Terça, 20 de fevereiro de 2018




Jamais troquei de lado.
Por quê? Eu não tenho lado.
Ou melhor, o meu lado sou eu





SITE/BLOG DO PRÉVIDI: HÁ 14 ANOS
INCOMODANDO CHATOS, 
INCOMPETENTES E BANDIDOS
(E CANALHAS)








HORÁRIO DE VERÃO:

Atualizado diariamente
pela manhã












CASAPUEBLO,
A JÓIA ARQUITETÔNICA DE VILARÓ





O texto, maravilhoso, é do jornalista Clovis Heberlehttps://clovisheberle.blogspot.com.br/


Vinícius de Moraes, Astor Piazolla, Dorival Caimmy, Pablo Picasso, Albert Schweitzer. Ao longo de seus 91 anos, Carlos Vilaró falecido no dia 24 de fevereiro de 2014, cultivou um círculo de amizades invejável. Uma parede da Casapueblo é dedicada aos registros fotográficos dos encontros dele com personalidades como Picasso, na Espanha, e Schweitzer na África, onde participou da produção de um documentário sobre a vida de tribos da Costa do marfim, Zaire e República dos Camarões.
Membro de uma tradicional família uruguaia, Vilaró começou sua carreira em Montevidéu. Dali seguiu para Buenos Aires e depois tornou-se um cidadão do mundo. Morou em Nova York, São Paulo, em diversos países da Europa, na Polinésia e na África. Os murais são a marca deixada por ele nas cidades onde viveu.
Sua biografia tem um episódio trágico: Carlitos, seu filho mais velho, fazia parte da equipe de rubgy que em 13 de outubro de 1972 sobrevoava os Andes quando o avião sofreu uma pane e caiu. Todos foram tidos como mortos, mas Vilaró acreditou no presságio de uma vidente para quem o filho estava vivo. Acompanhou as equipes de resgate até que alguns sobreviventes foram encontrados, no dia 22 de dezembro - entre eles Carlitos. O drama nos Andes foi transformado em livro (Os Sobreviventes) e em filme (Vivos!).

Escultura arquitetônica encravada no penhasco de Punta Ballena, 15 quilômetros ao sul de Punta del Este, Casapueblo é um ponto de visitação obrigatória que muitas vezes passa despercebido pelos turistas. Suas paredes e torres brancas arredondadas, de linhas irregulares, contrastam com o verde dos campos e o azul do céu e do mar, em cenário surrrealista. No prédio funcionam uma exposição permanente do artista plástico uruguaio Carlos Páez Vilaró, 83 anos, seu idealizador e construtor, e um hotel com 60 apartamentos.
A fascinante história da Casapueblo justifica uma ida a Punta Ballena. Construída há 47 anos para ser atelier e refúgio do Vilaró, a casa era apenas um barracão de folhas de zinco onde pintores, músicos, escultores, pescadores e andarilhos confraternizavam e, no inverno, se abrigavam do vento e do frio. Em 1978 a ditadura uruguaia desconfiou que a "Casa de Lata", como se tornou conhecida, poderia ser uma ameaça ao regime, e deu 24 horas para que fosse desmanchada.
Mais tarde, em seu lugar, Vilaró e um pequeno grupo de amigos iniciaram uma nova construção, com sobras de demolições. Não havia um projeto arquitetônico. As paredes eram erguidas conforme a intuição do artista, e só depois de 30 anos de trabalho o prédio tomou a forma atual. Em vez da casinha de lata, um enorme conjunto de salas, quartos, corredores, terraços. Cada espaço ganhou um nome: Caminho Ernesto Sábato, Largo de Jorge Amado, John Lennon Square, Proa de Salvador Dali.
A Casapueblo se tornou num reduto de músicos, escritores, poetas, pintores de todo o mundo que passavam pelo Uruguai. Vinícius de Moraes foi um dos convidados a passar uma temporada num dos apartamentos de onde se descortina o deslumbrante panorama da região. Os altos custos de manutenção do prédio forçaram Carlos Vilaró a arrendar a ala habitacional para um grupo hoteleiro argentino, que a reformou e a transformou num confortável hotel, com piscina, 20 mirantes e 30 terraços. Lá também funciona um restaurante, de onde se pode ver o mais belo por-de-sol da região.

A CASA DE PORORÓ...
Na Casapuelo Vinicius de Moraes compôs "A Casa", de brincadeira, para seus netos.
Acabou sendo gravada e fez sucesso:

"Era uma casa
Muito engraçada
Não tinha teto
Não tinha nada

Ninguém podia entrar nela, não
Porque a casa não tinha chão
Ninguém podia dormir na rede
Porque a casa não tinha parede
Ninguém podia fazer pipi
Porque penico não tinha ali
Mas era feita com muito esmero
Na rua dos Bobos
Número zero".

A letra original terminava assim:
"...mas era feita com pororó, era a casa do Vilaró".



-


MENOS UM - Faleceu ontem à tarde o jornalista Nico Norinha, 57 anos. O coração, sempre o coração liquidando com a vida de jornalistas.


-


BANRISUL, O MAIOR LUCRO DE SUA HISTÓRIA - Neste 2018, em que comemora 90 anos de existência, o Banrisul anunciou onterm o maior lucro líquido consolidado de sua história: R$ 1,05 bilhão em 2017, resultado 59,6% acima do de 2016.
A apresentação do balanço anual do Banrisul, que ocorreu na sede do Banco, em Porto Alegre, contou com a presença do governador do Estado, José Ivo Sartori; de secretários estaduais e da diretoria do Banrisul.
O governador salientou que o desempenho da instituição contribuiu para impulsionar o cenário econômico e, principalmente, projetos locais. “O Banrisul sempre foi parceiro das comunidades e dos municípios. Está presente em 93% das cidades gaúchas e segue apoiando as gestões municipais e todos os empreendedores para que continuem crescendo e gerando mais emprego e renda. Nesse sentido, vale dizer que o Banrisul é o principal financiador da construção civil, que tanto contribui para a oferta de vagas de trabalho. O Rio Grande do Sul tem uma economia forte, diversificada e moderna”, frisou.
Para o presidente do Banrisul, Luiz Gonzaga Mota, o desempenho recorrente registrado em 2017, frente ao ano de 2016, reflete a estabilidade da margem financeira, o menor fluxo de despesas de provisão e o crescimento, ainda que moderado, das receitas de tarifas e serviços. Parte do aumento das despesas administrativas está relacionada ao incremento nos negócios.
“Com a retomada gradual do crescimento econômico, o Banrisul consolidou importantes projetos e conquistou excelentes resultados. Iniciamos 2018 com a indicação de que teremos êxitos ainda maiores”, enfatizou Gonzaga Mota.
Ele lembrou que, em suas nove décadas, o Banrisul vem reafirmando sua crença nos sonhos dos gaúchos e no crescimento econômico, social e cultural do Rio Grande. “Afinal, é isso que faz do Banrisul o grande banco do Sul, cada vez mais eficiente, moderno e sustentável”.
Durante a divulgação do resultado financeiro do Banrisul, foi instalada uma placa comemorativa para registrar a marca histórica do lucro líquido do Banco.
...
O resultado recorrente do Banco totalizou R$ 911,6 milhões em 2017, 39,8% superior ao apurado em 2016. O retorno sobre o patrimônio líquido médio foi de 13,5% no exercício de 2017, 3,2 pontos percentuais acima do apurado no ano de 2016. No 4º trimestre de 2017, o resultado recorrente somou R$ 323,7 milhões, com ampliação de R$ 166,0 milhões em relação ao mesmo período de 2016 e crescimento de R$ 103,2 milhões na comparação com o terceiro trimestre de 2017.
Os ativos totais alcançaram saldo de R$ 73,3 bilhões em dezembro de 2017, com expansão de 6,2% ou R$ 4,2 bilhões em relação a dezembro de 2016 e aumento de 2,8% ou R$ 1,9 bilhão na comparação com setembro de 2017. Os ativos de crédito alcançaram R$ 31,9 bilhões em dezembro de 2017, com aumento de 2,2% nos 12 meses. As operações de crédito apresentaram ampliação de 3,4% nos 12 meses.
O patrimônio líquido alcançou R$ 7,03 bilhões em dezembro de 2017, 9,2% ou R$ 591,6 milhões acima da posição de dezembro de 2016 e 4,5% ou R$ 303,9 milhões maior que o saldo de setembro de 2017. Já os recursos captados, constituídos principalmente por depósitos e recursos administrados de terceiros, totalizaram R$ 61,6 bilhões em dezembro de 2017, com expansão de 9,3% ou R$ 5,2 bilhões em doze meses, desempenho motivado, especialmente, pelo incremento de R$ 4,5 bilhões dos depósitos.
...
Condição indispensável à sustentabilidade das companhias, a modernização fez parte dos esforços do Banrisul em 2017. Através da oferta de canais digitais, a Instituição continua investindo prioritariamente em tecnologia, alinhada ao aumento expressivo do volume de transações realizadas através de dispositivos móveis.
Soluções tecnológicas como os aplicativos Banrisul Digital, BanriSaque e Banricompras Vero Pay tiveram ações de marketing institucionais próprias, com campanhas nos principais meios de comunicação. Por isso, o Banco foi reconhecido como uma das empresas mais inovadoras no uso de TI, conquistando os prêmios eFinance 2017, com o Cartão Virtual, e Top de Marketing, com o case “Banrisul Digital, Clique e Simplifique”.
...
Referência no mercado de Tecnologia da Informação Bancária, o Banrisul teve participação de destaque em ações externas, protagonizando projetos estratégicos na área digital. O Fórum Internacional de TI completou dez anos, sendo reconhecido como um dos eventos mais importantes do setor na Região Sul.
...
No segmento de seguros – em especial de vida, capitalização e previdência –, foi atingida em 2017 a marca de R$ 1,0 bilhão de faturamento, com receita total de R$ 242,2 milhões. Em dezembro de 2017, o Banco estabeleceu parceria estratégica com a Icatu Seguros, visando à criação de nova empresa, para comercialização de produtos de capitalização nos canais de distribuição do Banrisul.
O desempenho do Banco no mercado de cartões de débito e crédito e de adquirência, por meio da Rede Vero da Banrisul Cartões S.A., subsidiária do Banrisul, também agregou resultados relevantes. Essa empresa alcançou um lucro líquido de R$ 222,1 milhões.
...
Em decorrência de todo esse trabalho, o Banrisul está entre as seis maiores instituições financeiras do País em número de agências e depósitos. É líder de mercado no Rio Grande do Sul, com a maior rede de distribuição do Estado – representada, em dezembro de 2017, por 28,7% das agências bancárias gaúchas.
Está presente em 93,6% dos municípios, fortalecendo sua marca em todas as regiões e conhecendo de perto as potencialidades locais. O conjunto de estratégias adotadas pelo Banrisul proporcionou um resultado sólido, preservando a grandeza da Instituição, como eficiente, moderna e sustentável.


-


UM BANCO ESCONDIDO - Nos quatro anos do Governo Tarso Fernando o Banrisul praticamente não anunciou. Nem os jornais de TV patrocinou. Os demais bancos tomaram conta do mercado gaúcho e bancaram tudo. O que aconteceu? O Banrisul foi um fracasso. Não faziam nem questão de mostrar os números - falavam muito em sustentabilidade. Ah, sim, patrocinavam com alguns tostões feiras e festas locais pelo interior.
O Banrisul no Governo Tarso Fernando foi um fracasso.
Como se estivessem o preparando para a venda.


-



ESTRANHO - Tem gente que acha que não se pode criticar Pablo Vitar, o cantor travesti. Dizem que é coisa de bicha enrustida.
Essas mesmas figuras "DETESTAM" a Claudia Leite, Linda e uma baita cantora.
Vai entender esses "machos".


-


VEREADORES NO MERCADO PÚBLICO - Implementação de um Plano de Prevenção Contra Incêndios (PPCI) permanente, manutenção da rede de esgoto, instalação de uma rede elétrica definitiva, melhorias da acessibilidade, conserto da escada rolante, conclusão da reforma no segundo piso, além de prevenção e combate a assaltos, violência e comércio irregular no entorno do Mercado Público de Porto Alegre.
Estas foram as principais reivindicações recebidas, na última sexta, pela comitiva de vereadores que participou da terceira edição do Câmara na Rua, programa implantado pelo presidente do Legislativo da Capital, vereador Valter Nagelstein (foto), no início deste ano, com o propósito de aproximar o parlamento das questões que envolvem os espaços urbanos e as pessoas.
...
Os vereadores foram recebidos pelos integrantes da diretoria da Associação do Comércio do Mercado Público Central (Ascomepc). De acordo com a diretora da entidade, Adriana Kauer, "é preciso que o Mercado seja visto e as demandas sejam atendidas, para que o estabelecimento funcione a pleno". Ela observou que existem permissionários trabalhando de forma provisória, há cinco anos, em função das obras inacabadas no segundo piso. Ao ressaltar que o Mercado não é deficitário, Adriana informou que a manutenção mensal do local custa cerca de R$ 60 mil, "o que é dividido e pago pelos permissionários". A diretora salientou a importância da implementação do PPCI, cujo valor estimado é de cerca de  R$ 2 milhões, e garantiu que a entidade está disposta a arcar com este custo, mas a questão ainda depende de acordo entre o Executivo e o Ministério Público.
A visita, conforme o vereador Valter Nagelstein, do PMDB, tem por objetivo estabelecer um diagnóstico sobre a situação física, as condições da operação comercial e de atendimento ao público no Mercado, "um dos principais cartões-postais da capital gaúcha e centro de comércio que promove o turismo e o desenvolvimento econômico da cidade". O presidente da Câmara criticou a demora para a restauração do espaço, danificado pelo incêndio ocorrido em julho de 2013, ressaltando que "a obra inacabada está se deteriorando com o tempo e a morosidade para a conclusão prejudica as condições de trabalho dos permissionários, estabelecidos de forma enjambrada no térreo".
Nagelstein lamentou o impasse que envolve o PPCI e os graves problemas de segurança denunciados pelos permissionários das lojas estabelecidas ao lado do Terminal Parobé. O vereador ainda salientou que são necessárias providências aos transtornos causados pelos ambulantes e pelo comércio irregular na região. "A situação prejudica os cidadãos que transitam no local, os comerciantes do Mercado Público e de outros estabelecimentos", afirmou.
...
O coordenador de Indústria e Comércio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE), Denis Carvalho, acompanhou a comitiva de vereadores e explicou que está prevista uma ação conjunta com a Brigada Militar para minimizar os problemas de segurança pública identificados. Também observou a importância da fiscalização do comércio irregular no entorno do Mercado e de legislação que permita o aumento de multa aos infratores. Carvalho reiterou a disponibilidade da SMDE para ações que visam à promoção de melhorias no funcionamento do Mercado Público.
Os vereadores participantes da visita de hoje - Adeli Sell (PT), Aldacir Oliboni (PT), Alvoni Medina (PRB), André Carús (PMDB), José Freitas (PRB), Mendes Ribeiro (PMDB) e Sofia Cavedon (PT) - irão se reunir com o presidente do Legislativo, Valter Nagelstein, para elaboração de relatório e encaminhamentos cabíveis e pedidos de providências ao Executivo Municipal. O objetivo é buscar soluções que possibilitem, até o segundo semestre deste ano, a reabertura das lojas situadas no segundo piso do Mercado, que foram as mais atingidas pelo incêndio de 2013.


-


INTERVENÇÃO NO RIO





-



ISSO É PIADINHA? - Uma petista caiu dura no chão e foi pro céu. Chegando lá, encontrou Deus, que imediatamente reconheceu o erro.
- Ih, minha filha. Não era a sua hora! Houve um engano e vou te mandar de volta.
- Que bela surpresa, companheiro Deus! Mas, antes de ir, o Senhor poderia me tirar uma dúvida?
- Claro! É o mínimo que eu posso fazer para reparar esse equívoco.
- O Lula é mesmo culpado por corrupção?
- É sim, minha filha! Alma mais suja não há.
Ressuscitada, a petista liga para uma amiga da mesma seita.
- Companheira, tenho novidades escandalosas!
- O que houve?
- Você não imagina quem a Globo comprou!


-



PIADINHA


JULIO RIBEIRO E SUA BOLA DE CRISTAL

Prevejo clássicos contra o Frederiquense, Tupi e São Gabriel na próxima temporada...

...



...




Segunda, 19 de fevereiro de 2018



Jamais troquei de lado.
Por quê? Eu não tenho lado.
Ou melhor, o meu lado sou eu





SITE/BLOG DO PRÉVIDI: HÁ 14 ANOS
INCOMODANDO CHATOS, 
INCOMPETENTES E BANDIDOS
(E CANALHAS)








HORÁRIO DE VERÃO:

Atualizado diariamente
pela manhã






















CARA-DE-PAU NÃO TEM LIMITES!


Sempre tratei ele como Chapolin Chaves, porque jamais acreditei nele.
Jamais deixou de ser uma caricatura.
Chamam Temer de golpista, mas Chapolin Chaves é um mestre na arte do golpe.
Como ele é pretensamente "de esquerda" levam livre.
Ah, não é golpista? Leiam, por favor, a biografia desta figura ridícula. Dá um google.
...
Gostas do Chapolin Chaves?
Veja esta entrevista.
Um baita mentiroso, cafajeste.




-


NOVO DESAFIO - O jornalista gaúcho Claudio Thomas deixa a Diretoria de Imprensa do Governo de Santa Catarina, depois de seis anos de atuação.
Na sexta passada o governador Raimundo Colombo se licenciou do cargo e o vice-governador Eduardo Pinho Moreira assumiu interinamente até a renúncia de Colombo, prevista para abril.
...
Aos 60 anos e com 38 anos como jornalista, Thomas passou pelas rádios Bandeirantes e Gaúcha, Jornal do Comércio, Correio do Povo, Pioneiro, de Caxias, Diário Catarinense e Diário Gaúcho. Também foi professor na Famecos-PUC de 1987 a 1995, e do curso de Jornalismo da Universidade de Caxias do Sul.
...
Claudio Thomas deve assessorar Raimundo Colombo na campanha para o Senado, depois de abril.


-


SÉRIO!! - O Grêmio não pode cair!! Será o fim do Gauchão!!


-


DOIS ÍDOLOS





-


NOVO CALENDÁRIO NO SITE DA MAIOR RÁDIO DO UNIVERSO

(clica em cima que amplia)




-


ISSO DERRUBA QUALQUER UM - Do repórter Jonas Campos. Via Facebook:

Jornalismo/mundo real: A fonte te leva até a casa X. Lá, encontra B, um viciado em cocaína. Ele está num dia daqueles. Quando você chega vê que B, segura o filho de três anos no colo. Ele também tem, sobre a perna, um livro com capa preta. Em cima da capa, tem três carreiras de um pó branco. B conversa contigo. Entre frases alucinadas, cheira todas as carreiras. Teu fotógrafo ou cinegrafista registra cada momento. São imagens impactantes. A reportagem é sobe o consumo de drogas nos lares brasileiros. Vale manchete? vale primeira página? você publica? Que cuidados tomaria?



-



SE ISSO NÃO É BANDIDAGEM NÃO SEI DE MAIS NADA!!




-


FACÇÃO - Agora, qualquer grupo de bandidos se tornou "facção". Na globo falam até em "facção da comunidade X". Ou seja, bandidagem, criminosos da favela X.
Como gostam de inventar bobagens.
Ah, sim, falam em facção porque são apenas "suspeitos"?



-


DO LUIZ FERNANDO SOARES - "O nosso PDT acabou".


-


DO JORGE LOEFFLER - Zero Hora hoje na capa de sua edição impressa faz humor.
Ali está dito que INTERVENÇÃO NO RIO DEVE IR A VOTAÇÃO HOJE NA CÂMARA.
Os não tão mal informados sabem que nossos Congressistas tem por hábito de voarem para Brasília nas manhãs das terças-feiras e lá cumprindo expediente até o final das manhãs das quintas-feiras quanto então embarcam em aviões rumando aos seus Estado.
Assim esses folgados "trabalham na tarde de terça-feira, quarta-feira em tese o dia todo e já na quinta-feira apenas pela manhã.
Isto penso que me autoriza a dizer que salvo eventuais exceções temos no Congresso Nacional cerca de SEISCENTOS VAGABUNDOS.


BEM ISSO!!



-



PIADINHA





Sexta, 16 de fevereiro de 2018



Jamais troquei de lado.
Por quê? Eu não tenho lado.
Ou melhor, o meu lado sou eu





SITE/BLOG DO PRÉVIDI: HÁ 14 ANOS
INCOMODANDO CHATOS, 
INCOMPETENTES E BANDIDOS
(E CANALHAS)








HORÁRIO DE VERÃO:

Atualizado diariamente
pela manhã













Na espera de 2018
começar de fato.









SANTA INQUISIÇÃO, A VOLTA







Do jornalista Fernando Albrecht - http://fernandoalbrecht.blog.br

Por causa dessa praga do politicamente correto, vivemos uma nova Inquisição. Queimam-se pessoas ainda, não pelo fogo, mas pela calúnia. Os órgãos de comunicação, inclusive, curvam-se diante dos novos torturadores e não ousam combater os exageros que vêm dessa praga. Uma das mais salientes é a aplicação, a torto e a direito, de uma simples palavra, machismo, a mais comum.

Como nos violentos tempos religiosos, não só os escribas, mas também pessoas comuns precisam viver com temor de ter dito ou escrito algo que os leve à pecha de machistas. Se eu não der lugar para uma mulher na fila, mesmo sendo ficha 1, sou machista. Se eu digo que só gostos de animais de estimação machos, sou machista. Se eu falar que os grandes filósofos da humanidade foram homens, sou machista. Associar qualquer nome feminino a algum tipo de crítica, sou machista. Se os personagens dos meus causos da Vida Como Ela Foi aí embaixo são homens na maioria, sou machista.

No século XII, era-se torturado e condenado ao fogo do inferno por qualquer bobagem aos olhos de hoje. No século XXI, só não se vai mais para o inferno. Por um simples motivo.

O inferno é aqui.



-


SENHORA EVA - Escreve  o Jorge:
Concordo contigo sobre a conduta da Sra. Eva Sopher, não era esse "anjo" que acham que era.
O Sao Pedro era um feudo dela, ninguém mexia 
Fui no portal da transparência do Governo do Estado, a remuneração dela era de R$ 11 mil por mês.
Ela se passava como se fosse "voluntária", mas era bem remunerada.



-



SERÁ QUE OS ARGENTINOS ENLOUQUECERAM NAS ESTRADAS? - Escreve o Ruy Gessinger:
Vivi momentos de pânico na 290.
Saí da Fazenda, em Unistalda, às  6 da manhã. Entrei na  BR 287, tudo calmo.
Em Santa Maria passei por São Sepé e adiante acessei a 290. Até ali era tudo sereno. Dali em diante, na 290 foi um inferno. Automóveis argentinos ultrapassando sobre pontes , sobre aclives com faixa dupla, excedendo loucamente a velocidade. Vários, não vencendo as ultrapassagens, obrigavam os que vinham em sentido contrário a fugirem ao acostamento.
Meu Deus, será que eles se portam assim dentro de seu país? Será que eles pensam , esses imprudentes, que somos um país sem lei? Não estou generalizando, amo a cultura e o folclore da Argentina. Mas a verdade é que eu não ultrapassei um só argentino. E todos os que me ultrapassaram estavam em excesso de velocidade.
Vai o alerta a você, cidadão, que tem família. Quanto a esses desajustados, se quiserem se matar, que reflitam, mas não levem inocentes junto.
...
Isso se chama IMPUNIDADE.


-


LAMPIÃO ERA UM INGÊNUO! AMADOR!!





-


DO JOSELITO MULLER

(clica em cima que amplia)



Embora não estejam mais compondo o governo desde o Impeachment da presidenta Dilma Rousseff, várias dirigentes do Partido dos Trabalhadores, quase todas mulheres do sexo feminino, anunciaram na manhã de hoje sua adesão à campanha do governo contra o assédio sexual durante o carnaval.

“É muito chato quando a gente está no meio de um bloco e o cara chega, a gente diz não, mas o cara fica insistindo, querendo beijar na marra. Odeio quando isso acontece comigo”, declarou Graça Foster.

A ex-secretária dos direitos humanos Ideli Salvatti informou que também considera muito inconveniente esse tipo de comportamento.


-


UMA FOTO PARA CIRCULAR EM RORAIMA - Sugiro que os deputados federais do PT se ofereçam para resolver o pepino dos 40 mil venezuelanos que invadiram Roraima.
Tirar fotinho com o maduro é barbada, né Elvino José Bohn Gass?
(Vejam a cara de felicidade do deputado federal!!)
Será que ele não tem vergonha de ter tirado esta foto?





-


NÚMEROS DO BANRISUL -   Os números do desempenho do Banrisul em 2017 serão revelados na próxima segunda-feira, dia 19. A apresentação do resultado anual será seguida de entrevista coletiva do presidente Luiz Gonzaga Mota.
Serviço

O quê: coletiva de balanço/2017 do Banrisul
Quem: presidente Luiz Gonzaga Mota e diretores do Banrisul
Quando: 19 de fevereiro de 2018, às 10h.
Onde: sede do Banrisul, na R. Caldas Junior, 108, 4º andar (salão nobre)


-



PARCERIA - Um vinho que mistura os terroirs da Campanha Gaúcha e do Sul França. Uma bebida que celebra a amizade entre as famílias Ayub e Fabre. Assim nasce o Los Amics, que significa Os Amigos no dialeto occitano, falado no Sul da França.
O lançamento da Vinícola Campos de Cima, de Itaqui, na Campanha Gaúcha, surgiu de uma parceria com o enólogo e amigo francês Michel Fabre. O vinho foi elaborado pela Domaine Chabbert, propriedade da família Fabre, para a família Ayub. "É um projeto que envolveu não apenas o vinho, mas a amizade entre as famílias", destaca a proprietária da Campos de Cima, Hortência Ayub.
...
O projeto pioneiro da vinícola comandada apenas por mulheres – além de Hortência, também estão a frente do negócio as filhas Manuela e Vanessa – acaba de chegar na vinícola. O primeiro lote é de apenas 1.200 garrafas. No site da empresa (www.camposdecima.com.br) é possível adquirir o produto ao preço promocional de R$ 89,00.
Elaborado com as uvas Grenache, Syrah e Carignan, safra 2015, o Los Amics é clssificado como Appelation Minervois Protégée, na França. “O vinho possui uma coloração vermelho escura. Frutado, ele traz notas de frutas pretas, como ameixas e cassis. Harmoniza bem com carnes vermelhas e queijos”, avalia Hortência.


-


DÚVIDA - É um Troller ou Jeep?





-


ENERGIA SOLAR - A Oi contará com energia solar, dentro do seu plano de eficiência energética. Em parceria com a GD Solar, a empresa está prospectando áreas para a criação de fazendas solares que converterão a luz do sol em eletricidade nos municípios de Janaúba e Capitão Enéas, no Norte de Minas Gerais. As duas fazendas, com potência de 5 MWp cada, terão capacidade de gerar 1,7 GWh/mês. Essa energia seria equivalente ao consumo mensal de cerca de 10 mil residências, devendo entrar em operação em novembro de 2018.
O projeto é parte do plano estratégico da Oi de diversificar a sua matriz de consumo, utilizando fontes renováveis com menor custo, complementando a aquisição de energia no mercado livre.
A GD Solar, responsável pela construção das plantas, é uma empresa brasileira que projeta, implementa e opera a geração de energia elétrica por meio de usinas fotovoltaicas
...
A geração de energia das plantas será compensada pela Oi nas contas de energia de suas unidades de consumo. Assim, a energia produzida pelas fazendas será injetada na rede da distribuidora de energia local, e utilizada para abater do consumo de energia de cerca de 3 mil unidades da Oi em Minas Gerais, entre prédios, estações e outros imóveis da companhia.
Este modelo, regulamentado como geração distribuída pela ANEEL, permite a compensação de energia, e já é adotado por outras empresas ou por consumidores residenciais. O investimento, além de gerar energia limpa, vai significar uma redução de custos da empresa em um de seus principais insumos.
Minas Gerais, local definido para as 2 primeiras plantas, tem condições de irradiação solar muito favoráveis, e um alto custo de tarifa, favorecendo a implantação das fazendas solares.  A Oi estuda ampliar as soluções de geração distribuída para outros estados
O investimento em fazendas de energia solar faz parte de um plano de eficiência energética inaugurado pela Oi em 2015. A companhia já vem aumentando o consumo de energia limpa, vinda de fontes renováveis, e vendida a preços mais baratos do que as de fontes não-renováveis, no mercado de energia livre.  De 2015 a 2017, a participação da energia limpa no consumo global da operadora passou de 15,8% para 22,4%. O resultado, para a Oi, foi uma economia de R$ 128 milhões. A meta da empresa é chegar a R$ 428 milhões de economia de 2015 até 2019, quando o percentual de energia limpa consumida será de 42,5% do total.
Outra medida dentro deste programa foi a troca de 100 mil lâmpadas fluorescentes pelas do tipo LED em cinco estados: Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Ceará e Paraná. As lâmpadas LED, além de consumirem menos eletricidade, duram mais.


-



PIADINHA

Cartazes










Quinta, 15 de fevereiro de 2018



Jamais troquei de lado.
Por quê? Eu não tenho lado.
Ou melhor, o meu lado sou eu





SITE/BLOG DO PRÉVIDI: HÁ 14 ANOS
INCOMODANDO CHATOS, 
INCOMPETENTES E BANDIDOS
(E CANALHAS)








HORÁRIO DE VERÃO:

Atualizado diariamente
pela manhã













Tendo que aguentar o moralismo
politicamente correto dos 
dias atuais, aumenta a
minha saudade dos anos 70 e 80.











UNANIMIDADES






Sempre imaginei que Catherine Deneuve e Elis Regina fossem duas unanimidades.
A primeira mundial; A outra brasileira.
Me enganei.
Já li artigos de entendidos em cinema dizendo que Deneuve não é tudo isso.
A Elis? Nem mesmo a cidade em que nasceu a homenageou. Uma vergonha. Adoram falar mal da maior cantora que o Brasil já produziu. Aliás, é considerada uma das cinco maiores cantoras do mundo. Mas para o porto-alegrense ela "não é tudo isso".
...
Na semana passada morreu a senhora Eva Sopher, que se intitulava a dona ou a comandante do Theatro São Pedro.
O maior argumento que usam é que ela fez muito pela cultura em Porto Alegre.
Tudo bem, concordo.
Mas não se esqueçam de que ela era muito bem remunerada para trabalhar. Desde o tempo dos governadores nomeados pelos milicos ela tinha um cargo em comissão do Governo do RS. Portanto, ela justificou a CC que recebia regiamente todo mês.
É mais ou menos como num noticiário de TV, depois que um repórter apresenta uma matéria, o bonner da vida agradece pelas informações. O repórter só cumpriu a sua obrigação.
Como a senhora Eva.
....
Em 1966 vim de muda para Porto Alegre. Fui estudar num colégio público, Infante Dom Henrique. Fiquei lá o segundo semestre. Valeu por dois motivos: conheci a Nega Lu e assisti "A Moreninha" no São Pedro. Lembro que o teatro estava mal cuidado, mas gostei muito. Foi um tipo de excursão do colégio.
Foi uma das raras vezes que entrei no São Pedro.
Primeiro, porque sempre considerei os ingressos para as peças do eixo Rio-São Paulo caríssimos. Uma exploração. Fui muito nos pequenos teatros da cidade e assistia atores que conhecia.
...
Quando concluíram a reforma só se apresentavam no São Pedro companhias do centro do país. E em janeiro e fevereiro abriam espaços pro pessoal daqui - por exemplo, Tangos e Tragédias.
E esse pessoal do Rio e São Paulo, especialmente estrelinhas da Globo, ajudavam a preservar a CC da chefona. Ou não?
Não? Então conto um episódio de 1991.
Alceu Collares tinha assumido o Governo do Estado. Estava um zumzum na cidade que a secretária da Cultura, Mila Cultura, iria substituir a senhora Eva.
Jô Soares estava no auge. Claro, chamou Collares para uma entrevista:
- Governador, o senhor vai substituir esta instituição da cultura nacional que é Eva Sopher?
Collares deu nos rins do gordo:
- Você pisou na bola mais uma vez. Quem é que falou que vou substituí-la?
Isso é um lobby de verdade!!
...
Com o tempo foram surgindo outros espaços em Porto Alegre. Mais modernos, como o Teatro do Sesi e o Teatro do Bourbon. O do CIEE.
O reinado do São Pedro chegou ao fim.
Aí foram obrigados a abrir o Theatro para cantores e humoristas locais - caso contrário, ficaria às moscas.
...
Mas a senhora Eva insistia no tal Multipalco.
Brincando, digo que a Fundação Theatro São Pedro não resiste a uma sindicância.
Por exemplo, quantos milhões foram enterrados naquela obra até agora?
Também tenho curiosidade de saber onde vai o dinheiro arrecadado no estacionamento que funciona no espaço do Multipalco. Mas isso é outro assunto.
Leiam este post no Facebook do jornalista Erico Valduga:

Dona Eva Sopher merece a cascata de homenagens pelo desempenho cultural. Mas não será demasia lembrar que ela, por sua personalidade marcante e neutralidade politico-ideológica, abocanhou por três décadas grande parte do dinheiro público e privado que poderia irrigar o multiculturalismo do Estado todo. Aliás, quanto custou até agora o inacabado Multipalco?

E este comentário do Robson Rocha:

Realmente isso é algo que sempre me chamou atenção e de muitos gaúchos artistas principalmente, com relação a obra do multipalco que já consumiu grandes cifras e nunca foi terminado.. Segundo o último levantamento da associação, ainda precisa se arrecadar no mínimo vinte milhões para conclusão total das obras.. Uma vez me falou um diretor de teatro local e ligado a cultura gaúcha, que esse era um tipo de assunto que ninguém tinha coragem de tocar nos tempos da Dona Eva.. E que pela proteção que as pessoas tinham com ela, e por ninguém ter coragem contraria-la então sempre se evitava de falar sobre as obras no quesito valores arrecadados.
...
Pra encerrar: querem passar a impressão de que a senhora Eva era uma unanimidade.
Não era. Muito pelo contrário.
Um dos mais respeitados intelectuais do RS foi Luiz Pilla Vares. E ele tinha discussões seriíssimas com ela.
Muitas pessoas respeitadas do meio cultural criticam a forma de administrar da falecida senhora.
Mas para a população em geral - inclusive muitos jornalistas - ela era um "ícone".
No fim de semana passada fiz dois posts no Facebook relacionados com o São Pedro. Bah, o que levei de porrada, um nível horrível, que me obrigaram a apagar os posts.
...
Que o governador José Ivo consiga nomear uma pessoa responsável para substituir a senhora Eva.
...
Querem que o tal Multipalco seja oficialmente chamado de "Eva Sopher".
E a Elis Regina continua sem uma homenagem justa em Porto Alegre, sua cidade natal.



-


PICARETAGEM  OU DESLEALDADE DO SINDICATO? - Desde o começo do ano, o Sindicato dos Jornalistas do RS está responsável pela assessoria de comunicação do Sindicato dos Enfermeiros do Estado.
...
Assino o comentário do Orestes de Andrade Jr:
Isso é um absurdo!!! Entre os vários pontos obscuros, o presidente do sindicato disse que um jornalista vai trabalhar mas não vai receber, é isso? O valor — abaixo de outras assessorias, seria concorrência desleal?! — vai todo pro sindicato e não pro jornalista. Ele é funcionário do sindicato? Vai trabalhar sem receber? Dúvidas, dúvidas, e uma certeza: sindicato não pode fazer isso! Simples.
...
Pelo que sei, o Sindicato dos Enfermeiros pode, sim, pagar uma assessoria de imprensa, das várias que existem em Porto Alegre, dirigidas por jornalistas profissionais.
Por sua vez, o Sindicato dos Jornalistas deveria, em primeiro lugar, fazer com que os jornalistas de verdade voltem a se associar e contribuam para que a entidade não termine. Não vai ser fazendo uma "assessoria de imprensa" completamente fria que o Sindicato vai se recuperar.



-



GLOBO INCENTIVA A PICARETAGEM - Escreve o Juarez Trindade de Oliveira:

Impressionante a forma rasteira e irresponsável com que a Rede Globo trata os temas e as situações de suas novelas.
Uma menina, nas novela das 9, advogada, se presta as usar técnicas de coach para "destravar" uma outra menina com bloqueios relacionados à atividade sexual!
E quem assiste acha que essas técnicas - pelo jeito a Globo que ditar mais uma "moda" - podem realmente fazer aquilo que a menina 1 conseguiu junto à menina 2!
Primeiro, ela usou técnicas de hipnotismo, quase de regressão, nem de longe aproximadas das ferramentas de coach.
Segundo, induziu, pela postura, pelo ambiente, etc., todos a pensarem estar diante de uma sessão de terapia, típica dos psicólogos ou dos psiquiatras.
Terceiro, mostrou pra quem quisesse ver que as limitações dessas suas "técnicas" são absolutamente solares: a menina 2 surtou ao fim da "sessão"e a menina 1 viu-se obrigada a chamar a "amiga" para ajudá-la!
Quarto, um(a) psicólogo(a) - terapeuta habilitado para esse tipo de ajuda - saberia o que fazer nessas situações e, provavelmente, acolheria a menina 2 e a acalmaria, sem maiores problemas.
Quinto, se dá alguma merda nesse tipo de processo (como deu nessa ficção!) ou é usada alguma técnica não autorizada, quem se submete a esse tipo de ajuda - para esse tipo de caso! - vai se queixar prá quem? Coach tem algum Conselho? Algum Código de Ética? Psicólogos e Psiquiatras tem.
Por essas e outras é que esse tipo de coisa tem de ter alguma posição prévia de alguém responsável.
Não dá mais pra ir vendendo soluções mágicas por aí.
Basta!


-


TEMPO "MALUCO" - O Marcos Funk informa:

Como veranista de Capão da Canoa, tenho a lhe dizer que no domingo de carnaval, nove horas da manhã,  apenas, tempo nublado em Capão com “entradas do sol”.
Pela manhã, a praia estava lotada!!


-


CARNAVALIZAÇÃO -  Antes tenho ue explicar que na semana passada dei uma gozada  num "novo verbo", carnavalizar. Aí recebi o texto abaixo.
Quem explica é o jornalista Rogério Mendelski:

Amigo, aí vai uma sintética definição de carnavalização, palavra muito utilizada na Antropologia Social. Roberto DaMatta e Affonso Romano de Sant’Anna tem belíssimos textos sobre carnavalização. Na China, quando alguém perdia uma batalha, o vencedor obrigava o general vencido a desfilar entre os prisioneiros com vestes de bebê.  Carnavalizar também é debochar, ironizar e não precisa ser no carnaval. Um exemplo: a nomeação da Cristiane Brasil cuja posse não sai, é uma carnavalização de nossas instituições. Uma ministra do Trabalho que tem sob o seu comando a fiscalização do trabalho  irregular, não assinava a carteira de seus empregados.  Magistrados com mansões, ganhando auxílio-moradia. Isso é pura carnavalização!
...
CARNAVALIZAR
Carnavalização, uma teoria sobre a inversão de papéis na sociedade moderna muito presente nas artes do fim do século XIX, começo do século XX, e desenvolvida por um dos maiores estudiosos da literatura mundial, o russo Mikhail Bakhtin.


-


LUIS GRISOLIO ESCLARECE

DO ANTENOR SILVA - A quem interessa a Rádio Guaíba transmitir um jogo de futebol americano  (na verdade, apenas comentar, pois não pode sequer narrar, já que há direitos de transmissão)? É o jogo da bola oval, mas, na verdade, não é o Ibope que fica oval?
...
Em reposta ao Sr.Antenor Silva quanto ao programa Especial Bola Oval de domingo, ainda não recebemos o IBOPE mas com certeza pelas manifestações em nossas redes sociais, no próprio lugar onde fizemos ao vivo e em nosso WhatsApp, que é o termômetro em relação ao ouvinte, percebemos que o novo tem lugar e fomos muito bem recebidos. Inovar com qualidade é sempre bom mas às vezes incomoda os acomodados.


-


IMAGEM DO CARNAVAL - O amigo da onça de folião.

(clica em cima que amplia)




-



A ALEGRIA DE ZECA PAGODINHO - Ao tirar uma foto com o prefeito de São Paulo, João Dória. Este fiasco aconteceu no sábado de Carnaval.

(clica em cima que amplia)






-


VIDARTE NA RECOPA - O comentarista Ricardo Vidarte embarca rumo a Buenos Aires para acompanhar o Grêmio na final contra o Independiente pela Recopa Sul-Americana. Durante toda a semana, Vidarte fará reportagens especiais sobre o clube gaúcho, que busca o bicampeonato pela Recopa. "Já fiz a cobertura da final da Recopa em duas ocasiões em que a dupla grenal saiu campeã. Uma com Grêmio em 1996 e outra com o Inter em 2011", conta Vidarte que tem mais de 30 anos de experiência no jornalismo esportivo.
...
Os boletins e reportagens sobre a final da Recopa Sul-Americana serão exibidos no SBT Esporte, no SBT Rio Grande e SBT Rio Grande 2ª edição. O primeiro jogo acontece em Buenos Aires no dia 14 de fevereiro e a volta da equipe será dia 21 do mesmo mês, em Porto Alegre.


-


VERDADE





-


SONINHO DURANTE O BAILE






PIADINHA

Do José Simão:

Luciano Hulk, candidato a presidente;
Louro José, candidato a vice





Quarta, 14 de fevereiro de 2018



Jamais troquei de lado.
Por quê? Eu não tenho lado.
Ou melhor, o meu lado sou eu





SITE/BLOG DO PRÉVIDI: HÁ 14 ANOS
INCOMODANDO CHATOS, 
INCOMPETENTES E BANDIDOS
(E CANALHAS)








HORÁRIO DE VERÃO:

Atualizado diariamente
pela manhã















BOM DIA! BOA TARDE! BOA NOITE!






QUARTA-FEIRA DE CINZAS

Sério, hoje tem que ser bem light.
Porque sei que a imensa maioria está fazendo tarefas mais importantes.
Uma grande parte está voltando para casa.
Os demais estão, certamente, se curando das bebedeiras e comilanças.
Não é isso?
...
Também não aconteceu nada relevante nestes dias de carnaval.
Um bom dia de praia no sábado, um temporal no domingo e seguiu a rotina de um feriadão. Segunda com cara de bunda flácida, ridícula.
O ponto negativo é a quantidade imensa de gente nas praias - o pior é que são pessoas que não sabem conviver. Acham que não há mais ninguém em todos os lugares em que estão.
...
Ainda bem que estou fora de Porto Alegre neste período.
Leio que o carnaval da Cidade Baixa foi um sucesso.
Claro, quem não mora na Cidade Baixa acha um espetáculo.
Mas ninguém imagina como ficam as calçadas e as fachadas das casas e edifícios.
Toda CB fede a mijo e cocô.
Porque a prefeitura jamais teve pressa em limpar o bairro.
Imagina agora com o Despacito Tigrão Júnior.
O meu bairro, a minha rua deve estar insuportável!
Quanto mais sucesso o carnaval da Cidade Baixa mais fedido fica todo o bairro!!
...
Hoje ou amanhã divulgam os números trágicos do carnaval.
Quantos assassinatos, mortos em estradas federais e estaduais, presos por bebedeiras nas ruas e estradas, além das multas por excesso de velocidade - aí mostram a foto de um carro a mais de 200 km/h.
...
Emocionante? A divulgação dos campeões do desfile das escolas de samba do Rio e São Paulo.
E eu sempre me lembro do Carlos Imperial lendo as notas:
- Deeezzz, nota deeezzz!!!
...
Lamento que o ano ainda não vai começar. Temos que aguardar março para tudo voltar ao normal. Março recomeça e em abril já estamos a mil!
...
No domingo, um dilúvio.
Aí o maior "portal" do universo, lasca esta:



Viu só que interessante?
Tempo ruim e aí ninguém foi na beira-mar.
Que coisa, né?
...


Estava tudo muito tranquilo.
Aí na segunda uma porrada.
Morreu o jornalista Edison Moiano.
Foi editor do Correspondente Renner da Rádio Guaíba. 
E trabalhamos na mesma época na Imprensa da Assembleia Legislativa.
Depois de se aposentar se dedicava a advocacia trabalhista.
Uma pena. Bom caráter.
...
Faleceu o jornalista Elias Soares, 75 anos, no último dia 12, em Petrópolis (RJ). Ele estava aposentado e ficou hospitalizado cerca de 10 dias por complicações da diabetes. O velório e a cremação foram na cidade do Rio de Janeiro. 
...



Vocês viram que as fantasias de índio estão proibidas. Não duvidem: quem se fantasiou de índio poderia ser preso ou até mesmo levar um pau da polícia do politicamente correto.
Como está chato esse nosso país, hein?
...
Leia esse início de matéria de O Globo:

Índio não pode. Cigano também não. Enfermeira sensual? Nem pensar. Iemanjá, de jeito nenhum. Nega maluca, árabe e homem vestido de mulher também estão na lista de fantasias que devem ser banidas pelos foliões, de acordo com um vídeo postado pelo site “Catraca Livre”, que estabelece “as sete fantasias que não devem ser usadas no carnaval” por serem preconceituosas ou machistas.
O politicamente correto disputa espaço com a irreverência dos blocos, e os debates esquentaram. A artista indígena Katú Mirim deu início, também na web, à campanha #ÍndioNãoéÉFantasia, em que defende que o uso desses trajes é, sim, um ato ofensivo.
Nos tornamos um paisinho de merda!
...
E este título? A melhor rádio do universo é criativa!!



...
O Sindicato Médico do RS convoca para coletiva de imprensa nesta quarta, às 14 horas, no Hospital Beneficência Portuguesa (Av. Independência, 270 – Centro de Porto Alegre).  Na ocasião, será detalhado o trabalho de consultoria do Sirio-Libanês, instituição hospitalar que passa a fazer o diagnóstico das condições atuais do hospital e  apontar os caminhos a seguir na continuidade da assistência à população.

A coletiva ocorrerá no Salão da Nobre do hospital e contará com a presença do diretor-executivo do Sírio-Libanês, Fernando Torelly, do presidente, do Simers, Paulo de Argollo Mendes, do presidente do Beneficência, Augusto Veit, da presidente da Associação Brasileira em Defesa dos Usuários de Sistemas de Saúde (Abrasus), Terezinha Alves Borges, e do presidente da Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde do Estado (Fehasul), Cláudio Allgayer.  
...
ESSE "APENAS" É DE UMA CANALHICE ÍMPAR!!

(clica em cima que amplia)