.

Sexta, 28 de novembro de 2014



Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.









um Bom Dia! especial


Para  a Cátia Bandeira, a queridona jornalista, uma brava mulher que admiro muito e que os amigos comuns sabem disso. Aquela coisa de "astral" - sei que isso não é moderninho, mas é o que me lembrei agora. Ah, sim, "energia" é moderninho! A Cátia é aquela pessoa completamente do bem. Um beijo, lindinha, ex-polenteira!! 


Kátia, eu e Ana Cássia. Olha a minha alegria!!




ponto do dia



TÁ PELADA A CORUJA! TEMOS PRESIDENTE!





O ex-presidente Tabaré Vázquez, do Uruguai, já articula para a formação do ministério, enquanto Luis Lacalle Pou, o outro candidato, tenta diminuir o fiasco. A eleição é neste domingo.
- Quero propor o seguinte trato: me comprometo a trabalhar faça chuva ou sol para que este país não seja detido e para que você faça parte deste caminho ao desenvolvimento. O país vai pelo caminho do desenvolvimento, mas não é qualquer desenvolvimento. Queremos um desenvolvimento humano integral", disse o futuro presidente Tabaré.
-
Normal Pepe Mujica eleger o seu candidato.
Ele fez um governo realmente popular, sem se preocupar com o que diz a comunidade internacional.
Não jogou para a torcida.
Mujica é o que é.
-
Ontem recebi um email muito legal::
Me lembrei de ti quando li este artigo sobre o Pepe Mujica, na Tribuna na Internet, edição de hoje. o autor, Carlos Newton, é o editor do jornal. 




Em meio a esse mar de lama, é certo que nosso país não precisa de presidentes de terno Armani (Lula), de Ferrari (Collor), de Ford Fundation (FHC) ou de Louis Vuitton (Dilma). Nosso ideal é alguém como o presidente uruguaio Jose Pepe Mujica, totalmente avesso a vaidades, luxos e consumismos, mas sempre atento aos interesses de sua gente.
É o único governante de classe média baixa que não mora em palácio e  não aceitou se desfazer do seu Fusca azul, modelo 1987, nem mesmo pela espantosa quantia de US$ 1 milhão (cerca de R$ 2,6 milhões), oferecida por um árabe exibicionista no último encontro G77+China, em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia.
De início, Mujica afirmou que, caso vendesse o veículo, iria destinar o dinheiro para programas sociais do governo. Mas depois abandonou a idéia, argumentando que, caso vendesse o automóvel, ofenderia aos amigos que juntaram dinheiro para ajudar a adquirir o carrinho por 70 mil pesos uruguaios (cerca de R$ 5 mil).
-
“VAQUINHA” DOS AMIGOS
O presidente uruguaio tem dois Fuscas, para a eventualidade de um deles enguiçar. Um deles foi comprado graças a essa “vaquinha” dos amigos. Por isso, afirmou que os Fuscas irão “vegetar” na garagem de sua casa enquanto ele e sua mulher, a senadora Lucía Topolansky, estiverem vivos.
“Não sei se algum dia vamos ou não vender o carro, mas enquanto eu estiver vivo, ele vai dormir no galpão e vai dar uma voltinha”, afirmou Mujica, que doa grande parte de seu salário para ações sociais, e sua mulher faz o mesmo. Ele está deixando o governo do Uruguai, mas será para sempre idolatrado pelo povo.
Que diferença para os políticos brasileiros e do resto do mundo, hein? Mas sonhar ainda não é proibido. Talvez um dia cheguemos lá.



* * * * *



ponto dos parecidos



Certo, eles não são muito parecidos - um é melenudo! - mas quando escolhi a foto do nosso presidente Tabaré Vázques lembrei do jornalista Carlos Pires de Miranda, um baita boa praça, que não vejo há tempos.
Tenho a impressão, hein Miranda?, que esse Tabaré não deve ser um esquerdista chato com alguns petistas, que se acham tri-de-esquerda.
Deve ser um bom papo, acompanhado de um Tanat.








* * * * *



ponto midiático



INIMAGINÁVEL!! - Sei que tem gente que vai, de novo, me chamar de implicante, mas leia o que foi publicado nas versões online do Zero Hora e Diário Gaúcho, além do maravilhoso clicrbs.
E estão concorrendo ao prêmio Caburé, como "produtores de conteúdo". Hahahahaha!!!!
E me contam que a soberba dos "editores" online é imensa!!

http://diariogaucho.clicrbs.com.br/rs/policia/noticia/2014/11/homem-e-executado-dentro-de-posto-de-saude-na-vila-cruzeiro-em-porto-alegre-4651941.html

José Chrisóstomo Júnior, 37 anos, foi morto dentro do Postão da Vila Cruzeiro, em Porto Alegre, por volta das 18h30min. Pelo menos seis homens armados teriam invadido o local e atacado o paciente ainda não identificado que recebia medicação no setor de atendimento psiquiátrico. O posto de saúde estava bem movimentado no momento do assassinato. Houve pânico e correria de funcionários e pacientes. A vítima levou cerca de cinco tiros de pistola à queima-roupa. Dois bandidos fugiram numa moto e outros saíram correndo a pé.

-

Homem é executado dentro de posto de saúde na Vila Cruzeiro, em Porto Alegre
Pelo menos seis homens invadiram o Pronto-Atendimento e atiraram à queima-roupa contra um paciente

27/11/2014 | 19h33

José Chrisóstomo Júnior, 37 anos, foi morto dentro do Postão da Vila Cruzeiro, em Porto Alegre, por volta das 18h30min. Pelo menos seis homens armados teriam invadido o local e atacado o paciente ainda não identificado que recebia medicação no setor de atendimento psiquiátrico. O posto de saúde estava bem movimentado no momento do assassinato. Houve pânico e correria de funcionários e pacientes. A vítima levou cerca de cinco tiros de pistola à queima-roupa. Dois bandidos fugiram numa moto e outros saíram correndo a pé.

--

MUITO ESTRANHO - Páginas e mais páginas do Zero Hora de hoje em PB. Inclusive a principal matéria do dia, o anúncio dos novos ministros.

--

SUMIDO - O repórter da RBS/Globo, Giovani Grizotti, está muito quieto. Soube que em janeiro ele larga uma bomba para o Brasil tremer.

--

É O FIM - A diva/deusa Tania Carvalho afirma peremptória, no Facebook:
- O Théo Pereira vai ser morto/morrido.

--

CAMPANHA HUMANITÁRIA - Recebo:
Sabe como é, os velhinhos gostam de um bolinho.

Neste Natal, dê um panetone para o Fernando Albrecht.
Ele adora a iguaria, chega a comer um inteiro, sozinho, no café da manhã.




* * * * *



ponto da fotografia



QUEM CONHECEU O BAR DO DARCI
NA PRAÇA DA MATRIZ?
OLHA NO QUE VIROU!




--

O BABACA QUE NÃO MOSTRA A CARA
E NEM SE IDENTIFICA



Ele sempre se esconde nas fotos, mas na segunda mostro o protótipo do babaquara gordinho.



* * * * *


ponto do vinho e afins



Spa do Vinho participa do Black Friday


Imagine passar momentos mágicos em meio ao Vale dos Vinhedos. Melhor ainda, desfrutar das delícias deste lugar e pagar bem pouco por isso. O Spa do Vinho & Condomínio Vitivinícola entrou na onda do Black Friday e está com uma promoção especial. A reserva da 2ª diária terá uma redução de 90% se for feita nesta sexta, dia 28. “Não podíamos ficar de fora desta promoção que já está consolidada nos Estados Unidos. Queremos que mais turistas conheçam as belezas e as delícias gastronômicas de nossa região”, destaca a gerente comercial, Bianca Bertotto.
Localizado em Bento Gonçalves, o Spa do Vinho – hotel membro do selo Autograph Collection by Marriott International – oferece uma programação única que envolve alta gastronomia, boa bebida, lazer e relaxamento. Além de saborear o melhor da produção vitivinícola e da gastronomia da região, é possível desfrutar do incomparável Spa Caudalie, que oferece uma completa programação de tratamentos corporais e terapias faciais destinadas à revitalização, rejuvenescimento e relaxamento.
As reservas devem ser feitas através do email reservas@spadovinho.com.br ou pelo telefone (54) 2102-7200.
-
Primeiro condomínio vitivinícola com serviços cinco estrelas e Denominação de Origem do Brasil, o Spa do Vinho abriu recentemente seus vinhedos para enófilos que desejam cultivar e produzir seu próprio vinho com a única Denominação de Origem do Brasil – a do Vale dos Vinhedos.








* * * * *



ponto g



DECIDA-SE!! OU COMPAREÇA AOS DOIS!

KLÉCIO AUTOGRAFA - Lançamento do Livro Mercado Central de Pelotas de Klécio Santos
Lançamento e sessão de autógrafos: segunda, dia primeiro. 19 horas
Local: Restaurante Bah
Av. Diário de Notícias, 300 - Barra Shopping Sul

(clica em cima que amplia)



--

MARKUN AUTOGRAFA - Na próxima segunda, dia primeiro,, às 19 horas, o jornalista e escritor paulistano Paulo Markun lança no Centro Municipal de Cultura de Porto Alegre os dois volumes de seu novo livro, “Brado Retumbante”. O evento, composto de palestra e sessão de autógrafos, tem o apoio da Coordenação do Livro e Literatura/SMC.
“Na Lei ou na Marra (1964-1968)” e “Farol Alto Sobre as Diretas (1969-1984)” chegam ao mercado pelo selo editorial Benvirá/Saraiva, como base em mais de 70 entrevistas com políticos, artistas, sindicalistas, intelectuais, jornalistas, artistas que protagonizaram ou testemunharam a redemocratização brasileira. O resultado é um painel abrangente da História do País nas últimas décadas, 50 anos após o Golpe Militar e 30 desde o movimento “Diretas Já”.
 -
De acordo com o autor, “Brado Retumbante” foi idealizado em 1986 e colocado em prática há quatro anos, dedicando-se às entrevistas e à construção da narrativa, com o apoio de uma equipe de pesquisa. “Perseguimos respostas a perguntas essenciais e nem sempre encaradas”, salienta Markun. “Fizemos algumas descobertas”. As quase 500 páginas de cada volume visitam momentos decisivos, como os bastidores da posse do vice-presidente José Sarney no Palácio do Planalto, em meio à agonia de Tancredo Neves (1985). “Eu não queria assumir e recebi telefonemas a madrugada inteira, com a cerimônia marcada para a manhã seguinte”, revela Sarney em um dos momentos mais interessantes da publicação.
Paralelo à produção dos dois volumes, Markun criou o portal www.bradoretumbante.org.br, que disponibiliza de forma interativa para qualquer internauta, vários dos materiais coletados durante a pesquisa, traçando uma verdadeira linha do tempo do período. É possível clicar nas imagens de comícios do Diretas Já, por exemplo, e contar a sua história. Algumas delas fazem parte do livro.

--

OI NO RS - A Oi investiu nos nove primeiros meses de 2014, mais de R$ 200 milhões no RS (R$ 1,2 bilhão nos últimos cinco anos). A companhia vem priorizando investimentos em suas redes de telecomunicações, com foco no tripé Operações, Engenharia e TI, para melhoria da qualidade do serviço aos clientes em todas as regiões. Neste mês de novembro, a Oi alcançou 104 mil clientes do seu serviço de TV por assinatura no Rio Grande do Sul.  A Oi TV conquistou mais de 10 mil novos clientes neste mês no estado. A empresa vem apresentando ofertas com a melhor relação custo x benefício, com uma grande variedade na programação, com a inclusão de diversos canais em HD com canais HBO/MAX e Telecine e de canais locais em alta definição que atualmente são apenas oferecidos pela Oi TV na tecnologia DTH, a partir de R$ 49,90/mês. Recentemente Oi TV anunciou também o lançamento de dois novos serviços: o Oi Filmes e o DVR (gravador digital). A Oi TV conta hoje com mais de um milhão de clientes em sua área de atuação: todo o Brasil, menos o estado de São Paulo.
-
De janeiro a setembro de 2014 a Oi instalou mais de 40.080 portas de acesso à internet banda larga no Rio Grande do Sul. Também foram implantados 117 novos sites 2G, 3G e 4G no estado. Os sites são os locais onde ficam as antenas que realizam a transmissão do sinal do telefone celular. A Oi tem cobertura móvel em todo Rio Grande do Sul e conta com aproximadamente 4,9 milhões de clientes nos serviços de telefonia móvel e fixa, banda larga fixa e TV por assinatura, além de operar 45 mil telefones públicos.
 -
A Oi lançou neste mês oferta de telefonia móvel pré-paga em que o cliente pode falar por até 300 minutos com celulares e fixos da Oi de todo o Brasil (usando os códigos 31 ou 14), por apenas R$ 0,50 por dia. O cliente pode usufruir dos serviços de internet no celular de 5MB, 500 SMS (sendo que dessas, até 30 para outras operadoras) e acesso à rede Oi WiFi até o fim do dia, por R$ 0,99 por dia. A oferta não tem recarga mínima, ou seja, todas as recargas são válidas para aproveitar as tarifas promocionais. A nova oferta disponibiliza serviços completos de voz, internet  celular, SMS e Oi WiFi, com cobrança por dia, e reforça a estratégia da Oi, que foca no crescimento do segmento pré-pago.
A Oi também oferece ligações DDI por R$ 0,19 o minutos para fixos e móveis dos Estados Unidos e Canadá e por R$ 0,31 o minuto para fixos e móveis de diversos países (Alemanha, Argentina, Austrália, Bélgica, Chile, Colômbia, Coréia do Sul, Costa Rica, Croácia, Equador, Espanha, França, Grécia, Holanda, Inglaterra, Irã, Itália, Japão, México, Nigéria, Portugal, Rússia, Suíça e Uruguai). Não é necessário fazer cadastro, nem pagar mensalidade, ou seja, o cliente só paga quando ligar. Para usar a tarifa promocional, o cliente só precisa usar o código da Oi  (31 ou 14, dependendo da sua localidade) nas suas ligações DDI.



* * * * *



ponto da piadinha


Meus amigos. Essa é do Rick Jardim:




--







* * * * *



ponto final



A ÚLTIMA CHANCE DO ANO






Quem ainda não foi não terá outra chance. Os tradicionais confrades estarão presentes, ávidos por um papo furado, muita risada e o delicioso pancho.
Isso!! A 11ª reunião da Confraria do Cachorro Quente - a última de 2014!
Vai ser no Posta del Diablo, na rua Lima e Silva, 687 - quase ao lado do Nicus (antes de chegar na República). No dia 4 de dezembro, uma quinta-feira, a partir das 19 horas.
Estão todos convocados! Não terão convites individuais!


Quinta, 27 de novembro de 2014



Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.






ponto do dia



ATENÇÃO!! A CRISE É SÉRIA!!

PATRIMÔNIO DA RBS VAI A LEILÃO


  • Leilão de Imóveis Grupo RBS - 12/12/2014 - 11h
  • Local: Av. dos Estados, 1909 - Porto Alegre (RS)




Seu Maurício Sirotsky jamais venderia seus bens para quebrar galho. O fundador da RBS era do tempo em que se comprava imóveis para o dinheiro sempre estar valorizando. Os mais ricos tinham dezenas, centenas de imóveis.
Hoje, não, os moderninhos não pensam assim. Dudu/Duda, o presidente jovem e tímido, despreza isso. Papel é o que vale e já me disseram que o seu ídolo é o Eike Batista.
-
Pois bem, os moderninhos da RBS começam a meter o pau no patrimônio.
O dito leilão vai ser no Hotel Deville Porto Alegre Aeroporto, na avenida dos Estados, 1909, bairro Anchieta, em Porto Alegre.
-
São 11 imóveis, no RS e Santa Catarina.
Alguns exemplos:


Porto Alegre/RS - Cristo Redentor - Rua Marco Polo, 505 - Edifício Torres do Forte. O
apartamento nº 919, do tipo “cobertura”, com 144,33m² situado no Bloco "C" e o Box nº 136,
com 10,58m². Matrículas 101.381 (ap.) e 101.228 (box) do 4º RI de Porto Alegre. Proprietária:
Zero Hora Editora Jornalística S/A. Obs.: Desocupado. Visitação a combinar com o Leiloeiro.
Lance Inicial: R$ 168.000,00 (cento e sessenta e oito mil reais)


-

Porto Alegre/RS - Belém Novo - Condomínio Terraville Belém Novo Golf Club - a Unidade
Residencial nº 1127, a ser construída, com área superficial de terreno de 679,87m². Matrícula
116.069 do 3º RI de Porto Alegre. Sobre o terreno do Condomínio incide uma Área de
Preservação Permanente - APP. Proprietária: RBS Zero Hora Editora Jornalística S/A. Obs.:
Desocupado. Visitação a combinar com o Leiloeiro.
Lance Inicial: R$ 80.000,00 (oitenta mil reais)

-



Porto Alegre/RS - São Sebastião - Rua Miguel Di Giorgio, 170 - Edifício Principado de Firenzi.
O apartamento nº 503, do tipo "duplex", com 135,25m² situado no Bloco "C" e os Boxes nºs 13
e 27, com 10,58m² (cada). Matrículas 117.576 (ap.), 117.540 e 117.554 (boxes) do 4º RI de
Porto Alegre. Proprietária: Zero Hora Editora Jornalística S/A. Obs.: Desocupado. Visitação a
combinar com o Leiloeiro.
Lance Inicial: R$ 280.000,00 (duzentos e oitenta mil reais)

-

Joinville/SC - Iririu - Rua Azulão - terreno com área de 700m² - Zona Z04-05. Matrícula 38.158
do 1º RI de Joinville. Proprietário: A Notícia S/A Empresa Jornalística. Obs.: Ocupado.
Desocupação por conta do comprador.
Lance Inicial: R$ 125.000,00 (cento e vinte e cinco mil reais

-

Esteio/RS - Um terreno composto dos lotes 1, 2, 3, 4 e 5 da quadra B, medindo 47,50m de
frente à estrada que vai à Gravataí; 27,00m de largura nos fundos, a entestar com o lote nº 6;
57,00m no alinhamento de uma rua sem denominação e 49,00m de comprimento pelo outro
lado. Matrícula 5613 do RI de Esteio. Proprietária: Zero Hora Editora Jornalística S/A.
Obs.: Ocupado. Desocupação por conta do comprador.
Lance Inicial: R$ 120.000,00 (cento e vinte mil reais)

--

Viu no que deu, Dudu/Duda?
Fica contratando comedores de sucrilhos com nescauzimho e aí faltam os pilas pra pagar os salários. E está comprovado que não adianta ficar demitindo funcionários, o que faz afundar, ainda mais, os teus principais produtos.
Vender cerveja e vinho não é o canal, até porque os teus "executivos" só gostam de nescauzinho.




* * * * *



ponto da perguntinha



Por tratar de RBS, evento, publicidade, ARP - Associação Riograndense de Propaganda:
Durante o Jantar da Propaganda, bonita promoção da Associação Riograndense de Propaganda - ARP -, tornou-se uma tradição que os prêmios do ano sejam entregues pelo vencedor do ano anterior.
Desta vez, o veículo do ano foi o Zero Hora. No ano passado foi o Metro.
O normal seria que um representante do Metro entregasse o prêmio a alguém do Zero Hora, não?
NÃO FOI ASSIM. NÃO CHAMARAM UM REPRESENTANTE DO METRO!

POR QUE, DIRETORES DA ARP, O REPRESENTANTE DO METRO NÃO ENTREGOU O PRÊMIO AO REPRESENTANTE DO ZERO HORA?

Não, não acredito no que me dizem!!
A soberba dos bestas do Zero Hora não pode ter contaminado uma entidade tão democrática quanto a ARP!!



* * * * *



ponto midiático



MUITO LEGAL!

Recebi ontem e hoje um montão de mensagens em função de ter ganho o Prêmio Press na categoria Jornalismo de Web. Bah, fico mais bobo e exibido ainda. Todos muito gentis.
-
Em compensação, olha isso aí embaixo.

--

UM ANÔNIMO COVARDE E COITADO

Já avisei, mas eles não se emendam. Não dou a menor bola para essas figuras anônimas que me enviam comentários com xingamentos. Alguns são bem engraçados. Ontem, por exemplo, um desses escreveu que estou "na capa da gaita". Hahaha!!! Outro me olhou tanto nas fotos, que estranhou a jaqueta que vestia. Outro falou do meu cabelo. Muito engraçados, mas não entendo porque insistem em fazer o número de visitantes do Blog do Prévidi ser cada vez maior. A cada dia!
-
Ontem, um amigo de Caxias me mandou um email contando que um sujeito no twitter estava me "ofendendo".
E explicou:
"...cidadão é mais um rottweiler do plenipotenciário. O nome deste cidadão é...".
Entenderam? O "cidadão" em questão tem um nome que parece que saiu de um programa de "humor", como o Zorra Total, e apresenta um programa que consegue ser muito pior do que o citado "humorístico". Claro que não escrevo o nome dele porque vão pensar que estou gozando.
O "plenipotenciário" é ele mesmo, o pleni, o idiota, da Rádio Gaúcha.
No twitter, o capacho do pleni, o idiota "aparece" numa foto de costas e "assina" e001.
-
Vejam como o tal capacho é engraçadinho:


Notaram? O cara tem vergonha do nome e da cara!



Não intindi o cabeçalho


A primeira tá boazinha. É um baita humorista:
- Deve ser redator daquele jornal muito engraçado.
- Qual?
- O Zero Hora!

--

O ENGRAÇADO AÍ DE CIMA É DE CAXIAS. ESTA É EM SUA HOMENAGEM!
INCRÍVEL!! O SUJEITO FOI BALEADO OU SE MATOU? JANELA ASSASSINA?


Violência26/11/2014 | 17h31Atualizada em 26/11/2014 | 17h49

Rapaz é baleado na cabeça pela janela de banheiro, em Caxias do Sul

Vítima está internada com ferimentos graves no Hospital Pompéia


a legenda:
Local do crime fica no bairro PlanaltoFoto: CRPO Serra/Divulgação


Felipe Rodrigues de Azevedo, 23 anos, foi internado com ferimentos graves no Hospital Pompéia, em Caxias do Sul. Por volta das 16h desta quarta-feira, ele levou um tiro na cabeça.

Segundo o Comando Regional de Polícia Ostensiva (CRPO/Serra), o rapaz estava no banheiro da residência onde mora, na rua Natal Idalino Fadanelli, bairro Planalto, quando foi atingido. Azevedo recebeu o primeiro atendimento do Samu. CRPO confirmou que se trata de suicídio.
PIONEIRO


--

SAMBA DO CRIOULO DOIDO NO CP - Recebo:

É o verdadeiro samba do afrodescendente desprovido das faculdades intelectuais.
O jogo, no Morumbi, foi 1x0 para o SP, que havia perdido na Colômbia pelo mesmo placar. Portanto, o tricolor não podia 'exercer uma vantagem' que não tinha nem o Nacional 'devolver' o resultado.
O resultado de 4x1 nos pênaltis foi na primeira série. Não houve cobranças de desempate.

Nacional elimina o São Paulo da Copa Sul-Americana

Colombianos devolveram 1 a 0 no tempo normal e fizeram 4 a 1 nos pênaltis
O São Paulo não conseguiu exercer a vantagem do primeiro jogo e acabou perdendo a chance de ser campeão em 2014. O Nacional de Medellin venceu nos pênaltis, após devolver o 1 a 0 em pleno Morumbi, e segue para a final da Copa Sul Americana, contra Boca Juniors ou River Plate. 
Alan Kardec escorregou numa penalidade e, nas cobranças de desempate, Rafael Toloi também desperdiçou: 4 a 1 para os visitantes e vaga na decisão.
É a segunda vez consecutiva que o São Paulo fica pelo caminho na Sul-Americana. Em 2013, a Ponte Preta foi o algoz das semifinais e, agora, o Atletico Nacional. Agora, o time colombiano aguarda quem passar de Boca Juniors e River Plate, que se enfrentam nesta quinta-feira, às 21h45, no Monumental de Núñez. O primeiro jogo, na Bombonera, terminou empatado sem gols.

--

TV GAGÁ - Hoje, quinta,  dia 27 de novembro, de manhã,  a TV Pampa transmitia o programa Sábado Total.




* * * * *



ponto midiático especial




RESCALDO DO PRÊMIO PRESS 2014


A FOTO DO EVENTO

O mais legal foi o comentário que Adelino Colombo fez:
- Gostei do que tu falou depois de receber o prêmio.


--

OUTRAS BOAS FOTOS DO EVENTO





--

RAPIDÍSSIMAS

(clica em cima que amplia)
Karla Krieger

Roberta Scherer

ÍDOLO - Depois de enfrentar com bravura aquela doença horrorosa nos pumões, o jornalista, escritor (e dentista, Jayme Copstei, está a milhão. Logo recomeça coim o site.

DEUSA - Débora de Oliveira (SBT) estava exuberante na festa do Prêmio Press. Toda de azul, "do Novo Hamburgo".

DEUSA 2 - Não a via há muito tempo e quase não reconheci no lusco-fusco do auditório. A magnífica Sandra Goulart, que está na chefia da assessoria de comunicação da Câmara de Vereadores. Uau!!

DEUSA 3 -  Karla Krieger, apresentadora da TV Pampa, é esplendorosa. Está lá em cima. Com todo o respeito, porque é casada e com três filhos. Me dizem que é irmã do Kevin.

DEUSA 4 - Cátia Bandeira, a sócia da maravilha Ana Cássia Hennrich, por pouco não deixa de ser minha ídola: está muito magrinha!

DEUSA 5 - Nelci Guadagnin, a diretora da Editora Press, estava um sonho!

DEUSA 6 - Lindas as duas estagiárias que concorreram, ambas do SBT: Julia Braga e Roberta Scherer.
A Roberta venceu. Sugeri que passem o Wilson Rosa para a cozinha e coloquem a Roberta no vídeo. Hahaha!!! Olha ela lá em cima.

DEUSA 7 - Mari Crim Caetano, da Bureau Krim, estava elengatérrima, como diriam os colunistas sociais do século passado. Hoje devem escrever "elegantéSima". E eu vou no popular: MARAVILHOSA!!

FUTURO DA WEB - Quem sacou foi o Felipe Vieira:
- A internet é mesmo da juventude. Vejam os cinco finalistas do Prêmio Press como jornalista de WEB. Não tem um com menos de 50 anos.
Olha a foto do João Mattos:

PC Flores, Gilnei Lima, Ricardo Orlandini, Ilgo Winck e eu.
Juventude na WEB!!


* * * * *



ponto g






GOSTEI DO CARA AÍ DE CIMA



Para quem não sabe, é o presidente da Celulose Riograndense, Walter Lidio Nunes. Gaúcho de Porto Alegre, morou 33 anos no Espírito Santo, onde acompanhou a instalação da primeira fábrica de celulose da Aracruz, que seria a mais moderna do mundo. Por isso muitos acreditam que seja capixaba.
Ontem foi o almoço de final de ano com a imprensa, em Guaíba.
Respondeu a todas as perguntas sem papinho furado - deu pau em que merecia e elogiou com a mesma desenvoltura.
Quando perguntaram se o governador eleito José Ivo iria apoiar o bilionário investimento da CR, ele foi taxativo: "Tivemos o apoio dos governadores Germano Rigotto, Yeda Crusius e Tarso Genro. Por que não teremos do governador Sartori?". Disse que a situação do RS vai exigir a busca da união de todos para que "consigamos enfrentar o grave endividamento do Estado”.
E pau na burocracia do Estado: "Não se pode esperar até dois meses para receber uma licença para retirar uma ampola de água coletada no rio para análise".
-
Como alguém pode ser contra um empreendimento destes?
A ampliação da Celulose Riograndense tem um investimento de  5 bilhões de reais, um dos maiores investimentos privados de toda a história do RS. E Walter colocou na cabeça que a inauguração será em 3 de maio de 2015. A capacidade de produção de celulose sairá dos atuais 450 toneladas anuais para 1,8 milhão de toneladas ao ano - 90 por cento disto é para exportação.




* * * * *



ponto da piadinha







* * * **



ponto final




EXCLUSIVO!! EXCLUSIVO!! EXCLUSIVO!!



MÉRCIO TUMELERO É O SECRETÁRIO
DA EDUCAÇÃO DO GOVERNADOR JOSÉ IVO



Alô Zero Hora!!
Levaram nas guampas!!
-
Mércio Cláudio Tumelero é o atual diretor-presidente da Cia. Jornalística J. C. Jarros, que edita o Jornal do Comércio de Porto Alegre.
É acionista e um dos principais executivos da Tumelero Materiais de Construção S.A.
-
É NOME CERTO PARA A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO RS, EM FUNÇÃO DE SUA EXPERIÊNCIA COM TUDO QUE DIGA RESPEITO A CONSTRUÇÃO.
ESPECIALMENTE COM PISOS.
-
Os professores podem estar certos de que Mércio Cláudio irá brindá-los com um piso absolutamente de primeira qualidade, como reza a legislação vigente!
Parabéns, mestres!!
Parabéns, Mércio Cláudio!!


Mércio Cláudio já conversa com seus amigos empresários

Quarta, 26 de novembro de 2014



Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.








ponto do dia especial




AS VEZES É BOM SE EXIBIR!



Ontem foi a festa do Prêmio Press 2014.
Muito legal.
Gostei dos dois homenageados: Adelino Colombo, das Lojas Colombo, e Rogério Mendelski, da Rádio Guaíba.
Também gostei da maioria dos premiados. Quase todos mereceram o Prêmio.
Fiquei contente com bons amigos que venceram.
-
Pela quarta vez venci na categoria Jornalista de Web. Em 15 anos do Prêmio. Uma boa média.
Mas ressaltei, no meu "discurso", que o mais importante é ser o indicado pelo voto popular e voto profissional. E há 10, 11 anos estou sempre entre os cinco finalistas.
-
A exibição abaixo foi em casa, com os 4 troféus:.
Uauuuu!!!!









* * * * *



ponto midiático especial




A FESTA DO PRÊMIO PRESS 2014



As fotos oficiais ainda não chegaram.
Hoje, tive que sair no meio da manhã e apenas recebi uma foto do repórter do SBT Wilson Rosa e outras do Edu Cesar, do site Papo de Bola.
À tarde coloco mais e a matéria completa.



O coquetel


Uma geral dos premiados


Entrevista para o meu "concorrente", Ricardo Orlandini


Não é verdade que dei uma esnobada no meu amigo Flávio Pereira

O bom Wilson Rosa, repórter do SBT


Terça, 25 de novembro de 2014 - parte 2



Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.







ponto midiático especial



PARA OS ESQUECIDINHOS
QUE DETESTAVAM PAULO FRANCIS



O jornalista Paulo Francis foi o primeiro brasileiro a denunciar a roubalheira na Petrobras.
Tomou um processo de 100 milhões de dólares.

Leia este texto de Sérgio Augusto. Como curiosidade: Sérgio e Francis escreviam em O Pasquim.


SÁBADO, 22 DE NOVEMBRO DE 2014


Suíça connection

Operação Paulo Francis levou 17 anos para se concretizar. Lava Jato é só seu nome fantasia


SÉRGIO AUGUSTO - O ESTADO DE S. PAULO






No dia 14 dei uma de Stanislaw Ponte Preta e gozei, no Twitter, o nome dado à Operação Lava Jato, que alguns ainda grafam com hífen. Se não havia na história um avião a jato, nem sequer um prosaico ultraleve a ser lavado, a expressão era descabida. Dada sua clara intenção de conotar uma faxina em regra, como a executada nos carros em postos de gasolina, o nome correto seria “lava a jato”.
Minha picuinha onomástica, de imediato turbinada pelo Facebook, cumpriu apenas uma parte do seu objetivo: divertir os internautas com mais essa prova de que o Febeapá (Festival de Besteiras que Assola o País), inventado há cinco décadas por Stanislaw, ainda não encerrou suas atividades.
Indiferente ao flagra vernacular e às gozações nas mídias sociais, a Polícia Federal manteve o nome (e até o hífen) de sua operação, concentrando-se nos afazeres que lhe competem, a fim de evitar bobeadas mais sérias, como os erros processuais que inviabilizaram as operações Castelo de Areia e Satiagraha, e a indevida inclusão de José Carlos Cosenza na petrorroubalheira, que por um triz não comprometeu a limpeza em andamento, àquela altura já com uma extensão: Juízo Final, nome mais que apropriado se as investigações estiverem de fato em seus versículos derradeiros e os condenados, prestes a serem punidos.
Agindo com impressionante competência e rapidez na perseguição aos saqueadores da maior empresa pública do País, a PF tem saldo credor para cometer impunemente mais umas duas ou três mancadas ortográficas.
Aliás, não me lembro de outra nas mais de 2 mil operações por ela executadas neste século, ora batizadas com nomes de bichos, ora com títulos de filmes, na maioria das vezes com personagens e episódios históricos e mitológicos. Por mais que tentem esconder quem os sugere (o segredo também é a alma do marketing), sabe-se que até 2007 quem com mais frequência o fazia era o delegado Zulmar Pimentel, diretor executivo da PF, afastado do cargo e desterrado para Manaus com a fama de boquirroto.
Ignora-se quem associou a caça aos envolvidos no escândalo da Petrobrás à lavagem de carros. Seja lá quem for, seu maior erro não foi omitir uma preposição e acrescentar um hífen, mas desperdiçar a oportunidade de homenagear quem pela primeira vez alertou publicamente para a rapinagem na Petrobrás.
Há quase 20 anos, o jornalista Paulo Francis denunciou, no programa Manhattan Connection, que “todos os diretores da Petrobrás” punham dinheiro na Suíça. Apesar do alerta em off de Lucas Mendes (“olha, que dá processo”), Francis não tirou o dedo do gatilho. Referiu-se a um amigo, advogado, que num almoço com um banqueiro suíço ouvira deste o seguinte comentário: “Bom mesmo é brasileiro, porque esses bilionários árabes depositam US$ 1 milhão, US$ 2 milhões, mas uma semana depois tiram. Os brasileiros põem US$ 50 milhões, 60 milhões e deixam”. Segundo Francis, toda aquela grana era fruto de roubalheira, de superfaturamento.
Novo alerta de Lucas, dessa vez gestual (um discreto tapinha no braço direito), novamente ignorado por Francis, que reiterou sua certeza de que a Petrobrás fora dominada “pela maior quadrilha” em atividade numa empresa pública brasileira.
Lucas suspeitou certo: deu galho. Não contra a quadrilha vagamente apontada por Francis (o que só poderia ocorrer se o então presidente da Petrobrás, Joel Rennó, tivesse mandado investigar a procedência das acusações e as tivesse comprovado), mas contra o próprio acusador.
Sem provas concretas para substanciar sua denúncia, Francis acabou processado por Rennó, no foro de Nova York. Um processo impagável de US$ 100 milhões, ao qual o jornalista ainda se referiria em outra edição do Manhattan Connection, quando citou nominalmente o presidente da Petrobrás e acusou os diretores da estatal de tentarem intimidá-lo e silenciá-lo.
Nesse programa, houve um diálogo quase cômico entre Lucas e Francis. Ao ouvir o colega afirmar que, dos “três porquinhos” que dirigiam a Petrobrás, conhecia apenas o presidente, “um rapaz gordinho” que comia “nos melhores restaurantes de Nova York”, Lucas quis saber se já haviam comido juntos alguma vez. “Infelizmente, já”, respondeu Francis, simulando um engulho.
Se Francis errou ao dizer o que disse sem provas materiais, o presidente da Petrobrás não podia tê-lo processado nos Estados Unidos por coisas ditas numa televisão brasileira e jamais transmitidas fora do Brasil, embora gravadas num estúdio nova-iorquino. Muito menos envolvendo uma indenização que, hoje sabemos, só os petrogatunos teriam condições de pagar com seu butim, guardado aqui e lá fora.
Mesmo ciente de que perderia o caso, o presidente da Petrobrás esticou o litígio até onde pôde. Queria infernizar o jornalista, e como dispunha de recursos ilimitados para cozinhar o processo, manteve-o em banho-maria, para discreto constrangimento do presidente Fernando Henrique Cardoso, que tampouco se empenhou em esclarecer se as imputações de Francis tinham ou não fundamento.
Rennó afinal venceu a parada. Mas não nos tribunais.
Estressado e deprimido pela milonga judicial, Francis morreu de um ataque cardíaco, em 4 de fevereiro de 1997. Na Folha de S. Paulo do dia seguinte, Elio Gaspari encerrou seu comentário com esta observação: “Dizer que o processo do doutor Rennó o matou seria uma injustiça piegas, verdadeira estupidez. O que aconteceu foi outra coisa. O doutor Rennó conseguiu tomar uma carona no último capítulo da biografia de Paulo Francis. E, se algum dia Rennó tiver biografia, terá Paulo Francis nela. É difícil que consiga fazer coisa melhor, sobretudo à custa do dinheiro da viúva”.
A Operação Paulo Francis demorou 17 anos para se concretizar. “Lava-Jato” é apenas seu nome fantasia.


Terça, 25 de novembro de 2014



Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.









um Bom Dia! especial



Para  os  780 bravos funcionários de secretarias e órgãos de Porto Alegre que entregaram formalmente um pedido de abertura de CPI para  investigar as condições de atendimento à saúde e o "trabalho" do secretário Carlos Henrique Casartelli. O abaixo-assinado lista 14 fatos determinantes para a abertura da CPI. Para ser aceito o pedido de CPI, são necessárias as assinaturas de 12 vereadores.
Perguntinha: quantos processos Casartelli responde na Justiça?


Funcionários da Saúde "adoram" o Secretário Casartelli
Foto de Cristiane Moreira




ponto do dia



AMIGOS SÃO INDELETÁVEIS


O espaço hoje é do Gilberto Jasper,  jornalista.

Meu celular é um modelo simples. Fazer e receber ligações, enviar e receber torpedos. É o meu cotidiano. Mas é intensa a pressão para adotar um aparelho sofisticado que acesse as redes sociais. Colegas e familiares - principalmente os meus filhos, jovens adultos - cobram uma atualização tecnológica.
Dois temores impedem esta mudança: o temor de virar escravo, do tipo que acessa freneticamente as mensagens de texto, e o medo de perder parte (ou a totalidade) da minha agenda. É uma lista com mais de 400 nomes com os respectivos números, colecionados em mais de 30 anos de jornalismo.
Em busca de mais espaço reviso com frequência esta minha relação de contatos. Ultimamente esta rotina se transformou num doloroso exercício, gerando tristeza e depressão, e provocando reflexões sobre a vida.
Ao longo de 2014 estes sentimentos se intensificaram. Perdi inúmeros amigos, ex-colegas e conhecidos. Sábado, ao me despedir do jornalista Celito de Grandi num crematório de Porto Alegre, tiquei sozinho para me dar conta de quão efêmera é a vida.
Soube do falecimento do amigo Celito na sexta-feira à noite, pouco antes de dormir. Comentei sobre o fim abrupto das amizades que florescem ao longo da nossa existência.
- Tu tá é ficando velho, pai! – disse o Henrique, estudante de Jornalismo, 19 anos de muita energia, inúmeras expectativas e planos, mas com doída verdade.
Ele tem razão.
O avanço do tempo empresta sabedoria. Mas machuca ao tolher afetos forjados em nossas relações. Ao ministrar palestras e no relacionamento diário com estagiários enfatizo a importância de valorizar os amigos. Eles nos socorrem nos momentos de dificuldade, são apoio quando uma demissão nos coloca à beira da depressão e representam eterna esperança de recomeço.
Cargos, bons salários e posições de destaques são temporários. Só permanecem os verdadeiros afetos. Por isso sofro tanto com a perda de amigos de longa data ou as recentes amizades promissoras.
Amigos são “gente guardada no lado esquerdo do peito”, escolhidas por vontade própria. O laço que nos mantêm unidos independe da frequência dos encontros. O sentimento supre as ausências que se torna definitivo quando o círculo da vida se rompe.
Por medo de perder contatos tenho enorme dificuldade em aceitar a perda, sou cético em acreditar que um amigo se foi. Nego-me a deletar nomes da minha agenda do celular. Um dia - quem sabe? - talvez, descubra-se ter ocorrido um engano. Eu não me perdoaria se não tivesse como ouvir outra vez a voz das pessoas que foram inesquecíveis na minha vida.



* * * * *



ponto da reflexão



Quando ouço no noticiário o quanto foi roubado da Petrobras, sinto saudade do governo Itamar Franco.
Ele quase foi derrubado por causa de uma xoxota...

Auber Lopes de Almeida, jornalista





* * * * *



ponto da perguntinha



Chega a ser constrangedor o silêncio dos vereadores de Porto Alegre com relação ao jogo de braço entre Prefeitura e ATP, a associação dos empresários de ônibus.
Por que não se manifestam, por que não defendem posições?
Não posso acreditar no motivo que me contam.
-
O espaço está a dispsição.



* * * * *



ponto midiático



ATENÇÃO PARAQUEDISTAS!




Trabalhei muitos anos na Assembleia Legislativa. E SEMPRE me impressionou uma jornalista "vendendo" para os colegas o deputado estadual José Ivo Sartori. Isso lá na década de 80.
Era a Eunice Flores, que está ao lado do governador, de óculos.
Quando começam a especular nomes e mais nomes para exerceram funções no Palácio Piratini sempre falo na Eunice. Pode exercer qualquer cargo.
Hoje ela está na Prefeitura de Porto Alegre - informação do seu perfil no facebook.
(A conheço desde que foi repórter da TV Pampa. Acredito que nem ela se lembra que trabalhou lá!)

--

DUDU/DUDA ESTÁ ENLOUQUECIDO!! - Ele mesmo, o presidente jovem e tímido do Grupo RBS.
Não satisfeito em "ganhar" todos os prêmios imagináveis no RS, Dudu/Duda quer mais.
Me contam que ele teve um ataque apoplético quando viu o seu chefe Roberto Irineu Marinho presidente do Grupo Globo, recebendo o Grammy de  Personalidade Mundial da Televisão, em evento realizado em Nova York.
- EU QUERO UM PRA MIM!! EU QUERO UM GRAMMY!!
Outros "executivos" comedores de sucrilhos com nescauzinho tentaram, em vão, comentar que o Grammy não é uma premiação como as que ele está acostumado.
Estava inconsolável!
Coitado!!

--

GENIAL!! O CÚMULO DA PRECISÃO!! 1.005 - Recebo:



--

DA "PRODUTORA DE CONTEÚDO" - Na matéria do ZH, sobre a prisão de um tal de Gordo, no Paraná:

A polícia identificou vários tipos de crimes praticados. Chamaram a atenção dos agentes o uso e falsificação de documentos falsos para tentar regularizar na Marinha do Brasil uma lancha roubada. Os outros crimes são roubo, furto e clonagem de veículos, estelionato e furto e roubo de embarcações.

--

ESCOLA ZH - Agora, os "executivos" comedores de sucrilhos com neucauzinho também fazem escola.
Em Novo Hamburgo a coisa é assim.
Recebo:

Trata-se de um executivo comedor de sucrilhos com toddynho, Eduardo Gusmão, filho do Mario Alberto Gusmão, co-fundador do Grupo Sinos.
Na sexta-feira mais dois foram "desligados" do Grupo: os: fotógrafos Néia Dutra e Rodrigo Rodrigues.
No início do ano, Eduardo ficava indeciso se andava com a Porsche branca ou com a Porsche preta...

--

ESCOLA ZH NO CP


--

ALÔ FLÁVIO DUTRA E DEMAIS APRECIADORES DE CALDÁVEIS!

Olha o biquinho!!






* * * * *



ponto g



NADA COMO TER LEITORES ATENTOS!
TODO MORADOR DE PORTO ALEGRE TEM QUE SABER DISSO - Ontem publiquei isso:

PREFEITURA X CEEE - Na sexta retrasada funcionários da CEEE cortaram, na Rua da República, os galhos dos jacarandás que atrapalhavam os fios. Fizeram montes dos galhos e os dias foram passando e ninguém aparecia para recolher.
Alguns ligaram para a SMAM e DMLU. Funcionários dos dois foram definitivos: se a CEEE cortou tem que recolher. Por sua vez, os funcionários da CEEE diziam que a coleta era responsabilidade da Prefeitura.
Pois bem, neste domingo, um caminhão da CEEE apareceu para retirar os galhos. Era equipado com um pequeno guindaste para "transportar" os galhos da calçada para a caçamba.
Coisa de funcionário público preguiçoso: os galhos que caiam, no "transporte" eles não juntavam.
Outra: uma pitangueira atrapalhava o "transporte" do tal guindaste. Não tiveram dúvida em passar a motoserra nos galhos que "atrapalhavam.
-
Fiquei matutando: quando uma árvore cai, durante um temporal, os barnabés informam que somente São Pedro tem que retirar o "indivíduo arbóreo"?
--
Aí o competente Marco Aurélio Souza envia:

http://www.ceee.com.br/pportal/ceee/Component/Controller.aspx?CC=65799
04/06/2014
Convênio entre CEEE e Smam melhora gerenciamento de poda de árvores em Porto Alegre

A Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D) e a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam) assinaram, nesta quarta-feira, 04, um convênio que traz avanços no gerenciamento dos resíduos de árvores que sobram após o trabalho de poda junto às redes de energia elética. Segundo os técnicos das duas instituições envolvidas no trabalho, além de melhorar a limpeza da cidade, a partir dessa parceria, será possível ampliar o reaproveitamento de material orgânico gerado nesse processo, evitando desperdício de matéria-prima que acabaria descartada em aterros sanitários. Somente na Capital, por mês, através da desobstrução de árvores e redes elétricas, a CEEE é responsável por 260 toneladas de resíduos.

O documento foi assinado pelo secretário do Meio Ambiente, Cláudio Dilda, pelo procurador-geral do Município, João Batista Linck, pelo diretor-geral do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), André Carús, pelo diretor-presidente do Grupo CEEE, Gerson Carrion de Oliveira, e pelo diretor de Distribuição da CEEE, Guilherme Toledo Barbosa. O convênio disciplina e possibilita à concessionária de energia a execução de podas de árvores que estejam interferindo no bom funcionamento do sistema elétrico, substituindo as autorizações pontuais e garantindo o correto manejo da arborização e o destino adequado para os resíduos. A promotora de Justiça de Meio Ambiente Ana Marchezan e o gerente Metropolitano da CEEE-D, Marcelo Paludo, assinaram como testemunhas.

Pelo acordo, as equipes de poda da CEEE deverão passar por capacitação de 16 horas/aula antes do início das atividades e serão acompanhadas por técnicos agrícola, florestal ou agropecuário para realizar o serviço. Entre os destaques do convênio está a cláusula que proíbe a poda que mutile ou desequilibre a copa do vegetal. Os galhos podados devem ser recolhidos imediatamente após a realização dos serviços programados e levados para a Unidade de Triagem e Compostagem (UTC) do DMLU, onde serão triturados. A CEEE irá instalar, até o final deste ano, na UTC, um equipamento para triturar os galhos, facilitando os processos de compostagem e destino final.

O presidente do Grupo CEEE, Gerson Carrion de Oliveira, destacou que esse convênio segue um dos objetivos da Empresa, que é melhorar constantemente a qualidade do fornecimento de energia elétrica e diminuir o número de interrupções. Ele acrescentou que, na região Metropolitana, a CEEE-D possui ações dessa natureza com as Prefeituras de Butiá, Charqueadas, Eldorado do Sul, Guaíba, São Jerônimo e Viamão, e já há negociações semelhantes também para efetivar parceria com a administração do município de Alvorada.

O diretor de Distribuição da CEEE, Guilherme Barbosa, acrescentou a adoção de outras ações que estão sendo implantadas pela Companhia para reduzir interrupções de energia elétrica, como a construção de redes compactas e ecológicas, que utilizam tecnologia mais adequada em locais que possuem grande arborização. A Capital gaúcha, por exemplo, segundo dados da administração municipal, conta com 1,3 milhão de árvores plantadas nas vias urbanas.

Recentemente, também, houve assinatura de termo de cooperação técnica entre a Regional da Companhia de Rio Grande com o Corpo de Bombeiros e a Prefeitura Municipal.
Responsabilidades ajustadas pelo Acordo:

Cabe à CEEE:
- Executar as podas programadas mediante acompanhamento de técnicos agrícolas, florestal ou agropecuário;
- Evitar a poda de galhos que abriguem ninho habitado de aves e informar a Smam para a adoção dos procedimentos adequados;
Efetuar o imediato recolhimento dos resíduos de vegetais após a execução dos serviços programados e no prazo de 24 horas, em caso de podas emergenciais;
- Informar à Smam, semanalmente, a localização das turmas de poda e os serviços a serem executados;
- Encaminhar à Smam, mensalmente, relatório das intervenções realizadas, detalhando a data da intervenção, o nome do logradouro com numeral e a quantidade de vegetais podados;
- Realizar a divulgação dos serviços de poda por meio da instalação de placas informativas, com os dizeres: “veículo trabalhando a serviço da CEEE”;
- Realizar capacitação com no mínimo 16h/aula dos colaboradores que irão efetuar os serviços de poda;
- Adquirir, instalar e ceder ao DMLU, na forma de comodato, equipamento para a trituração de galhos;
- Elaborar projeto da rede elétrica, especificando o transformador para a instalação do triturador.

Cabe à Smam:
- Dispensar a CEEE da necessidade de requerer autorizações pontuais para cada intervenção arbórea. As regras, porém, não se aplicam às espécies vegetais consideradas em extinção, tombadas ou localizadas em Áreas de Preservação Permanente, exceto quando em casos de emergência ou iminente risco elétrico;
- Fiscalizar as podas realizadas pela CEEE;
- Atender, com prioridade, quando solicitadas pela CEEE, as podas para instalação de ramais elétricos e novas unidades consumidoras;
- Disponibilizar no site da Smam, todas as segundas-feiras ou no primeiro dia útil subsequente, as informações repassadas pela CEEE a respeito dos bairros onde ocorrerão as podas previstas para aquela semana;
- Planejar e executar a arborização urbana sob as redes elétricas através de espécies compatíveis com os serviços de energia elétrica;
- Adquirir e instalar o transformador com a rede elétrica necessária para a operação do triturador, de acordo com o projeto e as especificações técnicas repassadas pela CEEE.

Compete ao DMLU:
- Receber os resíduos de poda da CEEE durante a vigência do convênio, conforme quantitativos previstos no Plano de Trabalho, sendo que o recebimento dos resíduos de podas somente ocorrerá após a conclusão da obra de instalação do triturador;
- Realizar a triagem, o transporte interno (lenha, rejeito, composto), trituração e compostagem dos resíduos de poda realizada pela CEEE;
- Dispensar a CEEE do pagamento de tarifa de trituração, compostagem e manutenção para o recebimento dos resíduos de poda;
- Realizar as manutenções necessárias ao funcionamento do triturador;
- Elaborar projeto civil para a construção de galpão e encaminhar à CEEE para a inclusão do projeto elétrico com as especificações do triturador;
- Realizar os procedimentos necessários (projeto básico, licitação e contratação) para a construção e adequação do galpão, visando à instalação e operação do triturador de galhos.

O novo convênio tem validade de 60 meses e a estimativa é de que o galpão e o triturador estejam em funcionamento até o final do ano.

Fonte: Grupo CEEE e SMAM - Foto: Guga Marques



* * * * *



ponto da piadinha






--

Marcão era um antigo funcionário de uma cervejaria.
Ele era feliz no trabalho, embora seu sonho fosse ser degustador de cerveja, bebida que tanto adorava.
Certa vez, trabalhando no turno da noite, ele caiu dentro de um tonel de cerveja.
Pela manhã, um diretor deu a triste notícia:
- É com profundo pesar que informo que o Marcão se desequilibrou, caiu no tonel de cerveja e infelizmente morreu afogado.
O delegado sindical pergunta:
- Meu Deus! Imperícia da empresa! Será que ele sofreu?
O diretor responde:
- Acredito que não! Segundo as imagens da câmera de segurança, ele chegou a sair três vezes do tonel para urinar.



* * * * *



ponto final