Terça, 23 de abril de 2019




Jamais troquei de lado.
Por quê? Eu não tenho lado.
Ou melhor, o meu lado sou eu
...
ANDO DEVAGAR
PORQUE NÃO TENHO PRESSA







Escreva apenas para





FAZER O QUÊ?
A LUTA CONTINUA!




Não tem jeito. Reciclar, redimensionar, reinventar.
Sei lá o termo certo para uma "nova fase". Mas tenho alguns princípios que não abro mão.
Não perco a piada, não deixo de me indignar, vou sempre registar o que está errado, especialmente quando os meios tradicionais de comunicação não tem uma reação a altura.
No entanto, me redimo.
Sei que o meu nível de indignação, nos últimos anos, estava - e está - muito grande. É muito assunto sério e não dá para ser assim. O brasileiro em geral já vive cercado de assuntos sérios e, por isso, tenho que dar uma aliviada.
Também vou levar mais a sério o "...eu não tenho lado". É difícil, mas tentarei.
Pra resumir, vou apostar mais no "bom humor".
E, quando der, vamos rir mais, mesmo em meio a um drama.
Enquanto isso continuo com o pepino me cutucando. Por isso peço a contribuição de todos.
Segue a vaquinha. Tenho que tentar chegar perto do necessário para atender a determinação judicial.
Além de contribuir pelo https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajuda-ao-blog-do-previdi
aceito qualquer contribuição em uma das contas-poupança:

BRADESCO
José Luiz Gulart Prévidi cpf 238 550 700-59
agência 0939 3
conta poupança 1000049 1

BANRISUL
José Luiz Gulart Prévidi cpf 238 550 700-59
agência 0847
conta poupança:   39.081430.0-0
...
Se preferirem a opção de depositar em uma das contas, favor avisar pelo jlprevidi@gmail.com.
...
Na Vakinha pedem cadastro e é um pouquinho demorado. As transferências são muito mais rápidas.






O FIM MELANCÓLICO DO STF


Texto do jornalista Gilnei Lima.

Não restam muitas dúvidas sobre o caráter duvidoso do presidente do Supremo tribunal Federal, Dias Toffoli, após a exposição de provas de corrupção e sua ligação criminosa com a Odebrecht. Afinal, ele é o "amigo do amigo de meu pai", segundo afirmações de Marcelo Bahia Odebrecht, filho do maior "amigo dos amigos", aos quais presenteava com farta distribuição de brindes na forma E-milhões de reais.

O mais novo dos ordinários* ministros da suprema corte é Alexandre de Morais, que escancarou de vez o covil que se disfarça como sede máxima do poder judiciário. Sobre a pele indisfarçável de lobos, repousam sóbrias e sombrias togas pretas com a indefectível cor da escuridão - ausência completa de luz. Diante da escandalosa ditadura togada, tal e qual a tão alardeada "ditadura fardada", instalou -se o estado pútrido da censura, envergonhando até os mais desavergonhados defensores da regulação da mídia e da imprensa.

Ecoou pelo planeta o compadrio dos sumaríssimos e superiores supremos, inflados em sua sórdida supremacia. Resultou no inevitável recuo; peça obrigatória para arrefecer ânimos de seus pares. Porém, nada do que façam ou venham a fazer, restaurará aquilo para o qual não há resgate: a credibilidade e a fé em uma corte honrada e, ainda que no mínimo, honesta. Por óbvio que não deixaremos de ter a instituição a qual chamamos de STF, o terceiro poder, guardião-mor da constituição e regulador necessário dos poderes da República.

Mas é fato que "este" STF chegou ao fim.

Se caírem naturalmente - algo que estou longe de crer -, porque seus integrantes apodreceram, presos aos próprios galhos, totalmente emaranhados com a sujeira, a corrupção e toda a sorte de mal feitos; certamente cairão pela desgraça, talvez pela imposição da força bruta.

Foram tantos os mandos, mandatos e desmandos, privilegiando criminosos contumazes, reincidentes renitentes ávidos por voltar ao folgado mundo do crime do colarinho branco, sempre com a celeridade da cobertura luxuosa de super juízes sempre disponíveis para acobertar seus comparsas. Não bastasse isso, a corte suprema autorizou, com direito a carimbo, assinaturas e chancelas, autorizou que um criminoso condenado e que adora publicidade, a conceder entrevistas direcionadas e pré-ensaiadas para canoniza-lo definitivamente.

O golpe derradeiro para decretação do fim do STF como conhecemos atualmente, foi a determinação para buscas e apreensões na residência do General Augusto Heleno, integrante do alto comando do país. Os supremos ministros acionaram o detonador da bomba-relógio que sempre esteve na eminência de explodir. Tic-tac.

Somos todos testemunhas oculares do fim do enredo que se aproxima rapidamente. As trevas se acercam para cobrar o alto preço daqueles que venderam suas almas ao diabo.

 creiam todos os crentes e incrédulos: o diabo está preso!

* Está no dicionário: Ordinário é um adjetivo, que dependendo do contexto, pode ter diversos significados. Na maior parte dos casos, ordinário qualifica aquilo que é habitual, comum, corriqueiro, aquilo que está na ordem usual das coisas. Pessoa ou coisa comum sem nada de excepcional.


-


CONTESTAÇÃO AO ARTIGO DO MELVIS BARRIOS JÚNIOR - Publicado nesta segunda:

Sou leitor do blog há vários anos e não concordo em estragar o último rio do Bioma Pampa com investimento em mineração, quando há outras alternativas sustentáveis para região, sito o turismo rural por exemplo.
O exemplo e EUA e Canada não serve para nós, leis ambientais serviram muito para Vale do Rio Doce. No Camaquã já tivemos minas o que sobrou foi destruição e pouco ou quase nada de retorno econômico.
No papel parece bons projetos mas a que custo, muito dano ambiental e grande parte dos lucros indo para os investidores e o estado fica com passivo ambiental. Não queremos uma nova Brumadinho no rio Camaquã deixe o nosso último rio limpo assim
André Santos - Consultor de credito e ambiental
Crea RS 182854
CRC 095894/0-5


-


ESSE É BOM! - Me agrada o senador Kajuru!



-


REFLEXÃO

Meu próximo animal de estimação será um petista!
Pensa num bicho que defende o dono a qualquer custo.

Rui Strelow


-


UM BRASILEIRO NÃO PODE SER TRATADO ASSIM!! COITADINHOS!! QUE VIDA SOFRIDA!!

(clica em cima que amplia)



-


ELEIÇÃO NO PDT - Para presidir a Famurs. O diretório estadual do PDT acertou que sete prefeitos do partido irão concorrer à presidência da Federação da Associações do Municípios do RS. Também confirmada a data da eleição: 13 de maio.
Cabe aos trabalhistas a presidência da entidade neste ano.


-


IMPRESSIONANTE - Encontrei na página do jornalista Raul Ferreira, no Facebook:

Increíble!!! Curiosa pintura de Gustave Freipont de 1924 y se llama "Premonición"


-


VIROU MODA. DÁ RESULTADOS? - Só ontem, CINCO "frentes parlamentares" foram criadas na Assembleia gaúcha.
Em ato realizado no salão Júlio de Castilhos da Assembleia Legislativa, na manhã desta segunda-feira (22), foi instalada a Frente Parlamentar em Apoio à Evolução do Status Sanitário Animal do Rio Grande do Sul. A Frente é uma proposição do deputado Ernani Polo (PP), com apoio do diversas entidades representativas do setor.
...
Em ato no Plenarinho da Assembleia Legislativa, na manhã desta segunda-feira (22), foi instalada a Frente Parlamentar em Apoio à Construção de Usina Termoquímica no Rio Grande do Sul, que será presidida pelo deputado Vilmar Lourenço (PSL). O parlamentar explicou os objetivos da iniciativa e defendeu a necessidade de modernização dos processos de destinação dos resíduos sólidos urbanos. “O lixo é um problema sério a cada dia que passa, primeiro pela carência dos municípios, aos quais compete oferecer a solução adequada”, disse Lourenço. “Mas os municípios estão falidos, e aqueles que ainda têm condições de dar destino ao lixo, estão utilizando tecnologia ultrapassada”, acrescentou.
...
Em solenidade, na tarde desta segunda-feira (22), a Assembleia Legislativa instalou a Frente Parlamentar em Defesa da Nefrologia Gaúcha, sob a presidência da deputada Franciane Bayer (PSB). A parlamentar explicou que, ao candidatar-se a uma vaga no Parlamento, logo concluiu que sua maior e mais importante missão seria a de defesa da vida e que a frente parlamentar representava mais um passo nessa caminhada, dando continuidade a trabalho iniciado por sua irmã, Liziane Bayer (PSB/RS), hoje deputada federal.
...
Com a participação de representantes de entidades civis de várias regiões do Estado e do secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Catarina Paladini, a Assembleia Legislativa instituiu, no final da tarde desta segunda-feira (22), a Frente Parlamentar em Defesa da Pessoa com Deficiência. A iniciativa, que é do deputado Eduardo Loureiro (PDT), tem como objetivo reafirmar os direitos das pessoas com deficiência, buscando garantir acessibilidade, inclusão e informação para os milhões de gaúchos que possuem algum grau de deficiência.
...
A  Assembleia Legislativa instalou nesta segunda-feira (22) a Frente Parlamentar em Defesa da Criança e do Adolescente, que será presidida pelo deputado Elizandro Sabino (PTB). A iniciativa tem como objetivo promover a interlocução entre os atores que atuam na área e contribuir para qualificar a rede de proteção.


-



VÁRZEA NEWS - Jornal virtual do Paulo Pruss, para "meter o pau no governo".
Confira: https://www.facebook.com/jornalvarzeanews/


-


RESCALDO DA PÁSCOA - Do jornalista Caco Belmonte:

PERGUNTO AO COELHINHO
Coelhinho, querido, como é possível que existam estudantes universitários de direita? Na PUCRS e na UFRGS eles existem. Como explicar isso, se a universidade é uma lavagem cerebral para construir militantes abobados de esquerda, anticristãos e maconheiros?

E COELHINHO RESPONDE
Decerto, todos os universitários são de esquerda, menos os que estudam medicina, odontologia e direito. Esses, são capitalistas mesmo e estudam para fazer dinheiro adulto.


-


SERÁ QUE É VERDADE? O CHARLIE HEBDO??




-


E ESSA?




-


SERÁ QUE A MOÇA GOSTOU DE LEVAR PORRADA? - O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) manteve o uso de tornozeleira eletrônica de homem preso em flagrante por agredir companheira a bordo de um avião da Azul com destino a Porto Alegre (RS). Em julgamento ocorrido em 9 de abril, a 7ª Turma decidiu, por unanimidade, pela aplicação da Lei Maria da Penha mesmo com a vítima voltando a morar com o agressor. Conforme os desembargadores, o fato de voltar a conviver não é garantia de que a violência doméstica irá cessar.

No início do ano, o casal e a mãe do comerciante, que moram em Pelotas (RS), passaram quatro dias no Rio de Janeiro. De acordo com a vítima e a sogra dela, as agressões começaram no segundo dia de passeio, por conta de fotos na praia que teriam irritado o homem. No decorrer da viagem, a violência chegou a lesões no rosto da moça e ameaças constantes que seguiram até o voo de volta para o Rio Grande do Sul.

Quando retornaram à capital gaúcha, policiais da Delegacia de Polícia para Turistas prenderam o agressor em flagrante durante o desembarque da aeronave. A prisão preventiva foi possível a partir da denúncia por telefonema da irmã da vítima, que informou o horário de chegada do voo.

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou ação contra o passageiro, alegando que além da situação ocorrida, o homem já seria recorrente, tendo agredido outras mulheres no passado.

Após um mês, a mulher agredida rez seu depoimento e negou as ameaças, apontando interesse em voltar a conviver com o réu. Com a mudança da posição da vítima, o homem teve a prisão preventiva substituída por monitoramento eletrônico, restringido inicialmente a prisão domiciliar e, mais tarde, ao perímetro do município onde moram.

O comerciante requereu a revogação da medida cautelar, alegando que já haviam voltado a morar juntos. A 22ª Vara Federal de Porto Alegre negou o pedido de liberdade sem restrições. A defesa recorreu pela reforma da decisão.

A relatora do processo, desembargadora federal Claudia Cristina Cristofani, julgou adequado o uso de tornozeleira eletrônica, considerando que a medida deve servir como desestímulo à prática de violência doméstica.

A magistrada ainda destacou que a união do casal não muda o entendimento de perigo apresentado, “o fato de voltar a residir com o paciente não indica que a periculosidade cessou, diante da possibilidade concreta de que volte a agredir física e psicologicamente sua companheira, inclusive em lugares públicos, considerando o histórico de violência doméstica e familiar contra a mulher”.

O processo segue tramitando em 1ª instância.


-


NÃO É PIADINHA

Solenemente




-


Piadinha






Segunda, 22 de abril de 2019




Jamais troquei de lado.
Por quê? Eu não tenho lado.
Ou melhor, o meu lado sou eu
...
ANDO DEVAGAR
PORQUE NÃO TENHO PRESSA







Escreva apenas para





FAZER O QUÊ?
A LUTA CONTINUA!




Não tem jeito. Reciclar, redimensionar, reinventar.
Sei lá o termo certo para uma "nova fase". Mas tenho alguns princípios que não abro mão.
Não perco a piada, não deixo de me indignar, vou sempre registar o que está errado, especialmente quando os meios tradicionais de comunicação não tem uma reação a altura.
No entanto, me redimo.
Sei que o meu nível de indignação, nos últimos anos, estava - e está - muito grande. É muito assunto sério e não dá para ser assim. O brasileiro em geral já vive cercado de assuntos sérios e, por isso, tenho que dar uma aliviada.
Também vou levar mais a sério o "...eu não tenho lado". É difícil, mas tentarei.
Pra resumir, vou apostar mais no "bom humor".
E, quando der, vamos rir mais, mesmo em meio a um drama.
Enquanto isso continuo com o pepino me cutucando. Por isso peço a contribuição de todos.
Segue a vaquinha. Tenho que tentar chegar perto do necessário para atender a determinação judicial.
Além de contribuir pelo https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajuda-ao-blog-do-previdi
aceito qualquer contribuição em uma das contas-poupança:

BRADESCO
José Luiz Gulart Prévidi cpf 238 550 700-59
agência 0939 3
conta poupança 1000049 1

BANRISUL
José Luiz Gulart Prévidi cpf 238 550 700-59
agência 0847
conta poupança:   39.081430.0-0
...
Se preferirem a opção de depositar em uma das contas, favor avisar pelo jlprevidi@gmail.com.
...
Na Vakinha pedem cadastro e é um pouquinho demorado. As transferências são muito mais rápidas.







FUNDAMENTALISMO AMBIENTAL
E ATRASO


Texto do engenheiro civil Melvis Barrios Júnior.


Neste momento o estado do RS enfrenta o ápice da sua maior crise financeira e econômica, com um déficit anual que se aproxima de dez bilhões de reais, praticamente inviabilizando qualquer gestão pública.
Somente existe uma solução de curto prazo para aumentar a geração de empregos e gerar novas matrizes produtivas, propiciando aumento da arrecadação de impostos.

Atualmente existem quatro grandes projetos de mineração que estão em processo de licenciamento final para sua implantação no RS, com capacidade de gerar quatro mil empregos diretos e aproximadamente quarenta mil indiretos, totalizando investimentos  privados superiores a dois bilhões de reais.

Esses investimentos enfrentam uma hostil oposição de segmentos fundamentalistas da causa ambiental, que não estão preocupados com o futuro do nosso estado.

Exploração mineral é realizada em grande escala nos EUA, Canadá, Austrália e diversos outros países.
É necessário um rigoroso sistema de proteção ambiental, amparado nas melhores práticas de Engenharia de Minas, geológica e ambiental, mas jamais inviabilizar as operações sem as devidas justificativas técnicas.

Esses empreendimentos situam-em Eldorado do Sul para extração de carvão mineral, configurando-se numa das maiores operações do Brasil.
Extração de titânio em São José do Norte com um horizonte de até cinquenta anos de produção ativa.
Também em fase final de aprovação está a extração de fosfato em Lavras do Sul, uma das regiões mais pobres do RS.

Coroando todos esses investimentos temos a extração de cobre, chumbo, zinco e prata no município de Caçapava do Sul.

É necessário uma mobilização das forças progressistas para atenuar e neutralizar  o ativismo de ONGs e entidades que defendem o atraso e tentam sepultar esses importantes investimentos em solo gaúcho.
A pior poluição é a fome e a miséria.

...

Alguém contesta?
Envie para jlprevidi@gmail.com


-



TAMBÉM! - Escreve o Paulo Palombo Pruss:
Imagine se o incêndio da Catedral de Notre-Dame de Paris acontecesse em alguma Igreja no Brasil, “só podia ser coisa de Brasil” seria o mínimo que ouviríamos, as primeiras teses, de brasileiros, davam conta que seria um atentado, evidente fica mais fácil, a culpa não seria dos franceses raízes, a negligência não seria de um dos nossos.
Depois o deslumbramento veio pelas doações de milionários franceses a boa causa.
Recentemente em Porto Alegre,  o casal Alexandre Grendene e Nora Teixeira, doaram  R$ 40 milhões para a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre para a construção de uma nova emergência para o complexo, dedicado somente ao SUS, e sabe-se o que mais de ouviu, “Também..”, esse também se encerra por si só, não tem continuidade, o interlocutor covardemente não tem coragem de expressar o que pensa ou não tem condições mesmo de concluir em uma frase, simplifica sua ignorância na acusação.


-


ISSO NÃO É UM ESCÂNDALO? - E tem gente na Rádio Guaíba que ainda fala mal do Messias...

(clica em cima que aumenta)

-



CADÊ A FÓRMULA? - Escreve o Luiz Henrique Benfica:
O rádio tradicional, em busca de um novo público, propõe uma mudança radical em sua fórmula.
O problema é que o novo público, por não gostar da velha fórmula, a rejeita.
Resultado: o rádio tradicional perde seu público antigo e não conquista o novo.
O sono dos gestores não tem sido tranquilo ...


-


ESSA ERA A VERDADEIRA RÁDIO GAÚCHA.
HOJE É A RÁDIO DE ESTAGIÁRIOS DE UATISAPI

Queria ver o atual chefete - o pior apresentador de rádio do RS - juntar os seus estagiários e publicar a fotinho de todas as "estrelas" do uatisapi.
..
E a cada semana demitem jornalistas experientes. Tirando o Mazedão e o Pedro Ernesto...



-


SABE DE ONDE TIREI O ANÚNCIO ACIMA? - Da página no Facebook  de uma grande jornalista, Otília Souza. Ela sempre foi ligada às rádios.
Olha ela aí!!




-


INTOLERÂNCIA DE TODOS OS LADOS! - Texto do vereador André Carús, de Porto Alegre:

Quando chegamos ao ponto de um parlamentar circular no supermercado ou em espaços públicos e ser ofendido na sua honra ou moral, por posições ou votos que possuo na Câmara Municipal, esta é a expressão da anti-democracia.

Foi isso que infelizmente ocorreu na última quinta-feira no Supermercado Zaffari da Av. Ipiranga, quando chegávamos para fazer compras eu e minha esposa. Dois indivíduos, ditos servidores públicos municipais, nos encheram de desaforos sem qualquer justificativa. Conheço e convivo com diversos funcionários municipais e posso atestar sua capacidade de diálogo e dedicação permanente em servir à população. Não será "meia dúzia" (massa de manobra) que irá desfazer esse conceito positivo.

No início da noite deste sábado, foi ainda pior, saindo de um passeio também com minha esposa na Orla do Guaíba, em frente ao número 340 da Rua Gen. Salustiano (Praça Júlio Mesquita), um grupo na maioria de mulheres e cerca de quatro homens utilizaram adjetivos como "vagabunda" à minha mulher, "trouxa", "pau no c...", "filho da p..." "fudeu minha vida", entre outras barbaridades.

Por muito pouco não tive que acionar a Brigada Militar para conter a ira de talvez, militantes xiitas e intolerantes que vivem às custas de privilégios aprovados a portas fechadas num passado recente e não toleram mudanças para o coletivo, portanto, incapazes de conviver com as diferenças. Chegamos a ouvir o absurdo, "vai curtir em outro lugar", como se aquela região fosse ocupada exclusivamente por pessoas deste nível tão baixo.

A era dos extremos está cada vez mais intensa. Não vou me calar para esse reacionarismo de esquerda, uma pena, pois a fraternidade e justiça social, princípios desta corrente ideológica estão esquecidas em nome do ódio que permeia atitudes como as de hoje. Não sou de direita, tampouco de esquerda, sou sim posicionado em um Centro Democrático que busca mudanças com equilíbrio, responsabilidade e uma cidade para todas as pessoas e não, para este ou aquele grupo.

Seguirei reagindo de forma enérgica, defendendo a minha conduta, a integridade da minha família e a seriedade do meu mandato que foi conferido legitimamente pelo povo de Porto Alegre.

Seguimos em frente.


-


PERGUNTINHA TELEVISIVA

Não é paranoia nem teoria da conspiração. Mas por que uma entrevista ao vivo com Paulo Guedes na Globonews no mesmo horário em que a TV aberta transmitia a final dos campeonatos regionais?

Claudio Moretto, jornalista


-


QUEM VENCE ESSA DISPUTA?
CP OU ZH?






-



EU NÃO SABIA -  A avenida Farrapos, em Porto Alegre - por muitos anos a via mais importante da cidade - chamava-se Rua Minas Gerais.


-




NO GESSINGER ADVOGADOS - Escreve o Ruy Gessinger:
Após concluir com muito aproveitamento seu curso de Direito na PUC de Porto Alegre e, mesmo antes de formado , ter  sido aprovado nas provas da OAB, Rudolf Genro Gessinger, meu filho, está apto a advogar.
Vêm se unir ao meu sobrinho Cristiano Gessinger Paul, também formado pelaPUC, mestre  e professor universitário.


-


INÉDITO!! AUTO VACINAÇÃO NO RS!!



-


COITADO DO ATOR!

Nasce Amazonie, terceira folha do ator francês Vincent Cassel


-



Com o prefeito de Tramandaí
PREFEITOS RECEBEM OBRA SOBRE ELÉTRICA -  O jornalista Gilmar Eitelwein apresentou o livro “A Electrica e os Discos Gaúcho” ao prefeito de Imbé, Pierre Emerim, e ao prefeito de Tramandaí, Luiz Carlos Gauto.. A publicação aborda o pioneirismo da gravadora e fábrica de discos A Eléctrica, que funcionou em Porto Alegre no início do século 20. O jornalista atuou na redação, edição e revisão final do material que reúne pesquisa e textos de Hardy Vedana.

A Eléctrica registrou pelo menos 4.500 gravações, em que as estrelas da época interpretavam valsas, habaneras, polcas, modinhas, fados, tangos – além de hinos nacionais e, singularidades únicas, também ficaram gravados alguns discursos de grandes políticos daqueles tempos.
Com o prefeito do Imbé

Acompanham o livro três CDs com registros raros e únicos que carregam a história dos fundadores, de pioneiros e da memória da música.

Com passagens por grandes veículos de comunicação como Grupo RBS (Zero Hora) e Rádio Guaíba, Eitelwein explicou que na fábrica muitos discos foram criados e exportados para diversos países como Argentina e Uruguai, entre eles o primeiro disco de tango na América Latina. “O material conta também com históricos de áudios que registram as primeiras gravações executadas por emissoras de rádio”, complementou o jornalista.

Gilmar Eitelwein, que é natural de Tenente Portela, já realizou inúmeros trabalhos no estado e atuou durante anos também na TVE. Atualmente ele mora em Tramandaí e integra o Coral Municipal.



-



NÃO É PIADINHA


Isso só pode ser gozação levada a sério!




-


Piadinha





Quarta-Quinta, 17-18 de abril de 2019




Jamais troquei de lado.
Por quê? Eu não tenho lado.
Ou melhor, o meu lado sou eu
...
ANDO DEVAGAR
PORQUE NÃO TENHO PRESSA







Escreva apenas para





ESPECIAL FERIADÃO
NÃO É PARA FRACOS!




Não me canso de agradecer a todos os que contribuíram ou que irão contribuir com a vaquinha do Blog do Prévidi. É muito legal! Também é muito bom o conforto que me transmitem amigos queridos, amigos que não vejo há muito tempo ou que ainda nem conheço. Afinal, através do Blog nos tornamos todos "conhecidos há muito tempo".
Levar uma traulitada e aguentar no osso do peito não é para fracos.
Agora, se tem apoios, os mais diversos, fica mais fácil.
Olha, estou tranquilo, porque fui condenado por falar a verdade. Rigorosamente a verdade. Transmiti apenas fatos. E isso é "imperdoável"!! Para muita gente, especialmente da classe média consciente, a verdade tem que ser sempre mascarada. Jamais pode ser como um impulso.
Tudo bem, só digo uma coisinha que acredito: AQUI SE FAZ, AQUI SE PAGA.
...
Continuo com a vaquinha. Tenho que tentar chegar perto do necessário.
Além de contribuir pelo https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajuda-ao-blog-do-previdi
aceito qualquer contribuição em uma das contas-poupança:

BRADESCO
José Luiz Gulart Prévidi cpf 238 550 700-59
agência 0939 3
conta poupança 1000049 1

BANRISUL
José Luiz Gulart Prévidi cpf 238 550 700-59
agência 0847
conta poupança:   39.081430.0-0
...
Se preferirem a opção de depositar em uma das contas, favor avisar pelo jlprevidi@gmail.com.
Pelo menos uma vez por semana publico aqui como foi a movimentação.

Na Vakinha pedem cadastro e é um pouquinho demorado. As transferências são muito mais rápidas.