.

Sexta, 25 de julho de 2014 - parte 2


Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.







PREVIDI@PREVIDI.COM.BR E
PREVIDI01@TERRA.COM.BR NÃO EXISTEM MAIS!!





ponto especial



O PASSARALHO DA RÁDIO GAÚCHA VEM AÍ



A excelente apresentadora Gabriele Chanas resolveu deixar a Rádio Gaúcha para se dedicar ao Zero Hora e ao blog de noivas. Teve problemas no jornal e não está mais na RBS.
Sara Bodowski, que começou a aparecer na madrugada da Gaúcha, foi para a TVCOM. Não está mais no "Tudo +", que agora está com a maravilhosa Regina Lima. Sara está apenas na Rádio CBN.
-
Me contam que a maioria dos diretores da RBS está de férias. E voltam a trabalhar em agosto. Na segunda, dia 4. E, aí a notícia mais do que ruim: há uma lista de dispensas na Gaúcha.
O certo é que a audiência caiu bastante nas tardes da rádio.
De modo geral, o departamento comercial está tendo muitas dificuldades em vender os atuais comunicadores.
O empresariado não conhece os atuais apresentadores. Nomes conhecidos no jornalismo? Olha, tirando o Mazedão e os irmãos Benfica... Pedro Ernesto, conhecidíssimo, não apresenta mais o  programa Show dos Esportes - apenas o Sala de Redação, que tem "vidas própria". Quem mais?
Infelizmente, vamos aguardar.

Sexta, 25 de julho de 2014


Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.







PREVIDI@PREVIDI.COM.BR E
PREVIDI01@TERRA.COM.BR NÃO EXISTEM MAIS!!





ponto do dia



PELA REABERTURA DOS BARES E DAS MENTES!


"EU SOU MAU, MESMO!!"


A ideia de uma campanha neste sentido não é minha. Partiu do jornalista Gustavo Mota - pelo menos assim ele se manifestou num comentário.
Acredito que todos deveriam passar por uma reciclagem. Na Cidade Baixa, moradores, donos de bares/restaurantes e frequentadores. E só existe uma forma de se chegar a convivência pacífica: a conversa franca e educada. E nada de chamar polícias ou as tais "autoridades".
Moro no edifício em que existem dois bares. Há muito anos, acordei de madrugada com o som altíssimo de um violão e pandeiro. Pra completar, tinha ainda um escandaloso cantor. Liguei para o dono do bar e pedi, com calma, que desse um jeito. Não demorou dois minutos e os caras se mandaram. Outra vez, um dos bares estava, numa terça, com música ao vivo. Mais de uma da manhã. Lembrei para o dono que muita gente acorda cedo e ele mandou os caras pararem.
Convivo harmoniosamente com os bares, até porque gosto de frequentá-los e até já lancei alguns livros em um deles - é uma excelente maneira de reunir amigos e conhecidos.
Há situações extremas, é verdade. Há anos, na rua Lima e Silva, um dos bares contratou uma escola de samba para se apresentar a partir da meia-noite. Pô, aí não dá!! Foi um caso de polícia.
É muito triste, também, as polícias não darem bola para os traficantes da Cidade Baixa. Até as árvores sabem quem são os bandidos, que não primam pela discriçãoi. Há muito tempo que não sou um guri e nem tenho jeito de um velho cheirador. Várias vezes, vindo do Zaffari com sacolas de compras, os caras me perguntam se quero uma "branca pura. Dez real".
As polícias tinham que colaborar e somente a presença coibiria qualquer tentativa de baderna.
-
Mas a Secretaria Municipal da Indústria e Comércio tem que obrigatoriamente se reciclar.
Ah, disto não tenho dúvida!!
Já ouvi e li várias vezes o secretário do prefeito Fortunati, Humberto Goulart (foto), afirmar que a "interdição teria sido motivada por denúncias de moradores e pelo monitoramento da Smic". Isso é uma das maiores bobagens que li e ouvi!! Denúncias e monitoramento é desculpa de funcionário público relapso, de quem não faz nada.
As "denúncias", por exemplo, partiram de um doido que se diz presidente de uma entidade que não existe. E o monitoramento? Por que não detalham?
-
SABEM O QUE É PIOR, AMIGOS?
PELO QUE ME INFORMAM, A TCHURMINHA DA SMIC NEM RECEBE OS REPRESENTANTES DOS 5 BARES FECHADOS.
O PREFEITO JOSÉ FORTUNATI, UM DEMOCRATA, NÃO APOIA ESSE COMPORTAMENTO!! TENHO CERTEZA!!


* * * * *


ponto da fotografia


As férias do jornalista e advogado Jaime Cimenti:
Pescaria na praia de Ipanema Rio badejo de 23kg


-
As férias do Gustavo Previdi e da Luciana Xuly Gabriel no Uruguai. Colonia de Sacramento:






* * * * *


ponto dos sumidos


Parece aqueles programas de rádio para encontrar parentes perdidos no mundo.
Só parece. É para que tenhamos notícias de pessoas que estão "sumidas" há tempo.
(Outro dia perguntei, no Facebook, se alguém tinha notícias de um jornalista, Ben-Hur Severo. Me disseram que faleceu. Não o via desde os anos 80.)
Certo? É só mandar o nome do seu "sumido" e alguma referência pelo jlprevidi@gmail.com
-

MONIKA BLANK - Entrou na Famecos, em 1975, julho. Era - ou é - uma excelente bailarina. Loira, alta e bonita.
-
RENAN KURTZ - Deputado estadual, foi presidente da Assembleia gaúcha na década de 80. É de Santa Maria.


* * * * *


ponto midiático - especial


COMO ERRAR TANTO? - Paulo De Tarso Riccordi, jornalista:

O jornal Zero Hora publicou hoje (23/7) uma matéria em duas páginas sobre a evolução patrimonial dos atuais deputados gaúchos candidatos à reeleição. Informação importante, que permite avaliar se o aumento de bens de uma pessoa "cabe" nos rendimentos no mesmo período. Algo que a Receita Federal deve fazer periodicamente com todos nós.
Porém, Zero Hora cometeu erro crasso desde o título até o corpo da matéria. Diz
(baseada na média!!!) que todos dobraram seu patrimônio - “(...) o patrimônio dos 53 deputados estaduais do Rio Grande do Sul (...) dobrou nos últimos quatro anos (...) aumento de 103,54%”.
Como isso não é verdade e como poderia induzir os menos atentos a potencializar um ódio pela política e pelos políticos, escrevi aos autores, à editora de Política, à diretora de redação do jornal este texto:
Em 23 de julho de 2014 11:46
COMO ERRAR TANTO?
A matéria das páginas 6 e 7 da Zero Hora de 23/07/2014 é uma aula de mau jornalismo. De como empregar dados corretos para fazer afirmações erradas. Examinando através de critérios exclusivamente jornalísticos, técnicos, erraram os redatores, errou a editora, errou a diretora.
Título: “Deputados gaúchos aumentaram patrimônio”. Olho: “Parlamentares que concorrem à Assembleia em outubro dobraram suas posses nos últimos quatro anos”. Lead: “(...) o patrimônio dos 53 deputados estaduais do Rio Grande do Sul (...) dobrou nos últimos quatro anos (...) aumento de 103,54%”.
A afirmação é rigorosamente inverídica. A generalização não apenas não produziu uma informação válida, como distorceu o dado ao afirmar categoricamente que “os deputados gaúchos”, “o patrimônio dos 53 deputados estaduais” aumentou em 103,54%.
Não, não dobrou. A mera leitura dos dados disponibilizados pelo TSE revela o tamanho da distorção feita por Zero Hora:
- 31 dos 53 deputados estaduais que concorrerão declararam evolução patrimonial menor que 100%;
- 11 deles apresentam índice menor do que a inflação do mesmo período – isto é, perderam ou desvalorizaram o patrimônio;
- desses, 6 têm hoje patrimônio menor do que há quatro anos.
Conclusão: dos 53 deputados listados na matéria, 31 deles não se enquadram no título, no olho, no lead da matéria de Zero Hora, que é inverídica em 58,5% de sua afirmação. Isso está fora que qualquer margem de erro aceitável pelo jornalismo.
Tamanho erro não pode ser atribuído a amadorismo, ou pouca experiência dos repórteres. É lamentável que um veículo do tamanho de Zero Hora se preste a tamanha distorção. Por que?
Paulo de Tarso Riccordi
Jornalista
-
Uma hora depois me respondeu a editora de Política de ZH, Dione Kuhn:
Em 23 de julho de 2014, 12:46
Prezado Paulo de Tarso,
Em primeiro lugar, obrigada por suas observações. Mas se o jornal quisesse fazer mau jornalismo e esconder a informação, não teria gastado papel publicando a lista dos 53 deputados estaduais e 29 deputados federais e os respectivos valores declarados em 2010 e 2014, com a variação em destaque. As informações estão no site do TSE à disposição de qualquer cidadão. Se fizemos isso foi justamente para dar a oportunidade do leitor/eleitor olhar um por um dos parlamentares e fazer suas próprias comparações.
O título mostra um fato: todos, com exceção de oito (seis que diminuíram e dois que não declararam) aumentaram seu patrimônio. Não há erro nisso.
Vou concordar contigo que deveríamos ter destacado na linha de apoio e no texto que o percentual de 103,54% se refere a uma média (justamente porque alguns deputados tiveram uma evolução patrimonial muito alta).
Mais uma vez, agradeço por esse retorno e fico a sua disposição.
Atenciosamente,
Dione Kuhn
-
Como não concordei com os argumentos da editora, enviei-lhe esta resposta:
Em 23 de julho de 2014 14:59
Cara Dione.
Não, em nenhuma linha do texto eu disse que ZH escondeu informação. O que eu disse foi que ZH "empregou dados corretos para fazer afirmações erradas”.
Lamento, mas insisto que a matéria está errada.
Peca pela generalização - o que normalmente é erro em jornalismo. Não, "os deputados" não duplicaram seu patrimônio. 58,8% deles NÃO AUMENTOU o patrimônio. A variação patrimonial desses está abaixo do índice da inflação no período, referida na matéria.
Somente aí já temos razão mais do que suficiente para sustentar que o título, o olho e o lead estão errados. Se não se referem a todos, como está escrito ("o patrimônio dos 53 deputados estaduais do Rio Grande do Sul que concorrerão nestas eleições dobrou nos últimos quatro anos"). É inequívoco o que foi dito na matéria.
Não consigo fazer com que esses 31 deputados se encaixem nas afirmações de Zero Hora: "Deputados gaúchos aumentam patrimônio", "Parlamentares que concorrem à Assembleia em outubro dobraram suas posses nos últimos quatro anos", "o patrimônio dos 53 deputados estaduais do Rio Grande do Sul que concorrerão nestas eleições dobrou nos últimos quatro anos".
Te pergunto de que modo Luiz Fernando Mainardi, Marlon Santos, Miki Breier, Miriam Marroni, Stela Farias aí se enquadrariam? E se não se enquadram nas três frases, elas não poderiam ter sido escritas em um jornal, a quem se pede exatidão.
Não apenas há exceções, o que impede a generalização do texto, como a maioria dos listados não se enquadra na afirmação do jornal.
Como Zero Hora sustentaria suas afirmações diante de uma eventual ação de qualquer um dos 31 deputados que não podem ser abarcados por ela? E sabes muito bem que a média não justifica generalizações.
Lamento, mas a matéria está errada. Contém erro no corpo, no olho, no título. E, pior, induziu os demais veículos da RBS a repetir o mesmo erro.
Atenciosamente
Paulo de Tarso Riccordi
PS importante:
Não faço, por óbvio, qualquer restrição à pauta e à divulgação da variação patrimonial dos candidatos. Essa informação é importantíssima e deve ser publicizada o mais possível.
Paulo De Tarso Riccordi
-
ADENDO PÓS ESCRITO EM 24/7/2014:
Escreveu Zero Hora que "A maior variação percentual foi registrada pela deputada Manuela D'Ávila (PC do B), que informou possuir bens que somavam R$ 13,7 mil em 2010, contra R$ 184,3 mil neste ano. A diferença de R$ 170, 6 mil representa uma elevação de 1.240,29%". Daí foi um passo para concluir (no título) que "De 2010 para 2014, valor dos bens dos deputados federais do RS cresce 69,93%".
Viram no que dá escrever números, porcentagens e médias? Para um economista pode ser fácil, mas na cabeça de jornalista vai dar merda...
--
RAPIDINHAS

Por que só com a família? No ZH online:

Recuperação

Advogado esfaqueado na Redenção se recupera e já conversa com a família

-
Escola ZH invade outras áreas. Recebo:
CINEMARK BARRA SHOPPING SUL – O Flávio Difini vai gostar...
-
No ZH papel:



* * * * *


ponto midiático - especial 2


DESRESPEITO DA TV PAMPA - Recebo:

Caro Prévidi, como jornalista e telespectador, escrevo para informar sobre atitudes bastante lamentáveis tomadas pela TV Pampa, no que diz respeito á transmissão de conteúdos esportivos da Rede TV!.
Tanto o programa Bola Dividida (de segunda a sexta, 11:30) quanto as transmissões de futebol do Campeonato Brasileiro da Série B (aos sábados, das 16:20 às 18:30) não estão sendo apresentados, seja pela canal 04 VHF, seja pelo sinal digital HDTV (espaço físico 26, canal virtual 4.1).
Até antes da Copa do Mundo, vinha ocorrendo o seguinte: nos horários citados, o canal 04 VHF até veiculava uma programação "popular" no lugar do esporte (com reprises de programas de pegadinhas, quadros sobre celebridades do programa "TV Fama" da Rede TV!, etc), mas o telespectador que queria ver o conteúdo esportivo podia contar com o sinal HDTV da Pampa (que reproduzia a Rede TV! sem problemas). Eu, que sou assinante da NET, conseguia acompanhar o futebol da Série B normalmente através do canal 504 da minha operadora, por exemplo.
Pois bem, passada a Copa, constatei que o sinal HDTV da Pampa está transmitindo sempre a mesma programação "popular" do canal 04 VHF, diminuindo a diversidade de opções na nossa televisão. Acredito que esse não seja o comportamento adequado e justo com a Rede TV!, parceira da Pampa há vários anos. Não consigo compreender até agora a razão dessa mudança, uma vez que, até o meio do ano, tanto o público popular quanto o público esportivo estavam sendo "atendidos".
Em minha humilde opinião, esse "estratégia de programação" é extremamente danosa para o público telespectador gaúcho. Acabamos sendo privados de um conteúdo relevante e que possui inegável interesse público. Não é preciso lembrar da relação especial que o brasileiro e o gaúcho possuem com o futebol, e dos expressivos números  de audiência obtidos com a recente Copa do Mundo. Entendo que o Campeonato da segunda divisão não tenha o mesmo apelo de um Mundial, mas a TV Pampa não acha que sempre haverá um público interessado em acompanhar um jogo no sábado à tarde? Esse público não merece ser respeitado? Ter ao menos a opção de escolher esse conteúdo?
Entrei em contato com a gerência de programação da emissora e escrevi à diretoria solicitando o retorno do esporte, ao menos no sinal digital HDTV da Pampa. Me pergunto até que ponto o Paulo Sérgio Pinto, que acompanhei durante muitos anos enquanto cronista esportivo, está de acordo com tudo isso. Torço que esse quadro ainda possa ser revertido, embora nada indique que seja provável.
Saudades do tempo da parceria Pampa-Manchete. Na época, nunca havia esse tipo de atitude.


* * * * *


ponto da eleição


 MELHOR PIADINHA - Não acredito que ele tenha falado sério. O nosso governador é um gozador!!

Tarso Fernando Genro - discurso em Gravataí, 22 de julho de 2014:
(...)
“Hoje nós falamos com os prefeitos e eles nos dizem ‘não quero mais recursos para a saúde, o que eu tenho eu não estou conseguindo mais aplicar’. Isso acontece porque nós estamos distribuindo os recursos de maneira republicana, sem olhar para o partido do prefeito, e também porque chegamos ao objetivo histórico de investir 12% em saúde”, afirmou.
-
Nota da FAMURS - Na íntegra, os prefeitos levaram a sério:

A Famurs contesta a afirmação do governador Tarso Genro de que os prefeitos "não querem mais recursos para a saúde". São insuficientes os repasses financeiros de todos os programas do Ministério da Saúde, cabendo às prefeituras bancar a maior parte dos valores restantes.
Os municípios também carecem de investimentos do Estado em média e alta complexidade hospitalar, em assistência farmacêutica, na contratação de médicos especialistas para cidades do interior e no pagamento do Piso dos Agentes Comunitários, que depende de contrapartida estadual para se tornar realidade.
Estudo do Tribunal de Contas (TCE) comprovou que as 497 prefeituras gaúchas destinam, em média, 21% dos seus orçamentos em saúde, mais do que os 15% exigidos por lei.
Por outro lado, o governo do Estado descumpriu em 2013 a exigência de gastar 12% das receitas no setor, assim como a União, que sequer aprovou cota fixa de 10% do PIB, conforme solicita projeto de lei de iniciativa popular que recolheu duas milhões de assinaturas.
--
NÃO INTINDI - A nota abaixo está na  coluna política da jornalista Rosane de Oliveira. Parece até aquelas notas cifradas, de quando os jornais eram censurados.
NA CASA DE OLÍVIO
A cozinha do apartamento do ex-governador Olívio Dutra foi o palco de uma longa conversa sobre reforma política, ontem, na hora do almoço. Convidado pelo casal Olívio e Judith Dutra, Fontana almoçou, tomou vinho e comentou os principais pontos do projeto que apresentou e que o PT se encarregou de detonar.
Olívio e Fontana estão afinados na defesa de uma reforma política que tem como ponto principal o fim do financiamento privado de campanhas.
Não parece uma mensagem cifrada? Um encontro de terroristas?
Ou é simplesmente um relise feito as pressas - quem é Fontana?
Fontana Di Trevi? Codinome?
--
MILAGRE - O mediador do debate de ontem da Rádio Guaíba, Juremir Machado, disse que "Tarso foi o melhor". Mas fez uma ressalva: Vieira da Cunha foi o melhor no debate da TVCOM e Lasier Martins no debate dos candidatos ao Senado, da Guaíba.
Ah, bom!!
--
NA FETAG - A candidata ao governo do Estado pela coligação Esperança que Une o Rio Grande (PP-PSDB-SDD-PRB), Ana Amélia, foi recebida no fim da tarde de ontem pelo presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag-RS), Carlos Joel da Silva, e pela sua equipe, na sede da entidade. Na conversa, a progressista reiterou seu compromisso com o setor.
Ana Amélia garantiu que os programas já existentes voltados à agricultura familiar serão mantidos, sem sequer mudar a denominação. Comprometeu-se também em aperfeiçoar e facilitar mecanismos que possam ampliar o acesso dos produtores aos serviços disponíveis pelo Estado. A candidata também falou da importância de aproveitar os trabalhos realizados pela Emater e pela Embrapa no campo para qualificar a produção e evitar o êxodo rural. A necessidade de levar mais tecnologia ao setor rural, como a internet, por exemplo, foi outro ponto abordado pela candidata ao governo gaúcho.
--
NO LITORAL - Tarso Fernando Genro, candidato do PT, nesta sexta:
Tarso Genro
Torres/Tramandaí
13h45 - Encontro com Leonardo Boff
Local: Ulbra, Torres
16h30 - Atende a imprensa local
Local: a definir
18h - Concede entrevista para as rádios Tramandaí AM e Itaramã FM
Local: Av. Fernandes Bastos, 1683
18h30 - Plenária de campanha
Local: Restaurante Twister, Av. Emancipação, 500 - Centro Tramandaí


* * * * *


ponto g



HOLOCAUSTO - Nem leio nada a respeito do que estão fazendo com os palestinos, mas ontem à noite cheguei a conclusão que está havendo um genocídio.
Quando digo palestinos, me refiro a civis. E não a terroristas em geral.
-
A soberba desses israelenses poderosos é algo impressionante. Assisti a uma entrevista de um "diplomata" israelense. Sério, se estivesse ao seu lado, daria uma cusparada na cara do sujeito.
-
E, por favor, não me mandem fotos de crianças mutiladas pelos "carinhos" israelenses.
--
TRAIÇÃO - Recebo:
Na orgia, surubão no grupo de "ativistas", a lesada que perdeu alcaguetou a parceria.
Anne Josephine (traira) x Game Over (galã) x Sininho (a rápida)
Tríplice coroa!!
-
Uma traiçãoo amorosa na cúpula da organização rotulada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público de quadrilha armada ajudou os investigadores a apurar como agia o grupo responsabilizado pelo comando dos protestos violentos que ocorreram no Rio a partir de junho de 2013.
Líder dos manifestantes, Elisa Quadros Pinto Sanzi, a Sininho, à acusada em depoimento de ter roubado o companheiro da ativista Anne Josephine Louise Marie Rosencrantz. Em represália, a traída traiu: relatou à polícia as articulações e os atos praticados pelos mascarados, como a tentativa de incendiar a Câmara de Vereadores.
O depoimento da estudante Anne Josephine, 21 anos, foi prestado na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática em 11 de junho deste ano, na condição de testemunha. Ela contou manter relacionamento antigo com Luiz Carlos Rendeiro Júnior, o Game Over, de 25, indiciado que teve a ordem de prisão revogada pela Justiça anteontem. O casal tem um filho de dois anos.
Desde o ano passado Game Over namora Sininho. Quando ela foi presa em flagrante em outubro, acusada por depredações, o rapaz apareceu, em fotografias, abraçando-a. Sininho, chorosa, estava em um ônibus cheio de detidos. Colocou a cabeça e os braços para fora, agarrando-se ao namorado. Ele, do lado de fora, parecia tentar consolá-la.
A divulgação da imagem incomodou Anne Josephine, que contou ter ouvido de Sininho a confirmação do romance com Game Over. "Sininho diz que ela e Game Over tinham um romance revolucionário", declarou a depoente.
O antagonismo entre Sininho e Anne Josephine acirrou-se no decorrer das manifestações. A estudante contou no depoimento que a rival costumava criticá-la. "Quando começou a frequentar os protestos, Sininho disse que a declarante deveria respeitar a hierarquia do movimento, que teria que conquistar seu espaço e não aproveitar de ser esposa de Game Over", informa a transcrição do depoimento anexado ao volume três do inquérito policial.
Anne Josephine contou à polícia que parte dos manifestantes, entre eles Game Over, impediu que Sininho consumasse o plano de atear fogo ao prédio da Câmara, na Cinelândia (centro do Rio), na noite de 7 de outubro passado.
"Na época em que começaram os atos violentos nos protestos, a declarante viu Sininho mandando manifestantes buscar três galões de gasolina. (...) Viu Sininho subindo a escada da Câmara e alguns manifestantes atrás dela carregando os três galões, de aproximadamente dez litros de gasolina. Alguns manifestantes comentaram que a atitude de Sininho poderia fazer com que eles fossem presos, que isso não havia sido combinado pelos manifestantes."
A depoente disse à polícia que "os galões de gasolina seriam utilizados para incendiar a Câmara" e que "Game Over e outros manifestantes ficaram contra Sininho e mandaram retirar os galões." Ao final do depoimento, Anne Josephine detalha as funções e o comportamento dos manifestantes apontados pela Polícia Civil como líderes da organização. Afirma ainda ter presenciado o consumo de drogas, como cocaína, pelos membros do grupo.


* * * * *


ponto da piadinha









* * * * *


ponto final


REFLEXÕES SOBRE ESSA MARAVILHOSA
E SOLITÁRIA NAVE AZUL

Ruy Gessinger - http://ruygessinger.blogspot.com.br/

Os cientistas espiam e espiam e nada de outra Terra nessa vastidão cósmica. Eu tenho uma teoria: o Universo já teve outros planetas habitados, mas todos, sem exceção, terminaram por obra e culpa dos " à imagem e semelhança de deus".
Assim, a nossa linda casquinha de noz, tão logicamente engendrada, vaga, solta e louca, solitária, por esse universo .
Mas minhas reflexões nascem a partir de uma chuvinha muquirana que cai sobre algumas cidades e já é aquela choradeira com gente sofrendo com enchentes, outros  pedindo cobertores e telhas, não faltando as indefectíveis pessoas gordas tomando chimarrão no interior dos ginásios.
Comunica-me meu capataz que  lá na fazenda choveu, só hoje, 200 mm.
Deu enchente? Tem que mandar helicóptero? Nada disso: as sangas só se enchem um pouco e o resto das águas flui com calma, por entre gramas, arbustos, líquens, árvores, folhas mortas.
Nosso ecossistema foi engendrado de maneira perfeita.
O Homem chegou aqui ontem. Sim, ontem, em termos de tempo em que há vida sobre a Terra.
Em cem anos o Homem conseguiu a proeza de ter destruído alto percentual da Natureza.
Que pena, mas acho que mais cem anos assim e....babaus!


Quinta, 24 de julho de 2014



Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.







PREVIDI@PREVIDI.COM.BR E
PREVIDI01@TERRA.COM.BR NÃO EXISTEM MAIS!!




ponto do dia


SETORES DA PREFEITURA DE PORTO ALEGRE
SÃO ESPECIALISTAS EM ARBITRARIEDADES!!


Li, ontem à noite, esta notícia no Zero Hora online:

Smic interdita quatro bares da Cidade Baixa
no começo da noite desta quarta

Os bares Porto Carioca, Tapas Bar, Van Gogh e Bahamas foram interditados por infringir o horário de funcionamento estabelecido por decreto municipal

Agentes da Divisão de Fiscalização da Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio (Smic) fecharam quatro estabelecimentos da Cidade Baixa, em Porto Alegre, no começo da noite desta quarta-feira. Os bares Porto Carioca, Tapas Bar, Van Gogh e Bahamas, todos na Rua da República, foram interditados por infringir o horário de funcionamento determinado pelo Decreto Municipal 17.902.
As interdições fazem parte da chamada "Operação Sossego". Outros seis estabelecimentos devem ser fechados nos próximos dias. De acordo com a Smic, os locais foram denunciados por moradores do bairro.
Desde o começo do ano, a secretaria notificou 29 estabelecimentos funcionando fora do horário permitido, até a 1h de domingo a quinta, e até as 2h nas sextas, sábados e vésperas de feriado, com tolerância de 30 minutos. Destes, dois tiveram as portas fechadas.
De acordo com o titular da Indústria e Comércio, Humberto Goulart, a operação "visa a proteger os dois lados do bairro": o dos moradores e o dos comerciantes.
- Eu vejo como uma ação didática. Ela traz harmonia (para o bairro), porque dá uma explicação para a população - disse.
-
Antes de ler, estranhei que nenhum deles abriu. Pensei que fosse em função da chuva.
Conheço os quatro bares. Para terem uma ideia, moro no mesmo prédio onde está o Tapa's e o Van Gogh. Repito o que escrevi no Facebook:
JAMAIS FIZ UMA QUEIXA!!
Não me incomodam.
Esse pessoal da SMIC caiu na conversa mole e babaca de algum otário que se diz "representante dos moradores".
QUE FEIO, SECRETÁRIO DR. GOULART!!!! A SMIC NÃO É PRA ISSO!!!
O pior: a SMIC foi na conversa de quem?
Até imagino quem são os otários que fizeram a tal denúncia. Mas os fiscais tinham que se informar melhor.
Levaram em consideração quem não combate - e convive numa boa - os bandidinhos que se fingem de flanelinhas, que não se preocupa com craqueiros e traficantes que, agora depois da Copa, tomaram conta, de novo.
-
O Roberto Vargas Dorneles sintetiza:

Moro no miolo dos bares da República e nunca me incomodaram, ao contrário, me sinto mais seguro quando chego em casa e tem movimento na rua. Será que vão aumentar o policiamento? Sim, porque agora a República será a terra dos pseudo-flanelinhas, traficantes e marginais. E isto ninguém combate...muito menos a (abre aspas) " Associação dos Moradores da Cidade Baixa" (fecha aspas)...
-
O Roberto sintetizou perfeitamente. Nas segunda, quando os bares estão fechados, dá medo de sair na rua, porque só tem craqueiro e traficante. Quando os bares estão abertos, os moradores NORMAIS sentem-se seguros, porque tem muita gente na rua. Ah, sim, e temos também o nosso cuidador de carros, o Barão, que não tem nada a ver com os bandidos-craqueiros que infestam a parte da Rua próxima a Lima e Silva.
--
O Tapa's? É o bar onde lancei alguns dos meus livros e todos gostam. Como escrevi, jamais fiz uma queixa ao Hélio, o dono. O Van Gogh? No século passado, nos finais de semana, tinha brigas, tal e coisa, mas está muito tranquilo.
-
ACREDITO QUE O TITULAR DA SMIC, DR.GOULART (HUMBERTO GOULART), VAI REVERTER ESTA BAITA INJUSTIÇA. NÃO PODE ACEITAR APENAS A OPINIÃO DE UM OU OUTRO IDIOTA.
E ACREDITO QUE O PREFEITO FORTUNATI NÃO VAI PERMITIR ESTA ARBITRARIEDADE!!
-
Leia mais no ponto midiático.
-
Aí estão duas fotos do Tapa's Bar, um dos interditados na Rua da República:


Curioso: o desembargador Ruy Gessinger é o "fotógrafo" do ex-titular
da SMIC, Valter Nagelstein, e Jorge Loeffler.
Bem a direita, o advogado e escritor Leo Iolovitch 

Queridos amigos, como Machadinho, Ana, Nelci Guadagnin, Julio e Sandra.
-
Para encerrar:
Confiram este áudio, de um bom programa, o Café Cultura, na FM Cultura 107,7.
Vejam um bom exemplo de idiotice do "líder" da Cidade Baixa a partir dos 14 minutos e 14 segundos.
Vai!! http://www.mixcloud.com/cultura1077/cafe-cultura-26062014/



* * * * *


ponto da frase do dia


Espírito de pobre é que nem espírito de funcionário público.
Tudo é difícil, sempre é perseguido, adora um carnê e se acha.


* * * * *


ponto da fotografia


Oséias Da Silva Alves, direto de Candiota-RS:
Eike Batista arruinou todo seu patrimônio; inclusive a Luma





* * * * *


ponto midiático


ATENÇÃO CHEFES DE REPORTAGEM E REPÓRTERES - Há tempos que penso em escrever sobre uma tal "entidade" de moradores da Cidade Baixa ou da Rua da República. Já ouvi um sujeito falando muita bobagem, mas sempre o tive como um idiota, que não consegue prejudicar ninguém.
Acontece que esta figura que dá entrevistas - TVs e rádios - mora a maior parte do ano em Belo Horizonte. E a tal "entidade" não tem diretoria e muito menos associados. É só um cara. Mas não gosta dos bares da Rua da República.
Como ele tem dinheiro, contrata advogados e agora conseguiu fechar quatro bares.
Pô, não podemos ser coniventes com canalhices!!
Se querem entrevistá-lo, tudo bem. Ele diz que tem 200, 300 associados que pagam mensalidade. Peçam para ver os pagamentos. Cobrem os membros da diretoria da tal "entidade".
--
EXEMPLOS DO "FUTURO DO JORNALISMO" NA RBS!! - E ainda dão palestras para estudantes!! Coitados!!

ISSO SÓ PODE SER BRINCADEIRA - Na capa do ZH online, ontem:


-
No clicRBS, ontem, 18h30min:

Por barulho e sujeira
Prefeitura de Porto Alegre fechará oito bares da Cidade Baixa ainda nesta quarta-feira

No Zero Hora online, ontem, 18h30min:

Irregulares
Smic fechará 10 bares da Cidade Baixa a partir desta quarta
-
OLHA ESSA - Genial!!


-
FUTURO DO JORNALISMO DEVE SER COM PORCENTAGENS!! - Na matéria sobre o fechamento de bares na Cidade Baixa:
O número de estabelecimentos (10) a serem fechados representa quase 6% dos 176 em funcionamento na Cidade Baixa. Do restante, 82% estão regulares, enquanto os outros 12%, notificados por problemas, serão fiscalizados em outra operação.
Confira quantas "matérias" tem por dia no ZH com porcentagens. Tem que ler com uma maquininha na mão!!
Olha essas:

Oferta de vagas para Medicina cresce 23% em cinco anos no Estado

Medicamentos chegam às farmácias 12% mais baratos


--
84 ANOS DO MESTRE!! - Escreveu, ontem, o Lauro Roberto Lindemann Hagemann

Hoje é um dia especial! Hoje, o cara aí das fotos faz 84 anos! Busquei algumas imagens na internet, de diversos períodos da vida dele, mas fiz questão de ter e manter como referência aquilo que na minha visão representa a essência do meu pai, o microfone.
Ele sempre esteve junto do pai, desde o início, e o microfone é sem duvida o parceiro da vida dele. Sem a "latinha" o pai não teria chegado onde chegou, nós não teríamos tido a chance de ouvir o vozeirão, que muitos já elogiaram e intitularam de uma das maiores vozes do rádio.
Eu, que cresci ouvindo a voz dele, no rádio e em casa, custei muito a entender onde ocorria a transformação, e depois de adulto é que fui entender, ela não mudava, nunca mudou, nunca foi empostada, ele só imprimia mais velocidade e força ao ler as notícias.
O vozeirão é tão natural que parecia impossível ser tão clara e audível sem que ele usasse nenhum outro artifício vocal...é isso, meu pai hoje faz aniversário, e eu, como já disse em outras vezes, fico feliz e orgulhoso pelo meu pai, deixo para os admiradores do profissional da comunicação, jornalistas e radialistas, e para os militantes verdadeiros da esquerda, as demais reverências.
Parabéns pai!! Que venham os 120!!!
--
PIADISTA - Japa, o National Kid as avesas, que é quem cuida das "Pessoas e Tecnologia", justificou as inúmeras demissões no Grupo RBS como sendo "uma mudança de perfil pelo qual a empresa está passando".  Olha essa joia: "A partir deste cenário, o foco do Grupo seria a utilização de novas tecnologias no cotidiano de trabalho dos seus funcionários"
O nipônico é um piadista!!



* * * * *


ponto da eleição


COMITÊ - O PDT inaugura na próxima segunda o comitê do candidato ao Governo, Vieira da Cunha, e do candidato ao Senado, Lasier Martins. A partir das 17 horas, na avenida Farrapos, 703. Onde era uma revenda da Hyundai.
--
DEBATE - Pena que as emissoras de rádio e TV não podem escolher com quem fazer os debates.
Hoje, por exemplo, tem debate na Rádio Guaíba, a partir das 13 horas. E são obrigados a convidar todos os candidatos, inclusive aqueles que concorrem apenas para aparecer para os vizinhos.
Uma pena.
--
CALMA, PESSOAL!! - Tenho recebido mensagens com uma preocupação: "Será que o apresentador do debate de hoje na Rádio Guaíba, Juremir Machado, não vai se atirar aos pés de Tarso?".
Claro que não!!
O Juremir, como todo bom jornalista, tem os seus ídolos, mas sabe se comportar!!
--
TARSO NA LOMBA - A chuva forte que caía na Lomba do Pinheiro, em Porto Alegre, no início da noite de ontem, não esfriou os ânimos da militância da Unidade Popular Pelo Rio Grande (PT-PTB-PCdoB-PPL-PTC-PR-PROS). Com a bandeira em uma mão e o guarda-chuva em outra, os moradores receberam calorosamente os candidatos à governador e vice da coligação, Tarso Genro e Abgail Pereira.
Muitos militantes se surpreenderam com a manutenção do compromisso mesmo debaixo do mau tempo. Tarso explicou que, quando consultado, optou por realizar a visita. “Eu disse que não íamos suspender porque eu tinha certeza que vocês estariam aqui, como de fato estão”, afirmou, agradecido.
Acompanhados de candidatos à deputado estadual e federal, Tarso e Abgail visitaram estabelecimentos comerciais na altura da Parada 21. Buscando a reeleição para o Palácio Piratini, Tarso discursou na calçada. Lembrou sua trajetória como liderança política em Porto Alegre, no final dos anos 80, quando assumiu como vice-prefeito do atual candidato da coligação ao Senado Federal, Olívio Dutra. “Para mim é motivo de emoção estar aqui, onde já estive dezenas de vezes desde aqueles tempos”, afirmou.
Buscou na memória a época em que a região era “inabitável” para logo mostrar a evolução que pode perceber. “Quando caminhamos pela primeira vez aqui, havia um conjunto de carências e falta total de relacionamento com o poder público. Nós mudamos a realidade dessa comunidade para melhor com a pavimentação de ruas, iluminação pública, serviços de saúde e investimentos em escolas”, comparou.
--
SARTORI - O candidato do PMDB estará neste sábado, às 9 horas, no salão da comunidade Nossa Senhora da Saúde. Promete um grande ato.


* * * * *


ponto g


GRACINHA "DE ESQUERDA" - Tem gente que acha uma arbitrariedade a prisão da Sininho e de outros bandidinhos que pretendiam incendiar o País, mas acha normal que o líder oposicionista venezuelano Leopoldo López continue preso desde 17 de fevereiro.
Claro, o crime deste foi muito mais terrível: discordar do Maduro!!
--
CPERS - "Resgatar a credibilidade" da entidade, diz a nova presidente, que assume no mês que vem. Segundo ela, mais de 100 mil "trabalhadores em educação" se desfiliaram.
Rejane Chapinha, a presidente que sai, deve estar furiosa.
--
DESSERVIÇO DA JUSTIÇA - Aliás, mais um. Leio isso no ZH:
O projeto de monitoramento eletrônico de presos sofre um revés no Estado. O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) tem determinado retirada de tornozeleiras de apenados do semiaberto por entender ser ilegal o uso do equipamento para cumprimento de pena. Desde a implantação do controle à distância, no ano passado, o Ministério Público (MP) tem recorrido, caso a caso, ao TJ-RS. E decisões, em volumes maciços, começaram a ser conhecidas nos últimos 30 dias.


* * * * *


ponto da piadinha


Do genial Adão Iturrusgarai - adao.blog.uol.com.br/ 




* * * * *


ponto final


O prefeito José Fortunati, ex-morador da Rua da República, não vai permitir uma arbitrariedade de um de seus colaboradores, o titular da Secretaria da Indústria e Comércio.


Quarta, 23 de julho de 2014


Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.







PREVIDI@PREVIDI.COM.BR E
PREVIDI01@TERRA.COM.BR NÃO EXISTEM MAIS!!





ponto do dia



NINGUÉM FICA MILIONÁRIO
GANHANDO 20 MIL REAIS POR MÊS





Boa a matéria do Zero Hora de hoje sobre o patrimônio de deputados federais e estaduais.
Quando vi a chamada pensei que fosse mais um trabalho do repórter investigativo Giovani Grizotti. Mas, não. Os dois jornalistas fizeram o levantamento no site da justiça eleitoral, com base no que os parlamentares declararam em 2010 e agora e calcularam a variação. Entrevistaram os que mais "enriqueceram" em quatro anos. Simples e honesto.
A grande "falha" neste tipo de levantamento é a diferença entre o valor declarado ao valor real, como está colocado na matéria. Fora um detalhe que o jornalista Gustavo Mota destaca:
Prestação de contas dos deputados: O problema não é de quem declara bens e sim de quem tem "laranjal" e guarda grana em casa. Estes estão felizes da vida. Nem chamam a atenção. Continuam "pobres e honestos"...
--
Certo, mas vamos partir de um princípio que qualquer pessoa com um pouco de bom senso concorda:
NINGUÉM FICA MILIONÁRIO GANHANDO 20 MIL REAIS POR MÊS
Ponto.
O cara pode financiar um apartamento em sua cidade, um carro, uma casa na praia, sei lá. Assim mesmo é difícil um parlamentar com métodos tradicionais guardar dinheiro.
Temos que considerar que existem pessoas de famílias ricas que ingressam na vida pública. Ou pessoas que enriqueceram antes de concorrer. Existem outras possibilidades, mas não são muitas.
-
Conheço deputados que são pessoas simples. Levam uma boa vida, com os filhos estudando em bons colégios, viagens pelo mundo, tal e coisa, mas nada além disso. Administram bem o que ganham e não se metem em mutretas. Não cito nomes, me entendem.
Vários são de famílias ricas e conseguiram até aumentar o patrimônio. Mais do que normal.
Em compensação conheço alguns que são, hoje, realmente milionários. E se tornaram ricos depois de se elegerem e se meterem com governos, empreiteiras, etc. Um, por exemplo, foi sempre um cara simples, que vivia de salário. Hoje é dono de uma tremenda fazenda, outra com plantação de arroz, inclusive com beneficiamento, e mora em belas residência tanto em Brasília como em sua cidade no interior. Aí fui conferir o seu patrimônio e o cara-de-pau declara uma merreca.
-
Gostaria de ver o Grizotti investigando a vida de alguns deputados estaduais e federais.
Até poderia sugerir alguns.
Também teria que mostrar os que tem uma longa vida pública e, além de não ostentarem, não são ricos. São pessoas normais.
-
Tem um outro tipinho: O sujeito tem um patrimônio mínimo e gasta, a cada eleição, mais de um milhão de reais.
Se não fosse um sinal de roubalheira descarada, dava um hahahaha. Mas não tem a menor graça.



* * * * *


ponto midiático


FARID ESTÁ MUITO VIVO -  Ontem, a vítima foi o jornalista Farid Germano Filho. Pelo twitter, um babaquinha postou que ele tinha morrido. E a notícia se espalhou rapidamente. Farid recebeu mensagens de todo o Brasil e até do mundo, de pessoas preocupadas. Não preciso nem falar da ansiedade de sua família.
Mas ele foi na Delegacia de Polícia especializada para tentar identificar o bandido idiota.
--
AINDA NÃO VI - Por absoluta falta de oportunidade ainda não conferi a performance do jornalista Voltaire Porto na apresentação do Balanço Geral, da TV Record. Ele já estava fazendo o programa aos sábados.
--
NAS ENTRELINHAS - Quando o amigo ler "...informação que circulou na rede..." entenda: é mais uma notícia, em primeiríssima mão, do Blog do Prévidi.
--
BOBAGENS MIDIÁTICAS - Insistem em chamar os blequi bloquis de "ativistas". Chefes de bandidos de torcidas organizadas de "líderes". Um casebre humilde, a popular maloca, é "residência". Essa escutei hoje de manhã: "...a mulher foi assassinada com, pelo menos, três tiros...".
--
JORNALISMO DO CHAVES - Ontem me chamou a atenção uma matéria no Jornal Nacional porque vi um mapa do RS. A matéria já estava no final.
Aí escutei a repórter falando, mais ou menos assim: "... as pessoas se encontram depois de caminhar a pé".
Deve ter sido em combinação com a matéria que destaquei ontem, do Zero Hora:
- Estou sempre feliz - disse, lacônico e sorridente, entrando para dentro de casa.


* * * * *


ponto da perguntinha


Do jornalista Gilnei Lima:
As religiões (todas) são os partidos políticos de algum deus?
Seus templos e igrejas são seus diretórios. Existe toda a estrutura partidária em cada um. Nos programas de campanha para eleger o melhor deus, vale tudo: mentir, enganar, receber doações, captar recursos, adquirir empresas para o partido. Tem discurso inflamado, e até emotivo, que leva às lágrimas e aplausos. Vale até matar para chegar ao poder.
O que os correligionários da Divindade nunca se perguntaram é: Deus é candidato?



* * * * *


ponto das eleições



"PESQUISAS MANIPULADAS!!" - Pela última pesquisa do Ibope, dona Dilma está com 38%, Aécio tem 22% e Eduardo Campos 8%. Como estarão analisando os meus amigos do PT? Mais uma pesquisa manipulada? Já sei: "A cumpanheira Dilma está com mais de 70 por cento dos votos!! Esses números são mentirosos, manipulados!!".
--
CHANCES PARA CANDIDATOS - Na sexta, posse na Fiergs; na segunda, posse na Fecomercio.
Nas duas uma grande quantidade de candidatos;
Precisa desenhar?
Claro, os maiores "apoiadores" das campanhas estavam presentes.
Dãããã!!!
--
O MAIOR CABO ELEITORAL - Da candidata do PP ao Governo, Ana Amélia. Acontece que se ela se eleger, a sua vaga no Senado será ocupada por José Alberto Wenzel e o segundo suplente é Márcio Bergonsi Turra
José Alberto Wenzel, 62 anos, é geólogo. Foi secretário da Saúde,  vereador e prefeito de Santa Cruz do Sul. Chefe da Casa Civil e secretário de Relações Internacionais de dona Yeda. Claro, é do PSDB.
--
Coletiva de Tarso em Gravataí
TARSO FERNANDO EM GRAVATAÍ - Com o governador e candidato à reeleição Tarso Genro na linha de frente, a militância da Unidade Popular Pelo Rio Grande foi recebida com festa nas ruas do Centro de Gravataí, no final da tarde de ontem.
Acompanhado da candidata a vice-governadora Abgail Pereira e por candidatos a deputado federal e estadual, Tarso conversou com trabalhadores do comércio local. Tarso e Abgail ainda pararam para tomar um café na Praça Borges de Medeiros, depois seguiram com a militância até o salão de eventos da Igreja Matriz Nossa Senhora dos Anjos, onde aconteceu a plenária de campanha.
“Os nossos militantes vão colocar a bandeira no ombro e sair nas ruas com a certeza de que não vão perder nenhum debate quando compararem o nosso governo com os demais”, afirmou o governador.
“Hoje nós falamos com os prefeitos e eles nos dizem ‘não quero mais recursos para a saúde, o que eu tenho eu não estou conseguindo mais aplicar’. Isso acontece porque nós estamos distribuindo os recursos de maneira republicana, sem olhar para o partido do prefeito, e também porque chegamos ao objetivo histórico de investir 12% em saúde”, afirmou.
“O projeto que representa o Rio Grande é o nosso”, disse o candidato da Unidade Popular, ovacionado pelos militantes presentes ao evento.
--
PESQUISAS - Do Políbio Braga:
Acontecem coisas inusitadas, inusuais e inaceitáveis nas atuais eleições do RS, mas nenhuma delas tem como protagonistas os candidatos ou os Partidos políticos.
Surpreendentemente, quem age mal é a mídia.
Pela ordem:
A Rede Record mandou fazer pesquisa junto ao Instituto Methodus e sentou em cima dos resultados, sem dar explicação alguma aos seus leitores, telespectadores e ouvintes.
A RBS fez o mesmo com a pesquisa do Ibope, sentando em cima dos resultados do segundo turno.
Afinal de contas, este tipo de desrespeito com o distinto público não é nada aconselhável para quem vive de credibilidade junto a ele.



* * * * *


ponto g


NÃO ACREDITO!! - Escutei hoje na Rádio Gaúcha: "... promoção Engage Eventos".
Hahahahahaha!!!! Promoção de uma empresa que, na real, não existe mais.
--
GRANDES POLÍCIAS - Sem alarido, as polícias do Rio de Janeiro botaram em cana os bandidinhos dos blequi bloquis.
Engraçado é que todos os que deram suporte aos bandidinhos estão tirando da reta.
Até uma "deputada estadual" do Psol.
--
A MELHOR DO MUNDO!! - Tá certo, vão dizer que eu sou um babão de Montevidéu. Mas a melhor pizza que conheço é a da Il Mondo della Pizza. Aí está a "muzarela". O feliz aí é o Gustavo Previdi (ele mesmo, aquele que desde gurizinho era o meu webdesigner e hoje é apenas filho):




Detalhe:



--
ALÔ POTI SILVEIRA CAMPOS!! - Sei que o jornalista está na busca incessante pela "pizza perfeita". Vale a pena conferir esta. Não apenas em Montevidéu, mas em todo o Uruguai, até aqui na fronteira.
Por um detalhe fundamental: a muzarela deles é deliciosa - a nossa não tem gosto, ou melhor, tem gosto de "papel".



* * * * *


ponto da piadinha


Essa é do grande Sampaulo.
Veja mais no http://sampaulocartunista.blogspot.com.br/


(clica em cima que amplia)



--
Piadinha do jornalista Cláudio Andrade:
Liguei pro vidente pra fazer uma consulta.
E ele:
- Alou, quem está falando?
Desliguei na cara.


* * * * *


ponto final


ESTRESSADOS

Marco Poli, jornalista, direto do Velho Mundo






Em meu primeiro sabadão pelas ruas de Lisboa, dei pela falta daquela quantidade interminável de ônibus e bondes circulando pelo Bairro Alto. Cheguei a pensar na possibilidade de aquilo tudo não funcionar e eu ter de caminhar até o Cais Sodré, ao que meu joelho ameaçou pedir asilo na embaixada do Uruguai, como bom inflamado reclamante estressado. Mesmo assim fui até a parada de ônibus mais próxima e perguntei à jovem que ali pacientemente aguardava sua condução se, havia autocarros no sábado. Ela sorriu e respondeu faceira: "não se preocupa que hoje eles demoram mais, mas vêm". Era baiana e sua simpatia deixava isso claro.

Aproveitamos o átimo para saber um pouco mais de cada um. Ela foi levada do Brasil por uma família portuguesa, para trabalhar como doméstica. A exigência da função era a mesma que no Brasil; os pilas um pouco mais generosos do que ela ganhava em seu país de origem, tanto que já fizera poupança suficiente para montar uma escola de educação infantil na Boa Terra, que estava aos cuidados da mãe, gerando conforto para tantas outras mães que precisam trabalhar fora e saber onde e com quem estão os filhos, além de gerar renda para a própria família. Pegamos o ônibus onde sentamos confortavelmente -não vi gente em pé nos autocarros de Lisboa - e seguimos conversando rumo ao cais, onde cada um tomaria seu destino.

Depois de ouvir sobre as vantagens e desvantagens de ser doméstica na Europa, comentei com ela que os direitos e vencimentos da profissão nas terras brasilis já não eram tão parcos como outrora, mas entrar em um ônibus com 8 pessoas por metro quadrado, ao fim de uma jornada de trabalho fatigante e levar duas, 3 horas até chegar em casa, sendo amassada, apalpada e cantada por gente que jamais viu antes, faz toda a diferença. "Qualidade de vida" ela definiu, é a diferença.

É isso! Os portugueses, ao contrário de seus filhotes americanos, não são estressados. As coisas por aqui funcionam e não há porque se preocupar com o ônibus lotado, com a falta de respeito e com a falta de segurança. Lembrei de um voo em que retornava ao Brasil vindo da África do Sul. Sou ruim de dormir em avião e, quando passou o efeito do vinho da janta, levantei e fui procurar alguém com quem conversar. O único sinal de vida era uma luz na copa intermediária da aeronave, para onde me dirigi. Acordado e em pé, o comissário zulu, com quase 2m de altura perguntou em que poderia me ser útil e começamos a conversar. Até que perguntei quantas vezes por semana ele passava a noite em São Paulo; ele respondeu duas. Ri e sugeri: "deve fazer festa direto..." ao que ele cortou e comentou rispidamente: "não saio do quarto do hotel. Morro de medo de vocês e sabe por quê? Porque vocês são estressados demais. E sabe por que são estressados? Porque trabalham demais e ganham de menos". Touchê!

Esse é o nosso mais grave problema na Brasil: somos estressados. Demais. Trabalhamos como escravos, ganhamos mal, ou quando conseguimos melhorar os vencimentos, não temos infra-estrutura mínima para garantir a qualidade de vida de que falava a doméstica baiana. Não basta ganhar um salário um pouco melhor. O ser humano para viver dignamente em sociedade tem de ter o direito a escolas de turno integral em todos os níveis, ao alcance de cada comunidade. Precisa de um sistema de saúde pública que realmente acolha e abrigue, dando tranquilidade. Necessita de segurança como tivemos nas cidades sede da Copa do Mundo, o ano todo, pra poder voltar pra casa depois da jornada de trabalho com paz no coração. E tem que ter um sistema de mobilidade urbana onde seres humanos não precisem se sentir como sardinhas enlatadas, nem sejam obrigadas a passar 3 a 4 horas dentro desse transporte a cada dia. Algum candidato à presidência da república de além mar tá oferecendo isso?


Terça, 22 de julho de 2014


Atualizado diariamente até o meio dia.
Eventualmente, a tarde, notícias urgentes.







PREVIDI@PREVIDI.COM.BR E
PREVIDI01@TERRA.COM.BR NÃO EXISTEM MAIS!!





ponto do dia


A TCHURMINHA DA RBS NÃO TÊM JEITO!!
E QUEM É O FÁBIO, O BAMBAMBÃ DA RECORD?



Ainda tem gente que me chama de implicante, apostam que eu tenho alguma bronca com a RBS ou que tenho inveja de algumas figuras. Já cansei de afirmar que apenas registro o que fazem, não tenho bronca nenhuma - os anos que trabalhei lá foram muito legais - e este é um sentimento que não tenho: inveja. Sempre fico feliz quando um amigo ou mesmo conhecido consegue uma posição de destaque - vai que sobra uma beira pra mim.
Ontem eu registrei mais um absurdo dessa gente. Depois de promoverem demissões e mais demissões em todos os veículos do Grupo RBS, uma das chefonas escreveu para o Zero Hora uma pérola com o título "Aposta no futuro do jornalismo". O sujeito tem que ser uma ameba para achar a coisa mais normal. É mais ou menos aquilo que escrevi ontem: o facínora passa o dia torturando mulheres em uma masmorra e a noite vai a um recital de piano da filha.
Não se cansam de escrever sobre ética, são mestres em dar "aulas de jornalismo" para os coitados estudantes de jornalismo, defendem um jornalismo de qualidade. Mas todos os dias mostram exatamente o contrário.
Vejam só o que está de chamada principal do Zero Hora online de hoje:

O que Dunga precisa fazer para devolver o brilho à Seleção

Viram só? Eles decidiram o que o cara tem que fazer. Imagino o Dunga lendo e anotando os conselhos. Isso é ética, o "bom jornalismo".
Os gênios decidiram o que Dunga terá que fazer para recuperar a combalida Seleção Brasileira.
Não tem jeito.
POR QUE O HOMER SIMPSON NA ILUSTRAÇÃO?
CONFIRA LÁ EMBAIXO!!

-

Fábio e a esposa Luciana Vinagre
Na sexta passada informei sobre o novo gerente da TV Record RS. Fábio o nome dele. De São Paulo.
O Edu Cesar, do www.papodebola.com.br, sabe tudo de imprensa nacional. Tudo, mesmo.
Envia:
Fábio Behrend foi repórter da TV Bandeirantes em São Paulo de 1995 até o começo de 2005. Eu assistia suas reportagens no "Jornal da Band" (até 1997  "Jornal Bandeirantes") e no "Jornal da Noite". Depois, foi repórter do SBT da metade de 2005 até a metade de 2006 na época da reformulação do departamento de jornalismo com a chegada da Ana Paula Padrão - época na qual o repórter de rede aqui do RS era o Cristiano Dalcin, que é atualmente é da Record.
Aí ele ficou sete anos fora da televisão. Foi coordenador de atendimento da S/A Comunicação e, há três anos e meio, é sócio da Behrend & Ribeiro Comunicação. Em abril do ano passado, voltou à televisão pela Record, participando da equipe do "Cidade Alerta" como editor.
E agora ele, são-paulino convicto de quatro costados, vem pra cá. Na sua página no Facebook, tem uma postagem de quarta-feira passada, dia 16, que diz assim: "A bússola da vida começa a mudar de direção e apontar para o sul, tchê..."
Palpite: Não vai vir para complicar, como os anteriores. Quem sabe um novo Marcos Martinelli, para trazer a paz ao jornalismo da emissora.

-

URGENTE!!
Pode até ser um sonho para o pessoal dos jornais, mas me dizem que o poderoso diretor-executivo de Jornalismo no Grupo RBS, Marcelo Homer Simpson Rech, o nosso Décio Piccinini dos pampas, está indo para Brasília. Vai ser "realocado a qualquer momento na capital brasileira".
Aguardemos.


* * * * *


ponto dos parecidos

Quem é o jornalista Marco Poli?
Quem é o candidato do PSTU/PSOL ao Senado Julio Flores?






* * * * *


ponto da fotografia


O fabuloso escritor e jornalista Paulo Motta, "com minha sombrinha azul-turquesa e margaridonas".





* * * * *


ponto midiático



DESDE A SEMANA PASSADA - Quem lê o Blog do Prévidi já sabia. Ontem, no Facebook, o Carlos Guimarães afirma:
Bem curto, pessoal. Comunico que, por uma questão absolutamente natural de lei de mercado, não faço mais parte da equipe de esportes da Rádio Gaúcha.
Não fui demitido, não guardo mágoas, ninguém puxou meu tapete, não saio chateado com ninguém e agradeço de verdade a todos da Gaúcha e da RBS pelos 11 meses de convivência na minha volta. Foi uma escolha minha.
Em breve, novidades sobre meu futuro.
-
Futuro? Já está na Rádio Guaíba.
--
A ÉTICA DELES - Recebo:
Grande parte os funcionários da RBS trabalham uma hora a mais por dia a título de um "suposto intervalo" que ninguém faz. O cartão bate automaticamente enquanto o pobre continua trabalhando. Em outras palavras: uma hora extra de graça, todos os dias.
--
REVISÃO? EDITOR? NÃO PRECISA!! - No poderoso ZH de ontem:

- Estou sempre feliz - disse, lacônico e sorridente, entrando para dentro de casa.  
 Duvida? Confere aí:
http://zh.clicrbs.com.br/rs/esportes/noticia/2014/07/nao-sei-de-nada-desconversa-dunga-sobre-a-selecao-brasileira-4556552.html



* * * * *


ponto das eleições



ATENÇÃO!! - Candidatos, de um modo geral, mandem material jornalístico para jlprevidi@gmail.com. Como sabem, não temos profissionais contratados e nem estagiários. Só dezenas de colaboradores.
Portanto, não vou andar atrás de notícias dos candidatos.
Dentro do possível publico. Mas não se esqueçam, aqui SÓ matérias curtas - quer dizer que serão editadas/cortadas.
--
BETO ANDRADE NA ÁREA - O jornalista Roberto Andrade está novamente em Porto Alegre - sua atual base é o Rio de Janeiro. Ele conta:
Acabo de chegar em POA, convocado pelo Marcos Martinelli para dirigir na Web a campanha do Sartori ao Governo do RS. Vamos reeditar a dobradinha que fizemos para o Fortunati. Só vim agora porque estava montando as estruturas de campanha online para o Senador Delcidio do Amaral (PT) no MS e Chico Rodrigues (PSB) em Roraima. Quero ver se consigo ajudar o Sartori a driblar os demais e marcar um gol de placa na final!
--
O DEBATE - Isso, o único que teve ontem, entre os candidatos ao Senado, na Rádio Guaíba. Boa estrutura, com a firme condução da Taline Oppitz. Com um pouco de bom senso, qualquer pessoa chega a alumas conclusões - e eu assisti apenas os dois primeiros blocos.
O Lasier Martins, do PDT, sai com uma baita vantagem: é comunicador de rádio. Sabe tudo. E mostrou-se um bom provocador, especialmente do Olívio Dutra, do PT. Este pareceu nervoso, mas é apenas uma impressão, porque lhe sobra experiência. Beto Albuquerque, do PSB, não conseguiu entrar no debate dos que estão na disputa, em função dos sorteios. A candidata do PP, Simone Leite, vai ter que levar uma sacudida dos marqueteiros - não é da área.
-
Na quinta, os candidatos ao Governo, às 13 horas, também na Rádio Guaíba.
--
DEM - O presidente do DEM-Porto Alegre, Vereador Reginaldo Pujol, reúne a executiva, hoje, às 18h30min, para apresentação do novo secretário-Geral do DEM/POA, o advogado José Luiz Seabra Domingues.
Também será apresentada a relação dos candidatos à Câmara de Deputados e Assembléia Legislativa.
O encontro será na sala 303 da Câmara Municipal.


* * * * *


ponto g


ISSO É UMA SACANAGEM!! - O jornalista Rogério Mendelski informa:
A Receita Federal determinou que compras no exterior estão reduzidas a 150 dólares para quem volta ao Brasil por via terrestre. Isso significa que o "turismo" feito por milhares de brasileiros na fronteira uruguaia (Rivera, Chuy, Rio Branco, Aceguá,etc.) e argentina (Libres, Santo Tomé, etc) vai sofrer um baque. A decisão já está valendo e como é a partir de hoje, quem está se programando para dar um pulo na fronteira é melhor ficar atento, pois a fiscalização será severa.
-
Coitados dos pequenos contrabandistas de uísques, vinhos, perfumes, etc.
--

Essa cara de bunda não tem preço!!
GRACINHA - A advogada Eloísa Samy, acusada de banditismo em protestos, foi ao Consulado-Geral do Uruguai, no Rio de Janeiro, na tarde de ontem pedir asilo político.
Investigada pela Operação Firewall, da Polícia Civil, ela foi um dos 23 "ativistas" que tiveram prisão preventiva decretada, por associação criminosa, pela 27ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, na última sexta.
No Youtube, a artista pede anistia a todos que chama de "presos políticos". "Hoje, sou uma perseguida política, sendo criminalizada pela minha atuação na defesa dos direitos de manifestação. Fui denunciada pelo crime de formação de quadrilha armada com outras 22 pessoas, algumas das quais se quer eu conhecia”, diz. “Jamais cometi qualquer ato que infringisse a lei (...) Meu único crime é a firme posição que adotei para defender a Constituição", disse na gravação.
Que carinha, hein?
-
Claro que não levou. O grande presidente Mujica nem deu papo para a "adevogada".
Como indaga o jornalista Marco Poli:
Se o Brasil não está vivendo sob uma ditadura, como assim pedir asilo político em corpo diplomático estrangeiro?
Deve ter sido o argumento do nosso presidente uruguaio.
--
DOAÇÕES EM PROFUSÃO - O jornalista Cláudio Moretto escreve:
Queria entender:
A Alemanha fez doações para os pobre da Bahia e ainda deixou várias obras que fez por conta própria para a sua Seleção na Copa do Mundo.
Agora, a Alemanha doa R$ 100.000,00 para as famílias gaúchas atingidas pelas enchentes. Foram 530 cestas básicas, cobertores, travesseiros e colchões para os flagelados da fronteira e região noroeste.
Queria entender o motivo da Alemanha realizar doações para brasileiros necessitados, quando o governo do Brasil doa milhões de reais a Fundo Perdido para outros países pobres e perdoa dívidas.
Faltam REAIS ao governo brasileiro para atender aos seus necessitados, flagelados, pobres, pessoas vivendo abaixo da linha da miséria?
--
CAMBÃO NAS PREFEITURAS - O governo federal prometeu, mas não repassou R$ 178 milhões para municípios gaúchos que decretaram situação de emergência desde 2009.
O valor é próximo aos R$ 200 milhões de auxílio solicitados pela Famurs ao governo federal como socorro para os municípios atingidos pelas fortes chuvas no Estado este mês e no final de junho.
“Estamos cansados de receber promessas e não recursos. Pedimos uma ajuda em forma de medida provisória para corrigir o passivo dos últimos anos”, afirma o presidente da Famurs e prefeito de Tapejara, Seger Menegaz. “Sempre que temos uma situação de emergência ou calamidade nos municípios, os governos estadual e federal acenam com o envio urgente de recursos que demoram a chegar nos municípios e seus cidadãos”, reclama.
Conforme levantamento da equipe técnica da Famurs, de 2009 até junho de 2014, a União anunciou o envio de R$ 703 milhões de recursos para as prefeituras gaúchas, mas 25,3% deste valor não foi pago.



* * * * *


ponto da piadinha





* * * * *


ponto final



QUANDO A ESQUERDA É CAVIAR,
ELES USAM BLACK TIE

Gilnei Lima, jornalista - www.gilneilima.com

Tenho escrito "todos os dias" sobre o tema: Decreto 8.243. Tenho revirado todos os cantos dos armários do intelecto pouco, que me foi concedido, e construído os mais claros entendimentos e dissertações sobre o "escândalo Brasil", vividos nessa 'sobredécada' perdida, irrecuperável.
Vejo uma juventude mal ensinada, mas bem domesticada, que poderia ser nossa salvação, mas não será. São o símbolo e o condão do apodrecimento de nossas raízes, em árvores estéreis, não darão frutos. Não nas duas próximas gerações. Até lá, faremos como todo o resto: importaremos, Desde ideologias e médicos de pirita (ouro de tolo), até frutos e outros alimentos.
É nosso destino pré-traçado, mas que a grande maioria não vê, mas vai viver. Tenho estudado em detalhes essa...essa... 'essa coisa' toda, mas sempre falta uma peça no tabuleiro, onde a rainha louca, se amasia com um rei mutilado, cercado de cavalos e bispos, ordenando aos seus peões que lancem bombas e rojões para matar jornalistas, quebrar o máximo possível de lojas e bancos, simbolos do imperialismo capitalista que odeiam. Mas não escondem o gosto pela finesse às custas dos miseráveis que os aplaudem, acenando cartões de plástico, que valem R$ 200,00 de esmola e aluguel de suas almas.
Já participei de debate na TV, em emissoras de rádio e em algumas palestras, para as quais fui chamado a expor este e outros tantos atos ditatoriais dos últimos três anos, particularmente. Ultrapassados todos os limites da tolerância de um povo, que se mostra ignóbil e totalmente desinformado. Chega a assustar.
Parece que estamos sob efeitos de narcolépticos conjunturais, tanto que, a maioria sequer se dá conta que, além do famigerado decreto de implantação de regime de ditadura comunista, arbitrariamente, pois ninguém foi consultado, em consonância com o estatuto e diretrizes do PCdoB (leia em pcdob.org e compare com a situação brasileira), os brasileiros ignoram que temos um ditador assassino, usando uma residência oficial do governo brasileiro, para receber em audiências secretas, outros ditadores.
Raul Castro está alojado, encastelado na Granja do Torto, recebendo Nicolás Maduro e outros, tratando do quê? O que estão tramando? Os brasileiros têm sido agredido e enxovalhados em seus direitos civis, por qualquer grupelho estrangeiro que por aqui aterriza, com a chancela do Planalto. Tanto que uma comitiva de chineses se insurgiu contra manifestantes, expulsando-os e agredindo-os, fotografando e filmando nossa gente, com ares de polícia.
Aliás, nas imagens vistas, havia policiais fardados - a guarda pretoriana de Dilma -, da Força Nacional de Segurança, que fingiram nada ver, mesmo a dois metros do ocorrido, e mais, retiraram-se. Isto tudo em solo brasileiro, com a cobertura e o aval da presidência da república.
Houve um tempo em que dizíamos que o macaco queria banana, hoje sabemos que ele quer é caviar, scotch e um bom Havana.
Chegamos ao ponto de ebulição em que o Ultraje é a Rigor!