Quinta, 26 de abril de 2018



Jamais troquei de lado.
Por quê? Eu não tenho lado.
Ou melhor, o meu lado sou eu





SITE/BLOG DO PRÉVIDI: HÁ 14 ANOS
INCOMODANDO CHATOS, 
INCOMPETENTES E BANDIDOS
(E CANALHAS)






Atualizado diariamente
até o meio-dia














DILMA SENSACIONAL
EM PORTUGAL!!
SAMBA DO AFRODESCENDENTE
COM PROBLEMAS MENTAIS















TENHO SAUDADE DE MIM - 5



Clovis Heberle:

- Tomar banho de rio, no Uruguai e no Guaíba
- Caçar perdizes com meu pai, nos campos de Três Passos
-  Filé de peixe com chucrute  e aquela mostarda de chorar no bar Líder,  e os chopes noite adentro com amigos no Alasca, no Pedrini, no Tívoli
- Voltar para casa a pé, depois da sessão das dez no cinema Vogue, no ABC, no Avenida, no Moinhos de Vento
-  O primeiro chôpe, no Sheherazade, o primeiro baseado, em Garopaba, a primeira viagem de ácido, em La Paz, a primeira viagem em classe executiva, na Lufthansa
- Almoçar no bar Bofetada, em Ipanema,  aipim frito à noite no Garota do Leblon
-  As temporadas no Arraial da Ajuda, Bahia, nos nos 80
- Os  shows de Luis Melodia (no Teatro de Ellis numa noite gelada), Caetano e Gil (Araujo Vianna) Mercedes Soza (Memorial da América Latina, SP), Alceu Valença (clube Piraquê, Lagoa Rodrigo de Freitas).
- Os concertos da Ospa na antiga reitoria
- As festas na casa do meu amigo e irmão Dedé Ferlauto, na São Luiz
- O ap da rua da República, sempre cheio de amigos
-  Os tempos em que eu ainda acreditava que as coisas neste país iam melhorar

...


João Carlos Machado Filho (Machadinho)

Quando a gente tem 76 anos, quase 77, e já passou por quase tudo na vida, relembrar os melhores momentos, aqueles dos quais sentimos saudade, é bem difícil. Muitas vezes pela lista, que pode ser enorme, outras vezes pelo esquecimento de algo que pode ter sido importante. Mas vamos lá!

- Tempo de guri em São Gabriel, aluno do Grupo Escolar Mena Barreto
- Formatura no Ginásio Assunção. Fui presidente do Grêmio estudantil, participei da primeira banda da escola e, para arrematar, orador da turma
- Entrada triunfante no pátio da Escola Nossa Senhora da Glória, templo intransponível para nós, para ensaiar as meninas para o desfile do estudante, na Redenção. Foi o máximo
- Os bondesque me levavam e traziam do colégio
- O Cairo Clube, que reunia jovens da Azenha sob olhar cuidados dos “velhos”
- Primeiro emprego como locutor comercial da ZYO 2 – Rádio São Gabriel
- Retorno para Porto Alegre, para trabalhar na Prefeitura
- Locutor da Rádio Farroupilha e TV Piratini
- Teatro Infantil de Marionetes
- Nascimento do Marcelo, meu primeiro filho, que está com 50 anos
- Rádio Gaúcha, TV Gaúcha e Zero Hora, empregos que me colocaram na vida de repórter esportivo
- Produtor de programas do meu querido e saudoso irmão Dilamar Machado
- Uma investida na área dos bailões. Posso garantir que fui responsável pelo grande sucesso do Star Club. Do Status, nem tanto.
- Nascimento do meu segundo filho, João Carlos, hoje com 35 anos
- Meus netos Pedro e Livia
- Assessor do governador Collares
- Assessor do professor João Gilberto Lucas Coelho
- Coordenador de imprensa da Câmara de Vereadores em três oportunidades
- Trabalhei como assessor da SECOPA e participei ativamente da Copa do Mundo 2014
- Bem antes, meu primeiro carro, um fusca, é claro
- Ritmista e, esporadicamente, cantor do Nestor e seu Conjunto Melódico
- Casei com a Ana Helena que me deu a Gabriela, hoje com 17 anos, quase 18
- Trabalhei na Revista Press e fui apresentador do Prêmio Press durante não sei quantos anos
- Apresentador, acho que por 10 anos, do Seminário de Portos e Comércio Exterior
- Morei em São Paulo e trabalhei na Rádio Mulher. No departamento comercial!
- Viagens de campanha do Dilamar pelo Rio Grande do Sul
- Reportagens em inúmeros festivais regionalistas pela TVE, onde também apresentei o programa De Grão em Grão e onde hoje apresento o Consumidor em Pauta
- Meu blog – machadofilho.com
- Minhas noras Diéssica e Fabiana
- Viagem ao Chile (Rancágua) para produzir um TVE Repórter com crianças portadoras de problemas cerebrais irreversíveis
- Meus finais de semana em São Gabriel
- Minha casa da praia
- A tristeza por ter perdido meus pais e sete irmãos. Hoje sou o que sobrou da família

Nem vou falar que sou teu amigo, amigo do Júlio, da Nel e de tantas pessoas importantes que passaram pela minha vida deixando, cada uma, um exemplo, uma saudade, mas que foram e são extremamente importantes. Perdão, meu querido José Luiz, se me alonguei. E olha que devo ter esquecido de muita coisa! Beijo.

...

Cesar Day:

- Dos bondes e do bonde gaiola
- Do Ribs
- Do Zé do Passaporte
- Do Kicão
- Do carnaval da Santana
- De andar no ônibus Grutinha por 1h e meia do centro até a Cavalhada
- Da banda Impacto
- da banda Desenvolvimento
- Do TTC
- Do Barrico
- Da estrada velha pra praia
- Do boliche de Capão
- Do Yelow em Capão
- Da Stereo Moto em Atlântida
- Do Magro Miguel
- De dirigir o Passat 74 do meu pai
- De secar o Inter no Beira Rio
- Da loja do meu avô (Casa Sport de material esportivo)
- Dos almoços de domingo na casa da Vó
- De jogar botão com meus primos (sempre perdia, descobri que eles roubavam)
- Do Cascalho Time na Rádio Continental AM
- Do Flash Gordon Sbrólio na Rádio Pampa AM
- De comer strudel feito pela minha tia Rosa Chachamovich
- De jogar futebol no campinho da minha zona, me sentia no Maracanã
- De saudade do meu pai e da minha mãe

...

Paulo Pruss:

Dos churrascos todos os domingos na casa de meus pais, na Glória.
Do João e da Madalena, meus pais.
Do IPV.
Do Fogaça, do Falcão não.
Do Bon Ami.
Do Escaler, do Toninho.
Dos shows no Araújo Viana, enxergando o céu.
Do Bar João, na Osvaldo.
Do Minhoca (Carlos de Ré).
Do Brizola.
Da Rádio Guaíba, aquela.
Do Pastel da Praiana.
Do Olímpico.
Da visão do Mario Quintana, andando pela Rua da Praia.
Da TV Piratini.
Da Rádio Continental, a 1120.
Do Alaska, na esquina maldita.
Do Pedrini, o primeiro, e as fichinhas para contar os chopps.
Dos “papos” com amigos na Rua da Praia.
De ver o Bataclan correndo pela rua da cidade.
Do futebol todas às tardes no “mineirão”.
Do jogo de botão.
De banana split.
De ficar doente e não precisar ir ao colégio.
De Porto Alegre, aquela!


-



CÁ ENTRE NÓS - Tem figura mais ridícula do que esse deputado federal Paulo Pimenta?
Claro, vai ser reeleito por porradas de votos!!
Bem de acordo com o congresso nacional.
Se duvidar, se torna presidente da câmara dos deputados.



-




NOVIDADE NA CASA DA GANDAIA DO POVO


Auditoria cidadã


-



 MOLECAGEM - Daniel Rigon  foi nomeado, por Despacito Júnior, para a coordenação-geral do Escritório-Geral do Metrô de Porto Alegre (MetroPOA), ainda que os trabalhos para tirar do papel o transporte subterrâneo já tenham sido suspensos há mais de um ano.
Uma CC altíssima.
Para estarem usando uma CC de um departamento que está desativado desde 2016 é porque os irresponsáveis já usaram todas as CCs que estava a disposição.
Lembram que o Despacito afirmou, categórico, que não iria usar todazs as CCs?
Molecagem!!
...
Sei que esse Daniel trabalhou na campanha do Despacito.



-



OS CAVALETES DO DESPACITO JÚNIOR.
PARA QUE SERVEM?


  







-



NO CORREIO DO POVO - Recebo de um leitor:

Na tua coluna de ontem você informa que 20 impressores e que seriam todos do turno da noite e que o jornal não imprimiria mais a noite, te passaram informação errada.
Houveram demissões sim, do turno do dia, os jornais do grupo seguem rodando a noite, não tem mais é o turno diurno, e não chegaram a 10 as demissões.



-



CONHECE A MATÉRIA/OFÍCIO? - Tem até CPF. Faltou o estado civil e se tomou a vacina contra a febre amarela.






-




TROTE SOLITÁRIO BATE RECORDE -  Trote Solidário prova que os estudantes de Medicina e a sociedade como um todo estão engajados em fazer o bem. A 15ª edição, realizada entre os dias 9 de março e 14 de abril, bateu recorde de doações de sangue a arrecadações de alimentos. Ao todo, foram 703 bolsas de sangue e nada menos que 32,9 toneladas de alimentos.
...
Em 2017, no mesmo período, o Trote Solidário obteve 518 bolsas de sangue e 20,6 toneladas de alimentos. Cada bolsa beneficia até quatro pessoas. E cada tonelada de alimento pode ajudar até 2 mil pessoas por dia. “Os números evidenciam o sucesso dessa iniciativa do Simers, mostrando que a ‘luta pela vida’ é muito mais do que o nosso slogan: é o grande propósito dos médicos e estudantes de Medicina. Esses jovens acabam de entrar na faculdade, mas já podem dizer abertamente que estão ajudando a salvar vidas”, diz o presidente do Simers, Paulo de Argollo Mendes.
No total, 17 universidades em 11 municípios participaram desta edição do Trote Solidário de 2018. Duas delas – Feevale e Unisinos – foram estreantes. No acumulado das últimas oito edições, mais o primeiro semestre de 2018, o Trote Solidário mobilizou mais de 4.200 doadores de sangue e arrecadou cerca de 192 toneladas de alimentos.
...
Desde 2008, quando foi lançado pelo Simers, por meio de seu Núcleo Acadêmico, o Trote Solidário acontece em parceria com os veteranos das faculdades de Medicina do Rio Grande do Sul. Hoje, é a maior iniciativa de recepção aos calouros das universidades do Estado. Em 2013, o projeto venceu o prêmio TOP Ser Humano RS, promovido pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH-RS). Em 2014, foi reconhecido também com o TOP Ser Humano Nacional, da ABRH Brasil.



-



QUANDO COMEÇA O CURSO SOBRE "SUSPEITO E SUPOSTO"?


Homem mata companheira e sogra em Porto Alegre
Crime teria sido cometido pois o suspeito não aceitava o fim do relacionamento



-



CURSO SOBRE "SUSPEITO E SUPOSTO" NACIONAL! - Nem as antas do Jornal Nacional sabem o que é suspeito.
Ontem, a notícia de quer um debiloide no Canadá atreopelou um monte de gente e fez algumas mortes. Dsram até o nome do bandido.
Lá pelas tantas, a anta-apresentador diz: "O suspeito..."



-


REPÓRTER DA GLOBO - Não consegue falar Levandowski, o jogador. Vai até Levandovi...


-


A PROPÓSITO, NA CIDADE DO PORTO TEM A ESCOLA DELES!!






___________________________________________________________

PROMOÇÃO FENOMENAL!
LIVROS DO PRÉVIDI


3 LIVROS DE PIADINHAS:
200 Piadinhas para Ler na Viagem
200 Piadinhas Contra Qualquer Crise
200 Piadinhas para Ler nas Férias

OS TRÊS POR APENAS 25 REAIS!!


3 LIVROS SOBRE PORTO ALEGRE:
Porto Alegre é Assim!
Apaixonados por Porto Alegre – Personagens do Centro
Apaixonados por Porto Alegre 2 – A Porto Alegre Deles

OS TRÊS POR APENAS 50 REAIS!!


3 LIVROS ESPECIAIS:
A Revolução da Minha Janela
15 Maneiras Diferentes de Ser Ainda mais Feliz
10 Anos às Ganhas

OS TRÊS POR APENAS 35 REAIS!!


A GRANDE PROMOÇÃO DO ROMANCE

Quer Fazer um Programa? 

POR APENAS 25 REAIS!!



Entrega em seu endereço, via Correio.
Peça pelo jlprevidi@gmail.com
ou
na Banca da República
Rua da República esquina 
avenida João Pessoa - Porto Alegre

___________________________________________________________






LIVRO SOBRE ESCRAVIDÃO E PÓS-ABOLIÇÃO - Acontece no Museu de História da Medicina do RS (MUHM)  nesta sexta, dia 27, às 19 horas, o lançamento do livro eletrônico (e-book) "Do tráfico ao pós-abolição: trabalho compulsório e livre e a luta por direitos sociais no Brasil", organizado por Regina Xavier e Helen Osório. Gratuito, o evento acontece no museu (Rua Independência, 270 – centro da Capital) e é aberto à comunidade.
O e-book reúne coletânea elaborada a partir das discussões ocorridas no 8º Encontro de Escravidão e Liberdade no Brasil Meridional, que aconteceu em Porto Alegre, em maio de 2017.
Entre os destaques da coletânea estão as pesquisas, a originalidade das interpretações e a diversidade das abordagens empreendidas pelos autores. O livro é um convite para o leitor percorrer localidades variadas, do Atlântico até o interior do Brasil, e perceber a complexidade das experiências sociais.



-



EXPLICA AÍ - Ontem, da cidade de Beijing (China) - ou seja, a capital Pequim - o segundo maior número de visitantes no Blog do Prévidi.


-



O BRASIL QUE EU QUERO - PARTE 4

Um Brasil transparente!






-



PIADINHA

No balcão da Receita Federal

- Sou COLORADO , minha esposa é COLORADA  e meu filho COLORADO, precisamos declarar imposto de renda?

- Não. De acordo com a Receita Federal só precisa declarar quem ganhou alguma coisa em 2017.

E completa:

- Neste caso vocês estão isentos.


Quarta, 25 de abril de 2018



Jamais troquei de lado.
Por quê? Eu não tenho lado.
Ou melhor, o meu lado sou eu





SITE/BLOG DO PRÉVIDI: HÁ 14 ANOS
INCOMODANDO CHATOS, 
INCOMPETENTES E BANDIDOS
(E CANALHAS)






Atualizado diariamente
até o meio-dia














DONA DILMA FALA FRANCÊS.
O MELHOR É A CARA DOS ENTREVISTADORES


















TENHO SAUDADE DE MIM - 4


Lais Legg:

* Malhar o Judas, pendurado nos postes, no sábado de aleluia.
* Das fogueiras de São João montadas na rua, com pneus velhos.
* Do ovo de páscoa de açúcar, com “buraquinho” para olhar a paisagem que tinha dentro.
* Do chocolate Pif-Paf, antecessor do “Bis”.
* Do vendedor de cachorro-quente na saída do Colégio Sévigné, que tinha uma lata de água fervente para as salsichas.
* Do Colégio Anchieta, ali na Duque, derrubado por criminosos.
* Do auditório Araújo Vianna na Praça da Matriz, onde hoje fica aquele horror arquitetônico que é a Assembléia Legislativa.
* De cantar o Hino do Estudante (“Estudante do Brasil, tua missão é a maior missão...”)
* De levantar para cada professor que entrasse na sala de aula, em sinal de respeito.
* Da Confeitaria Mateus, na Rua da praia.
* Do que eu senti ao ouvir um “rock”  pela primeira vez.
* De ir ao Clube do Guri ver Elis Regina cantar, no Cinema Avenida e no Cinema Castelo.
* Do meu rádio de pilha, meu eterno companheiro, onde aprendi a cantar as músicas que gostava.
* De pensar como seria bom estudar em colégio misto (no meu tempo, não tinha isso).
* De frequentar os cinemas Imperial, Guarani e Cacique.
* De passar as férias no Rio de Janeiro.
* Da carne assada de minha avó.
* Das histórias de meu avô, que lutou na Guerra dos Canudos.
* De dar milho para as galinhas na casa de minha avó.

...

Duda Tajes:

 De “trabalhar" com o pai no Correio do Povo aos sábados e passar a tarde na "Oficina".
De ver o tio Milton lendo o Correspondente Renner na Rádio Guaíba.
De ir aos jogos do Grêmio com o Miltinho (foram centenas). E com a Claudia, o Theo e o Pedro, mais recentemente.
De morar em Ipanema e sempre ter amigos pra fazer qualquer besteira.
Das garotas do Ipanema que nunca quiseram namorar comigo (até hoje).
De pegar o Restinga pra beber na Osvaldo e dormir na Salgado Filho esperando o ônibus pra voltar pra casa.
Das agências de propaganda cheias de gente maluca e com ideia incríveis.
De beber feito louco, chapar e fazer um show terrível com Os Carlos.
De fumar baseado conversando com a Dona Miroca (que não fumava) e assistir Oz no SBT às quartas-feiras.
De todas as pessoas que amo e que já foram dar um rolê em outra dimensão.

...

Norton Goulart:

- Do futebol no campinho do João Belém, onde a grande "malandragem" era fazer xixi na parte interna do muro, conversando com as irmãs dos amigos, do lado de fora, quando naturalmente não viam...
- Das interminaveis conversas na esquina da Rio Branco com a Ernest Beck - esquina do seu Frazão -, que varavam madrugadas, com qualquer temperatura.
- Dos futebóis na quadra de salão do hospital, onde começamos às 13h30min e parávamos quando apagavam o sol.
- De sentar numa mesa do Socepe e derrubar chopes e mais chopes, falando qualquer assunto que não fosse muito importante.
- Dos jogos do Interzinho e do Gandense.
- Dos papos na 1ª quadra, na Bozano, aos sábados de manhã.
- Dos bailes de carnaval, no Esportivo ou na velha "Súcia"
- Do Bar do Mário, que trocou 50 vezes de nome, dono e lugar mas, nunca trocamos o nome.
- Saudade de cada amigo de tantas épocas diferentes, de gente diferente, de cabeças diferentes, mas, todos grandes amigos.
- Saudade de cada história de cada pessoa de cada lugar.
(Para os poucos que não identificaram, estou falando de Santa Maria - a cidade exportadora de boas cabeças, ideias e muita simpatia)



-


NÃO DISPENSARAM APENAS O FELIPE VIEIRA - Me informam que o Correio do Povo dispensou 20 FUNCIONÁRIOS que trabalhavam na impressão, instalada na rua Voluntários da Pátria.
Todos do turno da noite, inclusive supervisor.
Como sempre geniais.
Explicaram que não querem mais imprimir jornal de noite.
Tóing!!!



-



DOBRADINHA CAINDO DE MADURA 

(clica em cima que amplia)


Leia a matéria:
https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/04/ciro-e-haddad-se-reunem-e-falam-sobre-frente-de-centro-esquerda.shtml?utm_source=facebook&utm_medium=social&utm_campaign=compfb




-




TRADUTORA - O professor titular de Direito Constitucional da Escola de Direito da Universidade Paris I Panthéon Sorbonne, Dominique Rousseau, participa hoje da conferência “A Importância das Prerrogativas da Magistratura nas Democracias Representativas”.
O evento faz parte do Ciclo de Conferências de 2018 da Escola da Magistratura (Emagis), e acontecerá no Auditório do TRF4, às 16 horas.
...
Já que dona Dilma mostrou todos os seus predicados na língua francesa (assistam o vídeo acima), por que não a contratam para fazer a tradução simultânea?



-



APRESSADINHOS - Antes do dia 30 de abril não se pode analisar os balanços da RBS, porque só nesta data estarão todos publicados.
Falar em lucro agora é maquiagem.



-






HOMENAGEM - O ex-deputado e ex-presidente da Assembleia Legislativa, Alexandre Postal, recebeu ontem a mais alta honraria concedida pelo Parlamento gaúcho, a Medalha do Mérito Farroupilha, por proposição do deputado Juvir Costella (PMDB).
A cerimônia lotou o salão Júlio de Castilhos e foi prestigiada pelo vice-governador José Paulo Cairoli, em nome do governador Sartori, representações dos demais poderes, parlamentares, prefeitos, vereadores, familiares e amigos do homenageado. Igualmente presente comitiva de Guaporé, cidade natal de Postal, atualmente conselheiro do Tribunal de Contas do Estado.



-



SUGESTÃO - Está na hora do jornalista Milton Cardoso assumir uma coluna no METRO JORNAL.


-


MAIS UMA QUE SAI DA PAMPA - Após dez anos, a apresentadora Jéssica Weber deixou a Rede Pampa para se dedicar a novos projetos programados ainda para este semestre. Na real, ela estreia na próxima semana no Balanço Geral da Record. Será a Venenosa.
Jéssica participava como comentarista do programa Atualidades Pampa. Como modelo morou em São Paulo, no Chile e na China. 
Em depoimento no Instagram (@jessicaweberoficial), a comunicadora postou:  “Hoje com 31 anos sei que todos que ali conheci colaboraram pra que eu me tornasse a profissional que sou. Muito obrigada família TV Pampa! Obrigada família Gadret (@christinagadret, @agadret e Sr Otávio) e @marjana_vargas!".
...
Dá de relho em muita jornalista que se acha.
Jéssica e Cris Barth (ex-Pampa, hoje na Band) são 10!!



-




REFLEXÃO


Se a Rádio Gaúcha fosse séria contratava o Felipe Vieira. Mas não é...



-



EXCLUSIVO - Do Joselito Müller:


Edir Macedo Fecha Filiais Da Universal Na Venezuela: “Estavam Dando Prejuízo”


CARACAS – A crise venezuelana vive um novo capítulo, dessa vez marcado pelo fechamento das filiais da Igreja Universal naquele país.
Segundo comunicado publicado na Folha Universal desta semana, Edir Macedo tomou a decisão de fechar as igrejas, “porque estavam dando prejuízo”.
Segundo informações, há muito tempo que as igrejas não davam lucro, mas o bispo encarava o fato de mantê-las como um investimento de médio prazo.
“Depois de tanto tempo, decidi que é melhor encerrar as atividades por lá, porque não temos como suportar tanto prejuízo”, finalizou Macedo.
Ele declarou também que o governo de Maduro é repleto de “encostos” e que o chavismo é coisa do satanás.



-



HAHAHAHAHAHA!!!!!!!!

Portal da Assembleia muda para dar destaque ao
trabalho realizado pelos deputados

Ah, entendi, páginas e mais páginas em branco!
Ou então bobagens assim, que só demonstram a preguiça generalizada!!


(clica em cima que amplia)




-



COMO CONSEGUIRAM! - Jogar no lixo um baita projeto chamado O Bairrista. Morreu e está lacrado dentro de uma catacumba.
Sabem o motivo? O sonho deles era ser empregado da Rádio Gaúcha.
Se não me engano, os dois já foram para a rua.



-



PORTUGUESES - Realmente, eles são grossos com arrogantes em geral, mesmo que sejam brasileiros.
Sabe aquelas figuras que chegam numa cidade e acham que todo mundo tem que ser seu empregado?
Os portugueses não suportam isso, mandam longe.
...
Em Portugal - Lisboa, Porto, Figueira da Foz e Coimbra - fui muito bem tratado.[
Melhor do que alguns gauchinhos, sempre de mal com a vida.
...
Escrever que Lisboa é decrépita é de uma soberba sem limites. Ou desinformação?



-



OLHA O PORTUGA SINCERO. PAU NO LULA!




-



REFLEXÃO DOLORIDA

Santa Sé autorizou o exorcismo via celular. Agora, sim, chegamos ao fundo do poço.

Lais Legg, médica



-



ABOBRINHAS INFANTIS  DO PAULO MOTTA

Um dia, tomando uma Grapette com Pastelina*, lá no Grupo Escolar Getúlio Vargas, em São Borja, perguntei pra minha namoradinha:
- Quer se casar comigo?
E ela respondeu:
- Não posso! Na minha família a gente se casa entre nós mesmos. Meu avô se casou com a minha vó, meu tio se casou com a minha tia e meu pai se casou com a minha mãe.


*Pastelina: saquinho de salgadinhos, avó do Cheetos. Existe até hoje e a fábrica fica aqui em Porto Alegre, na Comendador Coruja.





___________________________________________________________

PROMOÇÃO FENOMENAL!
LIVROS DO PRÉVIDI


3 LIVROS DE PIADINHAS:
200 Piadinhas para Ler na Viagem
200 Piadinhas Contra Qualquer Crise
200 Piadinhas para Ler nas Férias

OS TRÊS POR APENAS 25 REAIS!!


3 LIVROS SOBRE PORTO ALEGRE:
Porto Alegre é Assim!
Apaixonados por Porto Alegre – Personagens do Centro
Apaixonados por Porto Alegre 2 – A Porto Alegre Deles

OS TRÊS POR APENAS 50 REAIS!!


3 LIVROS ESPECIAIS:
A Revolução da Minha Janela
15 Maneiras Diferentes de Ser Ainda mais Feliz
10 Anos às Ganhas

OS TRÊS POR APENAS 35 REAIS!!


A GRANDE PROMOÇÃO DO ROMANCE

Quer Fazer um Programa? 

POR APENAS 25 REAIS!!



Entrega em seu endereço, via Correio.
Peça pelo jlprevidi@gmail.com
ou
na Banca da República
Rua da República esquina 
avenida João Pessoa - Porto Alegre

___________________________________________________________






PIADINHA






Terça, 24 de abril de 2018 - parte 2



Jamais troquei de lado.
Por quê? Eu não tenho lado.
Ou melhor, o meu lado sou eu





SITE/BLOG DO PRÉVIDI: HÁ 14 ANOS
INCOMODANDO CHATOS, 
INCOMPETENTES E BANDIDOS
(E CANALHAS)






Atualizado diariamente
até o meio-dia












FELIPE VIEIRA DEMITIDO DA GUAÍBA





No momento em que comemora a sua primeira semana no SBT, com sucesso total, o jornalista Felipe Vieira, ao terminar hoje a apresentação do programa Agora, da Rádio Guaíba, foi demitido.
Até colocar no ar esta informação, não consegui falar com ele e nem com seu produtor, Oto Bede.
Motivos para a demissão da Guaíba?
A ciumeira por ele ter aceito o convite do SBT foi muito maior do que se poderia imaginar.
Poderia ter ido para a TV Record?
De jeito nenhum, porque, simplesmente, ele não é paulista.
...
Ciumeira, este deve ter sido o principal motivo de sua demissão.
...
Quem vai apresentar o Agora?
Provavelmente o Jurandir Soares.
Nando Gross não vai ter coragem de apresentar mais um programa - corre o risco de ser apelidado de "Kelly Matos da Guaíba".


Terça, 24 de abril de 2018



Jamais troquei de lado.
Por quê? Eu não tenho lado.
Ou melhor, o meu lado sou eu





SITE/BLOG DO PRÉVIDI: HÁ 14 ANOS
INCOMODANDO CHATOS, 
INCOMPETENTES E BANDIDOS
(E CANALHAS)






Atualizado diariamente
até o meio-dia














SUJEITO ASSUSTADO















TENHO SAUDADE DE MIM - 3


Quem não gosta do que viveu de bom?



Ruy Gessinger:

- Do meu sapato vulcabrás
- De minha calça de brim Far West
- Do chapeuzinho Nat King Cole
- Do chope do Bar Lider
- Do Ratskeller
- Do Bar Alaska
- Do meu DKW azulzinho
- Do cine Ópera
- De Canasvieiras de 1972, quando era deserta e a estradinha era de chão
batido
- Do roubo de bergamotas dos colonos em Santa Cruz no tempo de criança
- De tomar gin fizz
- Da colônia de férias da URGS em Tramandaí nos anos 60

...


Glauco Fonseca:

De tomar uma Marabá Morango bem gelada
De comer um crepe de doce de leite com whisky no Sancho Pança
De uma banana-split no Nevada
Do Corcel vermelho 1969 do meu pai
Do fuscão 72 da minha mãe
De acampar com barraca Santo André em Tapes
De comer um filé à moscovita no Grumete
Da minha RD 75 vermelha
Do meu primeiro porre
Do meu último
Dos amigos doidos, vivos e mortos
Das “cocotas” de calça Saint Tropez
Das noites no deserto Parcão
Do Torta de Panela, do Wimpy’s e do Bauru do Coruja
De fumar escondido atrás do Planetário
Dos Herculóides, dos Impossíveis e do Frankenstein Jr.
Do Menino Dinossauro e do Robô Gigante.
Do Galeto do Marreta
Das panquecas da Tia Jemima
Do Néctar Yuki de pêssego
Da rosca de polvilho de Glorinha
Do meu avô Adelindo e do meu avô João
Meu tio Sérgio
Minha avó Diva e minha avó Cotinha
Do tempo em que o bom era do bem
Da minha Monareta dobrável
De ser acordado por amigos vadios que matavam aula e iam lá pra casa dormir
De mandar eles se fuder e voltar a dormir.

...

Paulo McCoy Lava:

De ler gibis do Tio Patinhas em sábados de chuva.
De Julho de 1974, quando viajei para São Paulo com meus pais.
(E nesta visita, saudades de visitar o supermercado Jumbo, ver de perto um Ford Mustang na Caltabiano, assistir Rabbi & Jacob no Iguatemi e ainda conhecer em Interlagos)
De piqueniques em família no Autódromo de Tarumã.
De um final de semana dos anos 70, quando meu pai trouxe para casa um Ford Maverick e passeamos pela pela RS 386 (ponto culminante: um inesquecível almoço no restaurante Coxilha Velha).
De morar em Criciúma (SC).
Da programação da TV2 Guaíba na primeira metade dos anos 80.
De receber em casa três jornais da capital gaúcha – e ler todos com afinco, tentando assimilar 'n' informações.
De sabores gastronômicos diversos ('Zé do Passporte', 'SuperPizza' e 'Xis do 14-Bis').
De comprar peças para meu Autorama na 'Hobby Brinquedos'.
De namorar uma passista (!) que morava na Vila Cefer.



CONTINUA AMANHÃ



-



ESSA É A MELHOR DO ANO!
(e não é da ZH!!)






-



E ESSA?







-




HOBBY - Escrevi para o Fernando Seffrin Martins que me esqueci da pista de Autorama da Hobby Brinquedos, na Rua da Praia. Eu tinha uma Ferrari e ia lá para me exibir.
O Fernando mandou um texto:

  Eu peguei a segunda fase da Hobby Brinquedos, já na João Pessoa, na frente do Centro Comercial. Meu pai sempre foi ligado em carro de corrida, era do tempo do Automóvel Club do RGS, e a Hobby foi a primeira pista de Autorama de Porto Alegre.
    Minha fase de Autorama, junto com um dos meus irmãos, foi de 94 até 96. E era algo muito legal, no sentido que integrava todo mundo. Pais, filhos, velhos, novos. Quem tava no colégio tinha que apresentar o boletim pro “Seu” Alexandros, que chamávamos de Alexandre, já que literalmente falava grego, ou pro Carlos Alberto. Com nota baixa, não podia “correr” na pista.
Se algum pai ligava pra loja e avisava, “fulano tá proibido de correr até segunda ordem”, não tinha choro nem vela, não corria. Meu pai era da “velha” Hobby e conhecia todo mundo, saia do trabalho e ía passar lá as vezes só pra trovar fiado. Era como uma viagem no tempo, eu e meu irmão, com aquelas caixas enormes com chassis, pneus, motores, etc, e meu pai sentava no mezanino da loja e lá ficava olhando a gente correndo, ou folhavam as fichas de TODAS as corridas da história da loja. Sim, eles tinham arquivado TODAS as competições desde quando a loja abriu na década de 60, ainda na Rua da Praia.
Aliás, as competições eram sempre aos sábados pela manhã e tarde. Terças e quintas de noite eram as categorias “Protótipos Le Mans” e “Turismo Alemão”, carros maiores, escala 1/24, com motores mais potentes e um pessoal mais velho correndo. Aí a coisa era séria, dava bate boca, quase briga. Um dia o “Seu” Nunes, pai do Carlos Alberto, dono da loja, me chamou e me entregou uma foto em preto e branco. Era meu pai, com uns 17, 18 anos, entre dois guris, segurando um Corvette, depois depois de uma prova. “Entrega pro teu pai, mas avisa pra tirar cópia porque quero de volta”. Meus avós eram vizinhos de uma senhora que as duas filhas eram comissárias da Varig e traziam carros e peças sob encomenda de São Paulo e do exterior.
      E a Hobby não era só autorama. Aeromodelos, plastimodelismo (Comprei uma vez uma kit Revell descomunal do porta-aviões USS Coral Sea que nunca tive coragem de montar), aqueles planadores de madeira balsa, até trens, vagões, casas e cenários para aquele pessoal que construía cidades em torno de modelos de ferrovias eles vendiam. Tintas pinceis, peças sobressalentes. Cheguei a ter “caderninho” na Hobby, o que rendia algumas mijadas do meu velho no fim do mês.
       Prévidi, aprendi muita coisa lá. A calcular escala para “aliviar”, ou seja, tirar o peso dos chassis dos carros de autorama fazendo furos precisos neles, em cima de uma folha de papel milimetrado. Amperagem mexendo nos induzidos dos motores, etc. O pessoal dos aeromodelos então sabia calcular ângulo de ataque de asa, diedro, bordo de ataque, bordo de fuga. Era pura física e matemática.
       Hoje ainda existem alguns clubes de Autorama em Porto Alegre, mas a gurizada partiu para os carros de controle remoto com motores à combustível, brinquedo caro para poucos.
     Bah, parece que foi ontem.



-



ISSO SIM É GOLPE - A última edição do Relatório Reservado trata de um golpe que está sendo preparado pelo STF.
Cármen Lúcia tomou a decisão de incluir na pauta de julgamentos a ação de constitucionalidade das candidaturas avulsas. O processo será levado a plenário nas próximas semanas. A ideia deles é permitir que qualquer pessoa possa concorrer a prefeito, governador ou presidente sem filiação partidária.
O patrono da despartidarização das eleições é o ministro Luís Roberto Barroso, relator da proposta que prevê a possibilidade de qualquer brasileiro, mesmo sem filiação a nenhuma legenda, se candidatar para prefeito, governador e presidente da República.
...
O que é um baita absurdo.
Não?
Pergunto: Como vai conseguir dinheiro este candidato avulso, já que não tem direito ao fundo partidário?
O RR destaca:
A Constituição Federal estabelece, em seu Artigo 14, parágrafo terceiro, que a filiação partidária constitui condição de elegibilidade. O dique constitucional, contudo, já começou a ser vazado. Recentemente, a juíza da 132a Zona Eleitoral de Goiás deferiu pedido de tutela de urgência, autorizando a realização de registro de candidatura de forma avulsa com base justamente no Pacto de São José. A despartidarização cria um fuzuê na legislação eleitoral. As regras atuais não respondem a uma infinidade de perguntas que viriam
a reboque da mudança, por exemplo: As novas regras seriam fi xadas pelo
próprio Supremo ou pelo Tribunal Superior Eleitoral? Quais serão os critérios para o registro de candidaturas independentes? Como seria calculado o tempo de propaganda eleitoral? E a questão do fi nanciamento de campanha, uma vez que esses candidatos, por suposto, não teriam acesso ao fundo partidário? Os candidatos avulsos poderiam participar de debates?
...
E mais:
Uma importante ressalva: segundo o Artigo 16 da Constituição, mudanças na legislação eleitoral não se aplicam a votações realizadas no período de até um ano da sua data de vigência.

Mas, lembre-se que os deuses do STF tudo podem.
Até sacramentarem um golpe nas frágeis instituições./



-



PEPINO GROSSÍSSIMO - Se essas figuras abaixo não se reelegerem - mantendo o foro privilegiado - vão ter um particular com o Moro & Cia (do Ministério Público). Figurinhas carimbadas da Lava Jato.
Encontre a gauchada!!

Presidente:
Michel Temer (MDB-SP)

Governadores:
Renan Filho (MDB-AL)
Robinson Faria (PSD-RN)
Fernando Pimentel (PT-MG)
Senadores:
Aécio Neves (PSDB-MG)
Ciro Nogueira (PP-PI)
Edison Lobão (MDB-MA)
Eunício Oliveira (MDB-CE)
Gleisi Hoffmann (PT-PR)
Humberto Costa (PT-PE)
Ivo Cassol (PP-RO)
Renan Calheiros (MDB-AL)
Romero Jucá (MDB-RR)
Valdir Raupp (MDB-RO)
Deputados federais:
Aguinaldo Ribeiro (PP-PB)
Alfredo Nascimento (PR-AM)
Anibal Ferreira Gomes (MDB-CE)
Antônio Brito (PSD-BA)
Andres Sanchez (PT-SP)
Arlindo Chinaglia (PT-SP)
Arthur Maia (PPS-BA)
Beto Mansur (PRB-SP)
Cacá Leão (PP-BA)
Carlos Zarattini (PT-SP)
Celso Russomanno (PRB-SP)
Dimas Fabiano Toledo (PP-MG)
Fábio Faria (PSD-RN)
Heráclito Fortes (PSB-PI)
José Carlos Aleluia (DEM-BA)
José Mentor (PT-SP)
José Otávio Germano (PP-RS)
Lázaro Botelho Martins (PP-TO)
Lúcio Vieira Lima (MDB-BA)
Luiz Fernando Faria (PP-MG)
Marco Maia (PT-RS)
Maria do Rosário (PT-RS)
Mário Negromonte Jr. (PP-BA)
Milton Monti (PR-SP)
Missionário José Olímpio (DEM-SP)
Ônyx Lorenzoni (DEM-RS)
Roberto Balestra (PP-GO)
Rodrigo Garcia (DEM-RJ)
Rodrigo Maia (DEM-RJ)
Sandes Júnior (PP-GO)
Vander Loubet (PT-SP)
Vicentinho (PT-SP)
Yeda Crusius (PSDB-RS)
Waldir Maranhão (PSDB-MA)


-


ESCULHAMBAÇÃO TOTAL!!

No Brasil, 58 mil autoridades possuem foro privilegiado



-



LEI DE INCENTIVO À SEGURANÇA - A situação é gravíssima, mas há saída. E ela passa pelo envolvimento da sociedade como parte da solução. Nesse contexto, é bem-vinda a lei de incentivo à segurança proposta pelo Instituto Cultural Floresta (ICF). É o que manifestou o próprio secretário estadual da Segurança, Cezar Schirmer, entre outros painelistas do seminário “Cidades contra a Violência” promovido pelo ICF na manhã desta segunda-feira, 23 de abril, no Teatro do Bourbon Country, em Porto Alegre. Sobre a nova legislação, Schirmer afirmou encontrar "razões de sobra para aprová-la". Acrescentou que o governador também é favorável à proposta e o governo apenas está "aguardando o momento adequado para encaminhar à Assembleia". O texto ainda precisa ser submetido aos deputados estaduais, mas já há confiança no número de votos necessários favorável à lei.
Pela proposta, as empresas poderiam alocar até 5% do saldo devedor do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), a projetos de aparelhamento da segurança e de prevenção de violência voltados para a educação, além de um aporte de 10%, sobre o valor compensado, para o Fundo Comunitário Pró-Segurança. A respeito desse ponto, Schirmer destacou a validade da medida, "por mostrar que a segurança exige também um trabalho a longo prazo, que mude a cultura de violência". Ele frisou que o apoio ao combate ao crime se reflete em ganho para todas as áreas da sociedade, pois "segurança é base para a educação, para a saúde, para o desenvolvimento econômico, para o turismo".
Ao explicar a sugestão de lei, no discurso inicial, o presidente do ICF, Leonardo Fração, ressaltou: "Sem entendimento e uma relação saudável entre o público e o privado, nós não vamos resolver o problema a segurança pública".
...


Entre o primeiro e o segundo painéis, uma homenagem fora do roteiro emocionou o público, em boa parte formado por policiais militares. O presidente do Conselho Consultivo do ICF, Claudio Goldsztein, chamou ao palco o soldado Emmanoel Macedo Mareco para lhe entregar uma placa de agradecimento pelo ato de heroísmo, ao enfrentar três assaltantes de um ônibus da rota Santana do Livramento - Porto Alegre (FOTO).
...
O seminário confrontou visões nem sempre convergentes sobre a segurança pública. Mas, apesar de divergências em alguns pontos, uma constatação saiu intacta dos cinco painéis realizados: o poder público não consegue dar conta do problema sozinho.
...
Confira a opinião de três importantes painelistas:


José Beltrame, ex-secretário da Segurança do RJ, idealizados das UPPs
"Segurança pública não é prioridade no Brasil, principalmente para o governo federal, que foge dessa atribuição como o diabo da cruz", ressaltou Beltrame. "O Estado brasileiro perdeu a capacidade de atender a todas as necessidades. Sem segurança, não tem prosperidade. Sem segurança, não acontece nada. Sem segurança, o professor não vai tranquilo para a escola. O professor não pode chegar ao colégio, ou o colégio é usado para esconder armas."
Beltrame ressalvou que polícia não é segurança, e sim uma parte dela. O delegado federal ponderou também que criminalidade não se vence, se mitiga. "Não há como ter solução total", reforça. "Não vejo outra maneira senão priorizar. Um administrador público precisa ter foco. E dizer de forma transparente para a sociedade sua prioridade e que existe um plano, integrado, e não isolado, para resolver esse problema que chegou a um nível em que, para comer uma pizza ou ir à praia, tem de fazer 'uma matriz SWOT' (uma análise de riscos, como se fosse um gestor)."
O idealizador das UPPs elogiou a iniciativa liderada pelo Instituto Cultural Floresta: "Esse exemplo que vocês estão dando aqui é que vocês não estão dispostos a tolerar (o nível de violência)." Ele salientou a importância de a sociedade se envolver na busca de uma solução, pois o Estado fracassou e segurança pública não é barata. "Temos praticamente o papel no Brasil de um Estado infrator, porque não tem condições de cumprir a Constituição".
Ele mencionou a aberração no caso do Rio de Janeiro, onde convivem dois Estados dentro da meia cidade. Na capital fluminense o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) é equipado de retroescavadeira, porque tem de remover barricadas erguidas por quadrilhas nos morros, "as fronteiras entre um país e outro". A finalidade principal de uma UPP é ocupar esses territórios e devolvê-los para a população.


Cezar Schirmer, secretário da Segurança RS
Para ilustrar o grau de gravidade do momento, o secretário estadual da Segurança, Cezar Schirmer, mostrou um levantamento alarmante das Nações Unidas: em 150 países juntos ocorreram menos homicídios do que no Brasil, no mesmo ano. Este nível de criminalidade impõe desafios especiais para o Rio Grande do Sul, o segundo estado com maior quilometragem de fronteira. "Há muitos municípios que não têm nenhum policial federal, nenhum policial rodoviário federal, nenhum agente da Receita", observou Schirmer.
O secretário listou como questões a serem tratadas a ausência de ações de prevenção primária ("Ninguém começa no crime nos grandes delitos"), a morosidade da Justiça, a reduzida participação na ressocialização de apenados e a sociedade violenta e permissiva ("Em algumas cidades, o que mais toca no 190 é a violência doméstica").

Frank Leija, especialista em segurança pública (EUA)
Tenente-coronel do Exército dos Estados Unidos, Francisco J. Leija, especialista em estratégia de combate aplicada à segurança pública, fez a palestra de encerramento do seminário. Como estudo de caso, lembrou a estratégia bem-sucedida na cidade de Nova York. Para o sucesso da operação que derrotou a criminalidade, três pilares foram a base: o poder de visão de futuro (a confiança de que havia saída), a valorização da polícia e o  envolvimento (a participação da sociedade no combate ao problema).
Ele enfatizou que uma eficiente política de segurança implica um policial bem equipado, com sua família amparada e com uma imagem de profissional valorizado em sua comunidade.
...
Fotos de Rômulo Gress



-


TÁ FEIA A COISA





-




FÁBIO ALMEIDA - Há 5 anos fez uma premiada matéria sobre o "roubo" de areia dos rios, como o Jacuí. Agora, foi conferir como está a situação.
Começou ontem e hoje tem mais, no RBS Notícias.
Baita trabalho do Fábio.
Assustador!
...
Ele escreveu em sua página no Facebook:

Há cinco anos, fomos ao Rio Jacuí e mostramos os estragos ocasionados por uma mineração de areia predatória.
O alerta foi feito com a série de reportagens “Jacuí - crime e agonia”, mostramos praias que desapareceram, margens e árvores tombando num rio que agonizava.
Após a reportagem, a justiça paralisou a mineração no Jacuí durante alguns meses, as regras de mineração do RS foram modificadas e uma operação da PF prendeu até secretários de governo.
Voltamos ao Jacuí!
As regras afrouxaram e os estragos continuam.



-



LIVRE PENSAR - Do jornalista Irineu Guarnier Filho:

Repórter de rádio dizia na semana passada que a invasão da Secretaria de Desenvolvimento Rural, em Porto Alegre, se deu “sem violência”. Tão acostumados estamos com o pisoteamento das leis e da ordem, e com atentados ao estado democrático de direito, que a invasão de um prédio público já é aceita como algo absolutamente normal - quando não há feridos ou mortos.
O cerceamento ao direito dos funcionários de trabalhar, e a própria “ocupação” ilegal de um patrimônio público, não são considerados, em si, uma violência. Afinal, é “só” uma invasão. A subversão de valores é tão profunda que nem nos damos mais conta dessas barbaridades. Vamos bem...



-



CURÍNTIA GENIAL - Explica o Sergio Cunha:
Omo, o novo patrocinador do Corinthians, entra em campo com nada aparecendo no uniforme do time. Durante o jogo, com suor, surge a logomarca. O case "suor patrocinado" é da F.biz.
...
A propósito: vai ser campeão de novo.


-


O QUE É ISSO?





-



EVENTO LEGAL - HOJE, 19 HORAS, NA CÂMARA







-


FUTEBOL - Escreve o Andre Arnt:

Muitos gremistas preocupados com a baixa capacidade do Internacional. Como canastrões de novela destilam suas lágrimas de crocodilo, enquanto clamam pela nossa maior competitividade.
Memória é uma coisa fantástica! Houve clube que caiu em último lugar, dez pontos atrás da degola; com um grupo de atletas mais ligados em sexo durante as viagens, diga-se, ainda que abrindo mão da presença de mulheres; voltou com festas e dvds e, agora, está preocupado com seus momentos de fama versus uma queda, com volta na bola, do Internacional?
É importante olhar para história, para a mais antiga e para a mais recente!
Neste último caso, saliente-se, está o século XXI: continuamos com nossos 18 títulos gerais, sendo que entre eles há 3 taças sul-americanas, 2 Recopas e 1 Mundial FIFA. Nesta competição, aliás, sem nos acadelarmos, encaramos o Barcelona, e levamos a taça. Há quem diga, sobre este aspecto do acadelamento, haveria especialistas no RS para serem consultados.
Gremista amigo! Lembre que foram mais de 20 anos de copinhas do Brasil e míseros gauchões e nada mudou. Aproveite o momento! Deixe que os colorados preocupem-se com o seu time.
Um Abraço do tamanho do privilégio de disputar um Mundial FIFA!!! Perdendo, ganhando, mas jamais se acadelando.



-


TÂNIA ZAMBON LANÇA LIVRO - Com dois lançamentos internacionais marcados para maio, em Orlando (EUA) e, junho, em Lisboa (Portugal), o livro "PNT In Pulse – Homens e Mulheres Melhores" é a mais recente obra da empresária e especialista em comportamento humano Tânia Zambon.
A publicação explora diversas técnicas e estratégias para a melhoria do desempenho pessoal em qualquer campo de interesse. A Programação Neuroevolutiva Transformacional (PNT) foi criada pela autora após quatro formações em Programação Neurolinguística (PNL) e, ainda, estudos da Neurociência, e mais de 20 anos em clínicas e hospitais.
O lançamento tem 192 páginas e é distribuído pela editora Champion.
Tânia destaca que, para a construção do conceito da PNT, seguiu o caminho da PNL de Richard Bandler e John Grinder. Isso contribuiu para que ela entendesse melhor a comunicação humana. Junto a esses conceitos, Tânia associou à Neurociência e, assim, conseguiu trabalhar também a saúde das pessoas e as implicações dos traumas: "Após anos de atendimento clínico e hospitalar, percebi que o 'trauma' é a evidência da instalação e eu precisava descobrir quando e como ele se instalou", completa a autora.
...
O principal objetivo é que, através das técnicas e estratégias da PNT, as pessoas possam ser melhores. "Para isso, precisamos inevitavelmente saber onde estamos atualmente, como somos vistos por nós mesmos e pelos demais", afirma Tânia Zambon que, nesses mais de 20 anos de carreira na área da saúde e como gestora de pessoas, já fez muitos empresários evoluírem e expandirem seus negócios. "Já fiz alunos conquistarem o almejado R$1 milhão em apenas 20 dias", diz ela.
Esse é o quinto livro de Tânia Zambon. Já foram sucesso também os seguintes títulos: "Liderança de Alta Performance", "Sim é possível", "A Última Chamada para a Cura" e "Cadê a Felicidade", este último, destinado ao público infantil. Uma das obras, “Sim, é possível”, vai virar filme. Com previsão de estrear nos cinemas em 2020, o longa vai contar a trajetória de Tânia Zambon.




___________________________________________________________

PROMOÇÃO FENOMENAL!
LIVROS DO PRÉVIDI


3 LIVROS DE PIADINHAS:
200 Piadinhas para Ler na Viagem
200 Piadinhas Contra Qualquer Crise
200 Piadinhas para Ler nas Férias

OS TRÊS POR APENAS 25 REAIS!!


3 LIVROS SOBRE PORTO ALEGRE:
Porto Alegre é Assim!
Apaixonados por Porto Alegre – Personagens do Centro
Apaixonados por Porto Alegre 2 – A Porto Alegre Deles

OS TRÊS POR APENAS 50 REAIS!!


3 LIVROS ESPECIAIS:
A Revolução da Minha Janela
15 Maneiras Diferentes de Ser Ainda mais Feliz
10 Anos às Ganhas

OS TRÊS POR APENAS 35 REAIS!!


A GRANDE PROMOÇÃO DO ROMANCE

Quer Fazer um Programa? 

POR APENAS 25 REAIS!!



Entrega em seu endereço, via Correio.
Peça pelo jlprevidi@gmail.com
ou
na Banca da República
Rua da República esquina 
avenida João Pessoa - Porto Alegre

___________________________________________________________





PIADINHA


Jogo dos 7 Erros
Se encontrar algum erro, te digo com toda sinceridade:
- SAI DO ARMÁRIO!!