Sexta, 18 de janeiro de 2019




Jamais troquei de lado.
Por quê? Eu não tenho lado.
Ou melhor, o meu lado sou eu
...
ANDO DEVAGAR
PORQUE NÃO TENHO PRESSA









HORÁRIO DE VERÃO!
Atualizado diariamente
até 10 horas





Escreva apenas para








HERÓI!!












TECNOLOGIA, NACIONALISMO  E SUBMISSÃO





Contribuição do engenheiro civil Melvis Barrios Junior

O Brasil, por estar entre os dez países mais populosos do mundo e entre os cinco com maior território explorável e habitável, não pode desempenhar um papel secundário na geopolítica mundial.

Apesar desses parâmetros temos quase 100 milhões de pessoas na linha da pobreza com renda anual inferior a 3.000 dólares e quase 50 milhões de analfabetos.

Precisamos de forma urgente romper essa linha do atraso e subdesenvolvimento, fato que somente irá ocorrer se forem realizados investimentos pesados em tecnologia e industrialização do país.

Infelizmente estamos assistindo um dos maiores processos de desnacionalização e desindustrialização da história do Brasil. Depois de 50 anos de investimentos estamos entregando a EMBRAER para os americanos, o Pré Sal para chineses, noruegueses, ingleses e americanos.

Estão transformando o BRASIL em colônia do capital internacional em pleno século XXI, ágora em vez de café e cana de açúcar estamos exportando soja e minério de ferro. Sem uma política industrial forte de produção nacional,continuaremos sem mercado de trabalho, sem bons empregos, mantendo grande parte da nossa população vivendo de forma miserável.

Somos escravos de uma política econômica que em 2018 pagou 600 bilhões de reais somente em juros para rolagem da dívida pública interna.

Somos uma nação sem gestão há muitos anos, com os dirigentes enriquecendo guetos empresariais e criando uma elite no serviço público que sangra os recursos da nação e condena o presente e o futuro da maioria dos brasileiros.



-



REFLEXÃO

Existem mil tipos de assédio, mas confesso que não sou alguém que me incomodo muito com assédio, desde que não me toque. Inclusive, se a pessoa demorasse muito a entender, eu ia mesmo e assediava, nunca vi isso como problema.

Luana Piovani



(noiada, pra quem não sabe, é drogada, chapada, sonolenta, por aí)


REFLEXÃO 2

Claro, a gente deu voz a muita gente que era assediada de maneira terrível e cruel. Acho isso superimportante! Mas acho um certo exagero o que tá rolando em relação a assédio. Inclusive, eu, se fosse homem, ia tá com medo de conversar com mulher.  Por isso que está todo mundo usando o tal do aplicativo, o que eu acho terrível. Não tem nada melhor do que paquerar, essa é a parte melhor parte de ser solteira.

Ela mesma



-


PERGUNTINHA

Quando vão ser presos esses ex-"dirigentes" do Internacional de Porto Alegre?


-



DOIS ANOS DO SÉRGIO - Sérgio Morem Cóssio, diretor-geral do Grupo Bandeirantes RS:
Hoje completo 2 anos de Grupo Bandeirantes!
Agradeço ao presidente Johnny Saad, aos acionistas da família Saad, ao vice-presidente executivo André Aguera, agradeço aos demais vice-presidentes, ao diretor de rede Rodrigo Neves, toda diretoria em São Paulo, colegas de rede, agradeço minha equipe aqui do Rio Grande do Sul: Neca Hickmann, Ciça Kramer, Norton Marcon, Natália Ledur, Rodrigo Simch, Maicon Bock; Fabio Pinheiro, demais colaboradores(as) da Band RS, agradeço ao público que nos honra com sua audiência, agradeço ao mercado, especialmente aos nossos anunciantes e agências de publicidade, agradeço às entidades parceiras, enfim, registro minha gratidão a todos que acreditam no meu trabalho!!! Vamos em frente.


-


BEM ISSO

O problema não é voto aberto ou fechado; o problema é, em qualquer circunstância, haver 41 senadores dispostos a votar no Renan.

Andre Arnt

...
O que fico mais indignado é que o "senador" reeleito Paulo Paim já disse que vota no Renan Calheiros. As pessoas que votaram nessa coisa não estão indignados?


-



QUALIDADE É TUDO, NÉ GAUCHAZH?

Deve ser as mulheres da família do Adolfo, que fizeram uma editora!

Chamada na capa:


O título da matéria:

(clica em cima que amplia)

E durante toda a quinta-feira a "Bloch Editoras" ficou no ar.
Significa que nem o autor do artigo leu o que foi postado.

...

Gostei do artigo do Italo Bertão Filho, estudante de Jornalismo da PUC, sobre o Carlos Heitor Cony, com o título aí de cima. Um excelente resumo da vida do escritor.
Ele só esqueceu que Cony, no início do golpe de 64, foi favorável ao que os milicos fizeram. E por trabalhar para um baba-ovo dos milicos, Adolpho Bloch, era chamado pelo pessoal de O Pasquim de Carlos Heitor Conyvente..


-


OUTRA DA GAUCHAZH! - Redator ingênuo!!
A "menina" de 12 anos devia estar brincando de boneca ou de casinha na rua. Nada estranho ser as três horas da manhã. Um anjinho.
E falam ainda em feminicídio!
Tinha que ser infanticídio!!
A joia jornalística está em https://gauchazh.clicrbs.com.br/seguranca/noticia/2019/01/menina-de-12-anos-e-assassinada-a-tiros-na-zona-leste-de-porto-alegre-cjr0n6nqr019a01pkrhbfhy0f.html








CONVITE DO MILTINHO TALAVEIRA - Porto Alegre cinquenta graus no verão é o inferno úmido, mas a edição da festa Blow Up convida a todos para afogar as mágoas (e o calor) dando um splash com o filme Aquaman.
No filme o personagem aprende que não pode fazer tudo sozinho quando começa uma jornada em busca de algo muito importante para o futuro de Atlantis. Na festa desta edição todos podem ser o personagem para encontrar a felicidade nas pistas, já que teremos rodada dupla de água que Aquaman não bebe.
A edição desta Blow Up que acontece neste sábado, dia 19 de Janeiro, no Bar Ocidente vai ter rodada DUPLA de cerveja 600 ml até meia noite. Então #ficadica, cheguem cedo e se atirem no líquido que Aquaman não bebe.
...
A Blow Up é uma festa que acontece há treze anos, sempre a cada terceiro sábado do mês no Bar Ocidente. Cada edição da festa tem uma inspiração diferente que exibe filmes, seriados e/ou novelas no telão e realiza intervenções pelos ambientes do Bar Ocidente. Nestes treze anos já foram realizadas festas com os mais variados filmes e temas, desde com o clássico filme dos anos 60, que dá nome a festa, bem como seriados clássicos e contemporâneos, destaque para duas edições Star Wars onde a festa colocou cosplays diretamente do Conselho Jedi/RS, e já houveram algumas edições baseadas em atores.
Em duas pistas no Bar Ocidente, uma somente com música pop-eletrônica e outra com clássicos de todas as décadas levam alegria e boas energias até amanhecer, para os mais variados gostos.
...
Serviço:
O QUÊ: BLOW UP, A Festa.
DJs: Claus Pupp, Julia Barth, Felipe Velia, Mely Paredes e Camila Vargas
QUANDO: Sábado, 19 de Janeiro, 22h.
ONDE: OCIDENTE (João Telles esquina Osvaldo Aranha)
Ingressos
R$ 60,00
NA HORA: R$ 65,00


-


UMA ESTRANHA AMIZADE - Ontem postei aqui um texto do Nilton Fernando sobre a morte do Lua. Alguns contemporâneos não gostaram do que escreveu o Nilton. Mandaram histórias, envolvendo os dois, que não favorecem o Nilton. Por isso não publico. Apenas registro a insatisfação. E destaco que Nilton e Lua não eram amigos na década de 90.


-


NÃO ENTENDO O JORNALISMO DA RBS - Ontem, assisti uma matéria sobre o aniversário de uma boneca grande - não entendi direito, mas estavam na sede de um grupo teatral (?). Muita animação, muitos sorrisos e a festa que iriam fazer na tal sede - "tem lugar para todos". Só que não oferecem ao telespectador informações de "serviço", tipo dias, horários e, principalmente, o LOCAL.
...
Que jornalismo de mierda!!


-


UMA OPORTUNIDADE ÚNICA!
CACO BELMONTE SABE MUITO BEM O QUE FAZ!!





-


TEM GENTE QUE PREFERE O INVERNO

O calor nesta semana está terrível!!
Clique em cima e veja como a mocinha está suada!




-



NÃO É PIADINHA


Isso não é crime?





-


PIADINHA




Um comentário:

  1. Teve uma época em que eu atuei no meio rádio e o Lua ainda estava na ativa. Não o conheci pessoalmente. Porém, com todas as pessoas que tive contato falavam dele com muito carinho pela pessoa afetiva que ele era. O profissional deixou sua marca. Comandou o melhor time de locutores (na minha opinião) que ouvi, na Radio Bandeirantes FM. Final dos anos 80: Sergio DoErre, Rui Carvalho, Flavio Martins, Lua e Paulo Amaury. Mas isso era no tempo em que rádio era voz... Sentirei falta das Saudações semanais que ele postava no facebook. Perda!

    ResponderExcluir