Terça, 6 de abril de 2021

 

SOU QUEM SOU.
TUA APROVAÇÃO NÃO É NECESSÁRIA.
...

ANDO DEVAGAR
PORQUE JÁ TIVE PRESSA






Escreva apenas para


COMENTÁRIOS: Todos podem fazer críticas, a mim, a qualquer pessoa ou instituição. Desde que eu tenha alguma informação do crítico - nome, telefone, cpf - ou seja, dados. Claro que existem pessoas que conheço e que não necessito dessas informações. MAS NÃO PUBLICO CRÍTICAS FEROZES DE ANÔNIMOS!!





ISSO É GENOCÍDIO?
NEGACIONISMO?


É inexplicável: o Governo Dudu Milk recebeu 2,7 milhões de vacinas do Governo federal e, estranhamente, foram aplicadas apenas 1,3 milhão de doses. Se estivesse fazendo o certo, 1/3 dos porto-alegrenses já estariam vacinados.
Apenas um palpite: Dudu quer que a vacinação se arraste para colocar a culpa em Bolsonaro. As pessoas reclamam da demora e ele simplesmente diz: "A culpa é do presidente", com aquele ar cheio de razão, sentado na frente do notebook.



URGENTE!! NOTÍCIA URGENTE!!

Assembleia vota nesta terça-feira projeto que proíbe corrida de cães




A GLOBO BATEU NO FUNDO!
NÃO PODE SER MAIS CANALHA!!

Ontem, o apresentador desprezível e idiota teve a coragem de comparar os mortos da Boate Kiss com os mortos da pandemia. Nem um nazista de carteirinha, nem um petista  teria coragem de fazer isso. O vídeo está aí abaixo, mas pode ser que a globo vete:






VIRA-CASACA É UM TIPO
DESPREZÍVEL E ABJETO


Este texto serve para comunicadores de diversos matizes, incluindo profissionais que atuam no RS.

Texto de Paulo Cursino:


Somente Lula é capaz de mentir deste jeito a um jornalista de um de nossos maiores veículos e a coisa passa batida. Normal. Ninguém fala nada. Se não fosse os retuítes, e as redes sociais, esta mentira de Lula passaria batida. NADA na afirmação abaixo é verdade. Não batem datas, nomes, não há sentido ou lógica.

Viesse de qualquer outro político - ainda mais de direita - o cara já teria até processo por fake news nas costas. Fosse qualquer outro, qualquer um, e já teria artistinha global postando o tuíte dez vezes por dia no Instagram. Mas impera o silêncio. Afinal, Lula pode mentir. Sempre pôde. Sempre poderá.

O episódio me fez lembrar da entrevista no Fantástico sobre o mensalão, em agosto de 2003, quando Lula admitiu em rede nacional que seu partido fez caixa dois quando foi eleito. Aquilo era descarado demais para qualquer um, motivo claro e patente para impeachment, mas no dia seguinte... nada. Foi naquele momento que eu percebi de vez o quanto o Brasil estava ferrado.

 Nunca mais tive esperanças. Ali também entendi qual era o jogo da imprensa: fazer uma oposição suave travestida de isenção. Esticavam a corda o suficiente para retinir, mas sem risco nenhum de arrebentá-la. Para completar a farsa, jornalistas pagos escreviam em cartas capitais que havia uma "imprensa golpista" que na verdade não golpeava e nunca golpeou ninguém. Um imenso teatro, nada mais do que isso.

A imprensa no geral só mudou de lado, por uns seis meses, se tanto, quando o povo foi para as ruas em 2013 ou quando o Titanic do segundo governo Dilma já havia se partido ao meio. Mas quando a esquerda está longe do poder o que prevalece é o que vimos ontem na entrevista de Lula a Reinaldo Azevedo: subserviência, chapa-branquismo, e elogio despudorado à canalhice.

Não se surpreendam com o que virá daqui para a frente. A briga será feia. O jogo já está nivelado por baixo. Ainda que não admitam, nosso jornalismo e classes pensantes adoram e precisam de um mito ainda mais do que aqueles que tanto criticam. Lula sempre foi corrupto e canalha, mas como o Chico Buarque, o Caetano Veloso, o Gregório Duvivier, e agora até Azevedo passam pano para isto, então ele é perdoável, está liberado. Afinal, não podemos discordar desta casta de sábios com aposentadoria garantida. Não existe nada mais jeca, mas se é assim que nossa "intelligentsia" pensa, então não há o que fazer.

Pensando bem, eu posso estar enganado e levando tudo isso a sério demais. Talvez o grande problema da imprensa com o atual governo seja mais simples do que parece. Talvez Bolsonaro seja desgastante demais, dê trabalho demais, e pior: é pouco lucrativo. Para a nossa imprensa, sempre dada a vagabundagem, e não apenas intelectual, o retorno de Lula é uma espécie de volta ao paraíso perdido, uma promessa de pouco trabalho e bolso cheio em breve.

Engana-se quem acha que os atuais ventos fortes das manhãs cariocas se devem à recente chegada do outono. Longe disso. São apenas os rabinhos da Zona Sul abanando em grande número. Afinal, Lula é o São Sebastião dos mentirosos, dos desonestos, e dos vagabundos. O entusiasmo dessa gente é cada vez mais indisfarçável.

-

 

-


GOLPE NOS JORNAIS, O COMEÇO DO FIM. 
ESTÃO TODOS APAVORADOS COM O FIM DA PUBLICAÇÃO DE EDITAIS NOS IMPRESSOS

Comunicado do Eladio Vieira da Cunha, presidente da ADI-RS (Associação dos Diários do Interior do RS):

O presidente Jair Bolsonaro vetou o trecho da nova Lei das Licitações (14.133/21) que assegurava a publicação de editais de licitação em jornais, atingindo inclusive os diários oficiais. Além de representar um retrocesso quanto à necessidade de transparência dos atos públicos, o veto é uma nova ameaça à sobrevivência dos jornais, em particular dos pequenos e médios veículos do Interior do país que têm parte relevante de sua receita baseada na publicidade legal.

As entidades de comunicação estão mobilizadas para tentar reverter esse veto no Congresso, mas o esforço para convencer deputados e senadores sobre os riscos e consequências deste veto – para que possamos derrubá-lo - precisa do seu apoio e de todos os colegas do Interior junto aos parlamentares federais de sua região.

Aqui um breve histórico da lei.

1) Em dezembro do ano passado foi aprovado projeto de lei que tramita desde 2013 no Senado Federal e cria uma nova lei de licitações e contratos da administração pública e revoga a atual lei de licitações, a lei 8.666/93. Após aprovação nas duas casas, o projeto seguiu para sanção presidencial.

2) A lei aprovada no Congresso assegurava que a publicidade do edital de licitação será realizada mediante divulgação da íntegra no Portal Nacional de Contratações Públicas (PNCP), a ser criado pelo governo federal, e de um extrato. nos diários oficiais e em jornais de grande circulação.

3) O veto presidencial sobre a publicação dos resumos dos editais desobriga Uniao, Estados e Municípios de dar publicidade dos editais nos DOs e jornais.

4) Pela nova lei, há uma convivência entre a lei n.º 8.666/93 e a lei n.º 14.133/21 por dois anos.  Durante esse período, cabe ao administrador público  optar por qual lei fará a licitação. Na prática, enquanto não for criado o Portal Nacional de Contratações Públicas o administrador não poderá optar pelo rito da nova lei e será obrigado a publicar os editais de licitação nos jornais impressos. Mas o portal poderá entrar no ar a qualquer momento, eliminando a necessidade de divulgação dos editais nos jornais.

5) O Congresso Nacional tem 30 dias para colocar os vetos em pauta, para não trancar a pauta e impedir votações. Neste prazo, precisamos do apoio de todos juntos aos parlamentares federais para que possamos reverter esse veto.


-


GAGÁ -
O deputado federal, aquele que é metido a fazer previsões e sempre erra, disse ontem que a pandemia acabou.
Tem que interditar!!


-


NOTICIÁRIOS DE TV: COMPARE



-


UMA EXCELENTE NOTÍCIA - Quem conta é o deputado federal Bibo Nunes:

- O Governo federal promove o maior leilão do setor aeroportuário. Serão 22 aeroportos repassados para a iniciatiuvca privada. A expectativa é de arrecadas 6,1 bilhões de reais para investimentos.

-


A INÚTIL ASSEMBLEIA LEGISLATIVA - Como vocês sabem, segunda e sexta os excelências não trabalham. Hoje eles começam a semana e existem 19 projetos para serem votados.
Destaquei esses que mostram a preocupação deles com o bicho chinês:

PR 28 2019, do deputado Fernando Marroni (PT), que institui o Prêmio Rosa do Manatial de Fotografia do Pampa Gaúcho. 

PL 50 2020, do deputado Sérgio Turra (PP), que reconhece a CUTELARIA ARTESANAL GAÚCHA como de relevante interesse cultural do Rio Grande do Sul e inclui a FEIRA GAÚCHA DA FACA ARTESANAL no Calendário Oficial de Eventos do Estado do Rio Grande do Sul.

PL 5 2018, do deputado Zé Nunes (PT), que dispõe sobre a produção e a comercialização de queijos artesanais de leite cru e dá outras providências. 

PL 523 2019, da deputada Sofia Cavedon (PT), que institui o dia 25 de novembro como Dia Estadual da Não-Violência contra Mulheres e Meninas.

...

Mas também está para ser votado o projeto do Dudu Milk que 
institui o auxílio emergencial de apoio à atividade econômica e de proteção social, "bem como estabelece medidas excepcionais de enfrentamento às consequências econômicas e sociais decorrentes da pandemia de COVID-19".

É um auxílio inútil, uma esmola para empreendedores. Desprezível. Confira:

http://www.al.rs.gov.br/legislativo/ExibeProposicao/tabid/325/SiglaTipo/PL/NroProposicao/65/AnoProposicao/2021/Origem/Px/Default.aspx

Mas em resumo é isso:

A ESMOLA DO DUDU

1) Empresas registradas e ativas no Simples Gaúcho com atividade principal registrada de alojamento ou alimentação (19 mil empresas) — 2 parcelas de R$ 1 mil

2) Microempreendedores individuais (MEI) registrados e ativos com atividade principal registrada de alojamento ou alimentação* (51,9 mil) — 2 parcelas de R$ 400

3) Trabalhadores dos setores de alojamento e alimentação que tenham perdido emprego e não estão atualmente empregados (17,5 mil pessoas) — 2 parcelas de R$ 400

4) Mulheres chefes de família com três filhos ou mais, com famílias de pelo menos cinco membros, em situação de extrema pobreza não atendidas pelo Bolsa Família nem pelo auxílio emergencial federal (8,1 mil famílias) — 2 parcelas de R$ 400


-

REFLEXÃO

A bem da verdade, o PT defende o lockdown há 40 anos.
A "luta" iniciou quando da sua fundação.


-


QUER SE IRRITAR? VEJA A MORDOMIA QUE É O STF



-


QUEM DEVE O FIES? - 
Em ofício encaminhado ao deputado federal Jerônimo Goergen (Progressistas-RS), o Ministério da Educação revela que existem quase dois milhões de contratos do Fies em fase de amortização, que corresponde ao pagamento das prestações mensais. O documento informa que os contratos nessa fase possuem um saldo devedor total de R$ 69,5 bilhões, sendo que 51% deles estão há mais de 90 dias com o pagamento atrasado, o que levou a um registro de ajuste para perdas na contabilidade do Fundo da ordem de R$ 27,8 bilhões.

“Estamos falando de um contingente de um milhão de profissionais formados recentemente em situação de inadimplência. É por isso que solicitei ao MEC a análise da prorrogação do pagamento do Fies até o final do ano, por conta da crise econômica provocada pela pandemia de Covid-19”, explicou o parlamentar.

Em resposta ao pedido feito pelo deputado, o Ministério da Educação entende que uma nova prorrogação do prazo de suspensão das parcelas do Fies poderia impactar negativamente no resultado primário do Fies, bem como poderia despertar pleitos de outros setores econômicos.

“Disso eu não tenho dúvida. Os demais segmentos da economia estão em busca de apoio para poderem superar esse momento dramático da pandemia. Mas estamos falando de egressos do ensino superior que não encontram colocação do mercado de trabalho e que não estão conseguindo honrar as parcelas do Fies. A tendência é que esse rombo bilionário aumente ainda mais se nada for feito”, alertou Jerônimo.
...
Diante da negativa do MEC em prorrogar a suspensão das parcelas do Fies, o deputado Jerônimo Goergen apresentou Projeto de Lei que na prática estende os efeitos da Lei 14.024, que autorizou suspender as parcelas do financiamento por conta do estado de calamidade pública provocada pela pandemia do novo coronavírus. Há outras iniciativas legislativas semelhantes, como o Projeto de Lei 50/2021, de autoria do deputado federal Denis Bezerra (PSB-CE), que também prevê a suspensão das parcelas de amortização do Fies.

“A causa da educação é muito maior que todos nós. Não importa quem seja o autor da proposta, temos que unir esforços para oferecer uma ponta de esperança para esses profissionais que tentam ingressar no mercado de trabalho. E deixar uma mensagem de otimismo quanto ao futuro, de que vamos vencer esse momento difícil e voltar a gerar emprego e renda para todos os brasileiros”, finalizou.
...
De acordo com dados oficiais, desde a sua criação, o financiamento estudantil já beneficiou aproximadamente 3,4 milhões de estudantes, sendo que 2,8 milhões ainda possuem contrato ativo e com saldo devedor junto aos agentes financeiros Banco do Brasil S. A. e Caixa Econômica Federal. O valor total da carteira de financiamentos do Fies, que corresponde ao saldo devedor dos contratos administrados pelos agentes financeiros do Fundo, alcança R$ 116,3 bilhões.

Desse total, cerca de 576 mil estudantes ainda estão frequentando o curso superior e 637 mil estão na fase de carência, período de 18 meses que se inicia após a conclusão do curso. Nessas etapas do financiamento, os estudantes financiados pagam somente parcelas de juros trimestrais que variam de R$ 50,00 ou R$ 150,00, e vencem em março, junho, setembro e dezembro de cada ano.

O restante, cerca de 1,96 milhão, já iniciaram a fase de amortização, que corresponde ao pagamento do financiamento em prestações mensais. Os contratos nessa fase possuem saldo devedor total de R$ 69,5 bilhões. Do total de financiados que estão nessa fase, 51% estão inadimplentes há mais de 90 dias com o pagamento de suas prestações mensais, o que levou a um registro de ajuste para perdas na contabilidade do Fundo da ordem de R$ 27,8 bilhões. Praticamente a totalidade dos contratos ativos que estão na fase de amortização foram formalizados até o ano de 2017.


-




-


MAIS ASFALTO, MENOS BURACOS - O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, assinou ontem contrato de início da nova operação das usinas de asfalto. O objetivo é qualificar a pavimentação.

Na prática, os serviços vão diminuir os buracos, que conta com cerca de 2.800km de ruas, avenidas, becos e estradas.

- É um enorme desafio manter a conservação desse espaço, por isso nossa operação precisa ser muito efetiva e organizada. Queremos resolver o problema de forma definitiva. O cidadão que anda pela cidade merece vias em bom estado. É um dever do poder público - explica.

Com os novos contratos, o atendimento e a qualidade da manutenção e conservação asfáltica serão ampliados. Após o início da operação das duas usinas, a produção prevista é de até 90 mil toneladas por ano.

Porto Alegre terá não só serviços emergenciais, mas uma conservação padrão, melhoria da conservação permanente e também um trabalho preventivo que não era feito.



-


O livro está a disposição na Banca da República - na esquina da Rua da República com avenida  João Pessoa.
Também posso enviar pelo Correio, sem custo adicional.
Quem tiver pressa, posso mandar por Sedex, mas aí tem um custo extra de absurdos 25 reais para a EBCT. APENAS PARA O RS - DEMAIS ESTADOS É OUTRO VALOR.
Ah, sim, o livro custa 35 reais.

A T E N Ç Ã O!!

Pode fazer um PIX Banrisul:
Chave   238 550 700 59

Ou um PIX Nubank:
Chave   jlprevidi@gmail.com 

(me avisa quando fizer a operação pelo jlprevidi@gmail.com, mandando o endereço completo)

OU
BANRISUL
AGÊNCIA 0834
CONTA CORRENTE 35.120973.0-2
JOSÉ LUIZ GULART PRÉVIDI
238 550 700 59


-


-


RECEBO COMO UM TEATRINHO NO CEMITÉRIO


-



-


ATENÇÃO!!

DA REVISTA PIAUÍ:

Foram 48 horas de dor. Entre 29 e 31 de março, a estudante de medicina Emanuelly Cavalcante, de 23 anos, perdeu o pai, o médico João Joaquim Cavalcante Neto, de 61 anos, e a irmã, Emilly Cavalcante, de 25 anos, graduanda em medicina. Ambos estavam internados com Covid em um dos hospitais de campanha administrados pela Prefeitura de Natal, capital do Rio Grande do Norte. Cavalcante Neto trabalhava em três unidades de saúde e em um hospital da capital no setor de pediatria. Em 15 de fevereiro, tomou a segunda dose da CoronaVac. No dia 3 de março, no entanto, começaram a surgir os primeiros sintomas. Pai e filha apresentavam os mesmos sintomas, com pequenos intervalos de diferença.
(...)
Em reportagem da piauí sobre o caso de outra paciente que, mesmo vacinada, morreu, cientistas destacaram a importância da imunização e lembraram que os organismos reagem em tempo e modo diferentes na produção de anticorpos. 


-


RENATO - Indagação do Airton Poll:

Eu vi a noticia de que o técnico do Grêmio Renato Portaluppi foi diagnosticado com Covid 19.
O que eu questiono é o seguinte: os protocolos vigentes para quem teve contato com alguém com covid não indicam a quarentena preventiva? Ou eles só valem para os mortais comuns? Não incluem jogadores de futebol que disputam campeonatos que estão na programação dos arautos do “fique em casa”?
Afinal, o Renato dirigiu a equipe no Grenal de sábado. Duvido que tenha dado a preleção de máscara, bem como comemorou o gol com os atletas sem mascara entre abraços e afagos. Então por que os jogadores podem até viajar? Isso não causa nenhuma indignação nos “jornalistas” propagadores do caos?


X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X


Faça sua encomenda até à meia-noite de quarta-feira, ou um dia antes, e receba na sua casa nossos deliciosos pratos, quitutes ou doces, na quinta, sexta ou sábado, das 11h às 18h. Entregamos em todos os bairros de Porto Alegre.

CARDÁPIO

PRATOS QUENTES

Bife à Francesa à milanesa assado no forno coberto com molho de cebola, tomate, pimentão, ervilhas, presunto magro, queijo mussarela gratinado e batata palha, acompanha arroz branco: R$ 70,00 (porção p/ 2 pessoas).

Filé de Peixe grelhado com molho de alcaparras, cebola e tomate, acompanha batatas no vapor: R$ 50,00 (porção p/ 2 pessoas).

Espinhaço de Ovelha Mexido, acompanha arroz branco: R$ 65,00 (porção p/ 2 pessoas).

Língua Bovina ao molho com ervilhas, acompanha arroz branco: R$ 50,00 (porção p/ 2 pessoas).

Carreteiro de Charque, acompanha Feijão mexido: R$ 60,00 (porção p/ 2 pessoas).

Galinha Caipira com Arroz: R$ 40,00 (porção p/ 2 pessoas).

Ensopado de Carne com Mandioca "Vaca Atolada": R$ 50,00 (porção p/ 2 pessoas).

*Taxa de Entrega: R$ 10,00

DOCES/SOBREMESAS

Sagu (porção individual): R$ 5,00
Arroz Doce (porção individual): R$ 5,00
Ambrosia (porção individual): R$ 7,00
Moranga Caramelada (porção p/ 2 pessoas): R$ 7,00

TORTAS FRIAS

Frango (18 fatias): R$ 80,00
Legumes (18 fatias): R$ 80,00

QUICHES 

Espinafre (6 fatias): R$ 40,00
Brócolis (6 fatias): R$ 40,00
Calabresa (6 fatias): R$ 40,00
Frango com Alho Poró (6 fatias): R$ 40,00

PASTELÃO 

Frango com requeijão e azeitonas (6 fatias): R$ 60,00

Fone/Whatsapp: (51) 99913.8545


X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-XX-X-X-X-X-X-X-


MARAVILHA!!

"Nunca vi um por do sol igual a outro. E todos têm um encantamento!" - Marco Couto, repórter fotográfico







XXXXXXXXX





XXXXXXXXXX


INTERVALO

NOVO NORMAL


X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-XX-X-X-X-X-X-X-X-X


OS ALFAJORES
DA ROCHELLE!!





Me chamo Rochelle Benites (foto), moro em Porto Alegre e estou na espera para transplante pulmonar, na Santa Casa. Aguardo dois pulmões. 

Não tenho condições físicas para trabalhar e encontrei nos deliciosos Alfajores de Gramado uma maneira de ajudar no sustento de minha família - sou a chefe do lar.

  
      PEÇA AGORA MESMO
Combinamos entrega ❤️ 51 99996-3361 ❤







-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-XX-X-X-X-X-X


PIADINHA


17 comentários:

  1. Boa tarde sobre o texto do Paulo Cursino ( bom porém incompleto).Se é verdade que é mentira deveria citar os fatos que o comprovam pois da maneira colocada com todo o respeito que merece entra no mesmo " time" do jornalista ou jornalistas que ele crítica para mim ao ler o texto do mesmo fica o dito pelo não dito sem a comprovação de seus argumentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O jornalista Cláudio Humberto esmiuçou o caso.

      Excluir
    2. Cristiano de Souza Duarte6 de abril de 2021 19:27

      Quando o Lehman Brothers faliu o presidente era o Bush, não o Obama.

      Excluir
    3. Sim era Bush mas a quebra foi em setembro de 2008 e em novembro Barak Obama foi eleito será que a tal conversa não poderia ter ocorrido logo após eleito e antes da posse em janeiro de 2009 todos sabemos que ao serem eleitos os políticos começam suas peripécias até assumirem o cargo.Ate este momento não vi nenhum "jornalista " esmiuçar o trololó do Lula.Claidio Humberto e outros tentaram mas também caíram em contradições como o ex presidente ...iario.

      Excluir
    4. Difícil é achar alguma coisa verdadeira nas declarações de um mentiroso contumaz.

      Excluir
    5. Mentir faz parte da liturgia do cargo creio pois hoje temos outro mentiroso na presidência.

      Excluir
  2. E o tricolor, pai de todos, lançou o "Grêmio Play". Vamos ver quanto tempo para Inter, o "copião de tudo", imitar...

    ResponderExcluir
  3. Deixa o Renato. Não falou sobre o Grenal como da outra vez, ok, mas deixa o Renato.

    ResponderExcluir
  4. Cristiano de Souza Duarte6 de abril de 2021 16:35

    Hoje o Chamada Geral da gaúcha fez uma defesa da vacinação do milk, até de maneira emocionada.

    Segundo o programa a versão oficial é de quem tem vacina demais! Chegaram muitos lotes em um curto espaço de tempo e por isso não dá tempo de vacinar. Porra! O professor de educação física e o governador ficam dando chiliques diários de que é preciso mais agilidade na vacinação, se o genocida não comprar vacina rapidamente será um caos, só que quando tem vacina disponível reclamam que tem muita vacina ao mesmo tempo! Isso só comprova minha ideia de que o dia que o presidente for favorável ao lockdown todos eles vão dizer que é uma atitude ditatorial e fascista.

    ResponderExcluir
  5. O jornalismo,basta ser patrocinado. Que fica nà mão, fácil fácil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como disse o Millôr, pagando bem eles publicam qualquer coisa, até a verdade.

      Excluir
  6. Como nos questionamentos sobre "dia dos pais", "dia das mães", etc, me ficou a dúvida: conforme a deputada petista, o dia 25 de novembro será o Dia Estadual da Não-Violência contra Mulheres e Meninas.
    Nos demais dias do ano pode bater à vontade??

    ResponderExcluir
  7. Previdi,
    Que bonitinha a cuia ali do glamouroso Dudu Milk. Será q ele mesmo quem monta? Ou ele paga pra algum assessor/marketeiro cevar o seu mate?

    Forte abraço,
    Pedro Leon.

    ResponderExcluir
  8. O sujeito que ganhou a tal medalha está no mesmo nível daquele deputado que largou o cargo de forma até hoje mal explicada.

    ResponderExcluir