar essa mamata - PLC 259 2015. De repente, o cara previu que iria ter este rebento.
Olha só:

                Altera a Lei Complementar n° 10.098, de 03 de fevereiro de 1994, que dispõe sobre o Estatuto e Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Civis do Estado do Rio Grande do Sul.
                Art. 1º – O art. 144 da Lei Complementar nº 10.098, de 03 de fevereiro de 1994, passa a ter a seguinte redação:
              “Art. 144 – Pelo nascimento ou adoção de filho ou filha, o servidor terá direito à licença paternidade de 30 (trinta) dias consecutivos.”
               Art. 2º – Esta Lei Complementar entra em vigor na data de sua publicação.
              Sala das Sessões,
             Deputado(a) Edegar Pretto

No entanto, a tramitação desta obra de arte legislativa está suspensa.
...
É, deputado, presidente de um Poder não é um simples funcionário público, ainda mais vivendo em um Estado completamento falido.
..
Agora, tem uma coisa: o senhor, Presidente Edegar Pretto, não fará falta, porque os seus coleguinhas, na Casa da Gandaia do Povo, só querem discutir abobrinhas, como o desprincesamento, ou inventar "eventos" para tirar diárias.
Fica os oito dias em casa e dá uma esticadinha que o RS não sentirá a menor falta.
Aproveita!
Com a família maior, o senhor vai ter saudade de um café em Buenos Aires, né?




Vai fazer falta uma paisagem dessas, romantismo total!! Que MST que nada!!





-

EXCLUSIVO!!
O QUE DIZEM OS CHINESES 
SOBRE A CARNE BRASILEIRA!!


-

NOVIDADES NOS 43 NOS DA TVE!! - Para comemorar os 43 anos de atividades da TVE, que completa amanhã, a partir do dia 3 de abril a emissora gaúcha começa os preparativos para destacar uma nova programação, toda ela agrupada no horário nobre. Serão quatro horas de conteúdo local, de segunda a sexta, das 18 horas às 22 horas. “A ideia é concentrar esforços para entregar um jornalismo mais crítico, profundo e transformador aos gaúchos”, afirma a diretora de Jornalismo, Laura Mamfrim de Freitas. A faixa de Cultura, das 18 às 19 horas, terá os programas tradicionais da emissora: Radar e Estação Cultura.
A readequação da grade, com novos cenários e programas, vai marcar o aniversário da emissora a partir do conceito de uma TVE MAIS SUSTENTÁVEL. A intenção é valorizar a produção local evidenciado a real viabilidade econômica de suas operações, transparecendo também a partir do slogan sua preocupação com questões de sustentabilidade ambiental. Com MAIS informação, MAIS cultura, MAIS educação, MAIS esporte. “Uma TVE MAIS sustentável está nascendo. MAIS democrática e MAIS plural”, afirma a diretora de Programação, Tatiana Forster.
...
A reformulação e os investimentos foram viabilizados com auxílio da Associação de Amigos da Fundação Piratini, com recursos captados pela Lei Rouanet. A Celulose Riograndense é a apoiadora cultural de toda a nova programação da TVE no horário nobre.
O papel estratégico da comunicação pública na sociedade gaúcha parte de princípios como a pluralidade e renovação. “O objetivo é ter uma programação informativa dinâmica, instigante, democrática, plural e culturalmente diversa, que tenha impacto real na vida das pessoas e que seja útil”, explica o presidente da Fundação Piratini, Orestes de Andrade Jr. A nova programação da TVE foi discutida com os funcionários por meio de várias reuniões. “Foi uma construção coletiva, com muito diálogo, visando criar espaços ricos para o debate e o exercício da cidadania plena através de jornalismo”, ressalta.
...
A rede de parceiras do interior, que conta com mais de 40 TVs comunitárias, universitárias e independentes, ganhará um programa exclusivo no final de semana (Pelo Rio Grande, com 30 minutos) e terá ainda mais destaque no jornalismo da emissora. Ainda aos finais de semana, reprises dos melhores momentos da semana serão levadas ao ar, além dos programas consagrados da TV Cultura, TV Brasil, TV Escola e TV Ines.




A nova grade com programação local no horário nobre será formada pelos seguintes programas:

- FAIXA DA CULTURA | Às 18h, Radar, e o Estação Cultura, em novo horário, das 18h30 às 19h;
- Às 19h, o Plano de Jogo traz o melhor do esporte gaúcho, muito além do futebol;
- Às 19h15, o retorno do programa Consumidor em Pauta;
- FAIXA DO JORNALISMO | Das 19h30 às 20h30, uma novidade: a revista eletrônica Panorama TVE trará o melhor do jornalismo da emissora pública do Rio Grande do Sul;
- Às 20h30, o Debate TVE abordará o tema polêmico do dia ou terá um assunto que merece ser discutido pelos gaúchos:
- FAIXA PREMIADA | Das 21h às 22h, uma hora com todos os programas consagrados e premiados da emissora, como TVE Repórter, Faces, Frente a Frente, Nação e Curta TVE.
- Na segunda-feira, o retorno do TVE Esportes, reformulado, das 21h às 22h, com o resumo da rodada do final de semana, debate esportivo e matérias especiais sobre outros esportes.

-

DUAS BOAZINHAS DO DIÁRIO OFICIAL - Isso, do DOPA:

1 - ATRIBUI, a contar de 14/03/2017, a MARIO LUIS COLPO MARCHESAN, cedido da Caixa Econômica Federal, para a Prefeitura Municipal de Porto Alegre, com lotação no Departamento Municipal de Habitação, a Função Gratificada Especial equivalente ao cargo de Diretor-Geral, 1.4.2.9, 340007, da Direção-Geral, 31806000, assumindo as competências do respectivo cargo, em conformidade com o Regimento Interno do DEMHAB, com base no artigo 270, da Lei Complementar 133/1985, Lei 6310/1988 e Decreto Municipal 19514/2016, através da Portaria 164 de 24/03/2017 (processo 17.0.000001482-6).

2 - NOMEIA LEONARDO MENEGHETI, 1322524/2, para exercer o cargo em comissão de Assistente 21250001, do Gabinete do Secretário 20002001, da
Secretaria Municipal do Meio Ambiente, a contar de 20/02/2017, com base no artigo 20, da Lei Complementar 133, de 31/12/1985, através da Portaria 1475497 de 13/03/2017 (processo 17.0.000011699-8)

-

EVENTO - Nos dias 13 e 14 de junho acontece o 5º Encontro Gaúcho das Empresas de Serviços Contábeis - Egescon. O ponto alto será a palestra do biólogo Richard Rasmussen, no dia 14, "Superando seus Limites".
Abaixo, a estreia da TV SESCON RS. Iniciativa do jornalista Nelson Dutra.


video



-

"GENIAL" - Olha essa. Li hoje num impresso. Estou chocado de tanta perspicácia!! Como uma pessoa tem a cara de pau de concluir o óbvio? Sobre o momento do RS:

- Quando o governo vai mal, o eleitor quer mudar. E a tendência de mudança nunca foi tão forte como agora. As pesquisas dizem que o eleitor procura um político "de atitude".

-

PORTO ALEGRE CONTINUA ABANDONADA - Do jornalista Linei Zago:
Atenção pauteiros:
Em conversa, na semana passada, na rua dos Andradas com fiscais da SMIC, soube que apenas 19 estão na ativa. E destes, mais da metade estão em idade de aposentadoria.
Portanto, em breve não terá como fiscalizar os camelôs e vendedores ilegais que assolam a nossa Capital.
PS: Tentei contato com repórteres que conheço e nenhum atende celular. Quando chefe de jornalísmo, isso era prioridade dos meus repórteres estarem on line.

-


DIÁRIAS EM PROFUSÃO NA CASA DA GANDAIA DO POVO!! - A Comissão Especial da Segurança Pública da Assembleia Legislativa aprovou, em reunião ocorrida na manhã desta quinta-feira (23), a realização de audiências públicas em nove municípios do interior do estado. O colegiado aprovou, ainda, audiência pública para conhecer a situação do presídio de Itaqui. As circunstâncias legais dos presos mantidos em delegacias e carceragens e a política de segurança pública nas regiões de fronteira do RS também serão tema de audiência.
Autor dos requerimentos de audiência no interior, o deputado Ronaldo Santini (PTB) disse que seus pedidos atendem o objetivo da Comissão Especial e ao plano de trabalho aprovado pelos deputados. “Precisamos conhecer a realidade local, que se diferencia devido às características econômicas e geográficas de cada cidade ou região”, explicou. A Comissão vai promover os debates nos municípios de Caxias do Sul, Pelotas, Rio Grande, Passo Fundo, Santa Maria, Vacaria, Itaqui, Capão do Leão e Taquara.

-

SUCESSO - Mais de 100 pessoas prestigiaram, no sábado, o lançamento da coletânea de crônicas DezMiolados, iniciativa da Farol 3 Editores, encabeçada por Auber Lopes de Almeida, Paulo Palombo Pruss e Vanessa Correa.
O livro reúne nomes de diversas áreas de atuação, cada um colaborando com quatro textos. Além de Auber e Pruss, também participam Anderson Cerva, Carlos Leão, Ronaldo Bastos, Carlos Dreyer, Flávio Dutra, Paulo Motta, Pedro Chaves e Sérgio Araújo.
Com 120 páginas e 40 crônicas, o livro ainda pode ser adquirido por R$ 25,00, diretamente com os autores, cuja reunião, curiosamente, deu-se através do Facebook.

O lançamento de DezMiolados fez parte da Virada Cultural, evento comemorativo do aniversário de Porto Alegre.










-


POUCOS QUEREM VER - A realidade dentro de um presídio é mais cruel do que aparenta ou daquilo que as novelas e filmes contam na televisão. Para mostrar o cotidiano de uma casa prisional no Vale do Taquari, a equipe do jornal O Informativo do Vale produziu uma série de reportagens sobre o Presídio Estadual de Lajeado (PEL), o maior do Vale do Taquari.
O material inédito foi obtido com exclusividade e apresenta um raio-X da estrutura física, do trabalho dos servidores penitenciários, da rotina dos presos, segurança e o entendimento das autoridades a respeito da situação. A equipe do jornal teve autorização da Justiça para acompanhar um dia da rotina na casa prisional e, a partir disso, mostra em imagens e relatos o presídio de uma forma que poucas pessoas conhecem.
É a realidade nua e crua de um ambiente que abriga miséria, poder paralelo ao Estado, violência, medo, saudades e esperança de dias melhores.

A série Atrás das Grades, feita pelas jornalistas Natalia Nissen (textos) e Lidiane Mallmann (fotografia), começa a ser publicada na edição de hoje e segue até o sábado, dia primeiro.

-


TVE: PARCERIAS COM TVS DE SÃO PAULO - Um novo modelo de TV Pública para o RS está sendo construído a partir de troca de experiências e parcerias com outras redes de emissoras. Esta foi a missão do presidente da Fundação Piratini, Orestes de Andrade Jr., na última semana, na TV Cultura, que pertence a Fundação Padre Anchieta em São Paulo, buscando novas parcerias com a TVE. Na sede da Rede Sky, também foi acordado a possibilidade de implantar o sinal digital para assinantes de todo o Estado. A TVE completa na próxima quarta-feira, 29 de março, 43 anos de atividades.
Mas o fruto de negociação com a TV Cultura, em reunião com gerente de Captação e Patrocínios da TV Cultura, Fábio Borba, deverá ampliar a troca de programas entre as emissoras, como a veiculação dos programa Nação e a série exclusiva EcoDesafio – em parceria com a Casa de Criação e apoio cultural da CMPC Celulose Riograndense, na emissora paulista.
...
Matérias elaboradas pela equipe de jornalismo e pelos programas Estação Cultura e Radar também serão aproveitadas na programação da TV Cultura a partir de abril. Em contrapartida, a TVE reafirmou o interesse em exibir o Roda Vida, o que já vem sendo feito, e a programação infantil da emissora paulista. Da mesma forma, o noticiário nacional e internacional será aproveitado na programação da TVE, assim como as matérias do dos programas Metrópolis, Manos e Minas, entre outros. “Além da troca de conteúdo, que deverá ser intensificada, tratamos do modelo jurídico-institucional da Fundação Padre Anchieta, muito diferente da nossa situação. Lá os profissionais não têm estabilidade e é possível atrair talentos do mercado para os departamentos de jornalismo, marketing, comercial e técnico”, relata Orestes Jr.
...
Já em reunião na sede da Sky, com diretora de programação Márcia Cruz e pelo diretor Adir de Souza Matos, foi a sinalizada a possibilidade de que 80 mil assinantes da operadora no Rio Grande do Sul possam receber o sinal digital da TVE. “O cliente deve solicitar a instalação do equipamento HD com sintonizador do sinal digital terrestre, sem custo extra”, informou o presidente da Fundação Piratini.

Para pegar o sinal digital da TVE, basta que o técnico coloque uma antena terrestre acoplada ao decodificador da Sky. “Pedi que a empresa intensifique a comunicação dessa alternativa aos seus assinantes”, complementou. Hoje, cerca de 80 mil assinantes da Sky já recebem o sinal digital da TVE via terrestre.
Ao todo, a empresa tem 380 mil assinantes no Estado, sendo 160 mil com HD, para quem pode ser solicitado este serviço complementar. Porto Alegre, Região Metropolitana e Itaqui já possuem sinal digital da Sky. No início de março, Orestes Jr. esteve na Net Sul, em Porto Alegre, solicitando a abertura do canal 507 para a TVE e a presença de alcance para outras regiões do Estado, como a Serra Gaúcha.

Ainda em fevereiro, o presidente manteve tratativas com a Associação Gaúcha dos Canais Comunitários (Agecom) para consolidar a estrutura de base técnica e ampliar a troca de informações com as emissoras parceiras da Rede Comunitária com a TVE. Na ocasião, foi discutido a sustentação de um novo modelo para a gestão das concessões públicas de rádio e televisão, com apoio das emissoras do Interior. Recentemente, Orestes Jr. esteve em Brasília na TV Brasil, no Ministério da Cultura e no Senado Federal. Também visitou em Belo Horizonte a Rede Minas para estudar o formato jurídico da nova Empresa Mineira de Comunicação (EMC).

-

DIÁLOGO





-

piadinha


O lenço e o cobertor


Um rapaz, numa viagem de avião, confessa para o seu namorado que seu maior desejo é transar com nas alturas.
O namorado, preocupado, alega ser impossível, pois o avião estava lotado.
O rapazola insiste dizendo que todo mundo estava dormindo, inclusive a tripulação.
Para provar que era verdade ele se levanta e pergunta:
- Alguém aí tem um lenço?
Silêncio total, nenhuma resposta.
O namorado então se convence e discretamente começam a fazer amor.
Horas depois uma comissária passa para dar uma geral no avião e encontra um velhinho tremendo.
- O senhor está doente? Está sentindo alguma coisa?
E o velhinho:
- Não, minha filha, eu só estou com muito frio por causa deste ar condicionado.
- E por que o senhor não pediu um cobertor?
- Minha filha, um cara ali pediu um lenço e comeram ele!!  Imagina se eu peço um cobertor!!!



8 comentários:

  1. Por ser teu amigo pergunto o que tens contra a deputada Stela Farias? O pai dela era funcionário do tal banrisul e buscou a grande Porto Alegre onde teria melhores condições de criar e educar aos vários filhos. Sei disto por que com ela conversei já faz tempo aqui no litoral. Eleita pelo povo tal como a ‘titia’ ZILA BREITENBACH, esta do partido da ‘tYa’, a paulistana que embolsa todos os meses uma ‘aposentadoria’ como ex desgovernadora assim como uma fortuna na Câmara Federal.
    Tya ZILA também torrou e muito dinheiro viajando pela Europa no mesmo período em que a deputada Stela por lá andou. A tYa ZILÁ andou pela Alemanha e Holanda. Podes nos trazer mais informações sobre esse ‘PASSEIO’ também pago por nós?

    ResponderExcluir
  2. Caro Prévidi, abaixo um texto que publico no hebdomadário O Taquariense (o segundo mais antigo do Estado). Acho legal, pois é cultural,pro teu público. Abraços.

    Verbos – nossa língua portuguesa

    Eu podia ir ao armazém, ou eu poderia ir ao armazém, qual o certo? Eu sempre tive muita, mas muita dúvida em relação a qual tempo verbal usar. Tentava me socorrer dos amigos, os quais, invariavelmente, respondiam-me com um desanimador não sei. Por intuição apenas, eu achava, mesmo que estranho, que ambos os tempos estavam corretos.
    Como sabemos (podia) o pretérito imperfeito do indicativo expressa, às vezes, um fato passado não concluído, outras, a ideia de simultaneidade, e, outras, duração. No caso do futuro do pretérito (poderia), ele expressa basicamente a ideia de uma ação posterior a um processo já ocorrido anteriormente.
    Na busca de informações para dirimir minha dúvida, acabei topando com vídeo na rede no qual um professor, Agnaldo Martino, um verdadeiro craque nessa área, acaba por esclarecê-la definitivamente: ambos os tempos verbais são intercambiáveis, ou seja, na maioria quase absoluta dos casos tanto faz usar um ou outro tempo. Além de citar que o futuro do pretérito é um tempo verbal tardio, ele comenta o fato de que Eça de Queiros, no romance Os Maias, somente usa o pretérito imperfeito. (Aviso, eu não li Os Mais, ergo...)
    Quando, ao telefone, perguntamos por alguém, podemos (e o fazemos) usar as duas formas: fulano está, poderia falar com ele? Fulano está, podia falar com ele? (Interessante que ninguém usa “quereria”, mas sim somente, “queria falar com ele.”)
    Por fim, arrematando, quatros exemplos do uso de frases com os dois tempos verbais:
    - Eu compraria um carro novo, se tivesse ganhado o prometido aumento;
    - Eu comprava um carro novo, se tivesse ganhado o prometido aumento;
    - Se me oferecem a vaga, eu, na hora, aceitava;
    - Se me oferecem a vaga, eu, na hora, aceitaria.
    That’s all, folks. Abraços.


    ResponderExcluir
  3. Este deslumbrado presidente da AL, o tal de Pretto, assim como o pai dele, é um zero á esquerda(literalmente), em se tratando de política.
    O problema é que os analfabetos votam nestes chinelões informais.

    ResponderExcluir
  4. Prévidi,

    Está veiculando em rádios de POA - Guaíba e Band. uma publicidade institucional do Sindifisco que considero absurda, desumana, uma agressão ao pobre e estiolado contribuinte gaúcho.
    Resumindo, a publicidade afirma que o governo Sartori só se preocupa em cortar gastos, nunca de aumentá-los. Fala em 5 bilhões de reais que podem ser cobrados dos contribuintes, que basta o governador ter vontade política para tal ( sic), que com esse dinheiro daria para contratar maiis auditores fiscais, 50 mil brigadianos, etc., etc.
    Absurdo! Nosso orçamento para esse ano fica em torno de 63 bilhões de reais. Extrair mais 5 bilhões ( não sei como!?) é legar à população gaúcha ainda mais desemprego, mais desgraça, miséria. É de uma maldade singular. Essa entidade, maldita entidade cartorial, só pensa em si, nos seus; o povo, o povo que se lixe. O certo seria o Estado cortar impostos, pois 10 reais na mão do povo, torna-se 20, 30. Na mão (perdulária) do Estado, vira (quando vira) um ou dois reais. Pelo amor de Deus, Sindifisco, mais humanidade, cai na real!

    ResponderExcluir
  5. Se na Assembleia, se discute desprincesamento, na Canção Nova, tem Princesas da Bíblia para inspirar as gurias. https://www.youtube.com/watch?v=J3zSDXQ8fLs

    ResponderExcluir
  6. Prezado João Paulo:

    Sei assim com muitos outros que há uma casta na Secretaria da Fazenda. Sei que postos de controle como o que havia ainda em território de Guaíba, antes de chegar à ponte que liga aquela cidade a nossa Capital havia e foi retirado. Sei que a guarda estadual no anseio de agradar aos governantes fez surgir um ‘BATALHÃO FAZENDÁRIO” como se esses guardas tivessem qualificação para fiscalizar algo. Por outro lado há coisas por demais evidentes. Empresários embolsam o ICMS que pagamos na boca do caixa toda vez que consumimos algo o que gostemos ou não constitui crime de APROPRIAÇÃO INDÉBITA. Para isto há a competente POLÍCIA JUDICIÁRIA que se instada pelo Governo faria os inquéritos policiais necessários e uma vez decretada a prisão preventiva desses bandidos disfarçados de ‘honestos comerciantes’, estes ao serem tirados das suas confortáveis camas ao clarear do dia e sabendo que iriam direto ao Presídio Central mandariam seus advogados e contadores entregar no Tesouro do Estado dezenas, centenas de milhões de reais, dinheiro nosso que usam como se fosse seu próprio capital de giro. Exemplo há muitos: em um dos mais conhecidos Vales de nosso Estado há uma indústria que deixou de recolher algo na casa dos CENTO E CINQUENTA MILHÕES DE REAIS e agora solicita ao Governo um “incentivo fiscal” de tal valor para implantar outra fábrica na mesma região em que atua. Aqui no litoral temos uma empresa que opera no ramo de Super Mercados e na qual tanto eu quanto o Prévidi fazemos nossas compras. Essa empresa ‘reteve’ em seus caixas mais de SEISCENTOS MILHÕES DE REAIS. Esse rico comerciante expandiu ao final do ano passado sua rede, inclusive assumindo um Mercado na cidade baixa onde o Prévidi busca suprir suas demandas caseiras quando em nossa Capital. Esse ‘honesto’ senhor ainda tem uma sobrinha que é deputada estadual’. Estes são fatos incontestáveis. E agora o que dizer?

    ResponderExcluir
  7. Estes donos do mercado citado (são uma família e o nome e da matriarca ) com os desvios viraram mega fazendeiros em Goiás onde criam milhares de cabeças de gado a uns 2 anos atrás houve uma operação da fazenda na empresa e pelo que sei renegociaram a dívida dando as tais propriedades em garantias além de assumir alguns dos mercados da rede americana quase falida aqui no RS.

    ResponderExcluir
  8. Verdade sim. Emigraram de Granada, Espanha ao nosso país fixando-se em Quintão que na época era um verdadeiro brejo e até hoje ainda tenta ser uma praia de verdade. Observo que nada tenho contra o Balneário de Quintão assim contra qualquer outro.

    ResponderExcluir