.

Sexta, 19 de setembro de 2014


Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.









ponto do dia - especial



FOI UM FESTÃO!!


O oitavo encontro da Confraria do Cachorro Quente, junto com a Planária - Paulo Motta - Presidente foi um sucesso absoluto. Ontem. Muita gente, muita risada, muita bobagem,
No Posta del Diablo, na avenida Lima e Silva.
Chega de papo!!

































Quinta, 18 de setembro de 2014


Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.









ponto do dia




DO TEMPO DO ÊPA


Glauco Fonseca é o convidado de hoje.






O saudosíssimo Adão Oliveira usava, de vez em quando, uma frase que eu defino como a síntese de envelhecer, não no aspecto físico, mas nos detalhes, nos usos e costumes. Lembrei da frase e do querido amigo dia desses, assistindo um filme com o Burt Reynolds em que ele e um outro sujeito fumavam desbragadamente dentro de um elevador. Em seguida, ouvi dentro de minha cabeça a divina Elizete Cardoso cantando “Eu bebo sim, estou vivendo…” e senti a mesma coisa: uma grande preocupação por vivermos num país em que beber e fumar são considerados pecados sociais, quase crimes, um dia inafiançáveis. Eis a frase do Adão, dita sempre em voz baixa e somente para os mais chegados: “Sou do tempo em que fumar era chique e dar o rabo era considerado errado”.
Os tempos mudaram.
Experimente fumar dentro de um supermercado, pra você ver. Uma turminha roubando chocolate será apenas advertida. Você, fumando, será admoestado com leis citadas com desenvoltura pelos seguranças. Se você beber, prepare-se para se tornar um proscrito. Quem bebe, hoje, é um “velhinho transviado”, daqueles do tempo do programa do Ivan Castro, alguém perdido no tempo, antissocial e repelido com naturalidade por seres humanos “politicamente corretos”.
Lembrei disto pelo mico que os petistas estão pagando por conta do CC da Ana Amélia em 1986. Naquele ano, éramos todos Fiscais do Sarney, porra!
Depois de 28 anos, veja só, Lula e Dilma são os únicos remanescentes e continuam fiscais do Sarney. Dilson Funaro, em fevereiro de 86, implantou o plano Cruzado, cacete! Plano Cruzado! Dá para acusar alguém por ter sido Fiscal do Sarney? Posso eu ser tachado de “adesista” ou “reacionário” por ter sido fiscal do idiota do Sarney?
Hoje assisti o Tulio Millman e a Cristina Ranzolin pressionando a Ana Amélia no Jornal do Almoço, sem dó nem piedade, a respeito de seu “desvio ético” por ter sido CC de seu marido, que era, na época, senador biônico. Foram pra cima da Ana com fome, com sede de sangue, mesmo sabendo que a RBS sabia de tudo e que, no caso, nenhum desvio ético seria maior do que da ... RBS, que paga o salário dos enérgicos entrevistadores. Ana Amélia, é claro, mostrou-se incomodada, mas manteve a compostura. Túlio e Cristina bem que mereciam ouvir umas boas, mas a candidata foi cuidadosa e generosa, como eu jamais seria. Nas grandes corporações, hoje em dia, casos como assédio sexual, por exemplo, são punidos com veemência. Antigamente, nem tanto. As coisas mudaram, não é mesmo?
Jamais, tenho certeza, verei Millman e Ranzolin fazendo perguntas de igual teor para Tarso Genro, mesmo sabendo que ele praticou nepotismo mais de uma vez e destruiu as finanças do estado pelas duas próximas gerações. Não sei bem se por enorme admiração ou por medo, mesmo. Mas deitaram e rolaram na colega de trocentos anos, Ana Amélia Lemos. E sabe por que o fizeram? Para passar uma ideia de “isenção”, de descompromisso com a candidata por ela ter sido a mais importante colunista de política que o RS e a RBS já tiveram. Ora bolas, desde 1966, passando por 1986 e chegando em 2014, desde quando alguém cobrou da RBS algo como isenção?
Ana Amélia tacou pau no carrinho. Desceu a lomba do Santa Tereza com a alma lavada. Túlio tinha, no mínimo, que ter feito a barba e usado uma calça mais respeitosa. E a petista Rosane Oliveira tinha de estar no lugar de Cristina. Mas aí teria virado debate...



* * * * *



ponto midiático 



PENSEI QUE FOSSE PARA A ARENA

Fim da novela

Nilmar assina por três anos com o Inter e retorna ao Beira-Rio

Reunião na manhã desta terça em hotel da Capital sacramentou a negociação

--
A POETA - Recebo:
Foi  anunciada a saída da Patrícia Poeta da bancada do JN para um novo desafio em outros projetos da Globo. Diz a direção da emissora: "Patrícia Poeta, atualmente âncora do "Jornal Nacional" ao lado de William Bonner, deixará a atração para se dedicar a um novo programa de entretenimento da emissora". Ora, ser âncora do JN é o ápice da carreira de todas as jornalistas brasileiras.
No caso de Fátima Bernardes até acho que ela queria mudar depois de 15 anos ali no posto, mas a sua saída deu brigas internas entre o mulherio da Globo pelo posto. Ganhou Patrícia Poeta por ser competente, mas, sobretudo, por ser casada com um diretor da emissora.
Agora, de repente, apenas por três anos, ela sai para um novo programa de entretenimento? Mas onde encaixá-la? Em mais um programa de auditório? Agora, a coincidência. A mudança foi anunciada depois que a coluna Radar, de Veja, publicou que ela estava adquirindo uma cobertura no Leblon por 23 milhões de reais. Patrícia desmentiu, mas a notícia circulou rapidamente e isso pode tê-la prejudicado na alta direção da Globo.
A Globo tem uma verdadeira obsessão pela imagem dos jornalistas que estão no vídeo. Eles sequer podem gravar comerciais. Uma cobertura de 23 milhões é negócio para milionários e mesmo que Patrícia tenha poupado junto com o marido, a imagem que ficou é a de uma jornalista rica e poderosa. O que podem pensar os telespectadores quando Patrícia ler alguma notícia sobre sem-tetos ou de pessoas que moram nas ruas de nossas cidades?
A Globo não pode correr tal risco, já que tem sobre si a "culpa nacional" de ser poderosa e rica.
O que achas?



* * * * *



ponto da eleição



E NADA DA MATÉRIA - Continuo aguardando, ansiosamente, a "matéria" do sul21 sobre a FG da dona Dilma na Assembleia, no tempo em que seu marido, Carlos Araújo, era deputado estadual.

--
IMPRESSIONANTE - Recebi de um amigo:




--

FURIOSO! - O jornalista Gustavo Mota envia:
Greve dos carteiros comprova, que em pleno século XXI, enviar spots eleitorais, por carta, para todas as emissoras de rádio, definida pelo TRE, a pedido das empresas, foi um erro, que agora, pode interferir negativamente e seriamente na disputa. O plano B, seria liberar envio por internet e comunicar para todas as emissoras. Ou libera. por meio, de nota nos jornais. Pra acelerar o processo



* * * * *



ponto g



PREFEITURAS FORA DO CONSELHO - Os municípios gaúchos aguardam há quase um ano a retomada de um assento no Conselho Estadual de Cultura (CEC). A reivindicação foi entregue ao governador Tarso Genro na 3ª Marcha Gaúcha, realizada no dia 31 de outubro do ano passado. Como resposta, Tarso disse que encaminharia o pedido ao secretário de Cultura. Mas o CEC já teve a renovação dos seus integrantes, eleição da nova diretoria e os municípios ficaram de fora.
O presidente da Famurs, Seger Menegaz, informa que desde o início deste governo, a Federação não tem sido convidada para integrar o CEC, que é a instância máxima de definição das políticas públicas e da distribuição de recursos à cultura no RS. Desde que foi criada a Secretaria Estadual de Cultura, quando se formou o Conselho, no governo de Pedro Simon, a Famurs, via Codic (Conselho de Dirigentes Municipais de Cultura do RS), sempre foi convidada a fazer parte do órgão. Em governos anteriores, inclusive, os municípios tinham duas vagas. “Queremos um assento permanente no Conselho para não depender da boa vontade dos governos”, afirma Menegaz.
 -
Isso só é possível com a reestruturação do CEC, defendida pela Famurs, adequando o conselho estadual ao Sistema Nacional de Cultura para um Conselho de Políticas Culturais. Isso permitiria que todos os segmentos da cultura, enquanto artistas, pudessem participar do órgão, como acontece em outros estados. Hoje, o CEC é formado apenas por entidades, com CNPJ, restringindo a participação popular dos artistas. O CEC é formado por 24 membros: oito deles indicados pelo governo estadual. Os municípios gaúchos estão sem representação no Conselho de Cultura do Rio Grande do Sul desde janeiro de 2011.



* * * * *


ponto da piadinha






* * * * *



ponto final



É HOJE!!





O oitavo encontro da Confraria do Cachorro Quente, junto com Planária - Paulo Motta - Presidente.
A partir das 19 horas, no Posta del Diablo, na rua Lima e Silva, 587, ao lado do Nikus. Na frente do Zaffari.
Não dá para perder, vamos fazer o maior evento da Confraria do Cachorro Quente!!

TODOS SÃO CONVIDADOS!!!
NÃO HÁ CONVITES INDIVIDUAIS!!


Quarta, 17 de setembro de 2014 - parte 2


Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.









ponto especial



UMA DOBRADINHA RADIOFÔNICA ESPECIAL



Na íntegra:


Dados do processo
Processo no TRT
0001229-10.2010.5.04.0001 (RO)
Procedência
1ª Vara do Trabalho de Porto Alegre
Na autuação
4 Volume(s) / 729 Folha(s)
Juiz
DENISE PACHECO
Órgão julgador
7a. Turma
RECTE
RÁDIO GUAÍBA LTDA.
Procurador
Patricia Ines Baldasso
RECTE
EMPRESA JORNALÍSTICA CALDAS JÚNIOR LTDA.
Procurador
Patricia Ines Baldasso
RECTE
TELEVISÃO GUAÍBA LTDA.
Procurador
Patricia Ines Baldasso
RECTE
HAROLDO JOAQUIM DE SOUZA
Procurador
Luiz Carlos Pereira Silveira Martins
RECDO
OS MESMOS
Vara do Trabalho
01ª VARA DO TRABALHO DE PORTO ALEGRE
Reclamante Principal
Haroldo Joaquim de Souza
Reclamada Principal
Rádio Guaíba Ltda.
Ata(s) de Audiência
07/12/2010
22/05/2012 15:45
20/11/2012 15:30
23/05/2013 15:45
Sentença(s)
30/08/2013
09/10/2013

--

Cá entre nós: acima de um milhão de reais.


Quarta, 17 de setembro de 2014


Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.









ponto do dia




AGORA, SIM, CONSEGUIRAM
ME ENCHER MUITO O SACO!



O brocoió



Essa tática do PT em injuriar, caluniar e difamar os candidatos adversários - ou inimigos - é muita burra. Não dá para rebater.
Eu, que não sei em quem votar, termino decidindo em quem não vou apostar. Estou me definindo pelos candidatos que os petistas falam mal.
Ontem li um arrazoado do deputado estadual comandante Raul. Chamado também de Raul Pont.
Um negócio ridículo contra um dos adversários do petismo.
Chega!!
-
Até comecei a gostar da Marina.



* * * * *



ponto midiático



MEU VELHO E BOM AMIGO - Airton Ortiz é o patrono da Feita do Livro de 2014.
Não levo a sério este "evento", mas gostei que escolheram o meu amigo, também jornalista.
Alguém sabe o que era a Cooperativa dos Escritores de Porto Alegre?
Perguntem a ele.
( O guru da Cooperativa era Glênio Peres)






* * * * *



ponto da eleição



DESCOBRIU A PÓLVORA - O meu amigo Lasier Martins, candidato ao Senado pelo PDT, "descobriu" que tinha que brincar com a história do choque que levou num pavilhão da Festa da Uva. Até um recado enviei, de que deveria contratar o Pederneiras, o cinegrafista que estava com ele no dia.
Claro que não levou a sério, porque não sou marqueteiro. Pois é, mas acompanho e faço campanhas há mais de 30 anos.
Agora, me enviam um link.
E dei risada.
Olha: http://wp.clicrbs.com.br/laurna/2014/09/17/10-perguntas-que-sempre-quisemos-fazer-para-lasier-martins-e-agora-ele-leva-na-boa/?topo=13,1,1,,1,13
Imagina o que ele não está pagando para fazer o que poderia ter feito desde o início? De graça!!!
Eu dou risada!!



--
No ano passado, o Adriano Mazzarino e eu brincamos com ele.
Ficou furioso!! Falou com o Mazza e comigo: "Parem com isso!!".
Olha a nossa brincadeira:




-
Tinha outras, mas não encontrei.
Pena!


* * * * *



ponto g


HISTÓRIA - Às 9h30min da sexta-feira 19 de setembro, em cerimônia no teatro do seu Centro Histórico-Cultural, recém inaugurado, a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre vai celebrar os quinze anos de uma cirurgia histórica: o primeiro transplante intervivos de pulmão realizado no mundo, fora dos Estados Unidos. Em 17 de setembro de 1999, uma equipe médica do Pavilhão Pereira Filho, liderada pelo doutor José Camargo, implantou no tórax do menino Henrique Busnardo o pulmão fabricado com pedaços retirados do pulmão do pai e da mãe desse garoto curitibano, então com doze anos de idade.
Com a presença dos protagonistas deste evento pioneiro – a equipe médica liderada pelo Dr. Camargo, Henrique, hoje com 27 anos, Márcia e Amadeo Busnardo, os pais que doaram parte de seus pulmões –, a Santa Casa recordará as insólitas circunstâncias que tornaram possível esse procedimento e lembrará o impacto e os desdobramentos do transplante, que mereceu grandes espaços na mídia brasileira e estabeleceu, em termos continentais, a imagem da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre como um centro de referência em transplantes.
A homenagem termina com a inauguração da mostra “Transplante intervivos de pulmão – quinze anos de uma cirurgia pioneira”.



* * * * *



ponto da piadinha






* * * * *


ponto final


Amigos, hoje estou sintético.
Mas não esqueçam:


CONFRARIA DO CACHORRO QUENTE




O oitavo encontro da Confraria do Cachorro Quente, junto com Plenária - Paulo Motta - Presidente.
Dia 18 de setembro de 2014, quinta, a partir das 19 horas, no Posta del Diablo, na rua Lima e Silva, 587, ao lado do Nikus. Na frente do Zaffari.
Não dá para perder, vamos fazer o maior evento da Confraria do Cachorro Quente!!

TODOS SÃO CONVIDADOS!!!
NÃO HÁ CONVITES INDIVIDUAIS!!



Terça, 16 de setembro de 2014 - parte 2


Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.









ponto do dia - especial




A TESOURA NA RBS MATERIALIZADA



Cláudio Galeazzi, o mãos de tesoura


Os principais comedores de sucrilhos com nescauzinho (antes era toddynho) do Grupo RBS estão desde a manhã reunidos com Cláudio Galeazzi, o "executivo" contratado por Dudu, o presidente jovem e tímido, para fazer minguar o negócio que Maurício Sirotsky Sobrinho começou no Rio Grande do Sul e transformou num império.
Tudo está sendo preparado para um grande passaralho em todos os veículos de comunicação do Grupo RBS.
-
Para quem ainda não sabe, a "estrategia", leia http://jornalja.com.br/a-tesoura-que-assombra-a-rbs/

--



Nada a ver com a tragédia acima.
Ainda não confirmado, mas me informam que o jornalista Wianey Carlet, do Grupo RBS, sofreu um AVC. Nesta segunda foi operado na Santa Casa de Porto Alegre.
-
Estou tentando contato com o doutor Fernando Lucchese, que atendeu o Wianey no ano passado.
Mas, sabe como é, o cardiologista é muito ocupado.


Terça, 16 de setembro de 2014


Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.









ponto do dia /midiático / da eleição




1 - CARLOS ARAÚJO E DONA DILMA






Jamais me passou pela cabeça cometer alguma deselegância com o ex-deputado Carlos Araújo e dona Dilma. Não me perdoaria por isso, a não ser por um joguinho mais do que rasteiro, mesquinho. Baixo.
Meus amigos e inúmeros leitores sabem do apreço que tenho por Carlos Araújo. Poucas pessoas nesta vida me deram tanta força quanto ele. Vou sempre lhe dever um ou vários favores.
Há 11 anos escrevo neste espaço e nas vezes que me referi ao Araújo foi com respeito. O mesmo não posso dizer de Dilma, porque ela ocupou cargos polêmicos e toma decisões que, as vezes, não concordo.
-
As "notícias" que li sobre a tal da CC da senadora Ana Amélia me irritaram. Muito. Pura maldade. Havia, na década de 80, um outro mundo, um outro Brasil. Os "jornalistas", provavelmente assessores do PT, não situaram o que AA fazia e como era feita a política. Mas eu não sou assessor da senadora (e de ninguém) e acredito que ela não vá se meter nesta baixaria.
Ontem publiquei uma nota que alguns não gostaram. Está em  Segunda, 15 de setembro de 2014
-
Já me cansei de escrever que não puxo o saco de ninguém e não recebo dinheiro algum para defender quem quer que seja. Claro que sempre tem alguém fantasiado de "esquerdista", que sempre mamou nas tetas públicas, que escreve e/ou fala que sou "vendido". Não estou preocupado.
-
Só quem viveu a política nos anos 80 sabe do que estou falando. Na época em que os partidos estavam em formação. Vi muito "esquerdinha" do Pedrini deitar falação sobre Lenin e Trotski, batendo ponto na imprensa do governador nomeado Amaral de Souza. Até o poderoso chefão dos sem terra mamou nas tetas da Secretaria da Agricultura do RS.
Foi uma década de formação política. Ninguém estava preparado para nada.
-
Há um tempo, encontrei o amigo e colega Adão Oliveira, já falecido. E ele:
- Tens que colocar num livro o que tu sabes de política.
Eu não deixei por menos:
- Espero sair o teu livro e aí faço.
Sei de quase tudo o que aconteceu até meados deste século na política gaúcha e brasileira.
Sempre tive bons amigos, bons interlocutores.



* *


2 - COMO FUNCIONAVA A "ESTRUTURA"
DE CARGOS DA BANCADA DO PT NA AL







Detesto baixaria.
Como fazer um mero comentário sobre a "notícia" da CC da senadora Ana Amélia?
Alguém duvida que foi plantada?
Pena, né?, com raízes falsas.
O que tem a ver com a eleição para o Governo do RS a função gratificada que dona Dilma tinha na Assembleia gaúcha?
Pois é, o que tem a ver a CC de Ana Amélia no Senado com a disputa pelo Piratini?
O mais emblemático caso de baixaria em campanha eleitoral foi a "denúncia" do abandono de uma guria, filha de Lula. Um negócio nojento.
Mas a política é assim mesmo. Hoje, o "denunciante" Collor de Mello é um bom aliado do PT
-
Ah, um bom parêntesis para esta gente, que adora sacanear os outros:
Quando era repórter da Zero Hora fui assessor de imprensa da bancada do PDT. Um ano depois estava a ponto de perder o meu cargo, porque o PDS ganhou no STF a presidência da Assembleia. Aí, ajeita daqui, ajeita dali, fiquei na primeira secretaria da mesa diretora. Sabe quem era o deputado? Lóris Reali. Isso mesmo, do PDS, e eu jamais escrevi uma linha para ele. E ele, um homem honrado, nunca me pediu nada.
Trabalhava diariamente na assessoria de imprensa da AL. No ano seguinte voltei ao PDT.
Ia esquecendo de contar que quase fui o primeiro assessor de imprensa da bancada do PDS. Uma CC gordíssima!! Na última hora recuei.
-
Na Assembleia, o deputado contratava para o seu gabinete quem ele bem entendesse. Mulher, filho, cunhado, todos aqueles que, em princípio, ele confiava  Todo mundo sabia que muitos pegavam uma CC e dividiam em três "salários", porque sempre foram contra-cheques acima do que o mercado pagava. Um negócio completamente esculhambado, que os veículos de comunicação sabiam mas deixavam por isso mesmo. Não só na Assembleia gaúcha, mas em TODAS as casas legislativas do Brasil.
Os detentores de mandatos, independente de partidos - recém criados - trocavam figurinhas.
Era mais do que normal um deputado estadual ou federal, um senador contratar a esposa.
Dona Dilma, por exemplo, não era funcionária do seu então marido, o deputado Carlos Araújo. Mas trabalhava na assessoria da bancada. Do seu marido.
Hoje é muito fácil julgar aquele tempo. Mas na época não existiam parâmetros - não se sabia o que era certo ou errado. Ético ou não - apesar de que a imensa maioria das pessoas nem imaginava - ou imagina - o que significa Ética.
-
Até que veio a eleição de 1986 e o PT conseguiu eleger os primeiros quatro deputados estaduais. Chegaram a mil, com muitos "princípios éticos". Tomaram conhecimento da esculhambação geral e resolveram "arrumar a Casa". O que fizeram? Enquanto os demais deputados, por exemplo, repartiam as CCs, o PT oficializou a sacanagem: fixou um teto para cada função. Por exemplo, jornalista ganharia X. Ou seja, o sujeito era contratado com uma CC e devolvia ao partido o que recebia além do teto.
A rigor, todos os funcionários devolviam o vencimento e recebiam aquilo que o PT achava certo.
Entenderam a ética?
Como os novos deputados eram os paladinos da moralidade, recém chegados ao "universo podre da política", nenhum jornal, rádio ou TV denunciou a oficialização da mutretagem.
A coisa era cheia de frescuras. Os jornalistas, por exemplo, além de filiados, se submetiam a uma prova e só aí eram contratados. Logo no início teve um caso muito interessante. Uma jornalista, quando recebeu o seu primeiro vencimento da AL ficou enlouquecida! Era o triplo do que iriam pagá-la! Não teve dúvidas: negou-se a devolver o dinheiro à direção do PT. E só ficou um mês no trabalho.



* *



3 - A POLÍTICA DO SÉCULO 21
É A QUE SEMPRE SE PRATICOU
´







Geralmente estas denúncias, numa campanha, são piadas. Tentam mascarar, mas não adianta.
A tal "matéria" que o jornal eletrônico sul 21 publicou sobre a CC da Ana Amélia no Senado é do mesmo nível da "denúncia" de Collor de Mello, em 1989, de que Lula abandonou a filha. Não? É, tem uma diferença: a candidata ao Governo não foi para a TV, como Lula fez, tentar desmentir.
Agora, o mesmo sul 21 "denuncia" que o candidato ao Senado pelo PDT integrava a Mocidade da Arena. O mais incrível é que o meu amigo Lasier Martins foi dar explicações!!
-
Não adianta responder na mesma moeda.
- Mas, então, por que fazes?
Ora, meu Deus, não tenho nada a ver com as campanhas!!
Apenas lembro fatos!!
-
Depois que lembrei ontem que a nossa presidente Dilma tinha uma função gratificada na bancada do PDT, que era integrada pelo seu então marido, surgiram uma série de "denúncias" sobre esposas "informais", sobrinhos, primos, etc, de integrantes do primeiro escalão do petismo gaúcho.
Normal.
Duas me chamaram a atenção e estão assinadas - via Facebook.
Do jornalista Auber Lopes de Almeira:
Sabia que a irmã do Carlos Pestana ocupa, desde o início do governo, uma CC altíssima no Daer? Cargo de superintendente de projetos especiais (de uma autarquia, diga-se, que não faz projeto algum há mais de 30 anos). Nepotismo descarado.
O nome dela é Ana Paula Pestana Cardoso, pra quem quiser conferir.
A outra do jornalista Vitor Vieira:
E vocês já viram sair no Sul21 algo sobre o CC de sua sobrinha, a filha do Adelmo Genro (irmão do governador Tarso Genro), na Secretaria da Educação?
-
Como sou um jornalista que vivencia a política brasileira há quase 40 anos não me surpreende nada. Nada mesmo.Por exemplo, antes de criticar a CC ou FG da irmã do figurão do PT proporia o fim do DAER.b Jamais um veículo de comunicação percorreu os vários andares do prédio deste órgão, em Porto Alegre, para saber o que fazem. E o que faz - ou fazia - a Secretaria dos Transportes (hoje tem outro nome).
A Secretaria da Educação? Aquilo não existe!!
-
Hoje existe uma "ética". No início do ano o amigo e jornalista Carlos Bastos não pode ser contratado para trabalhar na Assembleia. Sabem o motivo? Ele tem um sobrinho emprestado que é funcionário de uma deputada.
"Ética" isso, não?
Hahahahaha!!!!
-
Acredito que tenham assuntos mais importantes para o sul 21 tratar.
Uma boa pauta para debate é o que está no site da Fundação de Economia e Estatística - FEE. Aliás, é o órgão onde dona Dilma foi diretora - e é funcionária (aposentada?). Uma Fundação respeitável e, por princípio, independente, apesar de vinculada ao Governo do Estado.
Leiam: http://www.fee.rs.gov.br/indicadores/pib-rs/pib-trimestral/destaques/
-
E, por favor, não me façam tratar de política e campanhas novamente.


Segunda, 15 de setembro de 2014


Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.








ponto do dia




O TELEAGENDAMENTO EM CANOAS.
A VERSÃO DA PREFEITURA






A Prefeitura de Canoas respeita o posicionamento do Ministério Público Federal, porém algumas questões devem ser esclarecidas.

O Município de Canoas contratou a GSH-Gestão e Tecnologia em Saúde com fundamento no art. 25, I, da Lei de Licitações, porque esta empresa havia desenvolvido e era a fornecedora EXCLUSIVA do software AGHOS, que serviu de base para a implantação do sistema do teleagendamento. Tratava-se de hipótese de inexigibilidade de licitação, em que a licitação era inviável por não haver, naquele momento, outras empresas em condições de fornecer o software. O fato de existir, hoje, outras empresas capazes de operar o teleagendamento não significa que elas pudessem implantá-lo naquela época, visto que a peça fundamental para o funcionamento desse sistema é o AGHOS, software que somente a GSH pode fornecer.

Na época da implantação do teleagendamento, o software do serviço foi cedido pelo Estado a Canoas e outros municípios, como Porto Alegre e Pelotas, na gestão da governadora Yeda Crusius, sem custos. A despesa, de R$ 45 mil mensais, é para a manutenção do sistema e o pagamento de 150 funcionários. O contrato, ao final de três anos, totaliza R$ 1,7 milhão, o que representa 0,15% do orçamento anual da Prefeitura para a Saúde.

É preciso observar que Canoas, após dois anos e meio de teleagendamento, possui gestão na área de Saúde, possibilitando que o Município mantenha um histórico atualizado de consultas e exames de seus usuários. Mesmo com mais de 1 milhão de consultas marcadas pelo teleagendamento, o Município, acatou, em diferentes oportunidades, sugestões feitas pelo MPF em relação ao serviço. Antes do teleagendamento, eram marcadas cerca de 900 consultas/dia em Canoas. Atualmente, são agendadas aproximadamente 2.000 consultas/dia.

Com o vencimento do contrato com a GSH, em novembro, o serviço será licitado pelo Município.  A abertura do edital está prevista para setembro.



* * * * *


ponto midiático


URGENTE - Recebo:

A Globo acaba de anunciar em comunicado distribuído à imprensa que Patrícia Poeta deixará o Jornal Nacional no dia 3 de novembro, assim que as eleições se consumarem.
Segundo o texto, ela se dedicará a um novo projeto na área de entretenimento, destino que também levou a ex-apresentadora do noticiário, Fátima Bernardes, a tomar  novos rumos.
Renata Vasconcelos assume o JN, ao lado de William Bonner, e Poliana Abritta ocupará a vaga de titular do Fantástico, com Tadeu Schmit.
A Globo informa que o prazo de Poeta à frente do JN por três anos foi determinado assim que ela assumiu o posto, o que jamais foi divulgado naquela ocasião ou de lá para cá.
--
RELEVÂNCIA - Adivinha:

Sem muito descanso 14/09/2014 | 11h01

Carmo Dalla Vecchia participará da novela "Império", da TV Globo

O gaúcho interpretará Maurílio Ferreira, filho de Sebastião Ferreira, (Reginaldo Faria)
--
PRINCÍPIO DA INCERTEZA - Recebo, na sexta passada, do Marko Petek:
Olha que riqueza de assuntos hoje:
-"Suspeita" de incendio criminoso em Livramento
-"Suspeita" de incendio criminoso na casa da guria gremista
Um dia desses acho que vou escrever um post sobre o princípio da incerteza. É um negócio complicado da física mas que parece estar em voga atualmente.

--
FUTURO - Do jornalista Cesar Valente escreve:



Prometi pra mim mesmo que não pegaria mais no pé dos colegas editores. Mas é como deixar de fumar: quem sabe o último, o derradeiro, antes de parar definitivamente?
Olha só que manchete espetacular! O surrealismo parece que está de volta ao futuro.
Ah, pra quem não é daqui: o aeroporto já estava defasado em 2004, está sobrecarregado em 2014, porque continua defasado, e as obras do novo terminal, claro, estão atrasadas. Provavelmente quiseram dizer que o aeroporto vai continuar defasado mesmo depois que todas as obras forem concluídas.
Ah, sim, colocar na capa um "aponta estudo" é pedir pra ser zoado...
--

PRIMEIRA PARCIAL - Após os dez primeiros dias de votação, o Prêmio Press alcançou mais de 18.000 indicações, tanto no Voto Popular, quanto no Voto Profissional.
As indicações, pelo site da revista (www.revistapress.com.br) se estendem até 31 de outubro. Depois disso, os três mais votados no Voto Profissional e os dois mais votados no Voto Popular formam uma lista quíntupla, que vai à apreciação de um Júri de Lideranças. Essa última etapa de escolha do Prêmio Press registra o voto individual de 30 personalidades convidadas pela revista Press.
Neste ano, o resultado será conhecido no dia 25 de novembro, na grande festa que já está sendo preparada para o Teatro Dante Barone, com várias novidades a fim de celebrar os 15 anos de realização do prêmio.
O Prêmio Press 2014 tem o patrocínio do Sistema FIERGS, Sistema FECOMÉRCIO-RS, CIEE-RS, SICREDI, SINDUSCON e STICC e conta, ainda, com o apoio do SINDIRÁDIOS, da KRIM BUREAU e da ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO RS.

Relação de pré-finalistas

ESTAGIÁRIO DE JORNALISMO DO ANO – Troféu CIEE-RS
- Bernardo Ribeiro – Sul21
- Giovane Gonçalves – Rádio Grenal
- Laís Vargas – TV Assembleia
- Matheus D’Ávila – Rádio Grenal
- Rodrigo Morel – Rádio Guaíba

REPÓRTER DE RÁDIO DO ANO – Troféu STICC
- Cristiano Silva – Rádio Guaíba
- Glauber Fernandes – Band AM
- Juliana Bevilaqua – Rádio Gaúcha Serra
- Mateus Ferraz – Rádio Gaúcha
- Rafael Pfeffeir – Rádio Guaíba

REPÓRTER DE TELEVISÃO DO ANO
- César Fabris – SBT
- Evelyn Berndt – TV Assembleia
- Felipe Peixoto – Band TV
- Vanessa Pires – TV Record
- Wilson Rosa – SBT

REPÓRTER DE JORNAL/REVISTA DO ANO – Troféu Sistema FECOMÉRCIO-RS
Cristine Pires – Jornal do Comércio
- Leticia Barbieri – Metro
- Humberto Trezzi – Zero Hora
- Renata de Medeiros – Zero Hora
- William Lampert – Correio do Povo

COLUNISTA DE JORNAL/REVISTA DO ANO – Troféu Fernando Albrecht
- Adroaldo Guerra Filho – Diário Gaúcho
- Danilo Ucha – Jornal do Comércio
- Flávio Pereira – O Sul
- Leonardo Meneghetti – Metro
- Taline Oppitz – Correio do Povo

COMENTARISTA DE TELEVISÃO DO ANO
- Cláudio Brito – RBS TV
- Mauricio Saraiva – RBS TV
- Luiz Carlos Reche – Band TV
- Ricardo Vidarte – SBT
- Rosane de Oliveira – TV Com

COMENTARISTA DE RÁDIO DO ANO – Troféu Ruy Carlos Ostermann
- Armando Burd – Rádio Pampa
- Fabiano Baldasso – Band AM
- Farid Germano Filho – Rádio Grenal
- Luiz Carlos Reche – Band AM
- Nando Gross – Rádio Guaíba

APRESENTADOR DE TELEVISÃO DO ANO – Troféu SICREDI
- Alice Bastos Neves – RBS TV
- Claudio Andrade – Band TV
- Fabiano Brasil – Ulbra TV
- Karla Krieger – TV Pampa
- Leo Saballa Junior – RBS TV/TV Com

APRESENTADOR DE RÁDIO DO ANO
- Farid Germano Filho – Rádio Grenal
- Gustavo Vitorino – Rádio Pampa
- Luiz Carlos Reche – Band AM
- Nando Gross – Rádio Guaíba
- Thiago Suman – Rádio Grenal

JORNALISTA DE WEB DO ANO
- José Luiz Prévidi - www.previdi.com.br
- Maxwell Bernardes – www.litoralemmovimento.com.br
- Paulo Cesar Flores – www.demalaecuia.net
- Políbio Braga - www.polibiobraga.com.br
- Ricardo Orlandini - www.ricardoorlandini.net

REPÓRTER FOTOGRÁFICO DO ANO
- Cesar Eduardo Rosa – Brigada Militar
- Daniel Boucinha - ANAF
- Gabriela di Bella – Jornal Metro
- João Mattos – Jornal do Comércio
- Lucas Uebel – O Sul

LOCUTOR/APRESENTADOR DE NOTÍCIAS – Troféu Milton Jung
- Denise Cruz – Rádio Gaúcha
- Eloi Zorzetto – RBS TV
- Rafael Colling Rádio Gaúcha
- Sergio Stock – Band TV
- Wagner Paynes – Rádio Guaíba

JORNALISTA DESTAQUE DO INTERIOR – Troféu SICREDI
- Alex Frantz – Rádio Progresso/Ijuí
- Daniele Freitas – Rádio Diário AM/Passo Fundo
- Gilberto Jr. – Rádio Caxias
- Juliana Bevilaqua – Rádio Gaúcha Serra
- Julio César Souza – Rádio Caxias

MELHOR PROGRAMA DE RÁDIO DO ANO
- Grenal F.C. – Rádio Grenal
- Jornal Gente – Band AM
- Polêmica – Rádio Gaúcha
- Pretinho Básico – Atlântida FM
- Repórter Esportivo 2ª edição – Rádio Guaiba

MELHOR PROGRAMA DE TELEVISÃO DO ANO
- Brasil Urgente – Band TV
- Campo e Lavoura – RBS TV
- Cadeira Cativa – Ulbra TV
- Os Donos da Bola – Band TV
- SBT Esporte - SBT

JORNALISTA DO ANO (Grand Prix) – Troféu SINDUSCON-RS
- Leo Saballa Junior – RBS TV/TV COM
- Luiz Carlos Reche – Grupo Bandeirantes
- Nando Gross – Rádio Guaíba
- Roberto Brenol de Andrade – Jornal do Comércio
- Roberto Pato Moure – Rádio Grenal



* * * * *



ponto da eleição



A CC DE ANA AMÉLIA - Antes, para esclarecer: Não tenho procuração para defender ninguém. Portanto, não me encham o saco.
Em 1980, quando entrei na Zero Hora, descobri, de cara, que a a maioria dos jornalistas da RBS tinham outro emprego, público. Até os diretores do jornal, rádios e TVs tinham cargos públicos. E a direção do Grupo até incentivava, porque não teria que pagar salários decentes. O veículo era um bico.
Em todas as áreas. E isso era prática comum em todos os jornais, emissoras de rádio e TV.
-
Na década de 90, com a chegada do Augusto Nunes para comandar a ZH, terminou a mamata e virou regra; Não pode ter o segundo emprego. Nos demais veículos o incentivo ao cargo público continua.
-
Tenho certeza de que a direção da RBS sabia que a Ana Amália tinha um cargo no Senado.
Porque era mais do que normal.
-
Vocês não podem esquecer que a atual presidente Dilma teve um gordíssimo cargo de confiança quando seu então marido, Carlos Araújo, era deputado estadual.
Dilma era funcionária da FEE e tinha uma FG na Assessoria Superior da Assembleia Legislativa gaúcha. Pela bancada do PDT. Do deputado Carlos Araújo. Ambos do PDT.
Fui claro?



* * * * *



ponto g



IMPERDÍVEL - Livro inédito sobre Lupicínio Rodrigues tem exibição comentada no dia 16
Entre as dezenas de ações culturais programadas pela Secretaria Municipal da Cultura para o Centenário de Lupicínio Rodrigues (1914–1974) está o inédito Almanaque do Lupi, produzido pelo jornalista e pesquisador Marcello Campos e com lançamento previsto para novembro, durante a Feira do Livro de Porto Alegre.
E aproveitando que a próxima terça, 16, marca os exatos 100 anos de nascimento do maior compositor popular gaúcho, a Coordenação do Livro e Literatura/SMC realiza a exibição comentada Lupi em Imagens. Em destaque, a projeção de fotografias raras, capas de discos, reportagens e outros itens raros, acompanhada de comentários de Marcello Campos e do fotógrafo Ricardo Chaves.
-
Lupi em Imagens
EXIBIÇÃO COMENTADA DE IMAGENS
16 de setembro de 2014 (terça-feira)
19h30min
Biblioteca Pública Municipal Josué Guimarães
Centro Municipal de Cultura
Av. Erico Verissimo 307
(quase esquina com Ipiranga)
(51) 3289-8071 • cll@prefpoa.com.br
-
Realização
Coordenação do Livro e Literatura
Secretaria Municipal da Cultura
Prefeitura de Porto Alegre
--

NÃO É PIADINHA - Recebo com observação:Então, vamos ver até onde... Será?? -não chega lá.

Papa Francisco celebra 20 casamentos no Vaticano

Casais foram selecionados pelo vicariato de Roma

Papa Francisco celebra 20 casamentos no Vaticano<br /><b>Crédito: </b> Alberto Pizzoli / AFP / CP
Papa Francisco celebra 20 casamentos no Vaticano
Crédito: Alberto Pizzoli / AFP / CP
O papa Francisco celebrou neste domingo, pela primeira vez em seu pontificado, o matrimônio de 20 casais romanos durante uma cerimônia no Vaticano. Em meio a uma atmosfera privada, os noivos, alguns jovens e outros nem tanto, cercados por seus familiares e amigos e na presença de muitos fiéis, ouviram o Papa. Algumas noivas choraram ao proferir seus votos.

Os casais foram selecionados pelo vicariato de Roma, sob a direção do Papa, para constituir uma amostra representativa de casais de nossa época. Alguns já viviam juntos antes do casamento, enquanto outros já tinham filhos ou se conheceram em sua paróquia.

O casal mais novo era formado pelo marido nascido em 1986 e a esposa em 1989, enquanto os mais velhos nasceram respectivamente em 1958 e 1965, de acordo com relatos da imprensa. O último par era formado por Gabriella, uma mãe solteira, e Guido, cujo casamento anterior foi anulado pelo "Sacra Rota", tribunal eclesiástico competente. O casamento "não é um caminho fácil, é uma viagem às vezes conflituosa, mas que faz parte da vida", disse o Papa aos casais. "É normal que o casal discuta. Isto sempre acontece, mas que vocês não terminem o dia sem ter feito as pazes, um pequeno gesto é suficiente", disse Francisco.

O pontífice fez então, pessoalmente, as 40 perguntas tradicionais durante um casamento religioso antes de dar-lhes a bênção, em uma cerimônia de quase duas horas. A sessão de fotos após o casamento foi realizada um pouco mais tarde nos jardins do Vaticano.

A cerimônia ocorre três semanas antes do sínodo programado para acontecer entre os dias 5 e 19 de outubro, durante o qual 253 bispos, delegados e especialistas de todo o mundo, incluindo 114 presidentes de Conferências Episcopais, vão discutir os desafios da família e do casamento religioso. As tensões são latentes e a capacidade do papa Francisco de superá-las é vista como um teste de seu pontificado.

A proibição para os divorciados que se casaram novamente de receber a Comunhão deve ser uma prioridade na agenda. Alguns prelados desejam relaxar esta regra, mas outros temem que esta questão coloque em perigo o caráter indissolúvel do sacramento do matrimônio.

O papa Francisco já fez em várias ocasiões referências às famílias e ao casamento, mas se mostra mais aberto e realista do que seus antecessores sobre as dificuldades que os casais podem ter que enfrentar, falando de mulheres abandonadas, casamentos arruinados, principalmente aqueles contraídos sem um compromisso inicial bem pensado, por convenção social. Em janeiro passado ele batizou, durante uma cerimônia na Capela Sistina, o filho de uma mãe solteira e a filha de um casal casado apenas no civil.

Fonte: AFP


* * * * *



ponto da piadinha






* * * * *


ponto final



A TESOURA QUE ASSOMBRA A RBS



O presidente jovem e tímido e Galeazzi - Mãos de Tesoura



Recebo do jornalista Luiz Cláudio Cunha o seguinte texto, publicado no site do Jornal JÁ:
É impressionante o que acontece no Grupo RBS.
Vai lá.

http://jornalja.com.br/a-tesoura-que-assombra-a-rbs/