OLÁ!! 29 FEVEREIRO 2012

Última do dia?
O pastor Romildo Ribeiro Soares, o R.R Soares, da Igreja Internacional da Graça, comprou uma hora da RedeTV! e tem estreia nesta quinta, dia 1º. O programa vai torrar das 21h30min às 22h30min.
R.R. já tem um programa diário na Band, que começa às 20h30min.
Grana? Deve ser algo em torno de 7 milhões de reais por mês. Ou mais.


 -----
Último segundo
Depois de 32 anos de atuação na iniciativa privada, o jornalista Claudio Thomas assume amanhã, dia 1º, o cargo de diretor de Imprensa do Governo do Estado de Santa Catarina.
Aos 54 anos, Thomas trabalhou nas rádios Continental, Bandeirantes e Gaúcha, nos jornais Correio do Povo, Jornal do Comércio, Pioneiro (Caxias do Sul), Diário Catarinense, Diário Gaúcho e  atuou como professor nos cursos de jornalismo da Faculdade dos Meios de Comunicação Social da PUC-RS e da Universidade de Caxias do Sul.
Participou, também, da montagem da equipe e do lançamento do jornal Hora de Santa Catarina, em Florianópolis.
Recentemente, atuava com consultoria para os jornais A Gazeta, de São Bento do Sul, Município Dia A Dia, de Brusque, e o Correio Lageano, de Lages.
A posse será na Secretaria de Comunicação, à tarde.
--
É como eu sempre digo: os gênios da RBS dispensam um funcionário e o cara se arruma na vida. Né, Homer Simpson? Né, Pleni?
Hahahahahaha!!!!!
-----
DIÁRIO DO PARAÍSO - 26

PREPAREM-SE!!

Hoje, 29 de fevereiro, todos nós deveremos estar preparados para uma infinidade de matérias nas rádios e TVs - jornais ainda não dei uma passada de olhos - sobre os seres que nasceram nesta data. Explicações astrológicas, tipos de calendários, essas bobagens utilíssimas e, claro, entrevistas com os coitados - "Como você comemora o aniversário? De 4 em 4 anos? Hahahaha".
São muitos graciosos esses repórteres.
Ah, sim, e nos jornais da noite, a grande matéria: o primeiro nascimento em 29 de fevereiro de 2012.
Essa vai ser de ganhar prêmio!!
-----
IMPERDÍVEL!
Caxias e Novo Hamburgo, hoje, às 22 horas, na RBS TV.
-----
IMPERDÍVEL! - 2
 “Eu sai de Porto Alegre para ser cantora, não para fundar um CTG. Eu nunca disse pra ninguém que eu iria para o Rio de Janeiro fundar um CTG”.  Declarações de Elis Regina, como essa feita no Jornal do Almoço, em setembro de 1981, sempre tiveram grande repercussão.
Ela sempre falou de uma forma espontânea e franca e muitas das opiniões da cantora fazem parte do documentário-musical “Elis por Elis”, dirigido por Claudinho Pereira, que vai ar no próximo sábado (4 de março), em Curtas Gaúchos – Exibição Especial, na RBS TV, às 12h30min.
As interpretações que Elis Regina fez para canções de famosos ou novos compositores brasileiros marcaram a carreira dela. “Atrás da Porta”, “Vivendo e Aprendendo a Jogar”, “Ponta de Areia”, “O Bêbado e a Equilibrista” e “Águas de Março” (que ela canta junto com Tom Jobim) são algumas das músicas que fazem parte do programa.
- Deixei, basicamente, que a voz e a música contassem a história de Elis – diz o diretor Claudinho Pereira -. É um programa emocionante para quem gosta dela ou para o pessoal mais jovem que vai conhecer uma grande intérprete da música brasileira.
“Elis por Elis” tem roteiro de Duca Aveline e Preta Pereira, música original de Geraldo Flach e narração de Nilton Fernando. Direção geral de Gilberto Perin. Realização da RBS TV.
-----
BAH!!
Sei que os gauchinhos de bombacha e lenço vermelho não gostam da Elis, porque ela não falava gauchês. Se adaptou ao Rio e falava carioquês.
Como a imensa maioria dos gaúchos que vão morar lá - ou em qualquer outro Estado - e se adaptam. Só que ela não catava Prenda Minha e nem as músicas do grande Teixeirinha.
-----
BAH!! - 2
Quando vim morar em Porto Alegre tinha 12 anos. Me encheram tanto o saco que tratei logo de falar gauchês.
Qualquer pessoa razoavelmente esclarecida faz isso.
-----
MAIS UMA IMPERDÍVEL!!
A entrevista do grande Ibsen Pinheiro no Sul21.com.br
Duas respostas:
Sul21 – O governador Tarso Genro (PT) diz que, no Rio Grande do Sul, o PMDB foi para a direita.
Ibsen – Antigamente era fácil rotular isso, porque a esquerda ia para a cadeia. Aliás, dizia-se que a esquerda só se unia no chilindró. Hoje, como ninguém vai para a cadeia, esquerda é quem se diz de esquerda. E como o charme está na esquerda, todo mundo se diz de esquerda, o que não é verdade. A mais velha definição sobre isso surgiu na convenção francesa e dizia que esquerda é para transformar e direita é para conservar. E nosso país traduziu esse conceito mal até na questão geográfica. Na convenção francesa, a esquerda ficava à direita do plenário, porque estava à esquerda da mesa. E, no Brasil, a esquerda senta à direita da mesa. Confudimos os conceitos já na geografia. E hoje, na doutrina, a confusão é tal que perdeu objeto a definição. Hoje dizer que o PMDB gaúcho é de direita é tão impróprio quanto dizer que o governador Tarso Genro é de esquerda. Ambos têm um compromisso semelhante de jogar o jogo democrático. O PMDB cristalizou essa feição social-democrática que não prescinde do papel essencial do Estado na definição das estratégias, mas não quer também o Estado intrometido, como temos hoje.
--
Sul21 – O senhor entende que o PMDB tem uma função moderadora no governo federal. Mas como avançar em pautas cruciais para o país se há sempre a tentativa de conciliar interesses?
Ibsen –
O PT sofreu uma transformação que não foi casual. Surgiu quando Lula escolheu um empresário conservador como seu vice (José Alencar), assinou a carta aos brasileiros e disse: chega de ser candidato para perder. O ex-presidente (dos Estados Unidos, Franklin Delano) Roosevelt dizia que o radical é alguém que tem os dois pés plantados solidamente no ar. Lula perdeu e perderia todas as eleições que disputasse com as bandeiras radicais. Mas essa vitória tem um preço. O PT exagerou, foi longe demais numa base ampla que é boa para fazer nada. Ficam prisioneiros da estabilidade. Escutei a presidente Dilma dizer que construiria um grande consenso nas reformas política e tributária. Desculpa, presidente, mas não construirá. A unanimidade, ao contrário do que dizia Nelson Rodrigues, é esperta. É para não mexer nas coisas, para deixar como está. O consenso sobre as reformas política e tributária já está feito em torno desses modelos vigentes, que não são bons.
-----
MAIS PIADINHAS?
-----
SERGIO OLIVEIRA, DE CHARQUEADAS
Não sei se já ouvistes os comentários do tal de Fabricio Carpinejar no programa Gaúcha Hoje.
Acho um festival de bobagens. Ele se acha engraçado.
Não sei se concordas comigo.
Li um texto dele na ZH em que, se não me equivoco, ele disse que foi meio retardado até os oito anos de idade, ou coisa assim. Acho que continua.
-----
META DO NATIONAL KID DOS PAMPAS
Exatas 1.000 demissões no país.
-----
MAS
Em outras bandas a coisa também tá feia.
Estou me informando.
É PARA FICAR FURIBUNDO!!
-----
AGORA VAI??!!
Notícia de 27 de fevereiro no site da Federação Gaúcha de Futebol (na íntegra):
Reunião para definir inicio das OBRAS Memorial Prestes e NOVA SEDE DA FGF
O Presidente da Federação Gaúcha de Futebol Francisco Novelletto Neto, esteve reunido com os representantes do Memorial Luís Carlos Prestes para definir o inicio das obras do Memorial e da Nova SEDE da FGF.
Estiveram presentes Ronald Dutra, Luiz Carlos Pinheiro Machado e Edson Santos. 
-----
SÓ UMA COISINHA
Nada da Federação Gaúcha de Futebol publicar o nome dos ganhadores das TVs e do carro.
-----

2 comentários:

  1. Como assim, pastor no lugar das Lingeries dela Gimenez? Essa tv aberta tá virada mesmo, ehehe.

    ResponderExcluir
  2. Eduardo vasconcellos1 de março de 2012 11:27

    Previdi,concordo contigo quando se trabalha na RBS o curriculo se enriquece,uma baita empresa.

    ResponderExcluir