Quinta, 18 de novembro de 2021

 

SOU QUEM SOU.
TUA APROVAÇÃO NÃO É NECESSÁRIA.
...

ANDO DEVAGAR
PORQUE JÁ TIVE PRESSA







Escreva apenas para


COMENTÁRIOS: Todos podem fazer críticas, a mim, a qualquer pessoa ou instituição. Desde que eu tenha alguma informação do crítico - nome, telefone, cpf - ou seja, dados. Claro que existem pessoas que conheço e que não necessito dessas informações. MAS NÃO PUBLICO CRÍTICAS FEROZES. 
E não esqueça: mesmo os "comentaristas anônimos" podem ser identificados pelo IP sempre que assim for necessário. Cada um é responsável pelo que escreve.


LOGO, LOGO:
DOIS MINUTOS COM O PRÉVIDI




CONHEÇA HERMES AQUINO

O texto, perfeito, é do jornalista Márcio Pinheiro.



É uma tentação começar um texto sobre Hermes Aquino fazendo uma comparação dele com seu maior sucesso: Nuvem Passageira. Mas além de óbvio seria injusto. O compositor gaúcho tem obra e história que o ajudam a provar que ele foi – e é – maior do que o hit que o projetou nacionalmente – e até internacionalmente, já que Nuvem Passageira chegou às paradas de Portugal.

Compreender Hermes Aquino exige uma rebobinada musical. No final dos anos 60, ele se mandou para SP, instalando-se na república de estudantes em que morava um velho amigo: Carlinhos Hartlieb. Lá, aproximou-se de Augusto de Campos e de Tom Zé. E, ao lado da cantora Laís Marques, foi responsável por dar um acento gaúcho ao tropicalismo. Laís e Hermes haviam se inscrito na fase paulista do FIC, que selecionaria seis músicas para o festival no Rio. Com a tropicalista Flash, interpretada por ele, Laís e Os Cleans, Hermes venceu a eliminatória – Ando Meio Desligado, dos Mutantes, foi o segundo lugar, e Charles Anjo 45, de Jorge Ben, quarto. Mesmo com este relativo sucesso, a temporada paulista foi curta e Hermes voltou.

A trajetória de Hermes Aquino inclui ainda a participação em um grupo de rock, de inspiração bossanovística no nome (Som 4) mas de clara influência beatlemaníaca. Além disso, Hermes foi produtor da Continental, a 1120, maior fenômeno radiofônico gaúcho. A Continental era ainda o ponto de encontro de jovens músicos, publicitários, escritores, jornalistas e doidos em geral. Lá estavam Os Almôndegas e também José Fogaça, letrista, professor de cursinho e comunicador da emissora, que, mais tarde, ganharia dimensão nacional como senador e prefeito de Porto Alegre. 

Em 1976, Hermes fez uma gravação ao vivo de Machu Picchu, muito tocada pela Continental. O registro foi ouvido pelos executivos da Tapecar e, dois meses depois, o compacto com a música já citada mais Nuvem Passageira chegaria às lojas. A boa receptividade foi instantânea. Cinco mil cópias vendidas em duas semanas, as duas canções tocando nas rádios – não apenas mais só na Continental – e, sorte das sortes, convite para incluir a música em uma telenovela da Globo. O Casarão, de Lauro César Muniz, iria estrear. No elenco estava previsto um personagem português, interpretado por um ator também português, Tony Correia. Como Nuvem Passageira era um fado – revelando aí as origens de Hermes,  Rio Grande, de forte colonização portuguesa – nada mais natural que a música fosse a escolhida. Nuvem Passageira entrou em todas e Hermes Aquino mais ainda. Participou de programas, viajou, deu entrevistas - ficou famoso. O caminho óbvio era o lançamento do primeiro disco. A ideia foi se materializar em 1977. Desencontro de Primavera chegou ao mercado precedido de outro sucesso: a faixa-título, também de linhagem fadística, emplacou em outra novela da Globo, LocoMotivas, e novamente como trilha de um personagem interpretado por Tony Correia. Entre as doze faixas de Desencontro de Primavera, dez traziam a assinatura de Hermes. 

Logo depois, começaria a montar o novo disco. Agora, Hermes não estava mais na Tapecar e sim na Capitol. No novo trabalho, nenhuma faixa chegou nem perto do êxito de Nuvem Passageira. Como o prometido terceiro LP não se confirmou, Hermes passou a se dedicar a projetos solo antes de enveredar por uma volta às origens: a criação de um grupo de rock, o Eureka, com Zé Vicente Brizola (o filho do ex-governador) na guitarra, Cláudio Vera Cruz (antigo colega de Som 4) no baixo, e Paulino Soares, depois substituído por Bebeto Mohr, na bateria. A experiência durou poucos meses. E Hermes Aquino, então, retomaria outra faceta: a de compositor de jingles. 

Em 1974, em sua estreia na Continental, a primeira tarefa foi inventar um jingle para uma concessionária de automóveis. A capacidade de criar refrões de impacto já estava presente e o compositor emplacou seu primeiro sucesso. Em 1985, convidado por Alceu Collares, então candidato a prefeito de Porto Alegre pelo PDT, Hermes compôs o jingle da campanha. Collares ganhou. O compositor e o partido repetiriam a parceria, sem sucesso, no ano seguinte, na tentativa de levar o deputado Aldo Pinto ao Palácio Piratini. Novamente em 1988, numa outra eleição para prefeitura de Porto Alegre, Hermes seria o responsável pelo jingle, um chiclete sonoro que falava que “Carlos Araujo (o então candidato) vem na frente”, para logo em seguida emendar: “Depois é o Brizola presidente”. Nenhum dos dois candidatos emplacou seu objetivo. Quem politicamente chegou mais longe foi a então mulher de Carlos Araujo, responsável naquele momento por aprovar o jingle. Na época, ela se chamava Dilma Linhares. Chegaria à presidência da República como Dilma Rousseff.




XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

COMPRE AQUI O MAIS NOVO
LIVRO DO PRÉVIDI


DEPOSITE 25 REAIS
NA CONTA POUPANÇA
39.081430.0-0, DO
BANRISUL, AG. 
0847
JOSE L G PREVIDI
CPF 238.550.700-59
E ENVIE OS DADOS
PARA
jlprevidi@gmail.com.
Vai pelo correio
SEM CUSTO EXTRA.
ou compre na Banca
da República - esquina
da avenida João Pessoa
com Rua da República.


XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX





VOLTOU - Em toda a Europa o bicho chinês tá com força total.
Sou a favor do STF proibir tudo que diga respeito a Carnaval. Nem desfiles, nem blocos, nem bailes. Nada!!
Já que os deuses se metem em tudo, deveriam meter o bico para evitar uma catástrofe.


-


BIBO PEDE EXPLICAÇÕES AO STF - deputado federal Bibo Nunes protocolou  ontem no STF um ofício no gabinete do presidente do órgão, Luiz Fux, para que seja esclarecida a fala do ministro Dias Toffolli durante o 9º Fórum Jurídico de Lisboa, em Portugal - “Nós já temos um semipresidencialismo com um controle de poder moderador que hoje é exercido pelo STF".
O parlamentar ressaltou que há um sistema de pesos e contrapesos na atual forma de governo. “Acredito que cada poder tem suas atribuições definidas pela Carta Magna. O que leva o STF, ou pelo menos um de seus membros, se autodeclarar um poder moderador – o que foi extinto em 1889?”, questionou.
Para Bibo Nunes, o que está ocorrendo é uma excessiva intervenção do Supremo Tribunal Federal em assuntos internos e decisões administrativas de autoridades democraticamente eleitas.
De acordo com um levantamento feito pelo Palácio do Planalto em 2019, o STF tomou 123 decisões contrárias ao governo eleito.
O texto enviado ao STF ainda ressalta uma entrevista do ex-ministro Marco Aurélio Mello concedida ao jornal Zero Hora onde ele afirma que a Corte está sendo usada por siglas de esquerda para desgastar o presidente Jair Bolsonaro.

...



-


FICHA UM NA FILA DA  COMPRA!! - A dica é do jornalista Vanderlei Cunha.


EMOCIONANTE!!




-




MARSIGLIA NA RECORD - Outro dia publiquei que a Record havia contratado o Silvio Luiz e o Márcio Canuto para as transmissões do Campeonato Paulista de 2022. Não lembro quem me mandou a informação, mas esqueceu de incluir o Renato Marsiglia, também contratado, o melhor comentarista de arbitragem que a Globo já teve.
Olha, vai dar gosto acompanhar o Paulistão!!
Além dos três, a equipe tem outro gaúcho, Roberto Thomé,  e mais Bruno Piccinatto e Janice de Castro.


-



VAI PERDER OUTRO PROCESSO



-





FUTURO DA SAÚDE DE CANOAS - Escreve o prefeito Jairo Jorge:
Estive na Assembleia Legislativa, junto aos prefeitos da Granpal, para conversar com os nossos deputados estaduais e pedir que entendam a gravidade da proposta de retirada de mais de 200 milhões de recursos de hospitais da Região Metropolitana. 📉
O Programa Assistir, do Governo do Estado, do jeito que está hoje, vai retirar 86 MILHÕES de reais por ano dos hospitais de Canoas (HU e HPS). Isso inviabiliza completamente a operação desses locais. ❌
Agora, vamos seguir trabalhando e conversando, para que o Governo do Estado se sensibilize e reveja essa questão. Estamos falando de vidas e de hospitais que atendem outras centenas de municípios do estado.


-

CORTELLA HOMENAGEADO - O projeto de autoria do vereador Moisés Barboza, que concede o título de Cidadão de Porto Alegre ao Filósofo, doutor em Educação e professor Mario Sergio Cortella, foi aprovado ontem, na Câmara. Foram 33 votos favoráveis e nenhum contrário.
“É uma emoção muito grande homenagear o legado filosófico de Cortella para a literatura e a população”, destaca Moisés Barboza.
Nascido em Londrina, interior do Paraná, Cortella é professor titular do Departamento de Teologia e Ciências da Religião e de pós-graduação em Educação da PUC-SP, professor-convidado da Fundação Dom Cabral, e foi no GVPec da Fundação Getúlio Vargas, entre 1998 e 2010. Ocupou o cargo de Secretário Municipal de Educação da cidade de São Paulo (1991–1992), durante a administração de Luiza Erundina, e foi membro-conselheiro do Conselho Técnico Científico da Educação Básica da CAPES/MEC (2008–2010). Cortella foi um dos dez finalistas do Prêmio Darcy Ribeiro de Educação, criado para contemplar pessoas ou entidades cujos trabalhos ou ações mereceram destaque especial na defesa e na promoção da educação brasileira. Tem obras publicadas no campo da filosofia e da educação. E grandes contribuições ao Terceiro Setor.
“Agradeço a lembrança de meu nome e, especialmente, a honrosa intenção; é para mim uma imensa deferência pensarem em me outorgar o título de Cidadão de Porto Alegre”, disse Cortella.


-


LINGUAGEM NEUTRA? - Posição da vereadora Fernanda Barth, de Porto Alegre:
Mais uma vez, fomos surpreendidos por uma daquelas decisões do Supremo Tribunal Federal. Dessa vez, foi para alegar que a “liberdade de expressão” é um direito absoluto dos professores quando a questão é ensinar o português incorreto para crianças e adolescentes. Sim, o mesmo Tribunal que nega liberdade de expressão a jornalistas que o criticam, agora, julga que professores podem rasgar as regras gramaticais brasileiras dentro do espaço de uma sala que serve exatamente para que o aprendizado correto da língua portuguesa seja ministrado.
Trata-se de mais uma aberração jurídica criada por puro ativismo ujudicial que peca pela falta de bom senso e está na contramão de tudo o que se prega no ensino de português correto, este que deveria ser o objetivo PRIMEIRO objetivo de uma sala de aula, afinal, o foco não é a liberdade do professor, mas o aprendizado infantil ou alguém acharia coerente que professores agora pudessem ensinar em suas disciplinas exatamente o oposto do que é ministrado?
Ademais, se não bastasse todas essas situações narradas, pasme-se, a decisão ocorre nada menos do que a cerca de 48 horas da infeliz, mas verídica, declaração do Ministro do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, que afirmou que no Brasil a Suprema Corte se tornou um Poder Moderador, rebaixando a nossa forma de governo para o “semipresidencialismo”e inflando os seus poderes para além do viés
exclusivamente judicial.
Em que pese a decisão monocrática do Ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Faccin, não desistirei do Projeto de Lei que propus, juntamente com outros vereadores, na Câmara Municipal de Porto Alegre. Ele proíbe a utilização da linguagem neutra (PLL 77/21) e é necessário para que nossos estudantes possam contar com uma educação de qualidade.


-

DÓRIA ENFRENTA DUDU MILK - A informação é da ex-governadora Yeda Crusius:
Governador João Doria SP encerra campanha das prévias em Porto Alegre RS em evento de porte, bonito, respeitoso e informativo.







-


NADA COMO UM DIA APÓS O OUTRO

-



X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X






X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X

 

INTERVALO

VIADUTO DO CHÁ, ANOS 1950



X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X



PIADINHA


18 comentários:

  1. Aqui no Rs o roqueiro Ducka Leindecker(Manuela Davila0 fez shows em Passo Fundo,Nova Prata e terá show no teatro São Pedro.Fiquem em casa arrombados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coerência zero. Aliás, como vai a católica bissexta?

      Excluir
    2. Leindecker no Teatro São Pedro? É o fim da picada, decadência total!

      Excluir
  2. Carol, de Estocolmo18 de novembro de 2021 14:25

    Marsiglia é lúcido, honrado, competente. Grande juiz e comentarista ainda melhor.

    Golaço da Record.

    (obs.nem conheço pessoalmente)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Formaram um timaço.

      Excluir
    2. O Marsiglia tudo bem mas os engraçadinhos Silvio Luis e o Canuto não da pra aguentar tá longe de ser "timaço"...

      Excluir
    3. Sobre o Canuto, até concordo que passa do ponto, o que em si só é problema se ele fizer muitas intervenções na jornada.
      Mas o Silvio Luiz é um baita narrador, o rei dos bordões inesquecíveis. Sugiro a alguns aprendizes que assistam ao mestre, quem sabe melhorem suas narrações.

      Excluir
  3. Como o gaúcho gosta de homenagear. O mais recente agraciado é um legítimo "filósofo de churrascaria".

    ResponderExcluir
  4. Prévidi, seria bom publicar o episódio contratual com gravadora, que acabou por abreviar a carreira do Hermes Aquino.

    ResponderExcluir
  5. Quem mesmo vai perder outro processo?

    ResponderExcluir
  6. Quem te viu quem te vê, olha o que virou a Rádio Continental aquela mesma que nos bons tempos "lançou" o Hermes Aquino...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje ela inclui remixes pavorosos ao invés de focar unicamente nos clássicos pop, sua marca registrada já de longa data.

      Excluir
  7. O final do SR hoje foi lamentável. O tal de Leozinho criticou o Neymar por não se posicionar politicamente. Na verdade, por não se engajar na agenda lacradora do Leblon defendida pelo integrante do programa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neymarketing é um jogadorzinho
      de botão.Prefiro o goleiro Bruno.

      Excluir
  8. Leindecker no Teatro São Pedro? É o fim da picada, decadência total!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ACABOU O "FICA EM CASA, TROUXA" DA FAMILIA DAVILA ♡ LEINDECKER??? BATEU A FOME??? LAMENTO INFORMAR À FIEL DEVOTA DE NOSSA SENHORA APARECIDA E AO RAPAZ DONO DE BARCO QUE NÃO IREI AO SHOW. BOICOTE TOTAL AOS LACRADORES. "A ECONOMIA A GENTE VÊ DEPOIS"...

      Excluir
    2. Mas nem que me paguem eu vou numa apresentação dessas.

      Excluir
    3. Mas os que boicotarão os "lacradores" eu sua grande maioria já não eram seu público, né? Então, o boicote não faz muita diferença pra eles...Lembrando que, o tal discurso da "economia a gente vê depois"... Será que agora, graças a vacina, não seja a hora de aos poucos se retomar? O nosso ilustre prefeito bate nessa tecla faz tempo. Agora os caras querem seguir o que ele diz, e vcs caem de pau? Realmente, está divertido ver o gado batendo cabeça.

      Excluir