Bom Dia!! Terça, 26 de fevereiro de 2013

Extinta nos países civilizados,
a subespécie comunista não vai
sumir tão cedo do Brasil 


Augusto Nunes
(22/02/2013)


A última ararinha-azul deixou de voar nos céus do sul da Bahia em 2002. É uma espécie extinta. O mico-leão dourado é visto cada vez mais raramente na região montanhosa do Rio de Janeiro. É uma espécie em extinção. Talvez para escapar das constrangedoras cobranças de entidades que lutam pela preservação de relíquias da fauna, o governo federal vem estimulando há 10 anos a expansão de uma espécie ─ o comunista ─ em acelerado processo de desaparecimento no mundo civilizado.

Pelo que se viu nesta semana, não vai sumir tão cedo a subespécie que, batizada cientificamente de stalinista-que-quer-ser-guevara-quando-crescer, acaba de ganhar um codinome que homenageia o país de origem e a ilha que venera: comunista-de-cubrasil. Excitado com a visita da jornalista Yoani Sánchez, esse espanto tropical, cujo principal habitat é a selva dividida pelo PT e pelo PCdoB, exibiu-se com tamanha frequência que, em menos de uma semana, milhões de brasileiros aprenderam a reconhecê-lo.

Os integrantes da subespécie só circulam em bando. Alimentam-se de sanduíches de mortadela. Bebem tubaína e, nas aparições patrocinadas pela embaixada de Cuba, também cerveja quente. Ornamentam o peito com o pôster de Che Guevara e/ou estrelinhas vermelhas. Creem em Fidel Castro e Hugo Chávez. Estão permanentemente coléricos. Repetem aos berros meia dúzia de palavras de ordem que sempre incluem expressões como “imperialismo ianque”, “CIA”, “direita” e “revolução”. Não permitem que quem se exprime em linguagens distintas emita qualquer som enquanto estiverem por perto. E não se reproduzem em cativeiro.

Especialistas em degenerações da espécie humana acham que o comunista-de-cubrasil é um caso clínico. Gente normal acha que é um caso de polícia.


10 comentários:

  1. Augusto Nunes escreveu:"Alimentam-se de sanduíches de mortadela. Bebem tubaína e, nas aparições patrocinadas pela embaixada de Cuba, também cerveja quente." Isto, creio, só na hora do protesto, pois depois vão ao MacDonalds.

    ResponderExcluir
  2. Que acha disso então Prévidi?
    Rosane de Oliveira: filha de Raúl Castro será hóspede oficial do Estado
    Sexóloga Mariela Castro Espín participará de seminário em Porto Alegre

    http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/politica/noticia/2013/02/rosane-de-oliveira-filha-de-raul-castro-sera-hospede-oficial-do-estado-4056761.html

    Esse Estado vai conseguir: chegar ao fundo do poço.

    ResponderExcluir
  3. Por mais que eu tente, não consigo entender como é que tem ainda gente que defende uma ditadura de mais de 50 anos, que mantém em prisão um povo, que, depois da URSS foi para o buraco.
    E o que mais me impressiona é que são os mesmos que vira e mexe falam da ditadura brasileira, esquecendo que a mesma acabou há 28 anos !
    Vai entender essa gente !

    ResponderExcluir
  4. Quem é Augusto Nunes?

    ResponderExcluir
  5. Texto intransigente e reacionário!
    Carlos/Porto Alegre

    ResponderExcluir
  6. Esse Nunes já foi empregado na rede bunda suja, lembram?
    Logo pergunto o que se pode esperar dele?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Textos brilhantes, esclarecidos e sempre pontuais. Eis o que pode se esperar dele. O que interessa se ele trabalhou na RBS, no Granma ou no Washington Post? Amigo Jorge, essa desconstrução de pessoas é coisa de petista...

      Excluir
    2. Um imbecil sempre encontra outro mais imbecil que o admira.

      Excluir
  7. Intransigente e reacionário...
    Acho que o anônimo Carlos só pode se referir assim a quem defende a morimbunda ditadura cubana, que mesmo assim ainda consegue, por meio do embaixador no Brasil, mobilizar um bando de lunáticos que, em vez de calar a blogueira com suas manifestações, só conseguiram torná-la celebridade.
    Com bem mais do que 15 minutos de fama.

    ResponderExcluir