Segunda, 4 de fevereiro de 2019




Jamais troquei de lado.
Por quê? Eu não tenho lado.
Ou melhor, o meu lado sou eu
...
ANDO DEVAGAR
PORQUE NÃO TENHO PRESSA









HORÁRIO DE VERÃO!
Atualizado diariamente
até 10 horas





Escreva apenas para







HOJE É DEPUTADO FEDERAL NO
BRASIL E EX-ATOR.
ELA ERA HOMEM, VIROU
ATRIZ E MODELO E HOJE
É CASADA COM UM 
MILIONÁRIO EUROPEU.
QUEM SOMOS NÓS?









VENHO DIZENDO HÁ ANOS QUE
NÃO TEM MAIS COMO ARRUMAR





Posso dizer que conheci muito bem todos os níveis de poder. De formas diferentes, mas sei como funcionam. Das câmaras de vereadores a presidência da República, passando por prefeituras, assembleias e congresso nacional. O judiciário ainda estou conhecendo porque é lentíssimo e avança apenas nos tesouros dos estados ou federal.
Em 2013 estava impressionado com aquelas manifestações espetaculares em todo país. Os motivos eram fúteis mas os protestos eram consistentes, incomuns até. Mas sempre ressaltei que as massas brasileiras ainda eram muito amadoras ou artesanais.
Até que um dia cheguei em Porto Alegre, vindo da praia, e fiquei magnetizado na frente da TV. O povaréu tomava conta de alguns prédios em Brasília. Especialmente me chamou a atenção a grande concentração na frente do congresso nacional.
A TV mostrava toda aquela massa enlouquecida. Até que tive um devaneio interessante.
Vi claramente as massas artesanais, desorganizadas, invadindo o congresso nacional, botando pra fora quem se atrevesse a "resistir" e aí o Brasil começaria a assistir ao fim do magistral antro da corrupção e bandidagem!
VOILÀ!!
Naquela semana o meu amigo Milton Cardoso me convidou para ir em seu programa na TV Assembleia. Lá pelas tantas comecei a contar sobre o devaneio que tive poucos dias antes. Quando olhei para ele estava com os olhos estalados - depois me contou que estava coim medo que eu exagerasse.
Pois bem, as manifestações não deram em nada.
E a vagabundagem e a bandidagem continuou tomando conta  do congresso.
Nada mudou.
Ah, sim, os brasileiros que são obrigados a usar ônibus todos os dias economizaram alguns centavos.
...
Nesta semana aconteceu algo inusitado.
O crápula-mor renan calheiros havia sido eleito para a presidência do senado e o povaréu se revoltou. Fizeram mais uma espetacular manifestação na frente do prédio,  viraram carros, enfrentaram policiais, que recuaram, e invadiram o prédio. Alguns mortos dos dois lados. A malta se defendia e pedia que as "liberdades democráticas fossem respeitadas". Lá pelas tantas, deputados e aspones petistas aparecem no térreo cercando uma figura, tentando deixar o congresso que já estava sendo quebrado e alguns focos de incêndio causavam uma fumaça fedorenta.
Quem estava sendo amparado pelos petistas?
Ele mesmo, renan calheiros.
O senador Paulo Paim era o que mais gritava.
...
Petistas e renan saíram..
O congresso foi finalmente evacuado e meia hora depois o fogo consumiu tudo.
Inúmeras explosões das garagens, onde estavam os carros alugados para as "excelências".
Algumas horas depois a estrutura não resistiu e "implodiu".
A massa, aos milhares, urrava e entoava palavras de ordem, como "morte aos bandidos".
A rede globo lamentou o dia em que "alguns maus brasileiros sepultaram  a democracia brasileira" e atacaram "símbolos da liberdade de pensamento, como o fogo que consumiu oito prédios da globo no país e a depredação por vândalos de dezenas de veículos e equipamentos do jornalismo da emissora".
...
Acordei suado e com o anúncio da vitória de Davi Alcolumbre para a Presidência do Senado.
Quem?


-


 REFLEXÃO 1

O senado romano também era
um mafuá, a diferença é que
eles xingavam em latim

Caco Belmonte, jornalista e escritor


-


 REFLEXÃO 2

Vocês notaram? Os probos senadores não acreditam em votação eletrônica. Escolheram o presidente do senado com o voto em cédulas. Agora, os brasileiros são obrigados a acreditar em votação eletrônica para eleger aquelas coisas!
Ah, e mesmo assim teve fraude!!


-


NOTÍCIA DO PARAÍSO

Do jornalista Emanuel Soares, ex-repórter da CBN Florianópolis, atualmente com um blog que trata de coisas da ilha:

"Um assessor de imprensa me convenceu que sou ambientalista. Isso porque fico muito irritado ao ver esgoto vazando para a praia em Florianópolis. Só por isso. Show de bola! Sinal que causo desconforto com meu trabalho."
...
Sabe quem é o assessor?
Ricardinho Stefanelli, ex-editor-chefe do Zero Hora e hoje assessor de imprensa da Companhia de Saneamento de Santa Catarina.


-


DOR E COMOÇÃO - Veja o ambiente espiritualizado e comovente do velório do irmão de Lula. É impressionante!
SEGURE O CHORO! PREPARE-SE!!




-


PESSOAL E INTRANSFERÍVEL - Gustavo de Souza Prévidi chegou ontem aos 30 anos. Casado com a Xuly, um trabalho legal e feliz.
Tudo OK em Oeisis International!






-





GOLAÇO DA RDC TV - O presidente da RDC TV Márcio Irion, acompanhado do diretor de Esportes Cadu Oliveira recebeu uma camisa personalizada com o nome da emissora e o canal na Net 24, do presidente do Grêmio Romildo Bolzan Júnior. A homenagem do tricolor foi uma forma de reconhecimento do trabalho da RDC, em prol do esporte no RS.
Hoje a emissora exibe cinco programas com a temática relacionada a dupla Grenal: Virando o Jogo, 2 Toques, Q esporte, Nos acréscimos e Jogada Final.
Para o presidente Márcio Irion, o reconhecimento ratifica e consolida ainda mais o trabalho exercido pela RDC desde o seu surgimento em julho de 2017.
" É um orgulho muito grande receber de um presidente vencedor e que alia a qualidade na gestão de uma forma moderna, assim como a RDC" afirmou Márcio Irion.


-


DEVE TER ALGUMA RELAÇÃO:
CERVEJARIAS COM ATENTADO



-


THE VOICE KIDS EVANGÉLICOS - Do Domício Torres:

Pobres crianças, sendo "treinadas" por pseudo-entendidos em música. Aliás, não acompanho o programa mas ouvi numa Rádio o menino gaúcho que ganhou um desses concursos dizer, ao ser perguntado, se a Ivete Sangalo deu muitas dicas, "treinou" ele (essa seria a proposta), e ele inocentemente disse que ela nunca falou com ele em particular...


-


NO G1: SERÁ QUE É ISSO MESMO?



-






MENOS UM - Uma figura extraordinária chamada Edison Castêncio, o Paparazzo Gaúcho, foi sepultado ontem em Bagé, sua terra natal. Um batalhador da fotografia.
De mendigo a fotógrafo, como registrou a revista Isto É:
Matéria de Hugo Marques
De 21/01/11 - 21h00 - Atualizado em 21/01/16 - 10h08

Enquanto o Rolls-Royce presidencial atravessava a Esplanada dos Ministérios em Brasília, no dia da posse da presidente Dilma Rousseff, uma cena curiosa chamou a atenção daqueles que acompanhavam a solenidade de perto. De repente, Dilma tirou os olhos da multidão, mirou para o lado oposto da pista e sorriu para um fotógrafo solitário que estava com os olhos inundados de lágrimas. Não era apenas mais um brasileiro emocionado com a ascensão da primeira mulher à Presidência da República.
Tratava-se de Edison Castêncio, um ex-flanelinha que foi retirado das ruas de Porto Alegre por Dilma e seu ex-marido Carlos Araújo, no início da década de 80.
Órfão de pai e mãe, Castêncio tinha 24 anos e dormia sob viadutos e sobre os bancos da rodoviária da capital gaúcha quando Araújo e Dilma, então assessora da bancada do PDT no Estado, mudaram o seu destino.
Os dois simpatizaram com Castêncio, que sempre perambulava em volta da Assembleia, de extremo bom humor, mesmo com toda a adversidade. O casal deu-lhe um emprego informal de office-boy no gabinete de Carlos Araújo, na época deputado estadual. “Eu passava fome, tinha dia que eu comia só pão com água. Devo tudo à Dilma”, diz ele, que passou a ser chamado de “Sorriso”.
Durante os quatro anos em que trabalhou como office-boy no gabinete do ex-marido de Dilma, Sorriso pagava contas e auxiliava nas tarefas de escritório. Seu salário era pago com a caixinha dos deputados do PDT. Mas, em 1987, Sorriso agarrou uma oportunidade que mudaria sua vida de uma vez por todas.
Sem fotógrafo para registrar um encontro com o então prefeito Alceu Collares, Araújo recorreu a Sorriso, que possuía uma máquina fotográfica descartável. As fotos fizeram tanto sucesso que Dilma e o marido lhe deram de presente uma câmera profissional. A partir daí, ele começou a fotografar tudo. Das festas de aniversário de Dilma até as reuniões políticas do PDT. “Eu fotografava até os aniversários da Paulinha, a filha da Dilma”, lembra. “Dilma já era reservada na época”, conta.
(...)
Quando Dilma foi para o Ministério de Minas e Energia, no início do primeiro mandato de Lula, o fotógrafo mudou-se de vez para Brasília. Nessa época, ele tinha acabado de ganhar do colunista José Barrionuevo, do jornal “Zero Hora”, o apelido de “Paparazzo”, graças às fotos exclusivas que conseguia dos políticos gaúchos. E sempre que algum dos parlamentares visitava Dilma em Brasília lá estava Sorriso ao lado da ministra.
Durante a campanha presidencial, o marqueteiro João Santana recorreu ao arquivo de mais de cinco mil fotografias de Sorriso para reconstituir a trajetória política de Dilma no programa eleitoral. “O pessoal da campanha estava desesperado, eles não sabiam em que fotografias a Dilma aparecia. Ela sempre ficava em segundo plano nas fotos, pois é uma mulher de bastidor”, afirma ele.
Hoje Sorriso é dono do Paparazzo Gaúcho, que presta serviços de fotografia a políticos do Estado. Ele casou com uma assessora do PDT, com quem teve duas filhas, e mora na Vila Planalto, a 500 metros do Palácio do Planalto, onde Dilma despacha. Recentemente, Sorriso recusou algumas sondagens para trabalhar no governo.
A única coisa que o fotógrafo pediu a Dilma foi uma credencial para fazer fotos no Palácio do Planalto, que ele tentava por dois anos, sem sucesso. Dilma pediu que ele fizesse o pedido à assessoria de imprensa da Presidência. Para quem ainda não conhece direito a presidente, o fotógrafo faz uma recomendação: “A Dilma é bem mineira, não vai ficar dando sorrisos à toa e não vai aceitar falcatruas no governo”, diz. “Mas se trabalhar bem certinho, o ministro ganha a confiança dela.” Conselho de quem sempre faz a presidente Dilma Rousseff sorrir.
...
Sua esposa, a Lucia Castêncio registrou:



-


PEDRADINHA 1 - Recebo:
Porto-alegrense sendo o que gosta de ser: otário, e cheio de modinha (fala, quem é de Porto Alegre).
Ao invés de se preocupar com coisa séria, fica dando uma de “raipado”.
Povo besta este!
Matéria da “ZeGagá”. Aquela da Dra. Andiara, que quer colocar mais um “casalzinho” féxon na mídia.



-


PEDRADINHA 2 - Recebo:
Alguém acreditou que o “Fofo” do Dudu Leite iria fazer algo diferente do “Polenta” no que se refere ao pagamento do salário dos “barnabés”?
Achava que um cara bonitão (e que, de fato, é), bem articulado (e que, de fato, é), jovem iria resolver o negócio? BANDO DE TROXA!!!!! Ele é mais refém do que o Sartori. Que, pelo menos, não mentia (e por isto perdeu a eleição, eu acho).
Estado quebrado desde a década de 70, que quis fazer tudo sozinho, e se f... . O Bonitão vai ficar 4 anos que nem ficou o “gringo”: administrando massa falida!
Ainda fica a gauchada (e sou gaúcho) cantando de galo! Vão aprender a fazer conta, escolher gente decente para ser seu representante, e deixar de viver de passado!
Enquanto isto, atravessando o Mampituba tá lá os “Catarina”, rindo da nossa cara!


-


TITULEIRO DO ZH CAPRICHA - Ninguém lê as matérias. No mínimo, quatro dias deste modo:




-



CHAME O CACO!!





-


TEM GENTE QUE PREFERE O INVERNO





-



NÃO É PIADINHA


Contratei um pedreiro. Não levei fé.
Mas quando vi o seu prumo, vi que era profissional!




-


PIADINHA

PESSOAS QUE BEBEM TÊM BOM CORAÇÃO

Drama: 103 passageiros e apenas 40 refeições foram carregadas em um voo de Bombaim para o Canadá.
A  tripulação estava desconsertada. No entanto, uma comissária de bordo teve uma ideia.
Cerca de 30 minutos depois, ela anunciou:
- Eu não sei como isso aconteceu, mas temos 103 passageiros e apenas 40 jantares. Qualquer um que seja gentil o suficiente para desistir de sua refeição para outra pessoa, receberá bebidas gratuitas ilimitadas durante toda a duração do voo.
Seu próximo anúncio veio duas horas depois:
- Se alguém quiser mudar de ideia, ainda temos 40 refeições disponíveis.


3 comentários:

  1. Caro Prévidi,

    Acho que as nossas rádios não tiveram claro a dimensão em termos jornalísticos da eleição do novo presidente do senado.
    Eu, e a metade do Brasil, acompanhei na sexta até a madrugada, 'p' da vida com a possibilidade da eleição do Renan. Segui acompanhando no sábado, agora já mais aliviado. Sai para caminhar, por meados da tarde, sintonizei nossas rádios, e nada; só futebol. Aí então tentei a Jovem Pan, de São Paulo. Sintonizei-a via YouTube, uma beleza. E a prova de que havia um enorme interesse da população pela eleição foi a audiência da rádio nessa mídia. O tempo todo o âncora, o ótimo Marco Antônio Villa, sinalizava: chegamos a 85 mil assistentes, agora 87, agora temos um pouco mais. E ele, otimista, afirmava que a vitória seria do Davi já no primeiro turno. O mal foi derrotado, os brasileiros estavam todos ligados.As chances das reformas passarem, agora, são bem maiores. E como as precisamos!

    ResponderExcluir
  2. Visualizando o vídeo a respeito do velório do irmão do ladrão, é impressionante a diarréia verbal e laqueadura de pensamentos que envolvem o mundo que eles acham que existe.

    ResponderExcluir
  3. Previdi, teu filho é uma cópia tua. Kkkk. Parabéns pela família .

    ResponderExcluir