Sexta, 16 de dezembro de 2016


PRÊMIO PRESS - JORNALISTA DE WEB 2016 - JL PRÉVIDI





Atualizado diariamente até o meio-dia.
Eventualmente, à tarde, notícias urgentes.









mídia urgente


Passaralho na Record


Demitiram hoje o Ubirajara Brackmann, um dos mais antigos cinegrafistas da TV Record.
E o editor de imagens Aldair.
-
Passaralho em doses homeopáticas. Até nisso imitam o Conglomerado Midiático.






porto alegre abandonada


POR QUE SERÁ QUE OS BUROCRATAS
NÃO ACEITAM O REAL MOTIVO  DE
TANTA GENTE NAS RUAS?





Pesquisa de funcionários (burocratas?) da Fasc - Fundação de Assistência Social e Cidadania -, que é da Prefeitura, concluiu que existem 2,115 "moradores de rua", o que antes se chamava mendigos.
Olha, sei não, mas se considerarem que os craqueiros e afins também dormem nas calçadas, este número deve existir apenas na Cidade Baixa, incluindo a Redenção.
-
Confira uma pérola:

"Percebemos um envelhecimento, um tempo maior de permanência na rua. Há dados bem impactantes de pessoas com mais de 20 anos morando na rua em Porto Alegre. Também existe um processo muito forte de adoecimento psíquico destas pessoas, que vai muito além das políticas da assistência social. O que temos hoje aqui (a pesquisa) é um passo que esperávamos há bastante tempo. Agora vamos dissecar cada uma das questões que estão colocadas e, ao lado dos movimentos sociais, tomar decisões, pensar estratégias e trabalhar", disse o presidente da Fasc, Marcelo Soares.
-
SUGESTÃO:
Este pessoal da Fasc podia passar uma madrugada perambulando pela Cidade Baixa. Uma segunda-feira, por exemplo, Aí, sim, vão conseguir fazer uma pesquisa real desse pessoal que eles (Fasc) dizem que estão em "situação de rua".
Quem sabe aí não começariam uma campanha para que as pessoas não deem mais esmolas e cigarros.
Esse tipo de "ajuda" é o que mais contribui para a formação de mendig... "pessoas em situação de rua". Se fazem de vítima para continuarem vivendo nas calçadas e fumando cada vez  mais crack. Cachaça? É apenas para o intervalo entre uma pedra e outra.
-
Teriam que dar um pulo embaixo do viaduto da avenida João Pessoa, onde, por 24 horas, existe uma quantidade imensa de "moradores" e uma intensa comercialização de pedra.
Aí, logo depois, passem na rua Sofia Veloso, onde dezenas de zumbis passam o dia e a noite fumando crack.
E na Redenção? Foram ou ficaram com medo de serem assaltados? Pede pra Guarda Municipal acompanhar e façam uma visitinha. A partir do final da tarde, especialmente.
-
Os tais pesquisadores acreditaram nos caras que dizem que saíram de casa por "problemas familiares (32,5%) e o uso de álcool e drogas (24%)". Hahahaha!!! Os caras foram corridos de casa porque estavam vendendo até as portas e janelas. Já falei com dezenas e dezenas deles que foram expulsos de casa por isso.
Não adianta maquiar um drama diário. Não adianta dizer que não podem forçar ninguém a fazer nada. Não adianta se omitir, fingir que o problema é mínimo. Ou que está melhorando. A cada ano, a cada mês piora, porque o poder público (leia-se prefeito) apoia os "moradores de rua".
-
Lembro muito bem dos governos do PT em Porto Alegre.
Chegavam no viaduto da avenida João Pessoa, com dois caminhões e uma turma de funcionários do DMLU. Colocavam todos os cacarecos nos caminhões e iam embora. Sem "papinho democrático".
Se não me engano, no tempo do prefeito Comandante Raul, gradearam a parte de baixo do viaduto para evitar que vivessem ali. Fecharam atá as bocas-de-lobo para que os moleques não dormissem ali com os ratos.
Isso é o certo.
Mas os atuais ocupantes da Prefeitura são "democráticos".
-
Não tinha como dar certo.
Pobre Tião Melo.



--



decadence



Está próximo o fim


Freddie Mercury no Rock in Rio

Safadão é uma das principais atrações do Planeta Atlântida.
E lembrar que no início o evento era uma "resposta gaudéria" ao Rock in Rio.
O must dessa edição será Armandinho.


Safadão esteve no Planeta Atlântida 2016


--



modernismos


Pracinhas em todos os bairros?
Não! Tem que ter cachorródromo!

A que ponto chega a loucura humana!
Está em tramitação na Câmara Municipal de Porto Alegre projeto de lei que estabelece a criação de um cachorródromo em cada bairro de Porto Alegre. A proposta é de autoria do vereador Rodrigo Maroni (PR).
O projeto define o cachorródromo como "um espaço cercado para a livre circulação de cães, no qual será afixada placa informando sobre o local". Conforme o autor, caberá ao Executivo Municipal destinar as áreas públicas para a instalação dos cachorródromos, bem como definir seus tamanhos e localizações.
A proposta de Maroni também prevê que para utilizar o espaço, o responsável pelo cão deverá acompanhá-lo e recolher seus dejetos. O vereador destaca que os cachorródromos vão servir "para que os tutores levem seus animais para desenvolver atividades de lazer, permitindo a sua socialização, a brincadeira e a sua livre circulação, não necessitando estarem presos a coleiras".



--



modernismos 2


Isso é demais para a minha imensa cabeça!



Página no Facebook do Cemitério Jardim da Ressurreição, de Teresina, Piauí.




Vendem vários produtos:




Brincadeirinhas:




"Filosofia"




Pra encerrar:






--



PROMOÇÃO DE NATAL!


Escolha mais do que dois livros e ganhe um descontão









--



mídia 1


O pepino da Rádio Guaíba





Flávio Dal Pizzol, 22 anos de Guaíba, cansou de ser escanteado. Pelo que me contam, apenas por um motivo: Não é da tchurma que comanda a emissora.
Mas não deve ser o único caso.
O pessoal que já estava antes da chegada de Nando Gross e sua equipe está descontente.
Até aí, tudo bem, pega o boné e tira o time. O problema é que esses funcionários antigos recorrem a Justiça do Trabalho e culmina em indenizações milionárias. Imagina o funcionário que fica manhã, tarde e noite a disposição do Jornalismo.
Pelo que me contam, só respeitam, na real, o apresentador Rogério Mendelski. Afinal, quem toparia acordar às 3 da matina e abrir o programa às 5. E com competência - tanto que é a melhor audiência da Guaíba.
A propósito: Já que o Rogério Böhlke foi reintegrado à Guaíba, ele voltará ao programa Bom Dia, para ser parceiro do Mendelski? Ou será plantão esportivo? Apresentará um novo programa? Limbo?
-
Algumas pessoas da Guaíba adoram dizer que eu invento textos para falar mal da emissora - como se eu tivesse tempo de sobra. Já escrevi que eu não pulico nem 10 por cento dos textos que chegam "homenageando" o petismo de alguns programas. Já escrevi, sim, que eles se decidiram pelo "petismo" justamente no momento em que a esmagadora maioria dos gaúchos rejeitou esta tendência. Isso é óbvio.
Leia o que o Sandro Kluge escreveu
:
Chego a conclusão que a Rádio Guaíba está sendo desmontada não por uma necessidade de "redução de custos", mas sim, por uma egolatria de seu Gerente Geral de Jornalismo que não consegue enxergar a necessidade de seguir o que está sendo exigido pelo publico ouvinte: Informação Isenta. Pluralismo se faz com isenção - não consigo pensar diferente. Mesmo nas épocas mais "decrepitas" da Rádio (Renato Ribeiro), a espinha de programação da Rádio não foi desmontada. Agora está sendo, e não é - repito, por uma necessidade de redução de custos. Sugiro a Direção da Rádio, uma leitura diferenciada da gestão que está sendo feita hoje, sob o risco de se perder cada vez mais a audiência. É preferível ouvir hoje a Rádio Pampa, ou a Bandeirantes (melhor) que a Guaíba. Só bater na Gaúcha, não dá. Ou, repassem a concessão para outros.


--


mídia 2


ELES NÃO LEEM O QUE ESCREVEM!

No jornal aquele, um dos maiores do universo:

A crise na Segurança Pública do Rio Grande do Sul ganhou um novo capítulo lamentável. Três presos que estavam na 2ª DPPA (Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento) que fica na sede da Polícia Civil do Estado, em Porto Alegre.

-

ELES NÃO SABEM O QUE ESTÃO FAZENDO

Que coisa inteligente! Entrar em greve pra mostrar o quanto são dispensáveis! É isso?






--



verão 1


Direto de Oeisis International





--



verão 2


Pronto atendimento 24 horas ameaça alta temporada


Em Torres.
Na época em que as cidades litorâneas começam a receber um intenso fluxo de turistas, Torres sofre com a falta de médicos para cobrir a escala do Pronto Atendimento 24h e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Em reunião realizada na quarta-feira (14), na Secretaria Municipal de Saúde, o Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS) cobrou providências para solucionar o problema antes da alta temporada.
“Segundo os relatos, seriam necessários pelo menos três médicos para cobrir a escala do pronto atendimento, mas não existem nem ao menos dois. Como a cidade vai receber tantos turistas?”, questiona o diretor do SIMERS, André Gonzales. As médicas Francieli Casagrande Marchi e Marie Piazza Pagnan estão apreensivas com a situação. Para elas, a complexidade do processo seletivo para novos profissionais dificulta e atrasa a contratação que deveria acontecer em caráter imediato, dada a situação atual. Pesquisa realizada pela Fundação de Economia e Estatística (FEE), mostra que Torres teve um aumento de 72,9% em sua população durante o mês de janeiro de 2015. Com isso, o número de pessoas na cidade passou de 37.702 pessoas para 65.189 no período do verão.
-
Outra questão que preocupa é a condição precária de trabalho. Embora o Pronto Atendimento 24h já esteja com aparelhos de ar condicionado instalados, eles não estão em uso. O motivo é a limitação da rede de energia do local, que não teria o suporte necessário. No mês de outubro, o Sindicato já havia cobrado soluções, mas até agora nada foi feito.
Além do diretor do Sindicato e das médicas, participaram do encontro o atual Secretário de Saúde, Gerônimo Paludo, a sua sucessora, Adriani Amoretti, e a Procuradora Geral do Município, Naiara Matos.


-



parceiros


Oi quer abrir franquias na Região Sul





A Oi esta prospectando novos franqueados em 13 cidades e regiões metropolitanas da Região Sul para abrir seu próprio negócio com a marca Oi em 2017, são elas: Alvorada, Cachoeira do Sul, São Leopoldo, Sapucaia do Sul e Torres (Rio Grande do Sul), Blumenau, Joinville e Tubarão (Santa Catarina), Apucarana, Arapongas, Curitiba e Região Metropolitana, Jacarezinho e Santo Antônio da Platina (Paraná). Com um dos melhores retornos de investimento do mercado e uma marca entre as mais importantes do país, presente em todo território nacional, a Oi oferece aos franqueados métodos e processos consolidados, gestão e suporte profissionais e amplo programa de treinamentos. A Oi já tem programado para janeiro e fevereiro de 2017 a abertura de mais 10 franquias de Varejo na Região Sul, nas cidades de Cachoeirinha, Capão da Canoa, Nova Petrópolis e Porto Alegre (Rio Grande do Sul), Mafra (Santa Catarina), Colombo, Curitiba (2), Fazenda Rio Grande e Piraquara (Paraná).
-
Para ser um franqueado ou representante comercial da Oi, focado em venda de produtos e serviços, é necessário:
·  Ter identidade com a marca e com o negócio Oi;
·  Ter perfil mobilizador e comunicativo, focado em resultados e excelência de atendimento;
·  Ter visão geral de liderança, gestão de pessoas e finanças;
·  Estar à frente da operação da loja.
-
A Oi oferece portfólio completo de soluções de telecom que contemplam telefonia móvel, banda larga, TV por assinatura e telefonia fixa. A companhia evoluiu recentemente o seu portfólio de serviços de telecom, tornando os planos mais atraentes, acompanhando a dinâmica do mercado. “O mercado da Região Sul é estratégico para a companhia que investe constantemente na abertura de novos pontos de venda. A iniciativa reforça o posicionamento da Oi de proporcionar aos seus clientes experiência de alta qualidade no atendimento, reforçando assim os principais atributos de marca da companhia, como Inovação, Qualidade, Convergência, Presença e Força no Mercado”, afirma Giovani da Silva, Diretor de Varejo da Oi na Região Sul (foto).
-
Na Região Sul, a Oi investiu mais de R$ 432 milhões em 2016, registrando aumento de mais de 13,6% nos investimentos na região em relação ao ano passado. A companhia está priorizando investimentos na expansão e na manutenção da rede como uma das estratégias de seu plano de transformação operacional, que visa a qualidade do serviço oferecido aos clientes em todas as regiões. Além de serviços de telecomunicações para os mercados varejo e corporativo, a Oi oferece soluções de TI inovadoras, hospedadas em plataforma de computação em nuvem, para empresas de todos os portes.



--



piadinha





5 comentários:

  1. Prévidi,

    Sinceramente, não creio que a reintegração do alemão Boelke vingue; foi uma decisão numa instância intermediária, que deverá ser corrigida logo ali na frente. Já há decisão em súmula no Supremo do Trabalho: só tem estabilidade funcional o empregador que pertencer à diretoria executiva do Sindicato. Nem mesmo os integrantes do Conselho fiscal do Sindicato têm estabilidade. Isso é para corrigir absurdos com diretorias infladas com 150 membros. Hoje é aceito até um máximo de 07 membros. Imaginemos, só por hipótese, 150 radialistas com estabilidade, 50 na Gaúcha – quebraria a rádio, pois, lamentavelmente, o indivíduo com estabilidade vira funcionário público, e passa a não mais conjugar o verbo trabalhar na primeira pessoa do singular nem do plural.

    Prévidi, a crise é medonha no segmento rádio (e outros também, naturalmente!), o que faz com que a caneta do administrador esteja sempre pronta para assinar mais e mais demissões. A toda poderosa Globo fechou o esporte em Curitiba. A Situação é dramática. À minha Guaíba (continuo resistindo), soma-se à crise, um (grave!) problema gerencial: a clara opção da empresa pelo viés socialistas, petista, pesolista. Não funciona, pois 85% (há dados que afirmam isso!) dos gaúchos ou são conservadores, ou liberais. Esquerdistas, a favor das corporações estatais, contra o livre mercado, em torno de 15%. Todo o histórico arrimo de uma legião de guaibeiros, está sendo jogado na lata do lixo. Eu sou escritor, diletante, pertenço a uma academia de escritores; sei que escritores, poetas, cantadores, músicos são, em sua ampla maioria, românticos, socialistas, visionários, utópicos. Para um músico, 2 mais 2 é qualquer coisa, menos 5. O Nando é um ótimo comentarista esportivo, tem um excepcional gosto musical, é um ótimo apresentador de programas, mas, por tudo que seja sagrado!, não pode ser o sujeito que dita a programação de uma rádio, pois ele, jamais, não por má vontade, evidentemente, colocará a programação num contexto de livre iniciativa, num contexto plural. Acho graça na publicidade institucional da rádio a afirmação que a mesma é plural. Plural onde? A rádio tornou-se uma ode à esquerda, ao PSOL, à Dilma, ao Czar Tarso I, ao...

    No ano seguinte a compra da rádio pelos Universais, a Guaíba (ano 2008 - saiu em informativos) faturou 22 milhões no ano. Duvido que hoje, enquanto a Gaúcha bate nos 60 milhões, alcance 30 milhões. Grande anunciantes têm ojeriza à esse tipo de programação. O que temos hoje são anunciantes institucionais tipo: Sindicado dos bancários de POA, sindicato dos professores – todos,, evidentemente, enchendo o dial com “não a reforma do Sartori, abaixo o Temer, viva a Dilma, foi golpe, Fidel está sempre vivo em nossas mentes, bla, bla bla...”

    Ainda há tempo de salvar a Guaíba. Bispos, abram seus olhos. A Guaíba não pode tornar-se uma Rádio Cuba Livre. O “Gramna” (antigo Correio do Povo) é uma mostra viva do poder da esquerdização de uma mídia, torná-la desprezível pelos ouvintes e leitores. Abraços e desculpem-se pela veemência!


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apenas uma correção, João: o que acabou em Curitiba não foi o esporte da Rádio Globo e sim a própria Rádio Globo AM 670, isso sim, com toda a sua equipe de 12 profissionais demitida. O prefixo AM 670 pertence ao Grupo J. Malucelli e agora passou a retransmitir a CBN FM 90,1 (também sob sua responsabilidade por lá). O esporte não vai acabar pois é uma equipe terceirizada, não era própria da Globo Curitiba. Logo, ela continuará normalmente em 2017 através da CBN Curitiba com os jogos dos clubes curitibanos e um programa diário das 17h às 19h, conforme esclarecido pelo seu próprio narrador titular Edemar Annuseck.

      Excluir
    2. Abraços ao grande Edu Cesar, e obrigado pela retificação. Mas, Edu, na essência, nada muda, ou seja: a crise está braba, muito braba.

      Excluir
  2. Concordo com tudo escrito pelo Previdi e Fontoura. O desmanche da rádio pela turminha é evidente a todos ouvintes, que eram fiéis... Está insuportável o esquerdismo e a mudança completa da linha jornalística e de programação.
    Só podemos ouvir o Rogério de manhã até as 8:00, depois vem a turma....
    Mas os bispos são empresários acima de tudo... E não vão permitir que o negócio que eles compraram vá por água abaixo...
    Por favor ponham gente que entenda do negócio... E que valorize o que os Guaibeiros sempre gostaram "isenção".
    Abraço
    Marcio Romano

    ResponderExcluir
  3. VaporFi is the highest quality electronic cigarettes supplier on the market.

    ResponderExcluir