Quinta, 1º de abril de 2021

 

SOU QUEM SOU.
TUA APROVAÇÃO NÃO É NECESSÁRIA.
...

ANDO DEVAGAR
PORQUE JÁ TIVE PRESSA






Escreva apenas para


COMENTÁRIOS: Todos podem fazer críticas, a mim, a qualquer pessoa ou instituição. Desde que eu tenha alguma informação do crítico - nome, telefone, cpf - ou seja, dados. Claro que existem pessoas que conheço e que não necessito dessas informações. MAS NÃO PUBLICO CRÍTICAS FEROZES DE ANÔNIMOS!!





Dudu Milk é chegado num professor de Educação Física.
O seu principal conselheiro para a pandemia é um professor de EF de Pelotas. Agora, indicou um professor de EF para diretoria técnica do BRDE.
É um atleta esse governador, não?

...

A BANDEIRA PRETA DO DUDU MILK VIROU BANDALHEIRA PRETA!
UM BOM EXEMPLO É A RUA DA PRAIA: LOJAS FECHADAS E UMA GRANDE QUITANDA!!







JORNALISMO DE QUINTA 

 Escreve o advogado Gustavo D'Ávila:

Uma singela contribuição para as tuas aulas de jornalismo. No caso do exemplo, de como não se fazer jornalismo.

Lê a manchete e a notícia:

A juíza Cristina Luísa Marques da Silva, da 1ª Vara da Fazenda Pública do Foro Central da Comarca de Porto Alegre, manteve a suspensão das aulas presenciais no Rio Grande do Sul. A decisão proferida nesta terça-feira (30) negou pedidos da Procuradoria-Geral do Estado (PGE) e do Sindicato dos Estabelecimentos do Ensino Privado no Estado do Rio Grande do Sul (Sinepe-RS).

As petições tinham sido protocoladas em ação movida pela Associação Mães e Pais pela Democracia e pelo Cpers-Sindicato, que representa a categoria dos professores. A juíza Rada Maria Metzger Kepes Zaman atendeu, em 25 de fevereiro, pedido dos autores e suspendeu a retomada presencial das aulas no Estado. 

De lá para cá, várias instituições e órgãos têm feito reiterados pedidos de reconsideração da decisão, que já foi referendada pelo Tribunal de Justiça e pelo Supremo Tribunal Federal. Entre os argumentos usados em favor da liberação está o de que o próprio governo do Estado classifica como essenciais, durante a bandeira preta do sistema de distanciamento controlado, as aulas presenciais para alunos da Educação Infantil e 1º e 2º anos do Ensino Fundamental.

Em sua decisão, a juíza diz que "trata-se de reiteração do pedido do Estado de revogação da liminar concedida ou, alternativamente, de diminuição do prazo concedido para a parte autora oferecer manifestação. Ainda, há pedido do Sinepe-RS para revogação da antecipação de tutela, uma vez que há indicações da evolução positiva no enfrentamento da pandemia, não estando mais presentes aqueles indicativos do início da demanda, sendo a matéria controversa sobre os riscos da abertura das escolas".

A magistrada sustenta que "a urgência noticiada sobre eventuais danos socioemocionais e cognitivos causados pela ausência de aulas presencias (alegação das partes) é matéria que dependeria de dilação probatória e é de caráter individual. E, ao contrário, a presente ação civil pública não tem por objeto a discussão dessas questões do âmbito particular de cada criança, uma vez que cuida-se de ação essencialmente para a proteção de direitos difusos (art. 1º, IV, da Lei nº 7.347/85)".

Diz, ainda, que "convém salientar que, por óbvio, esta magistrada tem preocupação com a saúde mental das crianças e também se solidariza com todos os pais que estão estafados com o ensino virtual, bem como se consterna com a situação preocupante daqueles que precisam deixar seus filhos em algum local para trabalharem. Mas enquanto órgão público, não pode deixar de analisar a situação sob o prisma do direito difuso, tampouco pode cercear o direito ao contraditório e à ampla defesa".

A juíza quer ouvir os autores da ação e o Ministério Público antes de tomar uma decisão sobre eventual reconsideração de sua decisão de suspender as aulas presenciais no Estado.

...

Volta o Gustavo:

Não pude comentar para eles, diretamente, pois nem colocaram nas redes sociais essa "notícia".

Sou advogado e por razões pessoais possuo interesse extremo na questão do retorno da volta às aulas. Acompanho "de hora em hora" a movimentação do processo da Associação das Mães e Pais do PT, digo, pela Democracia.

A decisão foi muito clara e em momento algum "nega" o retorno.

Espero que quem escreveu a manchete tenha ao menos ficado vermelho com tamanha mentira. A juíza não negou o retorno das aulas presenciais, apenas negou a redução de prazo de manifestação da autora, determinando que esta seja intimada por telefone ou e-mail.

Mentira baixa, para induzir em erro. Esperar o que deste projeto de jornal... projeto mal feito, diga-se.

Tá difícil, e há quem confie nesta "fonte de informação".


-



LI, RELI E NÃO SOUBE SE ELA É A FAVOR OU CONTRA -
Na primeira vez que li acreditei que ela estava feliz ao comparar Bolsonaro com o "líder" Chapolin Chávez, da Venezuela. Na leitura seguinte fiquei em dúvida - me pareceu que ela estava seguindo uma determinação superior, e criticando Bolsonaro por tentar "tomar conta" com a força dos militares. Usou até declarações de Bolsonaro há mais de 20 anos.
A colunista viaja...


-


JORNALISMO HONESTO



-


UM POUQUINHO DE VERGONHA NA CARA - Se os deputados estaduais usarem bom senso não aprovarão a esmola que o governador Dudu Leite quer dar ao empresariado. Podem substituir a "ajudinha" por algo mais concreto, não?


-


TEM ALGO QUE NÃO FECHA NESSE TÍTULO

-



GOLPE? -
"Parlamentares que apoiavam Bolsonaro e hoje estão contra devem se manter nesta posição até a eleição do ano que vem. Apoiar quando está bem e ir contra quanDo enfrenta um problema não é para parlamentar de posição firme. O eleitor não suporta oportunistas, urubus rasteiros", afirma o deputado federal Bibo Nunes.Para ele, "agora começou esta conversinha de golpe. Como podem pensar numa bobagem dstas de alguém que ganhou a eleição? Quem ganha vai querer golpe? Por quê? Só a esquerda e a imprensa marrom para acreditar nisso. Bolsonaro está cada vez mais forte".


-


UMA TETA QUE SE FOI - Recebo:
Um resumo do que são as contas da CEEE, que foi privatizada (parte). Do Jornal do Comércio:

(clica em cima que amplia)



Um pequeno pedaço da folha da CEEE do mês de fevereiro – detalhe o total foi de R$ 22,5 milhões (no ano), multiplica por 13 (pois tem 13º) = R$ 292.000.000,00 – quase 300 milhões, que para cerca de 2.930 funcionários (entre ativos e inativos) dá uma média grosseira anual de R$ 99.658,00 ou um mensal de R$ 7.650,00 (em 13 vezes). Isto deve dar cerca de 3vezes mais que o piso de um jornalista:




-


AUTOCRITICA DO PROFESSOR DE EDUCAÇÃO FÍSICA?


-


O FIASCO DA ASSEMBLEIA GAÚCHA!

Em reunião ordinária virtual, na manhã de terça, a Comissão de Constituição e Justiça, presidida pelo deputado Thiago Simon (MDB), aprovou pareceres favoráveis a sete projetos de lei . Quatro desses projetos reconhecem eventos festivos no estado.

Os projetos com pareceres aprovados foram os seguintes:

PL 51/2020, de Luiz Marenco (PDT), que reconhece como de relevante interesse cultural e turístico do Estado a Estação do Conhecimento, no município de Santiago. Parecer favorável de Pepe Vargas (PT) aprovado por 12x 0.

PL 220/2008, do Poder Judiciário, que altera o artigo 41 da Lei nº 7.356 de 1º de fevereiro de 1980, que dispõe sobre o Código de Organização Judiciária do Estado. Parecer favorável de Juliana Brizola (PDT) aprovado por 12 x 0.

PL 193/2020, de Vilmar Zanchin (MDB), que reconhece o município de Protásio Alves como a "Pérola da Serra Gaúcha". Parecer favorável de Sérgio Turra (PP) aprovado por 12 x 0.

PL 207/2020, de Silvana Covatti (PP), que declara o município de Santa Maria a Capital Estadual dos Eventos do Tradicionalismo Gaúcho. Parecer favorável de Elton Weber (PSB) aprovado por 11 x 0.

PL 257/2020, do Poder Executivo, que autoriza o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER/RS) a transferir ao município de Ametista do Sul a titularidade de segmento da rodovia ERS-591. Parecer favorável de Elton Weber (PSB) aprovado por 11 x 0.

PL 41/2017, de Tiago Simon (MDB), que inclui a Noite Italiana no município de Antônio Prado no Calendário Oficial de Eventos do Rio Grande do Sul. Parecer favorável de Sérgio Turra (PP) aprovado por 11 x 0.

PL 26/2020, de Tenente-Coronel Zucco (PSL), que denomina "Rodovia Deputado Candido Carrion" a Rodovia ERS-030, no trecho compreendido entre os Km 52,73 a 76,86, no município de Santo Antônio da Patrulha. Parecer favorável de Luiz Fernando Mainardi (PT) aprovado por 11 x 0.


-


CÁ ENTRE NÓS - Jamais tinha ouvido falar nesse deputado Candido Carrion - isto que estou nesse meio desde 1980...


-

PARA COLUNISTA, MEA-CULPA TALVEZ.
ERRAR, JAMAIS! -
Escreve o Rodrigo Vizzotto:

As palavras que desencantam leitores, jamais podem ser um erro do colunista, pelo menos na pretensa soberba de colunistas da província. Assim foi o caso da "Xepa da Vacina", estimulada pelo 'furo' jornalístico, mas que só causou furor e tumulto, além da aglomeração de quem se iludiu com a manchete. Culpa de quem? Segundo o boçal autor, os 'mal-educados', nas palavras dele. Depois de muitos subterfúgios, justificativas imprecisas e uso indevido do artifício 'mau uso desse direito a informação", o máximo que se extrai do texto dele é um '...Talvez eu tenha errado...' Buenas, o estrago tá feito. Recentemente, dois outros colunistas do grupo midiático ao menos pediram desculpas. Perde o jornalismo, o leitor, os profissionais de saúde e envolvidos no imbróglio. Indignação geral para uma informação mal direcionada e incompleta (poderia ao menos alertar inicialmente sobre os riscos do fato não se efetivar). Mais uma para a conta dos que querem tornar a notícia sua propriedade e razão absoluta.


-




-



O livro está a disposição na Banca da República - na esquina da Rua da República com avenida  João Pessoa.
Também posso enviar pelo Correio, sem custo adicional.
Quem tiver pressa, posso mandar por Sedex, mas aí tem um custo extra de absurdos 25 reais para a EBCT. APENAS PARA O RS - DEMAIS ESTADOS É OUTRO VALOR.
Ah, sim, o livro custa 35 reais.

A T E N Ç Ã O!!

Pode fazer um PIX Banrisul:
Chave   238 550 700 59

Ou um PIX Nubank:
Chave   jlprevidi@gmail.com 

(me avisa quando fizer a operação pelo jlprevidi@gmail.com, mandando o endereço completo)

OU
BANRISUL
AGÊNCIA 0834
CONTA CORRENTE 35.120973.0-2
JOSÉ LUIZ GULART PRÉVIDI
238 550 700 59


-

NÃO LEMBRO SE JÁ PUBLIQUEI, MAS VALE



-


E ESSE?



X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X


Faça sua encomenda até à meia-noite de quarta-feira, ou um dia antes, e receba na sua casa nossos deliciosos pratos, quitutes ou doces, na quinta, sexta ou sábado, das 11h às 18h. Entregamos em todos os bairros de Porto Alegre.

CARDÁPIO

PRATOS QUENTES

Bife à Francesa à milanesa assado no forno coberto com molho de cebola, tomate, pimentão, ervilhas, presunto magro, queijo mussarela gratinado e batata palha, acompanha arroz branco: R$ 70,00 (porção p/ 2 pessoas).

Filé de Peixe grelhado com molho de alcaparras, cebola e tomate, acompanha batatas no vapor: R$ 50,00 (porção p/ 2 pessoas).

Espinhaço de Ovelha Mexido, acompanha arroz branco: R$ 65,00 (porção p/ 2 pessoas).

Língua Bovina ao molho com ervilhas, acompanha arroz branco: R$ 50,00 (porção p/ 2 pessoas).

Carreteiro de Charque, acompanha Feijão mexido: R$ 60,00 (porção p/ 2 pessoas).

Galinha Caipira com Arroz: R$ 40,00 (porção p/ 2 pessoas).

Ensopado de Carne com Mandioca "Vaca Atolada": R$ 50,00 (porção p/ 2 pessoas).

*Taxa de Entrega: R$ 10,00

DOCES/SOBREMESAS

Sagu (porção individual): R$ 5,00
Arroz Doce (porção individual): R$ 5,00
Ambrosia (porção individual): R$ 7,00
Moranga Caramelada (porção p/ 2 pessoas): R$ 7,00

TORTAS FRIAS

Frango (18 fatias): R$ 80,00
Legumes (18 fatias): R$ 80,00

QUICHES 

Espinafre (6 fatias): R$ 40,00
Brócolis (6 fatias): R$ 40,00
Calabresa (6 fatias): R$ 40,00
Frango com Alho Poró (6 fatias): R$ 40,00

PASTELÃO 

Frango com requeijão e azeitonas (6 fatias): R$ 60,00

Fone/Whatsapp: (51) 99913.8545


X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-XX-X-X-X-X-X-X-




XXXXXXXXX





XXXXXXXXXX


INTERVALO



X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-XX-X-X-X-X-X-X-X-X


PÁSCOA COM
A ROCHELLE!!




Mais uma Páscoa chegando e eu trouxe uma promoção especial para os leitores do Prévidi .
Cada caixa custa 20 reais com 6 unidades - 4 pretos e 2 brancos.
Cobertura de chocolate ao leite e recheio de doce de leite, produto maravilhoso produzida aqui no Sul.

Me chamo Rochelle Benites (foto), moro em Porto Alegre e estou na espera para transplante pulmonar, na Santa Casa. Aguardo dois pulmões. 

Não tenho condições físicas para trabalhar e encontrei nos deliciosos Alfajores de Gramado uma maneira de ajudar no sustento de minha família - sou a chefe do lar.

  
      PEÇA AGORA MESMO
Combinamos entrega ❤️ 51 99996-3361 ❤







-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-X-XX-X-X-X-X-X


PIADINHA


16 comentários:

  1. Prévidi, para tirar suas dúvidas. Em se tratando de Rosane de Oliveira, assim como o seu marido ex CC de governo petista, ela SEMPRE é e será contra Bolsonaro e a favor do Tarso. SEMPRE E INCONDICIONALMENTE. De forma direta e automática.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem ainda leva a sério essa senhora?

      Excluir
  2. A CEEE sempre foi uma empresa pública voltada primordialmente não para atender os interesses da população, mas sim os dos políticos e funcionários. Quanto a isto esquerda, direita e centro sempre se entenderam. E são estes funcionários, mais judiciário, CPERGS e Rosane de Oliveira que defendem o lockdown eterno e imutável porque o deles está garantido. A bem da verdade, o CPERGS defende o lockdown a 25 anos.

    ResponderExcluir
  3. "A CEEE sempre foi uma empresa pública voltada primordialmente não para atender os interesses da população, mas sim os dos políticos e funcionários."

    Toda empresa pública é assim.

    ResponderExcluir
  4. Alguém sabe me dizer por que os vídeos e algumas fotos não aparecem ao acessar este blog no celular?

    ResponderExcluir
  5. Eu sempre disse que tinha técnico em eletricidade da CEEE ganhando em torno de 40 mil reais mês, mais que o governador do Estado, e são vários, pois eu tenho colegas da minha turma de eltromecânica da Escola Frederico Guilherme Schimdt, de São Leopoldo,já aposentados, nessa condição. Mas, o pior, o mais abjeto (mesmo porque, o salário eles não têm culpa, é o sistema coletivo de locupletação emanado da alta cúpula, claro, o dinheiro nunca foi deles!) é o fato de cada funcionário, dos mais antigos, hoje já não sei mais, ter 5, 6 , 10 ações trabalhistas contra a empresa! Pode, na esctrovenga, sempre pôde! O nababo da CEEE comprava um terreno com um valor de 200 mil, por exemplo, e já definia o pagamento dentro de dois anos quando eu receber a minha ação trabalhista, a 8ª, que eu entrei há um ano e já ganhei em duas instâncias ( e os advogados da empresa ??? ) .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ocorre o mesmo com o judiciário, com a diferença que a CEEE a gente pode privatizar. O judiciário, infelizmente, não.

      Excluir
  6. Pelo que sei o tal Britto quando Governador vendeu a tal CEEE por QUINhENT0S MILHÕES DE REAIs. Qual o destino dado por ele a tal quantia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Brito vendeu parte da CEEE e o destino dado ao dinheiro é o mesmo dado aos nossos impostos desde que Cabral descobriu o Brasil: pagar o funcionalismo público. O Lula, por sua vez, não privatizou a Petrobrás, mas ele e o PT ganharam 1 oceano de dinheiro em cima da companhia. Por exemplo, Passadena e os equipamentos do pré-sal. QUAL É O DESTINO DADO POR ELES A TODA ESTA FORTUNA????

      Excluir
    2. O grande erro do Brito não foi ter privatizado PARTE da CEE, mas foi não ter privatizado TODA CEE. Se tivesse feito, o Rio Grande estaria melhor. Mas quem não lembra da histeria da Maria do Rosário , primeira de tantas, e da Luciana Genro na Assembleia quando tramitava o projeto? Pior, agora as 2 nem pedem perdão. Nos devem esta!

      Excluir
    3. Pode esperar sentado. Essas aí nunca admitem os erros.

      Excluir

  7. Pessoal,
    1) A função da oposição mais radical é essa mesmo, e tem em todas as democracias do mundo, faz parte do jogo. Digo mais, graças a Deus que as temos. A única coisa que não pode ocorrer, e raramente ocorre, é eles ascenderem ao poder. Quando ocorre (os nazistas na Alemanha e o Petralhas no Brasil, sai da frente, é o caos!;

    2) O problema dos altos salários do judiciário (e também do legislativo) é deles próprios. Esses poderes têm orçamento próprio e fazem dele o que bem quiserem. Mas, aí temos um problema grave. Na maioria das nações do mundo, a parcela do orçamento que cabe ao judiciário fica abaixo de pouco menos de um por cento. No Brasil chega quase a dois! Esse é o nó do nosso problema, mas que pode ser corrigido por uma PEC ou por uma nova Constituição.

    3) Estatal é como time de futebol, cooperativas, fundações, não tem dono, não há responsabilidade fiscal. Quando o dinheiro é meu, e um funcionário vem me pedir aumento salarial, a situação é uma. Quando é uma estatal, funciona o 'compadriu'. A maioria da ações que a CEEE perdia na justiça, perdia pois os advogados que defendiam a empresa (ou deveriam defender) eram parte interessada, ou seja, se a empresa perdesse, eles ganhavam! No caso da Petrobrás, as grande empresas americanas do setor faturam em conjunto 20 vezes mais e têm, somadas todas, 4 vezes menos funcionários. É o compadriu elevado à enésima potência!

    É o que é!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Didático. Perfeito.

      Excluir
    2. Como muito bem definiu Roberto Campos, "empresa privada é aquela controlada pelo Estado, estatal é a empresa que ninguém controla".

      Excluir
  8. O assistente do Renato é mais treinador do que o treinador do Inter.

    ResponderExcluir