Segunda, 21 de junho de 2021


SOU QUEM SOU.
TUA APROVAÇÃO NÃO É NECESSÁRIA.
...

ANDO DEVAGAR
PORQUE JÁ TIVE PRESSA






Escreva apenas para


COMENTÁRIOS: Todos podem fazer críticas, a mim, a qualquer pessoa ou instituição. Desde que eu tenha alguma informação do crítico - nome, telefone, cpf - ou seja, dados. Claro que existem pessoas que conheço e que não necessito dessas informações. MAS NÃO PUBLICO CRÍTICAS FEROZES. 





DUDU MILK FALA COMO SE
NÃO TIVESSE NADA A VER 
COM AS 30 MIL MORTES NO
RS. DIZ QUE ESTÁ LUTANDO
PARA SALVAR VIDAS. SEI...





TUDO TEM LIMITES, ATÉ MESMO A PACIÊNCIA



Não estou preocupado com a possibilidade, mesmo remota, de termos que enfrentar uma "ruptura na democracia". Passo longe de falcatruas, mutretas e banditismos em geral. Deixo a vida me levar e espero que quem esteja próximo a mim esteja nesta situação.

Ok, pra mim é normalíssimo conviver com apoiadores de um governo, contrários a governantes e alguns que são contra tudo. Tem que ser isso mesmo. 

No entanto, eu não consigo imaginar o que passa pela cabeça de um integante do primeio escalão do Governo federal ao assistir a uma edição do Jornal Nacional, com aquela quantidade impressionante de informações deturpadas, omitidas e mesmo mentirosas. E eles se dizem combatentes de fake news...

No final de semana fiquei impressionado com o general Luis Carlos Gomes Mattos, presidente do Superior Tribunal Militar. Selecionei alguns trechos de uma entrevista à Veja.

"O presidente fala com o palavreado do povo, mas sem intenção de desrespeitar às instituições ou dar um golpe."

"Houve alguma acusação de corrupção contra o presidente Bolsonaro? Ele se elegeu para combater a corrupção. E de todas as maneiras estão tentando atribuir alguma coisa a ele e não conseguiram até agora. Deviam deixar o presidente governar, mas não deixam. Quem critica Bolsonaro faz isso de manhã, de tarde, de noite. Tudo atribuem ao presidente. Tudo de errado. Será que você aguentaria isso? Que reação eu teria? Não sei. E alguma coisa boa atribuem? O Brasil está crescendo, a economia está crescendo, mesmo com todas as dificuldades. Não tenho dúvida de que estão esticando demais a corda.” 

"... porque a política é assim: tem gente contra e tem gente a favor. Quem está contra logicamente vai esticar essa corda, como se diz, até que ela arrebente. Esses, na verdade, são os que não têm muito apreço pela democracia, os que defendem ditaduras e apoiam ditadores. Quando a corda vai arrebentar? Isso eu não sei”.

 Arrebentar a corda?

"Tomar uma medida fora da Constituição. Não tenho dúvida de que estão esticando, para ver até onde se pode ir. Tenho a certeza de que nós já suportamos muito. Nós saímos dos governos militares com a maior credibilidade institucional no País. Por quê? Porque aplicamos e não desviamos o pouco que recebemos. Essa verdade incomoda muita gente, porque, apesar de tudo o que falaram dos militares — 'autoritário, ditador' —, nós continuamos e vamos continuar cumprindo a nossa missão”.


-

Estou lendo pela segunda vez as memórias do inigualável Alfredo Octávio. O autor tem razão: Como não invejar o profissional retratado no livro? (Flávio Pereira)

...Em formato de entrevista-depoimento, transformou-se numa novela eletrizante. (Tibério Vargas Ramos)

...Devorei o livro numa tarde noite de sábado e confesso, fiquei com a sensação de quero mais... (Gustavo Victorino)

...Divertido, tem uma graça envolvente. Parabéns! (Anonymus Gourmet)

...meu querido colega AO que me foi apresentado pelo autor da biografia numa tarde qualquer no Tuim. Leiam o livro!! (Rogério Mendelski)

ÚLTIMOS EXEMPLARES DA PRIMEIRA EDIÇÃO!!

O livro está a disposição na Banca da República - na esquina da Rua da República com avenida  João Pessoa.
Também posso enviar pelo Correio, sem custo adicional.
Quem tiver pressa, posso mandar por Sedex, mas aí tem um custo extra de absurdos 25 reais para a EBCT. APENAS PARA O RS - DEMAIS ESTADOS É OUTRO VALOR.
Ah, sim, o livro custa 35 reais.

A T E N Ç Ã O!!

Pode fazer um PIX Banrisul:
Chave   238 550 700 59

Ou um PIX Nubank:
Chave   jlprevidi@gmail.com 

(me avisa quando fizer a operação pelo jlprevidi@gmail.com, mandando o endereço completo)

OU
BANRISUL
AGÊNCIA 0834
CONTA CORRENTE 35.120973.0-2
JOSÉ LUIZ GULART PRÉVIDI
238 550 700 59


-


FALTAM 93 DIAS
PARA TERMINAR O INVERNO!!



ARREBENTAR A CORDA? - O meu medo é com as provocações baratas do stf. Agora, deram uma semana para que o Exército informe o motivo de não ter punido o general Pazuello.


-


CONTRA BOLSONARO - Manifestações foram no sábado. Me parece que o pessoal manteve o distanciamento... demais:

.











-


TÁ COM SAUDADE DELA?




-


DIZ AÍ - O que é "bairro privativo", que está sendo anunciado em Porto Alegre?


-


DIEGO AGUIRRE -
Sempre gostei do técnico uruguaio, mas tinha uma mania de não ter "11 jogadores titulares". Igual ao espanhol otário que foi embora.
Espero que tenha mudado...
...
Ao assistir oi jogo de ontem, não sei como o Diego ainda não se arrependeu de ter voltado ao Internacioinal.


-



LIVE TV - É uma nova forma que o deputado federal Bibo Nunes encontrou para se comunicar com os gaúchos.


-


A QUE PONTO ESSA GENTE CHEGOU!




-

PERGUNTINHA
Quanto vale o testemunho de um governador preso e afastado do cargo por cobrar propina da área da saúde na pandemia?
Gustavo Mota, jornalista


-


O MELHOR DO ANO - O último Globo Repórter, que foi transmitido nas das últimas sextas. Felipe Santana conduziu como poucoS a atração. Ele fez a travessia Costa a Costa dos Estados Unidos como se estivesse de férias. Perfeito! Uma aula!!


-


COMENTARISTAS DE FUTEBOL - Como vários deles são "mudernos e cultos", não demora estarão usando GREMISTES e COLORADES.


-


PODERIA TER TER SIDO ÓTIMO - O especial sobre os 50 anos do Sala de Redação, da Rádio Gaúcha, poderia ter sido histórico. Faltou a mão de um diretor experiente - Gilberto Perin, Raul Ferreira. 
Não sei se comi mosca, mas não falaram de quem é a trilha de abertura, por exemplo.
Não fizeram nem mesmo um levantamento de quantos jornalistas participaram dos debates.
E um exagerado número de ouvintes.


-


SUS - Escreve o jornalista Ricardo Azeredo:

Manifestar-se contra a reforma administrativa é absolutamente legítimo. Faz parte deste importante debate nacional. Agora, sindicatos fazendo campanha na TV dizendo que a reforma vai soterrar o SUS, mostrando personagens apavorados porque "vão acabar com os postos de saúde" é de uma irresponsabilidade absurda, pra não dizer safadeza. O SUS, em que pesem os problemas históricos de uma excelente ideia que na origem não foi contemplada com os meios necessários para viabilizá-la como todos gostaríamos, segue firme e forte, mostrando sua fundamental importância nesta pandemia. Vaticinar o fim desta estrutura reconhecida mundialmente é jogo baixo para ludibriar a população em nome de inconfessáveis - ou nem tanto - interesses políticos.
...
O que eu acredito mais grave é a propaganda mentirosa, patrocinada por um sindicato de funcionários da justiça. Um negócio criminoso dizer que vão acabar com o SUS e com os postinhos de saúde.


-


JORNALISTA DI IXQUERDA TAMBÉM BABA



-


HOMENAGEM AO PICCOLI


Meu amigo Antônio Luis Piccoli, um dos fundadores do Grupo RSCOM, que faleceu em 17 de fevereiro deste ano, aos 64 anos, será a personalidade homenageada de 2021 da Focus Brasil Foundation.
Com 24 anos de existência nos Estados Unidos, 12 na Inglaterra e Japão e 4 na Itália, a Focus Brasil Foundation vem ao longo de todos esses anos homenageando e reconhecendo os brasileiros que impactam positivamente as comunidades onde residem.
A escolha do nome de Antônio Piccoli é, de acordo a Focus, por sua "contribuição para a imagem positiva do Brasil e dos brasileiros [...] reconhecida pela Focus Brasil Foundation e pelo Board do Focus Brasil Veneza".
Devido a pandemia, os eventos Focus Brasil seguem no formato digital nas plataformas do Facebook e do Youtube da entidade, na sexta-feira, dia 25 de junho, às 21 horas.
...
Nascido em 2 de julho de 1956, filho de Aquilino Domingos Piccoli e Assunta Maria Cavalet Piccoli, Antônio sempre foi inovador. De uma mente incansável e de determinação invejável, foi ele quem plantou a semente do que hoje se tornou o Grupo RSCOM.
Formado em Jornalismo e Publicidade e Propaganda, Antônio, ao lado do irmão Carlos Domingos Piccoli, de Fernando Rachelle e de Alfredo Cousandier, deu os primeiros passos para a construção de uma referência em comunicação. Foi em 13 de abril de 1983, que o grupo de sócios adquiriu 40% das ações da então Rádio Difusora e a mesma quantia da Rádio Serrana, ambas de Bento Gonçalves.
Nos últimos anos trabalhava em uma das emissoras de rádio do grupo, a Erreci, em Conegliano, na Itália, onde morava junto da esposa Maristela Dalsolio e da filha Giuliana Dalsolio Piccoli, de 10 anos.


-




X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X







XXXXXXXXXX


INTERVALO

Estação Floresta do Corpo de Bombeiros, em 1960.
Rua Almirante Barroso com Cristóvão Colombo



X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-XX-X-X-X-X-X-X-X-X


EU ATESTO:
SÃO IMPERDÍVEIS!!

OS ALFAJORES
DA ROCHELLE!!





Me chamo Rochelle Benites (foto), moro em Porto Alegre e estou na espera para transplante pulmonar, na Santa Casa. Aguardo dois pulmões. 

Não tenho condições físicas para trabalhar e encontrei nos deliciosos Alfajores de Gramado uma maneira de ajudar no sustento de minha família - sou a chefe do lar.

  
      PEÇA AGORA MESMO
Combinamos entrega ❤️ 51 99996-3361 ❤







-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-XX-X-X-X-X-X


PIADINHA


Sexta, 18 de junho de 2021


SOU QUEM SOU.
TUA APROVAÇÃO NÃO É NECESSÁRIA.
...

ANDO DEVAGAR
PORQUE JÁ TIVE PRESSA






Escreva apenas para


COMENTÁRIOS: Todos podem fazer críticas, a mim, a qualquer pessoa ou instituição. Desde que eu tenha alguma informação do crítico - nome, telefone, cpf - ou seja, dados. Claro que existem pessoas que conheço e que não necessito dessas informações. MAS NÃO PUBLICO CRÍTICAS FEROZES. 




especial

Nesta sexta, uma cesta 
de 
George Bernard Shaw! 


Não tenho preconceitos,
odeio a todos igualmente.




A minha maneira de brincar é dizer a verdade.
É a brincadeira mais divertida do mundo.






O segredo para ser infeliz é ter tempo livre para se preocupar se se é feliz ou não.





George Bernard Shaw nasceu em Dublin, em 26 de julho de 1856. Dramaturgo, romancista, contista, ensaísta e jornalista, Shaw morreu em  Ayot St Lawrence, Inglaterra, em 2 de novembro de 1950. Cofundador da London School of Economics, foi também autor de comédias.                  

Shaw irritou-se com a exploração dos trabalhadores. Socialista ardente, escreveu muitos folhetos e discursos para o socialismo fabiano. Tornou-se um orador dedicado à promoção de suas causas, que incluem ganhar direitos iguais para homens e mulheres, aliviar os abusos contra trabalhadores, rescindir a propriedade privada de terras produtivas e promover estilos de vida saudáveis. Em pouco tempo, tornou-se ativo na política local, no London County Council.


Ganhou um Prêmio Nobel de Literatura (1925) e um Oscar (1938). Shaw por suas contribuições para a literatura e por seu trabalho no filme Pygmalion (My Fair Lady). Ele quis recusar o Prêmio Nobel porque não suportava honrarias públicas. Mas acabou aceitando a pedido da esposa que considerava o Nobel como homenagem à Irlanda. No entanto, ele rejeitou o dinheiro pedindo que os fundos fossem utilizados para financiar traduções de livros suecos para o inglês.

Shaw nasceu numa tradicional mas empobrecida família protestante. Foi instruído por um tio mas rejeitou a educação escolar e, aos 16 anos empregou-se em um escritório. Adquiriu amplo conhecimento artístico graças à mãe, Lucinda Elizabeth Gurly Shaw, e às frequentes visitas à Galeria Nacional da Irlanda. Decidido a tornar-se escritor, foi morar em Londres em 1876.

Por mais de 10 anos, seus romances foram recusados por todos os editores da cidade, assim como a maior parte dos artigos enviados à imprensa. Tornou-se vegetariano, fervoroso defensor do socialismo fabiano, orador brilhante, polemista e fez as primeiras tentativas como dramaturgo.


Em 1885,conseguiu um trabalho fixo na imprensa e durante quase uma década escreveu resenhas literárias, críticas de arte e colunas musicais. Sua atividade literária, em especial a produção teatral, foi uma sequência de sucessos; destacou-se também na crítica literária, teatral e musical, na criação de panfletos e ensaios sobre assuntos políticos, econômicos e sociais. Como crítico de teatro da Saturday Review (1895), atacou insistentemente a pobreza qualitativa e artística da produção teatral vitoriana.


Durante a Primeira Guerra Mundial, interrompeu sua produção teatral e publicou um polêmico panfleto, Common Sense About the War, no qual considerava o Reino Unido, os aliados e os alemães igualmente culpados e reivindicava negociações de paz.


Em suas últimas peças, intensificou as pesquisas com a linguagem não-realista, simbolista e tragicômica. Por cinco anos deixou de escrever para o teatro e dedicou-se ao preparo e publicação da edição de suas obras escolhidas (1930-1938), e ao tratado político The Intelligent Woman's Guide to Socialism and Capitalism (1928). A sua correspondência também foi publicada, destacando-se a troca de cartas com o escritor H. G. Wells.


Seu corpo foi cremado e suas cinzas, juntamente com as de sua esposa, foram misturadas e lançadas no jardim de sua casa ao longo da estátua de Joana d'Arc em Shaw's Corner, Hertfordshire na Inglaterra.




Obra:

Um socialista insociável (1883) - no original An unsocial socialist

The Quintessence of Ibsenism (1891)

Widower's Houses (1892)

A profissão da sra. Warren (1893) - no original Mrs. Warren's Profession

Candida (1894)

O famoso ídolo (1896) - no original Cashel Byrons professional

Plays Pleasant and Unpleasant (1898)

Three Plays for Puritans (1901)

The Devil's Disciple (1897)

Caesar and Cleopatra (1901), citada com sua primeira grande obra

John Bull's Other Island (1904)

Casamento desigual (1905) - no original Irrational knot

Man and Superman (1905)

Major Barbara (1905)

The Doctor's Dilemma (1906, adaptada para o cinema em 1958)

Pigmaleão (1913) - no original Pygmalion, sua peça mais conhecida e que inspirou o filme homônimo (1938) e o musical My Fair Lady (1956), adaptado para o cinema em 1964.

Heartbreak House (1920)

Back to Methuselah (1922)

Saint Joan (1923)

A Milionária


 A minha maneira de brincar é dizer a verdade. É a brincadeira mais divertida do mundo.



Shaw, o dramaturgo da crítica

por Lucas Brandão
https://www.comunidadeculturaearte.com/

George Bernard Shaw foi um homem à frente do seu tempo. A visão que cultivou assentou em premissas sociais que se opunham ao conservadorismo vigente então e foi tanto na literatura como na política que conseguiu imprimir a sua metodologia. Nascido a 26 de julho de 1856 em Dublin, capital irlandesa, no seio de uma família pouco abastada mas tradicional e protestante. Após descobrir a sua vocação para a escrita e após algumas experiências artísticas que lhe consolidaram essa ambição, o irlandês foi com 20 anos para Londres, cidade na qual desenvolveu um regime educacional autônomo.

Nesse regime, estavam as propostas políticas mais recentes de então, tais como as de Karl Marx e de Friedrich Engels, e travou conhecimento com as perspectivas mais arrojadas perante uma sociedade cujos escritos não eram coniventes com visões vanguardistas. No entanto, Shaw não se deteve por esta circunstância e moldou a sua personalidade dentro do que acreditava ser mais justo e adequado para o bem-estar e prosperidade de todos. Vegetariano, socialista e crítico da arte, conquistou um lugarde prestígio no que toca à construção de críticas da produção musical e dramática então.

Foi com este sustento que Shaw continuou a luta pelo grande sonho da sua vida e obra: escrever e difundir o que pensava e o que lhe atormntava A escrita como extensão do seu ser em palco, no tão seu teatro. 

Neste caminho de sátira sócio-política e de alegorias históricas, deu um novo impulso à atividade dramática como interveniente e crítica da sociedade, inspirando-se essencialmente no dramaturgo norueguês Henrik Ibsen. Três das suas maiores produções escritas foram “Man and Superman” (1902), “Pigmalião” (1912) e “Saint Joan” (1923). A primeira peça remonta a dois indivíduos de gerações distintas e com óticas bem diferentes que são deixados na tutela da filha de um homem de família.

Esta possui um paralelismo com o mito Don Juan, em que o mais jovem desses dois homens assume um papel de descendente da figura desse libertino.  A segunda conta a história de uma humilde jovem florista que conhece um conceituado professor de fonética que a torna apta para se inserir num contexto social formal como dama de alta sociedade. O título desta obra relaciona-se com o mito homônimo da cultura grega, que se refere a um escultor cipriota que se apaixona pela estátua que esculpia. Afrodite, considerando a escultura uma representação da mulher mais bela que alguma vez vira reproduzida, decide torná-la animada por desejo do artista, que se casa com a mesma.

Por fim, o terceiro rerfere-se à vida e ao julgamento de Joana d’Arc, guerreira francesa que ostentava o nome de Deus diante das forças inglesas na Idade Média e que seria beatificada. As dezenas de peças que compôs e que redigiu culminaram no Prêmio Nobel da Literatura em 1925 (que aceitou com relutância mas que dedicou ao país que o viu nascer) e até num Oscar em 1938 na adaptação de “Pigmalião” à sétima arte.

A linguagem tragicômica e bastante simbólica que empregava no seu discurso cénico permitia a veiculação de uma subtileza que o tornou distinto dos demais dramaturgos de então, maior parte arreigados aos preceitos da arte romancista vitoriana.

De volta à sua visão política, Shaw associou-se ao emergente socialismo fabiano através da redação de folhetos, nas quais difundia os seus valores e observações políticas. Esta organização socialista de origem britânica defendia a imposição gradual e fluída dos valores social-democratas no âmago das democracias, propondo também alguns conceitos progressistas que viriam a tornar-se termos comuns no presente século. Salário mínimo, igualdade de género e sistema nacional de saúde foram algumas das ideias que viriam à tona nesta resposta aos desafios que a revolução industrial e a nova dinâmica fabril despoletavam.

Foi este movimento o responsável pela fundação da London School of Economics, instituição na qual vários nomes de destaque se graduaram, como o filósofo Karl Popper ou o economista Friedrich Hayek. Porém, algumas das visões de Shaw no que toca à política destoavam da essência do movimento fabiano. Este afastamento foi sendo desencadeado pelas fraturantes opiniões que ia emitindo nos seus panfletos, tais como a culpabilização de todos os agentes participantes na Primeira Guerra Mundial. Promotor da eugenia e alheio à religião organizada e à vacinação, o irlandês viu as suas convicções desvincularem-se dessa corrente socialista e aproximarem-se com admiração às ditaduras de Mussolini e de Stalin.

Foi desta forma única que George Bernard Shaw revolucionou a literatura no século XX, em especial no que toca ao teatro. O irlandês, que faleceu com 94 anos a 2 de novembro de 1950, sempre se revelou como alguém bastante proativo e expressivo no que aos seus ideais e visões concerne. Tanto na representação como na ação se mostrou ambicioso e profícuo, nunca se acomodando na inércia e na porosidade da passagem do tempo.

Shaw nunca se rendeu a essa unidade que ia crescendo em número e extensão enquanto o mesmo ia dando palavras e ação a pensamentos e crenças. A partir do palco da arte, Shaw dava uma via de interpretação ao que acreditava ser a sua realidade. A partir do palco do seu teatro até à realidade da sua irreverência, da sua diferença. Ao lado de nomes como Samuel Beckett, Eugene Ionesco e Bertolt Brecht, Shaw desenhou esta nova forma de se fazer e de se viver teatro. Com a sociedade por perto, dando por si a tomar conhecimento da crescente eternidade da artística realidade. Ecoam os aplausos e faz-se a devida vênia.


A dança é uma expressão perpendicular de um desejo horizontal.



Com Charles Chaplin




O silêncio é a mais perfeita

expressão do desprezo


Quinta, 17 de junho de 2021

 

SOU QUEM SOU.
TUA APROVAÇÃO NÃO É NECESSÁRIA.
...

ANDO DEVAGAR
PORQUE JÁ TIVE PRESSA






Escreva apenas para


COMENTÁRIOS: Todos podem fazer críticas, a mim, a qualquer pessoa ou instituição. Desde que eu tenha alguma informação do crítico - nome, telefone, cpf - ou seja, dados. Claro que existem pessoas que conheço e que não necessito dessas informações. MAS NÃO PUBLICO CRÍTICAS FEROZES. 





DUDU MILK INCORPOROU A
DONA DILMA. AGORA ESTÁ
DIZENDO QUE LAMENTA A
MOTOCIATA EM PORTO ALEGRE
E QUE SE PRECISAR VAI
AGIR. UIIIII!! QUE MEDA!!



ALÔ DEPUTADOS! VAMOS TERMINAR COM AS CARROÇAS?

Ninguém pode maltratar um cão ou gato,
mas os cavalo continuam sofrendo




Há tempos que penso nisso: em pleno 2021 ainda existem caroças puxada por cavalos! Não dá para continuar isso!!
Em Porto Alegre são proibidas.
Agora, em Pelotas, ação foi protocolada pela ONG Princípio Animal resultou, em abril, em sentença condenatória contra a Prefeitura da cidade. Com isso, o Município ficou obrigado a elaborar um projeto de substituição total das carroças no prazo de três meses. Havia uma lei para substituição dos veículos de tração animal, mas o prazo expirou em janeiro do ano passado.
"Após a sentença que determinou que Pelotas deve apresentar projeto de substituição das VTA, o Município alegou que já apresentara projeto, e que a sentença seria contraditória. O julgador salientou a inexistência de qualquer contradição, omissão ou obscuridade, pontuando que as alegações da Prefeitura beiram a má-fé, já que o documento apresentado sequer é executável. Ficou claro que nos mais de quatro anos da vigência da lei, o Município não cumpriu com suas obrigações", explica Maria Cândida Azevedo, advogada da ONG. Ainda cabe recurso ao Tribunal de Justiça do Estado.
Pelotas é conhecida pelo intenso tráfego de carroças, sendo uma das mais denunciadas pela proteção animal, com recorrentes casos de maus tratos e crueldade com cavalos. Segundo o presidente da entidade, Fernando Schell Pereira, a precursora é a Lei das Carroças, aprovada na Capital em 2008. "Estamos acionando a Justiça em todos os Municípios que aprovaram leis de carroças e não cumprem os prazos de proibição. A posição da ONG é buscar um diálogo polÍtico junto aos munícipes para apresentar soluções eficazes para os animais. Quando a organização não é atendida, então acionamos o Judiciário", garante o ativista.
A ONG Princípio Animal diz ter plena compreensão dos interesses dos carroceiros e sempre busca trazer a categoria para as reuniões da entidade junto ao Executivo.
...
Acredito que chegou a hora da Assembleia Legislativa fazer um projeto para extinguir as carroças em todo o RS. E, claro, encontrarem uma alternativa de vida para os carroceiros.


-

Estou lendo pela segunda vez as memórias do inigualável Alfredo Octávio. O autor tem razão: Como não invejar o profissional retratado no livro?( Flávio Pereira)

...Em formato de entrevista-depoimento, transformou-se numa novela eletrizante. (Tibério Vargas Ramos)

...Devorei o livro numa tarde noite de sábado e confesso, fiquei com a sensação de quero mais... (Gustavo Victorino)

...Divertido, tem uma graça envolvente. Parabéns! (Anonymus Gourmet)

...meu querido colega AO que me foi apresentado pelo autor da biografia numa tarde qualquer no Tuim. Leiam o livro!! (Rogério Mendelski)

ÚLTIMOS EXEMPLARES DA PRIMEIRA EDIÇÃO!!

O livro está a disposição na Banca da República - na esquina da Rua da República com avenida  João Pessoa.
Também posso enviar pelo Correio, sem custo adicional.
Quem tiver pressa, posso mandar por Sedex, mas aí tem um custo extra de absurdos 25 reais para a EBCT. APENAS PARA O RS - DEMAIS ESTADOS É OUTRO VALOR.
Ah, sim, o livro custa 35 reais.

A T E N Ç Ã O!!

Pode fazer um PIX Banrisul:
Chave   238 550 700 59

Ou um PIX Nubank:
Chave   jlprevidi@gmail.com 

(me avisa quando fizer a operação pelo jlprevidi@gmail.com, mandando o endereço completo)

OU
BANRISUL
AGÊNCIA 0834
CONTA CORRENTE 35.120973.0-2
JOSÉ LUIZ GULART PRÉVIDI
238 550 700 59


-


OITO DÉCADAS DO MEU AMIGO!!



Conheço o Machado desde o final da década de 70, por aí.
Imagine a cena: um grupo de estudantes da Famecos chegando na portaria de uma festa - Status ou Star - e com carteira de jornalista. Todos não querima pagar, por questões óbvias, para sobrar algum pra cerveja.

Nos mantinham num canto, até que o responsável  para "averiguar as credenciais" viesse. Era o Machado Filho, uma espécie de RP das casas. Alguns bons minutos, aparecia um sujeito, de terno e gravata, seriíssimo, para ver as carteiras. Ele sabia que todos eram jornalistas, mas fazia uma onda. Aí ao distribuir as carteiras, olhava minuciosamente os trajes. 

Ele esboçava um sorriso, e lascava:

- Não vão entrar! De guides, não!!

Era uma gritaria danada, e para terminar com o fiasco todos entravam. Era assim toda vez que íamos a uma das casas noturnas.

Passamos para 1985.

Estava vivendo no Rio e me preparava para voltar para Porto Alegre. Vim para cobrir um encontro de Brizola com deputdos do PDT e PMDB, em Caxias do Sul. No sábado, como havíamos combinado, apareci cedo na assessoria de imprensa da Assembléia para uma carona.

Adivinhe quem é o primeiro que encontro, com cara de poucos amigos?
Exatamente ele, o João Carlos Machado Filho. Mal nos olhamos. Imagine como foi a viagem até Caxias...

No Hotel Samuara fomos obrigados a conversar, em função do próprio encontro e pelo grande número de colegas. No dia seguinte já éramos "velhos amigos".

A partir daí consolidamos uma amizade que foi crescendo com o trabalho na Imprensa da Assembleia, nas campanhas de Collares, na revista Press, em viagens a São Paulo, Rio e Curitiba e mesmo nos momentos de "lazer". Sempre com muita risada.

Hoje ele completa 80 anos em plena forma.

E eu estou tão contente que parece que sou eu quem está de aniversário.

Beijo, Machadinho!! Beijo, "bicha velha"!!


-


EM ERECHIM - Advogado de Brasília, que olhou os processos de Erechim, onde é réu condenado o prefeito Paulo Polis, entendeu que é caso de nova eleição, só depende do STF.

Não deve demorar.


-


UMA ENTREVISTA DE CARLOS LACERDA
REALIZADA NOS ESTADOS UNIDOS



-


O IPE É UMA ESCULHAMBAÇÃO - Para terem uma ideia, desde que começou a pandemia o serviço público NÃO FUNCIONA. Pra completar, os boletos para pagamento não são enviados e são inúmeros os casos de atendimento que form suspensos por causa isso. E não há como reclamar, não há para quem reclamar.
E o Dudu Milk sabe dessa realidade e faz cara de paisagem.


-


COMPILANCE - 
A Prefeitura de Porto Alegre e a Secretaria de Transparência e Controladoria realizaram  um ato solene para fortalecimento e desenvolvimento do programa de compliance no executivo - que contemplará: 

✔Assinatura do Código de Conduta da alta administração e servidores públicos;

✔Assinatura do Código de Relacionamento com fornecedores, parceiros e prestadores de serviços: 

Posse do Comitê Gestor de Compliance;

Assinatura do Contrato de doação de serviços entre Eliana Herzog e a PMPA;

Assinatura do Termo de Adesão ao Programa Time Brasil. 


-


SENADO - O deputado federal Bibo Nunes começa a pensar seriamente em concorrer ao Senado, na eleição do ano que vem. Diariamente, ele recebe apoios neste sentido, em especial nos pogramas de rádio e TV que participa, em Porto Alegre e interior.
...
Bibo Nunes é o único gaúcho que figura entre os 20 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional na mídias sociais. O ranking semanal do FSB Influência Congresso destacou o deputado federal Bibo Nunes como o único gaúcho a figurar na lista dos 20 parlamentares mais influentes das redes sociais.
O ranking monitora as postagens publicadas no Facebook, Instagram e Twitter e mede a performance de cada parlamentar, considerando número de seguidores, alcance e volume de publicações o número e a intensidade das interações.
O monitoramento diário analisa os posts dos 594 parlamentares com atuação em pelo menos uma das redes, capturando todas as publicações feitas em perfis públicos e/ou páginas verificadas.


-


CUIDADO COM O QUE BEBE



-


CONFIRMADA A MOTOCIATA EM PORTO ALEGRE


Na motociata de São Paulo foram arrecadados 1.324.523 quilos de alimentos.

...


-




X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X







XXXXXXXXXX


INTERVALO

Lojas Mesbla, anos 60



X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-XX-X-X-X-X-X-X-X-X


EU ATESTO: SÃO IMPERDÍVEIS!!

OS ALFAJORES
DA ROCHELLE!!





Me chamo Rochelle Benites (foto), moro em Porto Alegre e estou na espera para transplante pulmonar, na Santa Casa. Aguardo dois pulmões. 

Não tenho condições físicas para trabalhar e encontrei nos deliciosos Alfajores de Gramado uma maneira de ajudar no sustento de minha família - sou a chefe do lar.

  
      PEÇA AGORA MESMO
Combinamos entrega ❤️ 51 99996-3361 ❤







-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-XX-X-X-X-X-X


PIADINHA