Quarta, 28 de fevereiro, Quinta, 1º de março de 2018



Jamais troquei de lado.
Por quê? Eu não tenho lado.
Ou melhor, o meu lado sou eu





SITE/BLOG DO PRÉVIDI: HÁ 14 ANOS
INCOMODANDO CHATOS, 
INCOMPETENTES E BANDIDOS
(E CANALHAS)








HORÁRIO DE VERÃO:

Atualizado diariamente
pela manhã













POR ONDE ANDA O
DESPACITO TIGRÃO JÚNIOR?
CONTINUA DE FÉRIAS?












EU DESISTI DE PORTO ALEGRE.
O ROBERTO JARDIM INSISTE




"Andar na rua virou um ato de resistência!


Eu sei, não é de hoje. Nem do mês passado. Muito menos de 2017.

Sei que vem de tempo, pelo menos uns cinco anos pra cá.

Desde 1997, ano em que conheci a Aline, passei a viver Porto Alegre a pé.

Andamos muito a pé pela cidade. Principalmente nos finais de semana.

É assim que conhecemos onde moramos. É assim que nos tornamos cidadãos, acredito.

É assim que fazemos com a Antônia. Pra ela aprender sobre a cidade e seus moradores e suas histórias. E também para criar a sua história.

O ruim é que de uns anos pra cá, a cidade foi abandonada.

Pelos seus governos e por seus cidadãos.

Às ruas estão cada vez mais sujas e mal cheirosas. E cada vez mais vazias.

Acredito que a cidade só é cidade, respira, transpira e exala histórias com gente nas ruas.

Todo tipo de gente.

Mas cada vez menos as pessoas vão às ruas.

Quando vão, deixam pra trás um rastro não muito legal, de lixo e cheiros.

É preciso retomarmos a cidade. Mas é preciso aprender a fazer isso sem deixar rastros muito grandes.

Precisamos descobrir como fazer isso.

Uma forma, é pela educação.

O problema é que educação não passa pelos projetos governamentais que vemos por aí...

Queria minha Porto Alegre de volta...

(Roberto Jardim é jornalista)


-



BOA IDEIA - Do Mauro Tosetto:
Sobre as mais de 100 meninas sequestradas na Nigéria, pelo Boko Haram, seria legal se o U2 fizesse uma musiquinha sobre o tema, não? Logo eles, que gostam tanto de militar por causas como a tolerância, pobreza na África, etc...


-


NA BAND DOIS NOVOS PROGRAMAS -  A nova atração das manhãs de sábado, Soul Sport, é para mexer com os telespectadores, um programa com belas imagens e, principalmente, incentivo para sair do sofá e experimentar algum esporte. “É um programa com alma”, afirma Anelise Lopes, apresentadora do Soul Sport.
“Esse projeto que surgiu há três anos, sempre foi uma vontade minha, sempre busquei uma ideia para fazer um conteúdo diferenciado para falar de esporte, de aventura, de vida saudável, mas de uma maneira leve.”, completa a apresentadora.  “Como sempre pratiquei, queria mostrar para o público como a minha experiência em esporte de aventura me levou a ter uma vida mais saudável.”, explica Anelise.
Com trinta minutos de duração, Soul Sport entra no ar dia 3 de março, às 10h30min da manhã. É um bate papo com um convidado especial que será desafiado, a cada semana, a sair da rotina e viver, junto com a apresentadora, uma experiência diferenciada.
Com alta qualidade técnica, desde a captação à edição das imagens, Soul Sport sempre terá o esporte e a aventura como atração.  “Muito mais que o limite do corpo, o desafio mexe com a gente de uma maneira positiva, imagino que com o telespectador aconteça o mesmo. Eu vejo nos olhos dos convidados como eles saem diferentes, com experiências e sentimentos novos.” termina Anelise Lopes.
A apresentadora, que já está na tela da Band aos domingos no TRILEGAL, estará todos os sábados com novas aventuras. Soul Sport tem a direção de Claudio Veríssimo e a direção de produção de Mônica Catalane.
“Será um programa bem diferente do que a gente está acostumado a ver, além da aventura, vamos conhecer mais sobre personalidades do Estado. O Soul Sport ainda vai nos levar para locais do Rio Grande do Sul que pouca gente conhece, é mais um programa feito aqui que estará completando a nossa grade das manhãs de sábado, entretenimento e muito conteúdo na tela da Band.” afirma Ciça Kramer, gerente de telejornalismo.
-

Aos domingos é a vez do Programa Cavalos Crioulos, sempre às 8 horas da manhã. A jornalista Valéria Maciel resgata a magia da relação do homem com esse animal que tanto nos fascina. Mostra o universo da Raça Crioula, mundo a fora, as competições, as diferentes culturas. “É interessante ver como o mesmo cavalo, a mesma raça, assume perfis totalmente distintos de acordo com o lugar. São experiências incríveis", afirma a apresentadora.
Valéria Maciel conta também que são 14 anos de estrada: "já gravamos no Uruguai, na Argentina, no Chile, na Alemanha, na França, nos Estados Unidos e em todos os recantos do Estado, sempre atrás de boas histórias, relacionadas com cavalos. Para Jonio Salles, diretor do Programa, "é uma oportunidade de estar na TV aberta para todo o Estado, sempre com foco nessa relação entre homem e cavalo. A raça crioula ganha espaço no país e o programa cresce com ela. Estaremos em cada canto e recanto do Rio Grande do Sul, mas também nos países vizinhos. Estamos voltando de gravações no Uruguai,” completa Salles. O programa terá também exibição no Terraviva, aos domingos, às 20 horas. “É uma experiência diferenciada, um projeto para selar a parceria do Canal Terraviva e da Band RS, que tem tudo a ver com os gaúchos. O programa é mais um investimento do Grupo Bandeirantes em conteúdo produzido no Estado. Queremos mostrar ao Brasil e ao mundo as potencialidades do Rio Grande do Sul", comenta Sérgio Cóssio, diretor geral da Band RS.


-


MUDANÇAS NO CALENDÁRIO

O jogo entre Inter e Cianorte, quinta-feira (29/02), no Beira-Rio, vale pela rodada de ida da 3ª fase da Copa do Brasil. Pela 25ª vez na história da competição, o Colorado inicia um mata-mata jogando em casa. Até aqui, 50% de aproveitamento.
Dos 24 mata-matas de Copa do Brasil que o Inter iniciou em casa, se classificou em 12 e acabou eliminado nos outros 12. O mais recente, na 4ª fase da edição 2017, diante do Corinthians, acabou com classificação colorada, apesar do empate no Beira-Rio.

-


DEVE SERA PRESSÃO DOS CHEFETES

POLÍCIA

Preso mais dois suspeitos da morte de policial aposentado em Porto Alegre




-



NOVA REALIDADE - Maioria do pessoal da rádio líder está trabalhando feliz.
Quem deve estar preocupado é o pior apresentador de rádio do RS, afilhado do demitido.


-



FASCÍCULO DIGITAL - O Instituto Estadual do Livro (IEL) lança o fascículo bibliográfico "Escritores Gaúchos Série Digital: Ivo Bender", com relatos, fotos, entrevista e trechos da obra que resgata a trajetória do dramaturgo, contista e professor Ivo Bender.
 Este volume é  o primeiro da série Escritores Gaúchos, cujo objetivo é divulgar, debater e valorizar autores nascidos ou radicados no Rio Grande do Sul, apresentando e analisando sua vida e obra. Cada volume, sempre em formato digital, irá conter depoimentos e ensaios sobre o(a) autor(a) homenageado(a), entrevista e trechos de sua obra. A série é inspirada em outras já lançadas pelo IEL no passado, como “Autores Gaúchos” e “Letras Rio-Grandenses”.
O fascículo digital tem coordenação editorial de Estevão Godoy, editoração e capa de Sérgio Oliveira de Campos, entrevista da jornalista Vera Pinto e foto da capa assinada por Fernanda Chemale e demais imagens, de Josiele Silva, Regina Peduzzi Protskof e acervo pessoal do escritor. Lista de obras e relatos abrem o trabalho sobre o intelectual de 82 anos, autor de aproximadamente 40 obras.  A seguir vem textos da atriz e professora Mirna Spritzer, da escritora e ex-diretora do IEL, Cíntia Moscovich, do dramaturgo Diones Camargo e do ator, diretor e dramaturgo Marcelo Adams.  Trechos da obra, o conto "Ramiro Escobar e a Salamanca" e a peça e teatro "Surpresa de Verão" completam a iniciativa da instituição da Secretaria de Estado da Cultura, Turismo, Esporte e Lazer do RS (Sedactel). O download gratuito está disponível nas páginas da instituição - www.iel.rs.gov.br e ielrs.blogspot.com - e ainda no link https://drive.google.com/file/d/1PVbb3XAkaTAEHFLqZNHXhhzydn65GJYA/view
https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif
..
Informações sobre o assunto no Instituto Estadual do Livro (IEL) pelo (51) 3314-6450 e (51) 3314-6451 ou  iel@sedactel.rs.gov.br e institutodolivrors@gmail.com. Para entrevistas, contatar Andrea Russomano ou Patrícia Langlois, diretora da instituição, pelo (51) 98187-0743. (foto Josiele Silva)


-


TIPO LUCIANA GENRO - Do Teofilo Abrantes:
Ao sair do PP para o NOVO, Marcel Van Hatten tem tudo para ser a versão atual de Luciana Genro. Ou seja, pode fazer uma votação expressiva e ficar de fora pela força da legenda. No PP, mesmo com todos os problemas, teria muito mais chance. Por erro básico de avaliação pode ter sepultado sua carreira.
 


-


JORNALISTAS PREMIADOS - Observação do Jose Manoel Vega Garcia:
Davi Wagner Coimbra posição  39 e David Coimbra posição 350. Seriam o mesmo jornalista?


-


JANTAR BENEFICIENTE -  O STICC (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da construção Civil de Porto Alegre) tem a honra de convidá-lo para o 8º Jantar Beneficente do Lar Santo Antônio dos Excepcionais que ocorrerá no dia 23 de março de 2018, às 20h, na Casa de Portugal, em Porto Alegre.
Desde o início dessa atividade, empresas dos mais variados portes da construção civil e de outras áreas participam deste momento em prol das crianças do lar.
O Lar Santo Antônio dos Excepcionais, fundado em 10 de fevereiro de 1979, é uma entidade filantrópica, de caráter assistencial e sem fins lucrativos. O Lar abriga crianças, adolescentes e adultos portadores de lesão cerebral grave, oriundos de famílias em situação socioeconômica precária Em decorrência do abandono, maus tratos físicos e psicológicos são encaminhados ao Lar através dos Conselhos Tutelares e Poder Público de diversas cidades do Estado. A entidade fica localizada na avenida Antônio de Carvalho, 105, em Porto Alegre.


-


POR POUCO!









-



PIADINHA


Rapidinha


Na cama, o marido diz, brincando, para esposa:
- Amor, vamos brincar de médico?
Ela:
- Do SUS ou particular?
- Não entendi! Qual a diferença?
- Se for do SUS só daqui a 6 meses e se for  particular são 300 reais.


Terça, 27 de fevereiro de 2018



Jamais troquei de lado.
Por quê? Eu não tenho lado.
Ou melhor, o meu lado sou eu





SITE/BLOG DO PRÉVIDI: HÁ 14 ANOS
INCOMODANDO CHATOS, 
INCOMPETENTES E BANDIDOS
(E CANALHAS)








HORÁRIO DE VERÃO:

Atualizado diariamente
pela manhã













RECEBO:

A demissão do Pleni colocou uma nuvem de fumaça na dispensa de mais 40 funcionários do Grupo em todo o Estado nesta segunda-feira. 
O enxugamento continua. 
Acho que não adianta o Duda desmentir  a negociação. 











A "CLASSE MÉDIA CONSCIENTE"
É FALCATRUA EM TODO O MUNDO






Para quem não sabe o que é "classe média consciente" dou um exemplo.
Uma universitária sofre tentativa de estupro em um parque da cidade.
Bah, a "classe média consciente" vira bicho, faz campanhas furibundas, passeatas, exige a renúncia do governador. Uma "grande mobilização".
Mas não dá a menor pelota quando toma conhecimento que uma mulher é estuprada por dia em Porto Alegre.
Entenderam, né?
...
Agora, vejam isso:

(clica em cima que amplia)



O próprio Rodrigo Lopes desenha:

Sem chamar atenção do mundo ou provocar qualquer mobilização internacional, uma tragédia silenciosa emerge na Nigéria mais uma vez. Cento e cinco meninas, estudantes de 12, 13 anos, estão desaparecidas desde a ação do grupo extremista Boko Haram, hoje mais mortífero do que o Estado Islâmico. 
Mas como o sequestro ocorre na África, não desperta interesse. 
Tudo começou em 22 de fevereiro, quando terroristas invadiram a escola em Dapchi. Estudantes e professores tentaram fugir. No desespero, ficaram ao chão chinelos e sandálias das vítimas, em um rastro de medo. 
Além da falta de indignação — ou mobilização — da comunidade internacional, os familiares enfrentam a descaso do governo local, que negou ao longo da semana o sequestro.
Uma associação de pais foi criada nos últimos dois dias. Só então foi feita uma lista com os nomes das meninas desaparecidas. Foi então que se chegou ao número de 105. Pode ser mais. 
A tragédia se repete porque o caso lembra muito o das alunas de Chibok, no estado vizinho Borno, há quatro anos. Na época, foram levadas 276 estudantes. 
Uma das meninas que conseguiu escapar dos extremistas, Aisha Yusuf Abdullahi, contou que várias de suas colegas escalaram o muro da escola, antes de entrarem em veículos estacionados no lado externo. Esses carros poderiam pertencer aos criminosos.
O grupo Boko Haram realiza desde 2009 tem espalhado o terror no nordeste da Nigéria, que deixou mais de 20 mil mortos e 2,6 milhões de deslocados.

-

Já imaginaram se um grupo de terroristas, como o estado islâmico, sequestrada 10 estudantes francesas? Ou cinco crianças alemãs?
Bah, é o início da Terceira Guerra Mundial!!


-


A PROPÓSITO DA "CLASSE MÉDIA CONSCIENTE"

Quem conta é o jornalista Ricardo Azeredo:

Pra pensar: lembram daquele caso, ano passado, do casal homoafetivo que numa festa de debutantes no Leopoldina Juvenil, armou um rolo porque disseram que foram agredidos pelo pai da debutante, que levaram rasteiras e socos no meio do salão, que foram expulsos da festa e depois fizeram um escândalo na imprensa e na polícia? Pois é, o processo agora foi arquivado. Por absoluta falta de provas de agressão e nem sequer testemunhas, num salão lotado. O exame de corpo de delito não deu nada. A família da menina foi exposta à inquisição feroz e pública das redes sociais e na própria imprensa. E agora?


-


INTERVENÇÃO NO RIO - Do jornalista Irineu Fernando Guarnier Filho, via Facebooki:

Má vontade da Folha de S.Paulo, Globo News e outros veículos em relação à intervenção militar na (in)segurança pública do Rio explica porque tantos jornais estão fechando e a audiência dos telejornais despenca. Vivem em um mundo completamente diferente do de seus leitores e telespectadores.
Fingem que o Rio não está em GUERRA e se mantêm de narizes empinados em seu enclavezinho ideológico, alheios ao sofrimento da população pobre submetida ao regime de terror da bandidagem. É interessante observar o que disse o músico Hamilton Ferreira, morador de uma favela, à própria Folha, numa reportagem em que o jornal criticava a ação dos militares .
“Eles (os militares) estão tratando todo mundo com o máximo de respeito. É louvável pela situação que passamos aqui. Estamos sofrendo com essa guerra entre traficantes e milicianos. A intervenção chega num momento bom”.

Quer dizer, o descolado jornal paulistano é que sabe o que é melhor para o pobre favelado carioca. Ai, que cansaço...



-



PARA REFLETIR

Um 2017 para lembrar, 2018 para renovar

Gelson Santana, presidente do Sticc
(texto publicado no Jornal do Comércio em 21 de fdevereiro de 2018)

Para muitos, o ano que passou tem que ser apagado da memória dos brasileiros. Desemprego na casa dos 14 milhões, a aprovação da reforma trabalhista, o aumento dos combustíveis, a violência, os salários atrasados nos estados do RS e Rio de Janeiro - além de Porto Alegre -, a confusão política instaurada pelos que estão em Brasília e outros espalhados pelas Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais do País.
Essa é a questão, 2017 não pode ser esquecido, mas deve ser lembrado. Temos que refletir tudo o que passou. Para entendermos o que deve ser mudado.
E eis que em 2018 aparecerá uma grande oportunidade para os brasileiros: a eleição para deputado estadual, federal, senador, governador e presidente da República. Dos mais pobres até as classes mais abastadas, o direito é o mesmo: o direito de escolher o representante dos brasileiros nessas esferas. Há que se reconhecer que erramos.
Erramos na nossa apatia. Erramos ao não reivindicarmos nossos direitos. Direito à saúde, à educação, à segurança e a um trabalho digno, onde não seremos explorados. Algumas parcelas lutaram. Tomo a liberdade em citar o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil de Porto Alegre (Sticc). Uma entidade que tem seu eixo focado no social, no trabalho, na ética e na transparência. Seja com ações sociais, com mais de 8 mil fiscalizações nos canteiros de obras em 12 meses.
Para ver o dia a dia do trabalhador da construção civil, sem receber o FGTS, sem receber salários e em locais insalubres. Também qualificando o profissional da categoria, além dos filhos e filhas na Escola de Beleza da entidade e no Jovem Aprendiz. Em 2017, o Sticc atendeu mais de 30 mil trabalhadores e familiares em saúde e serviços advocatícios, entre outros. Se cada administração pública fosse um pequeno Sticc, muita coisa se resolveria. Porém, por questões burocráticas, isso ainda não é possível.
Falta política inovadora. Faltam políticos que inovem e que queiram mudar o destino do País. 2017 deve ser lembrado, mas o ano de 2018 é de renovação.


-


AS SURPRESAS DOS MAIS PREMIADOS - A principal novidade dos levantamentos regionais do Ranking dos +Premiados Jornalistas da História ficou para a Região Sul, que tem um novo líder. Ao conquistar cinco prêmios em 2017, entre eles ARI, Setcergs e Ministério Público-RS, todos na categoria Rádio, Cid Martins, da Rádio Gaúcha, superou o paranaense Mauri König e terminou em primeiro lugar na Região e em terceiro no Nacional, com 965 pontos. Em números, nenhum jornalista brasileiro tem mais prêmios do que ele – dos analisados pelo Ranking, já são 57, mas segundo contas próprias, levando em consideração menções honrosas, segundos e terceiros lugares, tem mais de 100 conquistas.
Mauri, que deixou a Gazeta do Povo em 2015 e desde então se dedica a concluir um mestrado, dar aulas e escrever livros, viu por consequência diminuir seu ritmo de conquistas e encerrou o ano com os mesmos 887,5 pontos de 2016. O mesmo aconteceu com o jornal paranaense em que passou a maior parte da carreira, pois era um dos principais a contribuir com suas conquistas. Para se ter uma ideia, segundo o levantamento de 2016, Mauri teve participação em 20 dos 57 prêmios que a Gazeta conquistou em sua história.
Na terceira posição, com 710 pontos, aparece o repórter especial da RBS TV Giovani Grizotti. Um dos principais nomes do jornalismo investigativo do Grupo RBS, Giovani acumula mais de 30 prêmios de jornalismo em sua carreira, entre eles dois Esso, um Embratel, um Vladimir Herzog e sete troféus no ARI.
Completam os Top 10, pela ordem, Carlos Wagner (685), Humberto Trezzi (602,5), Nilson Cezar Mariano (492,5), Fabio Almeida (452,5), Letícia Duarte (407,5), Carlos Etchichury (377,5) e Mario Marcos de Souza (325).

...
Vai até  1270º. Milhares de jornalistas e radialistas.

...
TE METE!! OLHA A PARCERIA!!

92º - 100 pontos

BRENO CALDAS
CARLOS ALBERTO KOLECZA
DIEGO CASAGRANDE
FELIPE VIEIRA
JOSÉ LUIZ PREVIDI
MARCOS PORTO
ODILON LOPEZ
ORLANDO RIBEIRO DANTAS

...
Quer conferir?
https://www.portaldosjornalistas.com.br/ranking-premiados-cid-martins-assume-ponta-no-sul-do-brasil/


-


ELES SÃO CRIATIVOS!!


Mais de 36 mil veículos seguem pelo Litoral pela freeway nesta sexta



-



ELES NÃO TÊM O QUE FAZER! - A modinha na Assembleia Legislativa? Frente Parlamentar!

Lançamento da Frente Parlamentar em Defesa da Cadeia Produtiva da Reciclagem, que será presidida pelo deputado estadual Sérgio Peres (PRB), às 9h30min, no Plenarinho, 3º andar.



-


HÁ CINCO ANOS - Fiz esse comentário no Facebook:

Gostaria de saber se vocês levam a sério uma pessoa que se refere ao mundo como "planeta".
Agora, pior do que "planeta", hoje, é o compartilhar. Tudo é compartilhar. Até a dona do Teatro São Pedro, numa propaganda, fala essa bobagem. Como foi em passado recente a "demanda", o "agregar valor". Ou começar uma frase com "então".

...
Algo mais atual?


-


E AÍ? - Essa é pra quem Jogou Atari.
Quem lembra o nome do jogo que está desenhado na camisa da menina?





-



PIADINHA





Segunda, 26 de fever4eiro de 2018 - parte 2



Jamais troquei de lado.
Por quê? Eu não tenho lado.
Ou melhor, o meu lado sou eu





SITE/BLOG DO PRÉVIDI: HÁ 14 ANOS
INCOMODANDO CHATOS, 
INCOMPETENTES E BANDIDOS
(E CANALHAS)








HORÁRIO DE VERÃO:

Atualizado diariamente
pela manhã









NADA DE FOGUETES! ASSUSTAM OS CACHORROS!!




MAS ABRAM UM ESPUMANTE,
COM MUITOS ACEPIPES!

E MUITA RISADA!!
A FIGURA QUE ADORAVA DEMITIR FOI DEMITIDO!
TINHA ORGASMO EM DEMITIR UMA TELEFONISTA OU
UM REPÓRTER COM MAIS DE 30 ANOS DE SERVIÇO.

POR ISSO ERA O PLENIPOTENCIÁRIO.
E EU AVISEI, UM DIA TU VAI TAMBÉM!!

tudo que você faz
um dia volta pra você!!


O CHEFETE PLENIPOTENCIÁRIO FOI DEMITIDO HOJE!!!
HAHAHAHAH!!!

TEM FESTA NA GOETHE!!!
PORTO ALEGRE ESTÁ COMEMORANDO A DERROCADA DE UM CANALHA!!





NO FACEBOOK, TWITTER E INSTAGRAN É UMA FESTA,
TUDO EM COMEMORAÇÃO A DEMISSÃO DO PLENI!!


...


NÃO QUEREM QUE CONTE PORQUE ESTE
PAPINHO DE APOSENTADORIA. TEM AS
PERCENTAGENS  NAS RÁDIOS E TVS.
COMO VÃO SAIR BRIGADOS COM ELE?

...


AGORA, SÓ FALTA O GRINGO INCOMPETENTE DE CAXIAS DO SUL.



Segunda, 26 de fevereiro de 2018



Jamais troquei de lado.
Por quê? Eu não tenho lado.
Ou melhor, o meu lado sou eu





SITE/BLOG DO PRÉVIDI: HÁ 14 ANOS
INCOMODANDO CHATOS, 
INCOMPETENTES E BANDIDOS
(E CANALHAS)








HORÁRIO DE VERÃO:

Atualizado diariamente
pela manhã













GAÚCHO É MUITO ESTRANHO:
UM BELÍSSIMO SÁBADO, SOL SEM NUVENS, MAR
LIMPÍSSIMO, SEM VENTO.
E A PRAIA VAZIA.
DOMINGO?
IGUALZINHO.









O MAIS POPULAR E CONSCIENTE
RADIALISTA QUE O RS CONHECEU




Eu sempre o chamava de "João Batista".
E ele, dando risada, me respondia:
- João Batista é a mãe!!
Dávamos risadas e aí nos cumprimentávamos.
Anos e anos foi sempre assim.

João Batista Marçal, o jornalista e radialista mais popular e CONSCIENTE do Rio Grande do Sul morreu na sexta passada. No sábado, parentes e amigos foram se despedir dele, próximo de onde morava - no Crematório Metropolitano de Viamão.
...
Era adolescente e ouvia o Marçal no rádio porque minha mãe o adorava.
Em 1977 fui trabalhar no Diário de Notícias. No primeiro final de tarde, quando estava nervosíssimo redigindo uma matéria, escvutei uma gritaria com uma voz familiar. Era ele que chegava, onde era o Editor de Internacional.
Não demorou muito e virei "integrante" do séquito do Marçal. Ele comandava até as saídas para o bar do Portuga, para uma cachacinha.
Pouco tempo depois comecei a sair com ele e o pessoal do jornal para a noite.
Eu era um dos poucos que tinha carro e podíamos nos aventurar por áreas mais distantes.
...
Aí eu pude constatar como o Marçal era popular. Mais do que popular. A primeira figura popular que convivi.
Duas historinhas.
Uma vez, sexta-feira, estávamos no Portuga e ele sugeriu irmos a Viamão num bailão de um amigo.
Claro que topei. Só que estávamos em oito.
Fomos em oito no meu Opalão.
Antes de chegarmos a Viamão, a Polícia Rodoviária nos parou.
Era o fim da linha.
O policial deu boa noite, pediu documentos do carro e meu, e falou:
- Em quantos vocês estão aí?
Antes que eu respondesse, o Marçal falou alguma coisa, como se estivesse num programa de rádio.
O policial fez uma cara de espanto e não acreditou:
- Não me diz que é o Marçal! Não acredito!! Meu Deus, é muita coisa!!
O Marçal desceu, cumprimentou o cara, e foi levado aos outros. Fizeram uma festa.
Não demorou muito seguimos a viagem até o bailão.
...
Outro dia estávamos, madrugada de final de semana, na avenida Farrapos. Fora da parada. E queríamos que um ônibus nos levasse até o Centro. Claro que era coisa de quem tinha bebido além da conta.
Até que veio um e ao passar pelo grupo freiou pouco adiante.
Desce o motorista, de braços abertos:
- Marçal!!
E entramos todeos no ônibus.
...
Historinhas simples mas significativas de sua popularidade com as pessoas que fazia questão de conversar quando estava numa rádio.
Não está convencido da popularidade? Então pesquise o seguinte: Quantos "Marçal" estão registrados nos cartórios do RS, como se Marçal fosse Paulo ou José. As pessoas sempre acreditaram que "Marçal" era o primeiro nome dele.
Eu gostaria de saber a origem do nome do jornalista Marçal Alves Leite - talvez não tenha nada a ver com o radialista.
...
Em 31 de dezembro de 1979 o Diário de Notícias fechou. Passamos janeiro e fevereiro atrás do que fazer. Em fevereiro consegui um free no Correio do Povo para cobrir o Carnaval.
O Marçal chegou a fazer um piloto na Rádio Gaúcha para um programa na madrugada.
Não deu certo, mesmo que o diretor da Gaúcha, o professor Ruy Carlos Ostermann, apoiasse (Olhem o nível da época!!).
...
Marçal trabalhou em quase todas as rádios de Porto Alegre. O auge foi quando a milicada mandava e desmandava. Tinha dias que ele se irritava e dava um pau em algum milico ou na Arena, o partido deles. No outro dia, a direção da rádio recebia um milico que sugeria o fim da participação do Marçal. E isso acontecia, claro.
Trabalhou na Rádio Sucesso, do Cascalho Contursi. Não tinha jeito de acordar. Aí o Cascalho comprou um baita despertador e mesmo assim não tinha jeito.
Leiam o que o jornalista Marco Poli escreveu:

Um dos meus ídolos por muito tempo. Com ele criamos o "Aqui e Agora" na TV Piratini, que foi tirada do ar antes do programa chegar aos lares. Mais tarde ele fez uma coluna policial na RBS TV que em poucos dias derrubou o Chefe de Polícia. Uma figura única e contador de histórias como não existe igual.

Aliás, não vi nos telejornais da RBS TV a notícia do falecimento do Marçal.
...
O jornalista Sérgio Saraiva, que hoje vive em Santa Catarina, escreveu sobre o Marçal, quando viu um post da colega e amiga Beth Portugal, sobre o ocorrido:

Guarani não gosta muito de Charrua. Mas esse - com quem trabalhei em 1975 e depois 77, no Diário de Notícias - eu aturava. Uma das primeiras aventuras que embarquei quando voltei para o Brasil (77) foi viajar até Quaraí com essa fera levando livros da Lila Ripoll, Era uma edição que ele havia organizado. Lembro ter fotografado sua velha tia índia, olhar imperturbável pela janela, 500 anos sustentando o horizonte. Acho que o Caco Schmitt foi junto. O Zé Neto foi conosco, numa Kombi. Um passeio no outro lado, Artigas, Uruguai, e uma cena triste: jovens de 15, 16 anos, com cabelos cortados como milicos, bêbados e sendo atendidos pelo garçon. Cabelos longos eram proibidos. Tomar porre e comprar bebidas, podia. Foi uma das porradas que levei na cara na minha volta aos pagos. Ele era de Quaraí, terra da Salamanca do Jarau, assim como Dyonélio Machado, Cyro Martins, Carlos Reverbel, Miguel Proença e a própria Lila Ripoll.

...
Ultimamente nos encontramos poucas vezes. Ele foi a três ou quatro lançamentos de meus livros. E várias vezes falamos casualmente na rua. Uma das vezes, ele estava triste - tinha acabado de saber que sofria de Gota.
Não sabia que ele enfrentava, há pouco, esta doença que me nego a escrever o nome.
...
Não preciso dizer que passei um final de semana do cão.
Amenizava quando me lembrava das dezenas de histórias que vivemos.
...
Por que será que as pessoas que mais gosto resolvem morrer nos finais de semana?
...
Pra encerrar.
Leia o que o Sandro Faser enviou:

Cresci ouvindo o João Batista Marçal. Foi minha primeira inspiração, a querer ser um repórter policial.
Lembro ainda de uma cortina que ele usava junto com sua trilha característica nas rádios.
O locutor anunciava:
Vem aí o Cavalo do Marçal...
Ai entrava o áudio de um galope de cavalo, seguido de um som de sirene de uma viatura.
No auge de minha infância prestava muita atenção ao som que saía daquele rádio, colocado pela minha mãe, em cima de uma estante e que me levava a imaginar a cena descrita por ele.
Um dos bordões usados por ele, quando se referia a uma mulher, que não prestava:
- Essa dona, (nome da mulher) que é a mais pura flor da sacanagem!!
E pir ai ele ia...
Um grande nome do rádio e do jornalismo que como muitos outros morreu pobre de dinheiro, mas, rico de caráter e coragem.
A atual geração de jornalistas e até radialistas, talvez,  possam nunca ter ouvido falar em João Batista Marçal.
No que ele fez e ainda representou para o rádio gaúcho.
Em razão disso, te peço humildemente, pela memória de nosso colega e tudo o que ele representou e lutou, a exibição deste vídeo que há meses, por acaso, encontrei no Youtube. Acho que ele representa bem a história, contada por ele próprio de dois ídolos que tive.




...
Pra encerrar, mesmo:
Nos 45 anos da "revolução de 64" - 2009 - tinha acabado de lançar um livro, "A Revolução da Minha Janela". Aí resolvi fazer um debate.
Acertei que seria num auditório da Câmara de Vereadores de Porto Alegre - local amplo, com estacionamento fácil.
Convidei o Marçal, que se dispôs a comparecer. Depois falei com o coronel Pedro Américo Leal, ex-deputado estadual e ex-vereador da Arena, ligado a revolução. Uma figura maravilhosa.
Para mediar, o jornalista João Garcia.
Quem mais? Não lembro. O meu computador da praia não tem as fotos.
Desculpe os demais convidados.
Pois bem, o Marçal chegou atrasado, pediu pra falar porque tinha um outro debate no Clube de Cultura.
Deu um pau geral em tudo que dizia respeito a revolução, falou das torturas que sofreu (mostrou a sua mão torta), das demissões das rádios por causa dos milicos e se mandou. Foi muito aplaudido.
O auditório estava lotado.
Distribuí o meu livro para todos os presentes.



-


MAIS UMA VEZ, A RBS ESTÁ VENDIDA - Há anos  que a RBS está vendida.
Da última vez, um grupo da Arábia Saudita tinha comprado. Passei a "informação" para o Duda Melzer, presidente da RBS, e mais uma vez ele deu risada e desmentiu.
Agora, saiu a nova venda na coluna Radar, da Veja.
O mesmo grupo que comprou, mesmo, a RBS de Santa Catarina estaria praticamente comprando a RBS por dois bilhões de reais.
Não liguei para o Duda, mas o Felipe Vieira ligou.
E lá está na página do Felipe:
- Eu te afirmo que não é verdade. Não estamos vendendo a RBS/RS. Ao contrário, tivemos um 2017 sensacional. Com crescimento de audiência e de resultados. Distribuímos o maior PPR dos últimos 8 anos. Estamos com vários projetos de inovação nos nossos negócios e nos nossos produtos.
...
Mas a venda está caminhando.
No respeitado www.portalmakingof.com.br:

O portal Making Of entrega aos seus leitores informações confirmadas ou opiniões assinadas. Por isso,  há meses busca dados sobre a possível venda do grupo gaúcho RBS para a NC, já proprietária  das empresas de comunicação em Santa Catarina, adquiridas por 700 milhões, e de uma poderosa industria farmacêutica, com ramificações mundiais. Só agora, no entanto, pode traçar um roteiro que confirma a conversa entre as partes.
1. A NC, depois de adquirir a RBS SC, demonstrou interesse nas empresas do grupo no Rio Grande do Sul;
2. Não houve reciprocidade dos gaúchos naquele momento;
3. A Globo, por sua vez, líder da rede de TV, foi reticente;
4.  Depois de um tempo, diante de uma aceitação interna pró-venda, a RBS procurou reabrir o diálogo;
5. A Globo suavizou sua posição, ao constatar que os sócios gaúchos poderiam não estar mais tão interessados em Comunicação;
6. A conversação evoluiu, agora mais no interesse gaúchos do que paulistas; 
7. A coluna Radar On-Line de Veja divulgou ontem, 23, conforme reproduzido pela Making Of,  um informe sobre negociações. O valor de 2  bilhões de reais não procede, a não ser considerando o valor já pago em Santa Catarina;
8. A divulgação de um negócio desses  em uma coluna on-line segue  o modelo de vazamento ocorrido em Santa Catarina, com  antecipação da informação para um colunista. Nos bastidores estima-se que o lado que vazou a informação anterior não é o mesmo autor de agora ; 
9. Em um negociação tudo pode acontecer, até o desmentido que ela existe.

Esta é a informação da Making Of de ontem à noite, 23 :   

Desde que o grupo NC da família Sanchez, dona entre outras empresas da fábrica de medicamentos EMS, comprou a RBS em Santa Catarina, surgem informações de que a parte gaúcha teria o mesmo caminho, Hoje, 23, é a vez da coluna Radar On-Line da Revista Veja divulgar que as negociações estariam bem avançadas.  
O texto completo do informe que é redigido por três jornalistas é este : "Plantão de Notícias. Estão avançadas as negociações entre a família Sirotsky e Carlos Sanchez para a venda total da RBS. Trata-se de um negócio de 2 bilhões de reais, envolvendo doze emissoras de TV, quinze de rádio e três jornais. Há dois anos, Sanchez comprou a filial catarinense."



-



É UM DESRESPEITO COM O GUERRINHA (E COM OS LEITORES) - Escreve o Juner M. Vieira:

 É de conhecimento de "quase" todos que o Grêmio foi campeão da Recopa na última quarta-feira, e que o Inter jogou pela Copa do Brasil lá no Pará.
Digo quase todos, pois tem uma turma na GauchaZH não andou lendo as últimas notícias produzidas pela editoria de esportes... e acabou misturando as competições.
Veja o que publicaram (no arquivo em anexo) a respeito do Internacional, em uma matéria assina pelo experiente Guerrinha.

(clique em cima que amplia)


No detalhe:




-


JORNALISMO DA RECORD A DERIVA - Desde dezembro o gerente-geral de jornalismo da Record TV sumiu. Rodrigo Falcão tinha assumido recentemente a função e não foi mais visto.
As pautas  estão sendo aprovadas via São Paulo. Um absurdo inimaginável.
Rodrigo Falcão novo gerente ninguém sabe, ninguém viu. Ao menos estranho, não acham?
...
Não sei como o apresentador Alexandre Mota suporta isso.


-


COMO É QIE VOU DEIXAR OEISIS PARA ENCARAR ESTE INFERNO? - Na ZH de domingo. Só por obrigação, mesmo, os moradores enfrentam esta loucura.






-


PORTO ALEGRE, DE DESPACITO TIGRÃO JÚNIOR, ESTÁ ENTREGUE PARA A BANDIDAGEM! NÃO TEM MAIS JEITO! SÓ O IMPEACHMENT DO PREFEITO!!








-


A PORTO ALEGRE DO DESPACITO JR - Escreve o jornalista  Luiz Antonio Barbará:

Até a água de Porto Alegre está com gosto ruim.
No Rio ainda não senti aquele gosto de terra com esgoto.
O Rio é violento. Tem pobreza. É administrado talvez pelo pior prefeito do mundo. Ok, concordo.
Mas e Porto Alegre? O que houve com a cidade que morei durante 10 anos? O que está acontecendo com a terra onde vive parte da minha família, onde estão grandes amigos, onde vivi grandes histórias, onde sempre sinto saudade quando estou longe? O que houve?
Porto Alegre está violenta. Está pobre. Está sendo administrada talvez por outro pior prefeito do mundo. Não tem como discordar.
Porto Alegre está triste, suja, miserável.
No Rio ainda tem carnaval. Em Porto Alegre nem isso tem mais.
Porto Alegre ainda não morreu. Mas está doente, frágil. Não precisa de intervenção, precisa de inovação.
Mas pior que o gosto da água, é o gosto de ir embora dessa cidade sem muita vontade de voltar morar lá.


-



LEGAL!! - Lojas HAVAN em Passo Fundo e Caxias do Sul.
Claro que Porto Alegre não está nos planos.



-



O FRACASSO DO NOSSO PAÍS, EM TODAS AS ÁREAS







-



PIADINHA




...


ATENÇÃO NOVO GOLPE

Uns trambiqueiros estão passando nas casas, vendendo ingressos para assistirem aos jogos do Internacional de Porto Alegre na Libertadores 2018.
Não comprem! São falsos!!


Sexta, 23 de fevereiro de 2018




menos um

O JB MARÇAL SE FOI



Quem confirma é o primo do Marçal, Benedito Saldanha.
Fui procurar algo sobre ele.
O primeiro texto que encontrei foi este, de "Terça, 19 de maio de 2015", no Blog do Prévidi:

BOM DIA ESPECIAL

Vai para o Marçal.
Não sei se hoje as escolas de comunicação analisam e estudam o que o João Batista Marçal fez no rádio gaúcho. Se não, deveriam. Ninguém fez nada parecido com o que fazia o comunicador no tempo dos milicos. Provocava e provocava, rodava música latino-americana e de protesto, lia textos revolucionários, até que a censura conseguia fazer com que as emissoras o demitissem.
Tive o privilégio de conviver com ele por muitos anos, na década de 70/80 e a foto aí embaixo já é deste século. Um cara que todo mundo deveria, ao menos, conversar uma vez na vida.

Tenho muitas histórias com ele, que um dia conto, em espaço específico. Aliás, foi o primeiro jornalista/radialista realmente popular que conheci.




...

Em sua página no Facebook, que o primo administrava, está esta rápida biografia:

João Batista Marçal trabalhou em mais de 10 rádios da capital. Na Caiçara, ele atuou em seis oportunidades. Consolidou-se como radialista popular de grande prestígio.
Publicou mais de 10 livros, sendo o mais recente "Memória histórica da Imprensa de Uruguaiana",.
Ele é uma referência no resgate da imprensa operária do RS.
Obrigado por sua contribuição Marçal!

...

Como está escrito lá em cima, tenho histórias fabulosas com ele.
Conto na segunda.

...

Quando souber de algo mais, posto aqui.

...



O velório e cremação será na manhã desde sábado, dia 24, no Cemitério de Viamão. (fonte - Nubia Silveira).

...


Informa o Fernando Albrecht:
 O velório ocorrerá amanhã, dia 24/02, das 07:00 às 15:00 h.
Local: Crematório Metropolitano de Viamão - Fone 3435 9400 - Capela C
Rua Salgado Filho, nº 2980
Em frente ao Parque Saint-Hilaire


Sexta, 23 de fevereiro de 2018



Jamais troquei de lado.
Por quê? Eu não tenho lado.
Ou melhor, o meu lado sou eu





SITE/BLOG DO PRÉVIDI: HÁ 14 ANOS
INCOMODANDO CHATOS, 
INCOMPETENTES E BANDIDOS
(E CANALHAS)








HORÁRIO DE VERÃO:

Atualizado diariamente
pela manhã













O PORTO-ALEGRENSE TINHA QUE
FAZER UMA GRANDE MOBILIZAÇÃO
E NINGUÉM PAGAR A CONTA DO
DMAE, QUE ENTREGA UMA ÁGUA 
FEDORENTA E COM GOSTO HORROROSO!!









DEMENCIANAS XX 


Do impagável jornalista Paulo Motta.





Meu querido e inesquecível tio em pó - foi cremado - Demêncio Ventana, certa feita arrastava asa pra uma chinoquinha paraguaia ali do cabaré da Dona Petiça, perto dos trilhos, no Para Boi, em São Borja.
Era uma percanta* novinha, nem cárie tinha, e Demêncio prometia o que não tinha.
Numa daquelas visitas, ele resolveu filosofar sem ter café no bule nem bala na cartucheira e lascou essa pérola fecal:
- Mulher pra mim é que nem vinho...
E a chinoquinha, com olhares derramados sobre Ventana pergunta:
- Quanto mais velha, melhor?
- Não, tem que manter deitada, num lugar escuro e uma rolha na boca!
O romance terminou ali, com a paraguaiazinha botando ele pra fora da respeitável casa com uma panelada e outras coisas que seguiram a panela porta afora.
Tio Demêncio era um poeta!
Buenas tardes!

*Percanta: mulher nova, não necessariamente bonita e carinhosa, tá?


-


A CIDADE BAIXA AGONIZA - Do João Carlos Reichardt:

Tenho uma dor imensa, que me cala lá no fundo do coração, nossa Cidade Baixa virou terra de ninguém, desculpa, virou terra da vagabundagem, vandalismo, traficantes, pichadores, assaltantes. Moro há mais de trinta e cinco anos neste bairro, nunca imaginei que de quinta a domingo fossemos invadidos por elementos da mais alta periculosidade e quando a BM Baixa o cassete são criticados. Não queremos o codinome de Bairro Boêmio, Cidade Baixa em Alta, Polo Gastronômico, Rua Completa. Só queremos uma coisa... PAZ.
E nosso direito de ir e vir. Dona Prefa não faz nada, e nem pode pois nem prefeito tem. Socorro Ministério Público!!



-



PERGUNTINHA


Esses técnicos do DMAE não têm vergonha de dizer que trabalham lá?


-


SANTA ENGANAÇÃO!! - Do Marco Poli:
Meu mundo caiu.
Quer dizer que eles jamais escalaram os prédios???





-



PERGUNTINHA


Esse "fenômeno" da água fedorenta e com gosto horroroso é exclusivo de Porto Alegre?


-


NUM INTINDI




-


PERGUNTINHA


O prefeito Despacito Tigrão Júnior bebe esta água que o DMAE "oferece" para o porto-alegrense?



-


ELES NÃO TÊM O QUE FAZER!


Aprovadas 16 audiências públicas para debater reflexos da obesidade infanto-juvenil na rede de saúde

A Comissão Especial de Combate à Obesidade Infanto-juvenil aprovou, no início da tarde desta quarta-feira (21), 16 requerimentos de audiências públicas. Todos eles são de autoria do presidente do órgão técnico, deputado Maurício Dziedricki (PTB), e propõem a realização de debates sobre os reflexos da obesidade na infância e adolescência na saúde pública.


-



SAMBA DO AFRODESCENDENTE COM PROBLEMAS MENTAIS





-


BODOSO CONDENADO!! - Do Jonas Campos, via Facebook:

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal, em decisão unânime, manteve a condenação do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa por ofender um jornalista; em 2013, quando era repórter do Estado de S.Paulo, Felipe Recondo foi chamado de "palhaço" por Joaquim Barbosa e ainda ouviu do então ministro que deveria "chafurdar no lixo". O repórter apenas iniciou a pergunta: “Presidente, como o senhor está vendo?”. Barbosa o interrompeu: “Não estou vendo nada”. O repórter tentou fazer nova pergunta, mas novamente foi impedido. “Me deixa em paz, rapaz. Vá chafurdar no lixo como você faz sempre”. A condenação é de R$ 20 mil de indenização.



-


ISSO EU TAMBÉM NÃO ENTENDO - Do jornalista Claudio Moretto:

Por que ciclista não é submetido a lei de trânsito? Passa no sinal vermelho, quase atropela pedestres na faixa de segurança, circula em calçadas mesmo onde tem ciclovia. Quem é responsável pela fiscalização e autuação do ciclista? Dia desses fui testemunha do quase atropelamento de uma idosa por um ciclista que avançou sobre a faixa de pedestre na Cristóvão Colombo com a Quintino Bocaiúva. Um estudante puxou a idosa pelo braço e evitou o pior. Quem fiscaliza ciclista? Bicicleta não é meio de transporte também?



-



NÃO FOI FEITO PARA MIM - Um belíssimo tango, Por uma Cabeza. O filme acredito que a maioria tenha visto, mas esta parte é genial!
Olhaí, Leonardo Meneghetti.
...
Quem nos presenteou com este vídeo foi o ex-prefeito Guilherme Socias Villela.




-



ISSO NÃO É JORNALISMO - Do Linei Zago:





Não vi a Zero Hora, mas o que vi do Correio do Povo, onde trabalhei com o editor de política Armando Burd, deixou-me triste. Nada pessoal, mas como diria o grande Edison Moiano, as manchetes do esporte, tanto do Grêmio e do Inter, parecem feitas pelo porteiro da empresa. Sou do tempo que a manchete do jornal era prioridade e definia se chamaria, ou não, a atenção do leitor.
Triste ou não, parece que o jornalismo agoniza e definha a cada matéria mal escrita ou manchetes sem nada de atrativo ao leitor.
Mas sou otimista, torço pela volta do jornalismo verdade e que prendia a atenção e o gosto do leitor.


-



PIADINHA


Fake News - Renato Kern